#3_258 Sigamos a Cristo por fé!

Quanto a você, siga o seu caminho até o fim. Você descansará e, ao fim dos dias, se levantará para receber a sua herança.
Daniel 12:13 NAA
https://bible.com/bible/1840/dan.12.13.NAA

Poucos servos de Deus puderam ouvir a respeito de sua própria salvação diretamente de mensageiros do Senhor ou de Jesus. Temos confiado no evangelho que nos assegura que o que eles ouviram é também para todos os que crerem em Cristo.

Daniel ouviu uma profecia e também a promessa de que ressurgirá para receber a herança eterna. A nós importa entendermos a mensagem que disse para ele seguir o seu caminho até o fim!

Cristo é a porta, o caminho e a entrada para o céu. Quando ouvimos a palavra de seguir o caminho até o fim é para estarmos em Cristo todo o tempo. É nos santificarmos para agradarmos a Deus!

Permanecer até o fim no caminho é perseverar no conhecimento da verdade de Deus. Não permanece quem não conhece. Virão as lutas e dificuldades, seremos provados e provocados a todo tipo de pecado, mas com o Senhor não seremos desviados.

Muitos relaxaram no fim de suas vidas gerando danos à sua volta. Em Cristo isto não vai acontecer, pois ele cuida de nós. Não é na ignorância ou na nossa força que o caminho será mantido. Quando não vemos a trilha é onde os incautos se perdem e os verdadeiros crentes permanecem, pois já não andam por vista, mas por fé!

Precisamos seguir nosso caminho até o fim. Portanto, busquemos a voz do Senhor e jamais nos perderemos dele. O mundo tentará nos tirar do caminho, mas como Daniel orou e se separou do mundo para vencer, assim também o faremos para o Senhor. Ele nos conduz para a eternidade e jamais seremos confundidos!

#3_209 Nosso compromisso é primeiramente com o Senhor!

E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe [ou mulher], ou filhos, ou campos, por causa do meu nome, receberá muitas vezes mais e herdará a vida eterna.
Mateus 19:29 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.19.29.ARA

Graça é favor imerecido, mas não significa que não gere uma demanda para quem a recebe. Há um custo para quem segue a Cristo e isto é colocar Deus em primeiro lugar. Significa repriorizar nossas vidas, construí-la com o foco no evangelho.

Para alguns trará a necessidade de mudar de trabalho, cidade, deixar para trás pessoas, parentes e familiares. Pode ser que as promessas de Deus para nós se traduzam em uma guinada no caminho que pensávamos para nós.

Alguns discípulos precisaram abandonar tudo o que faziam como Pedro, Tiago e João que deixaram o ofício de pescadores e Mateus o de cobrador de impostos. Servir a Cristo pode ter um custo alto se compararmos com o nosso desejo de coração, mas é ínfimo se olharmos para a eternidade!

Precisamos confiar em Cristo quando formos desafiados a termos uma mudança de vida diante do serviço e da santificação. Já não podemos viver apenas para nós e nem de qualquer maneira. Isto irá gerar oposição até dentro de casa e precisaremos decidir a quem atender.

Por isso Jesus declarou que quem decidisse por ele jamais perderia, ainda que a nossa família não concorde à primeira vista. As coisas espirituais se discernem no espírito e quem da nossa família não estiver na mesma visão estará contra nós.

Não nos assustamos com a oposição, pois no poder de Cristo seremos vencedores. Importa obedecermos pois assim estaremos preparando o campo para que nossos entes queridos vejam o nosso testemunho e possam também seguir o mesmo caminho.

O Senhor tem o melhor para nós, ainda que a princípio precisemos nos afastar um pouco daqueles que amamos. No servir estaremos gerando no reino espiritual as condições para que eles também sejam alcançados pelo Reino de Deus! Não é isto o que realmente importa?!

#3_157 Busquemos a sabedoria de Deus!

Tinha Ezequias vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar e reinou vinte e nove anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava Abia e era filha de Zacarias. Fez ele o que era reto perante o Senhor, segundo tudo quanto fizera Davi, seu pai.
2Crônicas 29:1‭-‬2 ARA
https://bible.com/bible/1608/2ch.29.1-2.ARA

Não há idade para se conhecer e obedecer a Deus! Salomão tinha dezesseis anos quando começou a reinar e Ezequias vinte e cinco. Ambos entenderam que reinar sem a sabedoria que provem de Deus seria a ruína de seu povo.

