Amor

Destaque

George Herbert, Século 17

O Amor me acolheu, mas minha alma retrocedeu, culpada de pó e de pecado.

Mas, clarividente, o Amor, vendo-me hesitar desde meu primeiro passo, aproximou-se de mim, com doçura, perguntando-me se alguma coisa me faltava.

“Um convidado”, respondi, “digno de estar aqui”.

O Amor disse: “Tu serás o convidado”.

“Eu? mau, ingrato? Ah! meu amado, não posso olhar para ti.”

O Amor me tomou pela mão e, sorrindo, respondeu:

“Quem fez esses olhos, senão eu?”.

“É verdade, Senhor, mas eu os manchei; que a minha vergonha vá para onde merece.”

“E não sabes”, disse o Amor, “quem foi que assumiu a culpa sobre si?”.

“Meu Amado, agora servirei.”

“É necessário que te sentes”, disse o Amor, “e saboreies a minha comida”.

Então sentei-me e comi.

#3_273 Sejamos destemidos!

Os discípulos disseram: — Mestre, ainda há pouco os judeus queriam apedrejá-lo! E o senhor quer voltar para lá?
João 11:8 NAA
https://bible.com/bible/1840/jhn.11.8.NAA

O dever supera o medo sempre que tivermos certeza do nosso propósito. Sabendo que Deus nos dá tanto o querer como o realizar (Filipenses 2:13) não duvidaremos de nossos destinos e iremos contra tudo e todos.

Jesus voltou para a Judéia e a situação ficou ainda pior, pois ressuscitou a Lázaro, trazendo ainda mais visibilidade ao seu ministério. Nada lhe aconteceu até que chegasse a hora. Precisamos confiar que nossos dias já estão contados e só são abreviados quando somos desobedientes e rebeldes.

Há anjos a nos ajudarem, o Espírito Santo a nos capacitar, as escrituras a nos guiar e o Senhor a nos sustentar em todas as circunstâncias. Temer a quem? Só devemos temer a Deus. Todos os homens deveriam temer a Deus, pois a eternidade virá para todos, no céu ou no inferno. Céu para quem tem Cristo como justificador e inferno para quem não o tiver.

Que Judéia está nos ameaçando hoje? Que medo temos e por que? Qual o nosso propósito? Precisamos olhar para Deus e entender o momento em que vivemos. Não devemos recuar, sabendo que tomar a cruz e seguir a Cristo é estar no caminho que vai na contramão do mundo. Certamente a Judéia deseja nos destruir, mas tende bom ânimo, pois a vitória está com Cristo e seus discípulos!

#3_272 Sejamos “úteis”!

Eu queria conservá-lo comigo, para que ele me servisse em seu lugar nas algemas que carrego por causa do evangelho. Mas não quis fazer nada sem o seu consentimento, para que a sua bondade não venha a ser como que uma obrigação, mas algo que é feito de livre vontade.
Filemom 1:13‭-‬14 NAA
https://bible.com/bible/1840/phm.1.13-14.NAA

No evangelho não deve haver atos por obrigação, mas porque amamos ou enxergamos a demanda como parte das nossas tarefas a serem realizadas. Por que fazemos algo para alguém? Por que doamos nosso tempo ou recursos financeiros? Por que abrimos mão de uma mudança de trabalho ou de uma promoção?

Nada destas coisas deve ser feito por obrigação, mas de coração. Algumas vezes tenderemos a obedecer porque sabemos que a palavra nas escrituras nos diz para fazermos mas, sem o pleno entendimento, cedo ou tarde jogaremos na cara de alguém que o fizemos por culpa ou obrigação.

Paulo envia o escravo de um amigo de volta a ele sem que usufruísse deste escravo para que seu amigo pudesse lhe dar a alforria. Não o obrigou a nada, mas mostrou que seria o certo a fazer neste caso. Muitas vezes seremos confrontados pelo evangelho a fazermos o que não queremos. Como iremos reagir? A obediência cega não é vantajosa em muitas das vezes, embora seja necessária em alguns casos. Nem sempre entendemos a tempo de decidirmos.

