#3_71 Somos terrenos rochosos?

Atendei vós, pois, à parábola do semeador. A todos os que ouvem a palavra do reino e não a compreendem, vem o maligno e arrebata o que lhes foi semeado no coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. O que foi semeado em solo rochoso, esse é o que ouve a palavra e a recebe logo, com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, sendo, antes, de pouca duração; em lhe chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza. O que foi semeado entre os espinhos é o que ouve a palavra, porém os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera. Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve a palavra e a compreende; este frutifica e produz a cem, a sessenta e a trinta por um.

Mateus 13:18-23

O evangelho é a palavra semeada e as terras são os corações e mentes dos que ouvem. Nem todo coração e mente a receberá, pois como a terra, ou está dura e a semente não penetra, ou fica a semente em porção rasa e os animais comem, ou em solo que a destrói por não criar raízes, ou porque espinhos a sufocam.

Jesus compara esta terra com corações não favoráveis à receberem a palavra ou a um coração que produzirá o resultado ao receber a semente. A terra não produz a semente, mas a recebe e a faz germinar em si mesma. Assim somos nós, que não possuímos a semente espiritual em nós mesmos, mas a faremos germinar e produzir em nós o fruto esperado e para o qual ela foi lançada.

Cristo nos ordena que atentemos para esta parábola, para entendermos que tipo de solo estamos sendo. Se aquele que se abre para produzir ou o que destrói a semente lançada por Deus. O evangelho vem para efetuar mudança onde é semeado e, se não há mudança, então a terra não era adequada.

Assim, temos a nossa responsabilidade em desenvolvermos o Fruto do Espírito (Gálatas 5.22-23), sendo que isto somente será possível se a semente do evangelho for semeada em nossas vidas. Dependemos do semeador, que é o mesmo que rega e criou o sol e as chuvas, mas que espera que a terra faça o seu trabalho.

Estamos atentos ao evangelho? Já nos enfastiamos dele? Já desistimos de fazer o fruto germinar? O fruto não veio porque deixamos de lado o evangelho e nos preocupamos com as coisas da vida? Ou estamos perseverando em ver o produto do amor, da alegria, da paz, da paciência, da bondade, da benignidade, da fé, da mansidão e do domínio próprio ser desenvolvido em nossas vidas?

Quem não produz não tem serventia para Deus. Terra improdutiva receberá uma segunda chance, pois o semeador é paciente e misericordioso. Que não desperdicemos as oportunidades de sermos uma terra melhor. Que possamos abrir nossos corações e mentes para o adubo e cuidado de Deus em nossas vidas e não ignorarmos a santa semente da salvação, dada através do sacrifício de Jesus cristo!

#3_53 1 Coríntios 1:18-20

Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus. Pois está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos. Onde está o sábio? Onde, o escriba? Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo?

1 Coríntios 1:18-20

Enquanto o evangelho não faz sentido para quem o lê parece ser loucura, pois fala de parâmetros que não tem sentido quando aprendemos a viver pelos parâmetros do mundo. As pessoas nos ensinam a evitar ficar perto de toda pessoa que nos faça mal, que tenha energia negativa, mas o evangelho nos ensina a ir até estas pessoas, pois são as que mais precisam ouvir a palavra de Cristo e receber um amor proveniente da misericórdia e graça.

As pessoas nos ensinam que só alcançamos a salvação por mérito, enquanto o evangelho nos diz que o mérito da salvação é a vontade de Deus para nós. Se houvesse mérito em nós não seria um processo de escolha, mas de passar por um crivo e ser achado satisfatório para ele. Mas, a Bíblia nos ensina que somos escolhidos e, portanto, o parâmetro de escolha não é algo que simplesmente possamos definir, pois pertence a Deus.

Isto confunde o mundo, pois um mesmo problema acontece tanto ao que crê em Jesus como ao que não crê, como se fosse um castigo não merecido para quem crê. Mas, a verdade é que Deus é soberano e não cabe a nós entendermos a sua justiça, mas sermos gratos por existirmos e podermos ser alcançados por sua misericórdia. Enquanto não entendermos isto não conseguiremos navegar pelas páginas do evangelho sem achar que são loucura!