Assim é em nosso trabalho e família. Se tivermos a sabedoria que vem da obediência aos preceitos de Deus receberemos as bençãos por Ele prometidas. Não porque merecemos, mas porque nelas estamos semeando corretamente tanto em termos espirituais como naturais.

Filhos tendem a seguir o que os pais ensinam, mas não é verdade absoluta. Isto porque nem sempre aprendemos por motivação correta e logo que temos a liberdade de decidirmos podemos tomar caminhos diferentes dos aprendidos. Importa sabermos que os caminhos de Deus são perfeitos e não seremos abalados se permanecermos neles.

Louco é o que escolhe caminhos humanos. O sábio aprende com Deus e não se desvia do caminho. Jesus nos deixou o ensino da verdade de Deus, seus caminhos e vontade. Sábios seremos se o ouvirmos e seguirmos. Loucos se o ignorarmos. Os filhos de Deus terão a sabedoria do Senhor e não confiarão na voz de Satanás.

Os reis sábios nem sempre se mantiveram assim até o fim, pois na muita idade caíram no erro de confiar na própria sabedoria e deixar os caminhos de Deus. Importa não nos desviarmos em tempo algum. Glórias a Deus que hoje temos o Espírito Santo a nos alertar dos desvios. Como o GPS ele nos informa como voltar a rota certa. Não ignoremos os avisos pois seria perder a sabedoria e errar o destino.

O mundo nos impõe sair da rota, mas Deus abre nossa visão para não nos afastarmos do caminho. Ouçamos a Deus todo o tempo, não importando a nossa idade. O sábio deve permanecer assim por toda a vida, enquanto o louco precisa deixar a sua loucura.

#3_141 Lucas 8:1

Aconteceu, depois disto, que andava Jesus de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus, e os doze iam com ele,
Lucas 8:1 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.8.1.ARA

Discípulos andam com o seu mestre. Assim era e assim será. Os discípulos de Jesus ficaram com ele até a sua captura. Depois o seguiram durante os quarenta dias de sua ressurreição. Agora o Senhor anda com os seus discípulos dentro de seus corações.

Andar com Jesus é estar ouvindo sua voz em orações e meditação no evangelho. É construir uma relação diária onde estaremos caminhando em seus passos e fazendo o que ele deseja. É pregar o evangelho em ações e palavras, desenvolvendo a salvação e a santificação.

Todos os que são alcançados por Cristo desejam caminhar com ele e aprender a fazer as suas obras. Deseja se reunir com os demais discípulos e glorificar a Deus pela oportunidade da salvação. Os discípulos de Jesus se alegram em andar com ele e não temem a perseguição, pois o mestre venceu a morte e todos venceremos com ele.

Que busquemos diariamente andarmos com o mestre. Viveremos o sobrenatural e seremos edificados em todo o tempo. Poderemos servir ao próximo no amor e humildade. A caminhada seguirá até a eternidade, não importando o tempo que temos aqui. Bom é sabermos que o mestre está conosco e muitos outros discípulos também. A caminhada é um benefício para todo o que crê!!!

#3_104 Rumemos para a eternidade com Cristo!!!

Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
João 8:31‭-‬32 ARA
https://bible.com/bible/1608/jhn.8.31-32.ARA

Em um certo desenho animado de cinema havia uma família do tempo das cavernas cujo pai mantinha todos reunidos na caverna a maior parte do dia e toda a noite, buscando deixa-los protegidos lá dentro. Para ele não havia melhor forma de viver e toda tentativa levaria à morte de quem tentasse mudar o estilo de vida.

Até que um certo rapaz apareceu enquanto a sua filha mais velha saiu no horário proibido e o viu. Este rapaz lhe mostrou o fogo e muitas outras “tecnologias” que lhes davam a capacidade de viver a salvo do lado de fora. Também lhe falou de uma terra distante onde eles nunca mais precisariam viver com medo das criaturas à sua volta.