A grande questão é conhecermos os preceitos de Deus e o seguirmos. Com o tempo iremos reduzir nossas dúvidas e estaremos caminhando nos passos de Cristo. Quando tivermos dúvidas oremos e consultemos os seus ensinos. O evangelho é vida e nos trará paz, ainda que tenhamos de fazer muito do que não gostamos à princípio. Na caminhada deixaremos para traz o egoísmo, a vaidade e tantas outras coisas que nos impedem de fazermos o bem a quem precisa.

O que estiver ao nosso alcance para benefício do reino deve ser feito. Podemos contender com Deus, mas ele sempre tem razão. A sabedoria divina nos transforma e nos desafia. Hoje somos os Onésimos, úteis ao propósito de Deus, aqueles a quem o Senhor delegou seus recursos para ampliarmos seu reino espiritual. Que seja isto o nosso norte nas nossas decisões e não a obrigação em fazê-lo.

Seremos realmente bondosos quando isto for parte de nós, o querer fazer o bem. Cristo nos chama para isto e ele nos capacita pelo Espírito a chegarmos lá. É um dom, um fruto, é divino!

#3_271 Adoremos a Deus!

Eu, João, sou quem ouviu e viu estas coisas. E, depois de ter ouvido e visto, prostrei-me diante dos pés do anjo que me mostrou essas coisas, para adorá-lo. Mas ele me disse: — Não faça isso! Sou um servo de Deus, assim como são você e os seus irmãos, os profetas, e como são os que guardam as palavras deste livro. Adore a Deus!
Apocalipse 22:8‭-‬9 NAA
https://bible.com/bible/1840/rev.22.8-9.NAA

Temos a tendência em idolatrar pessoas bem sucedidas. Temos a mesma tendência quando se trata do sobrenatural, de pessoas que produzem sinais e maravilhas, seja pela autoridade divina ou do diabo. Nem a anjos devemos idolatrar, pois um só é digno da nossa adoração, Deus!

Ao idolatrarmos estamos valorizando diante de quem nos dobramos e submetemos. Estamos nos subordinando aos seus valores mas, acima de tudo, estamos colocando no lugar principal de nossos corações e mentes o objeto da adoração.

E este lugar só pertence a Deus e ninguém mais. Ao fazermos diferente, colocar pessoas ou objetivos, objetos ou animais, estamos tirando a glória de Deus. Isto não fica sem resposta e acabaremos ignorados também, à nossa própria vontade (Romanos 1.18-32). Não é nada bom sermos independentes de Deus. É debaixo de suas mãos que prosperaremos!

Adoremos a Deus, pois ele é digno de todo louvor e adoração. Nele estamos cooperando em unidade e amor. Com ele estamos suportados pela sua natureza. Não há outro igual, não há outro superior, não há outro que possa ter criado o universo e o sustenta com a sua palavra. Nada mais importa do que viver para adorá-lo. Esta é a nossa missão.

Na adoração contemplamos sua majestade, ouvimos a sua voz e recebemos o seu amor. Nele sempre seremos cuidados e restaurados ao longo do nosso caminhar. Olhemos para ele e sigamos o caminho nos dado por Cristo. Anjos poderão nos ajudar, artistas, parentes, chefes e amigos poderão nos fortalecer, mas somente a Deus será nossa adoração. Não há espaço para competição na nossa adoração.

Somente Deus é justo e merecedor. Somente ele é digno, somente ele é santo! Deus é bom e seremos verdadeiros filhos e servos quando o obedecermos em adoração!

#3_270 Agradeçamos pela vida!