Oremos e busquemos a verdade de Deus, de que somos pecadores destituídos de sua glória e que precisamos desesperadamente do salvador anunciado, Jesus Cristo! A partir desta verdade seremos “empoderados” no amor, na paz e na alegria de Deus, independentemente da circunstância que estivermos passando. Afinal, este mundo passará, mas não a mensagem do evangelho que nos dá a vida eterna com o Senhor!

#3_46 Mateus 27:66

Indo eles, montaram guarda ao túmulo, selando a pedra e deixando ali a escolta.
Mateus 27:66 NAA
https://bible.com/bible/1840/mat.27.66.NAA

Não há força militar ou de qualquer tipo que possa impedir o evangelho em nos transformar. Muitos poderão tentar impedir que a verdade seja conhecida ou que as palavras de Jesus não possam ser acessadas, mas Cristo exerce poder maior em nossos corações do que o homem possa faze-lo.

O que Cristo prometeu será realizado. Os dias estão passando e ele voltará. O mundo não impedirá o seu retorno e nem impedirá o seu poder de se manifestar em nosso meio. Olhemos para o Senhor e nele esperemos. Continuemos a caminhar a partir da cruz para a eternidade!

Cristo é a solução do mundo!

E Isaías é tão ousado que diz: “Fui achado pelos que não me procuravam, revelei-me aos que não perguntavam por mim.”
Romanos 10:20 NAA
https://bible.com/bible/1840/rom.10.20.NAA

A graça de Deus é estendida a todos. Ele se revela a quem nem o conhece ou busca. Isto acontece de muitas formas, mas a principal é pela pregação do evangelho. Muitos são criticados por falarem do amor de Deus quando há guerras e pandemias. Mas,  justamente nestas horas que o mundo caído cria as dificuldades para todos que o evangelho mostra a nossa necessidade de arrependimento e perdão.

Sempre colocamos a culpa em Deus daquilo que nos acontece de errado, mas o homem é quem é culpado pelos seus próprios atos. O hoje é consequência do ontem, assim como o amanhã depende de nossas decisões de hoje. Se estamos decidindo pela violência, esta se levantará contra nós. Por que estamos decidindo isto ou aquilo é o que nos tornará melhores ou piores nos dias que virão.

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos.
Gálatas 5:22‭-‬24 NAA
https://bible.com/bible/1840/gal.5.22-24.NAA

Se em nossos corações não há amor, alegria e paz, não há o manifestar de Cristo em nós e não estaremos comunicando estas coisas às pessoas. Mas se está em nós é o que iremos passar para elas, independentemente de as circunstâncias estarem boas ou ruins à nossa volta.

O que iremos compartilhar? O reino de Deus que transforma corações ou mais notícias do mal a se espalhar entre nós como se não houvesse solução para o mundo? Cristo virá e estabelecerá um ponto final em toda maldade. Os injustos não prevalecerão, pois o bem sempre vence no final! Cristo reina em corações mas o reino será também manifesto visivelmente nesta terra. Os sinais estão aí. Quem viver e quem morrer verá!

Portanto, decidamos hoje por nos arrependermos e nos entregarmos ao senhorio de Cristo. Se oundo irá melhorar só dependerá de corações transformados e isto começa por cada um de nós. Esta é a mensagem do evangelho!

Ano 2#362

Nossa percepção de valor está correta?

Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito. Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário.
Salmos 51:10‭-‬12 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.51.10-12.ARA

Davi reconheceu que só Deus poderia torná-lo um homem melhor. Que a salvação vem do Senhor e que o Espírito Santo nos é o capacitador para esta nova vida. Davi esperava o Messias, mas não o conheceu.