O rapaz se tornou como um evangelista para a jovem, que passou a mostrar a sua família como deveriam seguir o rapaz. E assim foram atrás dele, mesmo que contra a vontade do pai, ao destino excelente prometido pelo rapaz. Na caminhada o pai foi transformado e, no final, já estava construindo um mundo novo e voltando a liderar a família nas novas condições de vida.

A Palavra de Deus apareceu em nossas vidas enquanto estávamos com medo da morte. Não havia esperança neste mundo e ainda não há. Ele será destruído como a parte onde aquela família do desenho estava. Cristo veio nos mostrar uma vida superior, não atrelada ao medo, mas pela liberdade do Espírito Santo. Estamos sendo guiados para a terra do amanhã, onde não teremos medo das feras do pecado, da maldade que está em nossas próprias vontades.

Muitas vezes podemos ser como a jovem que prontamente se interessou no assunto, sermos reticentes como o pai, ou meros participantes acompanhantes da aventura. Mas, no caminho para a eternidade, se estamos com Cristo, seremos guiados pelo conhecimento da verdade e seremos verdadeiramente libertos de nossas amarras espirituais.

Cristo é aquele que veio nos mostrar e cuidar de nós no caminho para a eternidade. Não há paralelo entre este mundo e o porvir. Se olharmos para o que nos cerca teremos medo de colocar os pés para fora e vivermos o sobrenatural da graça. Precisamos confiar no Verbo de Deus, caminhando ao seu lado, permanecendo na sua palavra. No discipulado seremos livres!

mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.
1Coríntios 2:9 ARA

#3_98 Atos 2:21

E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Atos 2:21 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.21.ARA

Quão grande graça! Não está escrito que aquele que produz grandes obras será salvo, mas o que invocar o nome do Senhor! As obras serão consequência da caminhada com e no Senhor!

O Espírito Santo nos conduz pelo caminho de Cristo, pelas suas pisaduras. Na caminhada seremos transformados! O discípulo aprende andando com o mestre. Jesus nos chama a segui-lo, não para sermos perfeitos e, então, segui-lo. Não há como sermos aperfeiçoados sem caminharmos com ele.

A religiosidade e a libertinagem não estão no caminho de Cristo, mas o amor, a misericórdia e a obediência à vontade de Deus. Sair do caminho para a direita ou esquerda é trilhar a libertinagem, em direção ao pecado, ou a religiosidade, onde regras humanas são mais importantes que a direção de Deus.

Precisamos cuidar de caminharmos com o Senhor, junto de seu povo. Discípulos fazem discípulos e se não formos discípulos verdadeiros de Cristo iremos ensinar religião ou o pecado. Sem olharmos para o mestre nos desviaremos do caminho.

Então, olhemos para o Senhor de cabeça erguida e o sigamos com confiança, pois não há pedras de tropeço no caminho de Cristo, apenas fora dele!

Chegou a hora!

Depois de dizer essas coisas, Jesus levantou os olhos ao céu e disse: — Pai, é chegada a hora. Glorifica o teu Filho, para que o Filho glorifique a ti, assim como lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, a fim de que ele conceda a vida eterna a todos os que lhe deste. E a vida eterna é esta: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.
João 17:1‭-‬3 NAA
https://bible.com/bible/1840/jhn.17.1-3.NAA

João registra a oração sacerdotal de Jesus e nos revela o propósito da cruz pelas próprias palavras do mestre. Cristo se autodeclara Filho de Deus, tendo autoridade sobre toda a humanidade e o poder de conceder a vida eterna a todos que lhe são dados. Como a fé é dom de Deus, crer em Jesus é um ato divino, pois Cristo só pode nascer no coração de quem o recebe. Assim como só nasce uma criança a partir de uma conjunção carnal deliberada, Cristo nasce no coração de alguém também de forma deliberada.

Ainda que pareça ser acidental que tenhamos conhecido o evangelho, ninguém prega a Cristo sem que haja a intenção de promover o Reino de Deus! A vida eterna começa quando conhecemos Jesus e continuará para sempre desta forma. Conhecer Deus é uma tarefa perene, sem fim, pois Ele É infinito, inigualável, indescritível, sendo necessário que busquemos nos aprofundar neste relacionamento.