Então o anjo me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da praça da cidade, e de um e de outro lado do rio, está a árvore da vida, que produz doze frutos, dando o seu fruto de mês em mês. E as folhas da árvore são para a cura dos povos. Nunca mais haverá qualquer maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o adorarão, contemplarão a sua face, e na sua testa terão gravado o nome dele.
Apocalipse 22:1‭-‬4 NAA
https://bible.com/bible/1840/rev.22.1-4.NAA

Esta é a milésima mensagem deste blog e quero agradecer a Deus por ter nos permitido chegar até aqui. Agradeço também a por sua vida que está caminhando conosco e nos sustentando com suas orações e compartilhamentos.

Durante a pandemia perseveramos e continuaremos enquanto o Senhor assim deixar. Ao olharmos para o nosso destino celestial compreendemos a grandeza do que nos espera. Como ficarmos inertes diante do que nos foi preparado?

Há um rio límpido saindo do trono de Deus, a árvore da vida que se estende pelos lados do rio e na praça da cidade de Deus, para nosso deleite e louvor do Senhor! Os povos serão curados, não haverá maldição pois o Cordeiro restaurou a humanidade para Deus!

Estaremos novamente em harmonia e será para toda a eternidade. Não haverá conflitos, dor, mágoas, alienação de Deus e todos o adoraremos como deveria ser desde o princípio. Finalmente estaremos eternamente felizes como humanidade e a criação de Deus estará feliz conosco!

Cristo está chamando hoje aqueles que estarão juntos na cidade celestial. Ainda há esperança para muitos e o esforço da igreja é o da expansão deste reino. Não é tempo de descansarmos ainda, mas podemos tomar fôlego no Senhor para continuarmos a incrível jornada. Venha conosco, pois será tremendo conquistar o universo juntamente com o Cordeiro!

#3_269 A sabedoria vem de Deus!

Chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga, e muitos, ouvindo-o, se maravilhavam, dizendo: — De onde lhe vem tudo isso? Que sabedoria é esta que lhe foi dada? E como se fazem tais maravilhas por suas mãos?
Marcos 6:2 NAA
https://bible.com/bible/1840/mrk.6.2.NAA

Como uma criança pode nos dar lições de vida? Como uma pessoa sem muito conhecimento entende as grandezas de Deus? Temos repetido insistentemente para não confundirmos conhecimento com sabedoria. Também não podemos ignorar que aprendemos através de experiências compartilhadas.

Deus se manifesta em nossas vidas e em sua soberania nos capacita. Nos enganaremos achando que uma pessoa humilde que não possui sucesso, financeiramente falando, não teria condições de nos dar palavras de sabedoria. Muitos acreditam que dinheiro corrompe o coração e preferem viver uma vida mais simples, pois sustentar grandes estruturas nos tira tempo e saúde.

Já outros usam estas estruturas para melhorar a vida de muitos desgastando-se para ajudar o próximo. É uma questão de propósito e dom, chamados diferentes segundo a vontade de Deus! Importa entendermos que o importante é estarmos seguindo o caminho para o qual fomos chamados e ajudarmos segundo o que está ao nosso alcance.

A sabedoria é divina e podemos ouví-la de diversas origens se estivermos atentos. A Bíblia nos ensina a observarmos a natureza e dela tirarmos novos ensinamentos. Também nos revela que a humildade nos ajudará a obtermos sabedoria, pois aprende quem reconhece que não sabe tudo. Aliás, nossa percepção de ignorância se amplia quando vamos tendo contato com novos entendimentos. “Os sábios sabem que não sabem”, enquanto “os ignorantes ignoram que não sabem”!

Cristo conhece todas as coisas e nos convida a sermos sábios pelo Espírito Santo. A sabedoria espiritual só pode ser alcançada no Espírito e nos enganaremos em buscá-la nos livros e na própria Escritura se não formos guiados pelo Senhor. Ficaremos maravilhados com as descobertas individuais enquanto o Espírito trata conosco e ainda mais quando percebermos que a igreja está sendo conduzida em conjunto pelo mesmo caminho.