Bem-aventurados, porém, os vossos olhos, porque veem; e os vossos ouvidos, porque ouvem. Pois em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes e não viram; e ouvir o que ouvis e não ouviram.
Mateus 13:16‭-‬17 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.13.16-17.ARA

Tem sido mais fácil agradecermos alguém no YouTube por ter postado um vídeo a respeito de um assunto que nos interessa do que agradecermos a Deus pelo ensino a respeito da vida eterna. Temos nos preocupado mais com pequenas coisas e ignoramos  a grande necessidade da humanidade, a salvação de nossas almas!

Jesus Cristo é o Natal quando nasce em nossos corações e recebemos o Espírito Santo. Não há outro presente que importe ou mesmo que seja necessário. Nossa vida em Deus não pode ser calculada, pois a alternativa é a vida sem Ele. No que ou em quem podemos confiar senão no Senhor? Sem Ele como teremos paz e esperança?

O mundo continua abatido e desestruturado porque não está se apoiando no Todo-Poderoso. Estamos buscando o efêmero, passageiro e de pouco valor para as nossas vidas. Enquanto Cristo não estiver no nosso escopo de prioridade não estaremos buscando a Deus. Continuaremos tateando um mundo caído e esperando a sorte de ser encontrado pelo Senhor. Mas Ele já nos mostrou o caminho!

O mundo deseja ignorar o Cristo prometido porque não quer tomar posição, decidir por viver para Deus. Enquanto isto não acontece o caos se mantém a nossa volta. Muitos homens e mulheres no passado desejaram encontrar esta paz e não tinham como encontrá-la, mas hoje temos o evangelho para nos abençoar agora e sempre. Sejamos gratos por tão grande favorecimento pela vinda do Messias, o Cristo e Senhor Jesus!

Ano 2#291

Aproveitemos a misericórdia de Deus!

E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.
Joel 2:28‭-‬29 ARA
https://bible.com/bible/1608/jol.2.28-29.ARA

O profeta Joel profetizou a respeito da seca espiritual de Israel, seu estado de desolação, afastamento e iminente destruição proveniente de Deus. Ao mesmo tempo, revelou a misericórdia do Senhor, pois haveria tempo de arrependimento, conversão e restauração antes do Dia do Senhor!

Nestes versos do capítulo 2 de Joel vemos a declaração da vinda do Espírito Santo ocorrida no Dia de Pentecostes, uma semana depois de Jesus ter subido aos céus, para preparar lugar no reino de Deus para todos os que crerem nele como Senhor e salvador.

Neste tempo da graça, enquanto o Espírito Santo está agindo de forma tremenda, pessoas estão sendo usadas em profecias, visões, curas e milagres para glória de Deus e revelação do poder do Senhor sobre toda a Terra.

Muitos questionam se os sinais e maravilhas poderiam estar sendo manifestos depois dos apóstolos que conviveram com Jesus, mas a verdade é que já em Paulo, que não conhecera o Cristo, o poder no Espírito já estava sendo manifesto por muitos discípulos que obedeceram à grande comissão de levar o evangelho por todo o mundo.

O Espírito Santo está se manifestando em todos os lugares. Não há limite e nem impedimento para a sua obra. Que os nossos corações sejam tocados, que possamos nos arrepender e nos convertermos ao Deus Todo-Poderoso. O grande Dia do Senhor está próximo e só os que receberam deste Espírito adentrarão os céus, pois ele é o penhor, o passaporte, a confirmação da fé em Cristo Jesus, a presença de Deus em nós para toda a eternidade.

Cristo nos trouxe esta oportunidade. Sem o Espírito Santo de Deus continuaremos em nossos caminhos de pecado. Com ele temos poder de dizer não ao pecado e sim ao amor de Deus, realizando as boas obras porque santificados e gratos pela misericórdia alcançada.

Tempo de reflexão e entrega. Tempo de arrependimento e ouvir a voz do Espírito Santo. Tempo de chamar Jesus Cristo de Senhor!

Ano 2#290

Deus se revelou para grande salvação!

Fui buscado pelos que não perguntavam por mim; fui achado por aqueles que não me buscavam; a um povo que não se chamava do meu nome, eu disse: Eis-me aqui, eis-me aqui.
Isaías 65:1 ARA
https://bible.com/bible/1608/isa.65.1.ARA

Deus se declara para todos os povos e se manifesta para que seja visto e compreendido. Antes, tudo estava escondido na criação do mundo e o que podíamos aprender de um deus era seu poder limitado a algum aspecto de vida e seu humor (ou a falta dele) para com a humanidade.