Jesus também deixa claro que só há um único Deus e este é o seu Pai. A missão de Cristo é nos levar ao Pai através de sua morte e ressurreição, glorificando a Deus e redimindo a humanidade. Não há outro caminho e nem outro Deus ao qual devemos buscar. Ignorar isto é ignorar Cristo e sua missão, é crucifica-lo por ódio e preconceito, por ignorância e vaidade.

Jesus orou intercedendo para que pudéssemos crer e conhecer o Pai, para que o Reino de Deus fosse construído na graça e no amor divino, para que a humanidade finalmente seguisse o propósito original de sua criação. Não ser restaurado em Cristo é continuar na rebeldia em que o mundo se encontra, perpetuando a iniquidade e o mal.

Conhecer a Cristo é o caminho, permanecer longe dele é continuar seguindo para o inferno. Conhecê-lo nos torna participantes do projeto de edificação do Reino, pregando o evangelho por obras e palavras. Jesus orou por todos os que viriam a crer e intercedeu para que vivêssemos neste mundo sendo livres do mal ao nosso redor, mas também sendo libertos do mal que havia em nós. Em Cristo somos livres e afortunados por recebermos a salvação divina.

Se desejamos a vida eterna precisamos de Cristo. Conhecê-lo é o que de melhor pode acontecer na vida de alguém e ignorá-lo é o pior. Ao fecharmos os olhos nesta terra haverá apenas dois caminhos e só seguirá para o Pai quem conheceu o Filho. Tristeza é não poder seguir o caminho da salvação e terrível será não conhecer o autor da vida e nem ser iluminado e alimentado em Sua presença. Que possamos usufruir desta oração maravilhosa que nos apresenta o amor e a graça, misericórdia infinita de Deus que também fará justiça contra o pecador!

Ano 2#344

Bom é conhecermos o evangelho desde cedo!

Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.
Provérbios 22:6 ARA
https://bible.com/bible/1608/pro.22.6.ARA

Aprendemos muitas coisas quando somos pequenos em tamanho e bem novos em idade. Uma criança é como uma folha em branco. Ensine-a o bem e ela saberá o que é certo a fazer. Ensine-a o mal e ela saberá como realizar maldades.

Quando vemos uma criança pequena realizar algo de ruim é porque aprendeu com alguém e está repetindo o que viu, leu ou ouviu. Construir um cidadão é ensina-lo a viver pelas regras da sociedade. Construir um cidadão celestial é ensina-lo na fé em Jesus Cristo!

Abandonar os caminhos de Jesus é nos desviarmos da verdade e da bondade de Deus. Se eu perder a fé no Deus Todo-Poderoso, o que me resta senão a vida de pecados? Por isso devemos ensinar desde cedo os pequenos a terem fé naquele que deu a vida por nós pecadores. As crianças deixarão de ser inocentes e pecarão, mas se já conhecem o Cristo poderão entregar suas vidas a ele e se arrependerem dos maus caminhos.

O Espírito Santo nos ajuda a não nos desviar do caminho do Senhor. Quando aprendemos isto não queremos outra forma de viver. Ensine isto a uma criança e ela terá plenitude de vida desde cedo. Sem fé no salvador não resistiremos às tentações do mundo!

Ano 2#269

Não importa a luta, com Cristo chegaremos ao Pai!

Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória, ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém!”
‭‭Judas‬ ‭1:24-25‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jud.1.24-25.ARA

Judas expressa que a glória, majestade, império e soberania de Deus estivesse naquele momento e em todos os subsequentes sobre todos os eleitos do Senhor. Vejamos que a proteção divina é o que nos livra de todos os tropeços. É como os pais cuidando de um bebê nos seus primeiros passos, para que não tropece nos próprios pés e se machuque antes que aprenda a andar.

Deus É Pai! Cuida dos Seus para que não tropecem. Quando entendemos isto percebemos como limitados somos em termos de nossa própria salvação. Quem sendo raptado, abusado e drogado poderia dizer que está apto a manter-se em santidade? Seria necessário um tempo de cura interior e limpeza química. Teria perdido a sua salvação por isto? Entendemos que não! Ainda assim poderia questionar por que Deus não o livrou de tal situação se é filho, não poderia?