Sinais e maravilhas são experiências a serem vividas por interesse do Senhor, para que as manifestações produzam em nós temor e confiança. Jesus compartilha conosco sua autoridade e espera que a usemos com a mesma sabedoria. O sábio a usará para abençoar vidas, enquanto o ignorante irá usar em proveito próprio.

Que Deus seja glorificado enquanto nos tornamos sábios espiritualmente. Sejamos gratos pelos dons e sabedoria depositados em nós através do Espirito Santo.

#3_268 Os sinais dos tempos são discernidos pelo espírito!

Mas Jesus respondeu: — Chegada a tarde, vocês dizem: “Teremos tempo bom, porque o céu está avermelhado.” E, pela manhã, vocês dizem: “Hoje teremos tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio.” Na verdade, vocês sabem interpretar a aparência do céu. Então como não são capazes de interpretar os sinais dos tempos?
Mateus 16:2‭-‬3 NAA
https://bible.com/bible/1840/mat.16.2-3.NAA

Conhecimento do mundo não representa capacidade de enxergar o espiritual. Quanto mais conhecemos sobre os fenômenos naturais mais caímos na arrogância de acharmos que o mundo espiritual segue as mesmas leis que regem o físico.

Aqui só os fortes deveriam sobreviver, como acontece no reino animal onde os fracos são abandonados ou comidos para não perpetuar a fraqueza na espécie. No entanto, no Reino de Deus os fracos devem ser protegidos e cuidados para se tornarem fortes (Romanos 14 e 15).

No mundo espera-se que o mal recebido posso ser pago com vingança, a partir de quem foi ofendido. Cristo nos chama para darmos a outra face, pagar o mal com o bem, amarmos nosso inimigo, dar-lhe um banquete! Não é a toa que o evangelho é loucura para o mundo.

Se olharmos com os olhos naturais teremos muita dificuldade até mesmo de entender porque um mal nos sobrevém enquanto estamos em obediência e santidade diante de Deus. Nossa ignorância em termos espirituais é enorme e precisamos buscar a sabedoria que vem do alto, senão não suportaremos nem o dia mal.

O mundo murmura enquanto sofre. No Espírito Santo estaremos agradecendo pelo bem ou mal pelos quais já passamos. Estaremos olhando para o resultado da obra de Cristo em nós e não nas circunstâncias. Não é fácil, certamente, mas é possível com o Senhor. Discernimento do mundo espiritual só é possível através de uma vida espiritual.

Mudemos nossa forma racional de vivermos neste mundo. Paulo nos ensina no capítulo 12 de Romanos que apenas pelo enxergar do espírito viveremos em sacrifício santo e agradável a Deus, o que se tornará o nosso culto (logikos). Não deveremos nos amoldar a este mundo e nossa mente e espírito serão expandidos espiritualmente.

Olhemos e busquemos as coisas do alto e coloquemos nelas o nosso coração. Assim estaremos em condição de entendermos os sinais dos tempos já preparados por nosso Senhor que é bom e misericordioso! Tudo está preparado e os sinais estão presentes. Será que os estamos enxergando? Estamos preparados? Maranata ora vem Senhor Jesus!

#3_267 Jesus proverá!

Mas os discípulos lhe disseram: — Onde haverá neste deserto pão suficiente para saciar tão grande multidão?
Mateus 15:33 NAA
https://bible.com/bible/1840/mat.15.33.NAA

Muitas vezes nos perguntamos como resolver uma situação difícil. E também acontece quando estamos obedecendo ao nosso propósito. Os discípulos precisavam distribuir pães a uma multidão e só enxergavam o deserto. Não sabiam que em Jesus estava a resposta e ele estava ao lado deles. Olharam para o problema e não para a solução!

Hoje temos a mesma situação ocorrendo ao nosso redor. Se é um emprego, desafio para uma nova sede de uma igreja, saúde, fome ou qualquer outro precisamos nos posicionar buscando o que estiver a nossas mãos e colocar diante de Jesus. Ele é multiplicador de pães, provedor de vida, saúde, abre portas, ressuscita os mortos, abre a vista aos cegos, expulsa demônios, gera do nada um universo e está sempre conosco!