Quando os patriarcas passam a servir a Deus, o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, uma nação passa a conhecê-lo e as nações em volta a temê-lo. Mas, isto não impediu Israel de pecar contra o único Deus e Todo-Poderoso. Não o honraram e nem o serviram da maneira certa, sendo devastados e restaurados diversas vezes.

Deus, então, em sua misericórdia, envia Jesus Cristo, a encarnação do verbo, o autor da vida, o reconciliador, o caminho para o Pai, o amigo, o Cordeiro de Deus, o redentor. Jesus vem para que todos os povos conheçam a Deus e, através da comissão dada aos apóstolos e discípulos, está fazendo com que todos os povos conheçam e aprendam o único caminho para Deus.

Aquela que não estavam procurando o encontraram! Na pregação do evangelho da graça todos os povos serão alcançados. Deus está sinalizando seu amor para que todos possam aprender dele e o conhecerem. Estão sendo expostos a graça e o transformar do Espírito Santo. Uma aliança foi feita no sangue de Jesus, no seu sacrifício único e suficiente para nos trazer salvação.

Em Cristo temos o Deus eterno, o criador dos céus e da Terra. Busquemo-lo enquanto ainda pode ser achado. O tempo se abrevia e teremos grandes tribulações pela frente e o evangelho terá fortes opositores no mundo, para que ninguém ouça e conheça este Deus! Ele permitirá tudo isto para que haja justiça e separação entre os que o receberam e entre os que o negaram e decidiram não seguir pelos seus preceitos.

Jesus veio para trazer vida, o verdadeiro Natal de Boas Novas. Que esta data não seja reduzida a uma troca de presentes e comida à mesa, pois a salvação de Deus é muito mais que estas coisas. É vida eterna pela fé em Jesus e caminhada de santificação para a Jerusalém celestial. Lá sim é que poderemos descansar e nos banquetear, recebendo o maior presente de todos, a presença eterna do Senhor, o Deus que se revelou a nós!

Ano 2#286

Riquezas e saúde são efêmeras diante do conhecer a Cristo!

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho. E bem-aventurado é aquele que não achar em mim motivo de tropeço.
Mateus 11:4‭-‬6 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.11.4-6.ARA

O evangelho pregado não é substituído por obras de caridade ou de cura. Estas são presentes na pregação do evangelho, mas não são o evangelho! Muitos se enganam ao encarar o evangelho como uma atividade de ajudar o próximo. Esta ajuda é extremamente importante, mas primeiro vem a salvação e esta não ocorre pelas obras sociais ou de cura milagrosa!

A salvação ocorre pela fé em Jesus. Muitas vezes as pessoas estão bem financeiramente e não sentem necessidade de salvação por acharem que o obter muitos recursos ou estar com saúde é resultado da aprovação de Deus. Por isso faz parecer que só os pobres e doentes precisam do remédio espiritual do evangelho para lhes trazer consolo pela pobreza material. Acontece que os menos favorecidos estão mais dispostos a receber ajuda e acabam se abrindo para ouvir o evangelho, mas na antiguidade os pobres eram ignorados.

Jesus mostra como o amor de Deus está disponível para pobres e ricos, doentes e sãos, e não só os privilegiados terão acesso à informação sobre a salvação como ocorre com todo o resto. Hoje parece que as coisas se inverteram e muitos se opõem a se pregar o evangelho no meio dos ricos e saudáveis, mas isto seria fazer ascepção de pessoas e abandonar o rico por ser rico, ao seu próprio infortúnio, por ter consolo em seus muito recursos. Ou o são porque não passa dificuldades na saúde.