Temos mais questionado por que passamos pelas agruras que outros seres humanos praticam contra nós do que nos perguntado o que de bom temos feito aos outros. Se reconhecemos que a salvação está em Cristo que nos salvou pelas obras dele, então não importa o que façam contra nós, pois já não vivemos pelo que outros fazem, mas para glorificarmos a Deus. Nossas ações devem refletir a nossa fé e a nossa fé refletir as ações que praticamos. Sendo eleitos e salvos em Cristo que ele seja entronizado em nossas vidas, independentemente das circunstâncias.

Haverá momentos de crise por vários motivos, mas devemos lembrar que o fim do cristão é estar com Cristo no Pai, não importando o que passamos, se fácil ou difícil, pois Ele tem cuidado de nós! Que nestes dias e nos vindouros exaltemos o Senhor, ainda que pareçam dias difíceis. Estamos sendo cuidados e direcionados. Homens maus existem e outros que nos ajudarão na caminhada. Há os bandidos, os falsos religiosos e os bons samaritanos no caminho para Jerusalém!

Ano 2#233

Creiamos em Jesus se desejamos ressuscitar para a vida eterna!

De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”
‭‭João‬ ‭6:40‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.6.40.ARA

Se quisermos a vida eterna devemos buscar a Jesus, o Cristo! Nele reside a graça e o amor do Pai. Nele há a expressão da misericórdia e da esperança, boas novas para o perdido, cansado e desenganado da vida em um mundo caótica e desesperado.

Se alguém acha que hoje as coisas estão ruins, pense em 2000 anos atrás. Havia um império tomando conta de diversas nações, forçando-as a pagar tributo, com leis marciais, sem liberdade de expressão, com guerras e pestes espalhadas por todos os cantos, sem aposentadoria, férias, garantias de apoio institucional, apenas a vontade de viver sobrepujando as dificuldades da vida e até a escravidão.

Distâncias enormes percorridas a pé, línguas diferenciadas em cada localidade, intempéries de todo tipo como ainda temos hoje, sem esperança de dias melhores ou a confiança em uma vida eterna. A certeza de que havia algum tipo de divindade que deveria ser agradada para trazer algum benefício ou não ser desagradada para não receber malefícios. Pior, dezenas de divindades diferentes a rodear sem saber em qual confiar…

Jesus Cristo veio ao mundo para apontar o caminho para o Deus único, o Pai, que definiu, criou e sustenta todo o universo, Aquele que não pode ser assistido por mãos humanas ou ensinado pela sabedoria humana. Aquele que nos criou e não deseja que nos desviemos do propósito de nossa criação, fazendo-se conhecido em todas as eras, mas agora, pelo Filho, deu-se a conhecer em profundidade!

Em Jesus Cristo temos a revelação do modelo de Adão, como deveríamos viver entre nós e com Deus! Nos servindo uns aos outros e nos relacionando com o Senhor, de podermos conversar com Ele em todo tempo. Jesus veio explicitar a graça e nos ensinar a vida com Deus e com o próximo, doando sua vida para que recebêssemos a nossa, levando sobre si nossos pecados para podermos ser justificados e encontrados limpos diante de Deus, O Santo!

Sem Jesus permaneceremos em nossos pecados e impossibilitados de viver com o Senhor. Através de Cristo somos habilitados e reconciliados com o Pai! Com Jesus ressuscitaremos, mas sem ele pereceremos. Ele é o único caminho, pois nenhum outro nos torna dignos de estarmos na presença do Senhor. Não há o que façamos que nos torne aptos a vermos a face de Deus senão o próprio Deus tirando de nós a nossa iniquidade. Quem tentar se auto-justificar falhará, quem for justificado por Cristo por ele ressurgirá para toda a eternidade!

Se desejamos ressuscitar para a eternidade com o Pai, creiamos no Filho. Ele tomou a chave da morte e do inferno e levou consigo o cativeiro e destruirá todos os inimigos de nossas vidas, inclusive a morte. Então veremos a glória e viveremos com o Senhor! Lindo será se confiarmos nesta palavra!

Ano 2#226