Que problemas precisamos resolver? Mostremos a nossa fé em Cristo. Esta fé servirá como serviram os poucos pães e peixes para que ele manifeste a sua glória. Muitas vidas serão abençoadas, estaremos cooperando com o Reino e não desfaleceremos diante das circunstâncias! Jesus é provedor, não tenhamos dúvidas. Levemos até ele o que tivermos e nos preparemos para distribuir. Afinal, nosso propósito é compartilhar o que temos recebido de suas mãos (diakonos)!

#3_266 Fé e humildade andam juntas!

A mulher disse: — É verdade, Senhor, pois os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Então Jesus exclamou: — Mulher, que grande fé você tem! Que seja feito como você quer. E, desde aquele momento, a filha dela ficou curada.
Mateus 15:27‭-‬28 NAA
https://bible.com/bible/1840/mat.15.27-28.NAA

A mulher cananéia foi até Jesus chamando-lhe Filho de Davi, clamando sem cessar por sua filha. Foi persistente por reconhecer que Cristo é misericordioso e bondoso. Sua fé no Senhor reforçou sua esperança de não sair de mãos vazias da presença dele, posicionando-se como quem não merecia receber mas desejava ardentemente.

Sua postura provocou uma resposta de Cristo que lhe deu a cura para a sua filha endemoniada. Vemos como a humildade e a fé combinadas trouxeram a existência o milagre através de Cristo. Assim também ocorreu com a mulher do fluxo de sangue, o cego no caminho de Jericó, o cego no monte, os dez leprosos e tantos outros registros do Novo Testamento.

Quando entendemos nossa dependência de Deus (humildade) e unimos com o reconhecimento do poder de Deus e sua misericórdia (fé), passamos a não ver impedimento para nenhuma circunstância que estejamos passando. Para rompermos de vez nos faltará a convicção de nosso propósito, pois precisaremos do motivo para pedirmos ao Senhor.

Não há limites a serem atingidos em Deus. Não há nada que o Senhor não tenha poder para fazer, segundo a Sua Palavra. Portanto, que nos enxerguemos em nossa condição e busquemos o propósito. As petições não serão necessariamente a nosso favor, mas para aqueles que estão no nosso caminho enquanto seguimos a direção de Deus.

Se complementarmos com a ousadia do Espírito Santo, tudo será possível enquanto vontade do Senhor. Nas escrituras sabemos que Ele está procurando pessoas com este perfil para poder delegar a elas o poder e autoridade para conquistarem vidas para o Reino dos Céus. Quem se candidata? Precisaremos da coragem de Pedro ao pedir para caminhar sobre as águas!

#3_265 Deus não se esquece dos filhos!

O Senhor responde: “Será que uma mulher pode se esquecer do filho que ainda mama, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, porém, não me esquecerei de você.
Isaías 49:15 NAA
https://bible.com/bible/1840/isa.49.15.NAA

Temos a promessa do Pai. Seus filhos nunca serão abandonados, pois no Filho estão todos em suas mãos! Os filhos de Deus são aqueles que crêem na obra redentora de Cristo. Este é o evangelho. Quem não crê e morre permanece a ira de Deus sobre a sua vida. Mas, aquele que creu em Jesus como Senhor já não está mais sob a ira e sim sob justificação eterna!

Por isso é tão urgente que o evangelho seja pregado em todo o mundo, em todas as gerações. De todas as maneiras, línguas, expressões e sinais Cristo está sendo ensinado. O Espírito Santo está tocando corações para conversão de caráter e natureza. Assim, os filhos se tornam, cada dia mais, parecidos com o Senhor!