O evangelho é para todos, e os pobres e doentes são muitas vezes alcançados no meio de assistências sociais e ações de cura, seja pelas missões de homens com o dom de cura ou por médicos assistencialistas. Só não podemos ignorar a necessidade da salvação. Todos iremos morrer um dia e se fomos ricos ou pobres, doentes ou saudáveis, não importará se tivermos Cristo em nossos corações. A ausência dele é que é o problema, não o ter ou não dinheiro e saúde!

Ano 2#276

O esforço certo é recompensado!

Então, saindo, percorriam todas as aldeias, anunciando o evangelho e efetuando curas por toda parte. Ora, o tetrarca Herodes soube de tudo o que se passava e ficou perplexo, porque alguns diziam: João ressuscitou dentre os mortos; outros: Elias apareceu; e outros: Ressurgiu um dos antigos profetas. Herodes, porém, disse: Eu mandei decapitar a João; quem é, pois, este a respeito do qual tenho ouvido tais coisas? E se esforçava por vê-lo.
Lucas 9:6‭-‬9 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.9.6-9.ARA

O esforço do rei Herodes não foi suficiente para ouvir Jesus enquanto podia. Não deu a devida prioridade e, quando finalmente teve a oportunidade de estar com Jesus nada ouviu do mestre.

Muitos têm a oportunidade de ouvir o evangelho e não ouvem. Outros perseveram em buscar a Cristo, seja no deserto, nos montes ou nas cidades. Qual tem sido a importância do Senhor em nossas vidas? Busquemos enquanto podemos encontrá-lo, pois poderá haver novo silêncio quando Cristo voltar para buscar a sua igreja!

Enquanto isto a igreja continua a fazer curas e ministrar o evangelho da salvação em Cristo. As ocupações de rei atrapalharam Herodes ter com Jesus nas pregações do mestre. Qual a desculpa que estamos dando? Trabalho? Filhos? Estudos? Os campos já estão brancos e o mestre não tarda para voltar. Grande será a alegria dos que o esperam!

Ano 2#261

A luz de Deus sempre vence as trevas!

Disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas. Chamou Deus à luz Dia e às trevas, Noite. Houve tarde e manhã, o primeiro dia.
Gênesis 1:3‭-‬5 ARA
https://bible.com/bible/1608/gen.1.3-5.ARA

A luz é boa, não as trevas. Por isso há separação entre elas. Onde há luz não há trevas. A sombra ocorre quando algum obstáculo impede a luz parcialmente ou completamente de preencher algum espaço. A luz significa podermos enxergar, enquanto as trevas o permanecer na ignorância de como as coisas realmente são.

A luz tem sido interpretada muitas vezes como a verdade, enquanto as trevas a parcialidade e até mesmo a completa ignorância. Para o nosso bem, fontes de luz nem sempre permanecem imóveis e acabam por nos mostrar o que víamos parcialmente.

Ninguém, depois de acender uma candeia, a cobre com um vaso ou a põe debaixo de uma cama; pelo contrário, coloca-a sobre um velador, a fim de que os que entram vejam a luz. Nada há oculto, que não haja de manifestar-se, nem escondido, que não venha a ser conhecido e revelado.
Lucas 8:16‭-‬17 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.8.16-17.ARA

A palavra de Deus é a manifestação da verdade e do conhecimento das coisas de Deus que trazem luz para a humanidade. Cristo é a luz do mundo que brilha e transforma a visão de todos que por ele olham, tendo uma nova perspectiva do mundo. O evangelho é como somos transformados pela manifestação de Deus em nossas vidas, a partir de Cristo e o trabalho diário do Espírito Santo.

A luz de Deus penetra qualquer sombra e nada que está em oculto permanecerá assim. O que ocorre é o medo da luz quando as criaturas estão acostumadas às trevas. Há uma luta para se esconder, ao invés de se acostumar e ir para a luz. A humanidade ainda vive nas sombras e precisa ir para a luz de Cristo. Ainda há separação entre a luz e as trevas, mas a luz não ficará escondida, mas se manifestará para que vidas sejam alcançadas e transformadas pela verdade!

Caminhemos para a luz de Cristo! Não devemos ter medo. A luz de Deus é boa e prevalece contra as trevas!!!

Ano 2#259