Bem, ainda que os discípulos não consigam fazer bem a sua parte em discipular o verdadeiro pedagogo é o Espírito Santo de Deus. Não estaremos nunca esquecidos ou ignorados. O Espírito nos ajudará em todo o tempo. Esta promessa é nosso consolo, pois ainda que enfrentemos tempos difíceis em isolamento, teremos a presença de Deus em nossas vidas. E ela é suficiente para superarmos toda e qualquer dificuldade.

Olhemos para esta promessa e nos agarremos a ela a todo tempo, pois Jesus nos garantiu que estará conosco todos os dias até a consumação dos séculos. Andemos firmes nos caminhos do Senhor, sem olhar para trás ou duvidar de seguirmos em frente. Nossa segurança não está no que vemos, mas na palavra de segurança recebida dele!

#3_264 A misericórdia de Cristo é a chave para a edificação!

A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata a derruba com as próprias mãos.
Provérbios 14:1 NAA
https://bible.com/bible/1840/pro.14.1.NAA

Mulheres tendem a não serem misericordiosas. Levam para o lado pessoal e dificilmente separam amizades de negócios. Isto também ocorre quando não obtém concordância naquilo que desejam realizar, adotando uma postura de quem é indesejada porque não foi atendida em seu anseio. Homens também podem assumir esta postura, mas são mais comuns entre as mulheres.

Outras situações podem lhe colocar em altos cargos e o mesmo acontecerá. Se alguém for contra a sua vontade possivelmente será descartado(a) sem misericórdia. O problema é que nos relacionamentos nem sempre obteremos concordância e a nossa capacidade em separarmos o interesse pessoal da pessoa com quem nos relacionamos fará toda a diferença depois de cada negociação.

Se eu for bater em meus filhos toda vez que me desobedeceram se tornarão carrascos ou medrosos na vida. Será que todas as ordens que eu lhes dou está correta? Estão sendo rebeldes sem causa? Ou estou sendo intransigente? Só a minha vontade deve prevalecer?

Se o cônjuge não concorda com nada do que eu desejo fazer não adianta dar um passo a mais sozinhos. Casa dividida não prospera. Se não alinharmos as vontades não teremos paz, apenas discussões. Quando o respeito terminar o que restará do relacionamento?

Se o cônjuge não é pessoa decente, tornou-se agora ou já era assim? Casou-se por que? Foi rebelde contra a familia não ouvindo os conselhos e agora quer forçar a mudança no cônjuge? E nos negócios? Acreditou que poderia contornar e fazer diferente com aqueles que já haviam definido seus pontos de vista? Por que cobra deles uma mudança?

Seja em casa ou nos negócios, se não separarmos os relacionamentos das questões dificilmente sobreviveremos às discussões. Não seremos capazes de negociar da próxima vez e certamente ficará inviável prosseguir juntos.

O destruir a casa com as próprias mãos começa quando não aceitamos ter nossa posição questionada. Se não buscar o equilíbrio antes de discutir e se a outra parte de antemão já mostrou a mesma disposição, então seria melhor não ter começado juntos.

Casamentos e sociedades exigem comprometimento, alianças, e estas são baseadas na vontade comum de irem até o fim de seus contratos. O casamento é para toda a vida, segundo a vontade de Deus! O que semearmos hoje colheremos amanhã. Os misericordiosos colherão misericórdia. Se não perdoar hoje como poderei exigir perdão amanhã? Ninguém está livre do pecado.

Para edificar será necessário ceder. Na concordância iremos mais longe, ainda que mais demorado. Não tenhamos pressa. Importa atingir a comunhão para podermos começar a desenvolver as atividades. Não acredite que é possível trocar a roda com o carro andando. O acidente virá e poderá ser fatal.

Busquemos em Cristo a saída. Ele traz a concordância, nele está a sabedoria, a misericórdia e o perdão que precisamos para nos curar e dar ao próximo. Quando entendo que preciso mais que os outros de misericórdia passo a ser misericordioso. Esta é a chave para relacionamentos e negócios duradouros.