Chegou a hora!

Depois de dizer essas coisas, Jesus levantou os olhos ao céu e disse: — Pai, é chegada a hora. Glorifica o teu Filho, para que o Filho glorifique a ti, assim como lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, a fim de que ele conceda a vida eterna a todos os que lhe deste. E a vida eterna é esta: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.
João 17:1‭-‬3 NAA
https://bible.com/bible/1840/jhn.17.1-3.NAA

João registra a oração sacerdotal de Jesus e nos revela o propósito da cruz pelas próprias palavras do mestre. Cristo se autodeclara Filho de Deus, tendo autoridade sobre toda a humanidade e o poder de conceder a vida eterna a todos que lhe são dados. Como a fé é dom de Deus, crer em Jesus é um ato divino, pois Cristo só pode nascer no coração de quem o recebe. Assim como só nasce uma criança a partir de uma conjunção carnal deliberada, Cristo nasce no coração de alguém também de forma deliberada.

Ainda que pareça ser acidental que tenhamos conhecido o evangelho, ninguém prega a Cristo sem que haja a intenção de promover o Reino de Deus! A vida eterna começa quando conhecemos Jesus e continuará para sempre desta forma. Conhecer Deus é uma tarefa perene, sem fim, pois Ele É infinito, inigualável, indescritível, sendo necessário que busquemos nos aprofundar neste relacionamento.

Jesus também deixa claro que só há um único Deus e este é o seu Pai. A missão de Cristo é nos levar ao Pai através de sua morte e ressurreição, glorificando a Deus e redimindo a humanidade. Não há outro caminho e nem outro Deus ao qual devemos buscar. Ignorar isto é ignorar Cristo e sua missão, é crucifica-lo por ódio e preconceito, por ignorância e vaidade.

Jesus orou intercedendo para que pudéssemos crer e conhecer o Pai, para que o Reino de Deus fosse construído na graça e no amor divino, para que a humanidade finalmente seguisse o propósito original de sua criação. Não ser restaurado em Cristo é continuar na rebeldia em que o mundo se encontra, perpetuando a iniquidade e o mal.

Conhecer a Cristo é o caminho, permanecer longe dele é continuar seguindo para o inferno. Conhecê-lo nos torna participantes do projeto de edificação do Reino, pregando o evangelho por obras e palavras. Jesus orou por todos os que viriam a crer e intercedeu para que vivêssemos neste mundo sendo livres do mal ao nosso redor, mas também sendo libertos do mal que havia em nós. Em Cristo somos livres e afortunados por recebermos a salvação divina.

Se desejamos a vida eterna precisamos de Cristo. Conhecê-lo é o que de melhor pode acontecer na vida de alguém e ignorá-lo é o pior. Ao fecharmos os olhos nesta terra haverá apenas dois caminhos e só seguirá para o Pai quem conheceu o Filho. Tristeza é não poder seguir o caminho da salvação e terrível será não conhecer o autor da vida e nem ser iluminado e alimentado em Sua presença. Que possamos usufruir desta oração maravilhosa que nos apresenta o amor e a graça, misericórdia infinita de Deus que também fará justiça contra o pecador!

Ano 2#344

Declaremos as bençãos de Deus sobre as vidas!

Abençoaram a Rebeca e lhe disseram: És nossa irmã; sê tu a mãe de milhares de milhares, e que a tua descendência possua a porta dos seus inimigos.
Gênesis 24:60 ARA
https://bible.com/bible/1608/gen.24.60.ARA

Como abençoamos e a quem abençoamos? Rebeca recebeu um convite de casamento e o aceitou. Seus parentes, então, a abençoaram e declararam que ela fosse próspera na terra para onde iria ser desposada. Rebeca casou-se com Isaque, o filho da promessa e se tornou a mãe de Esaú e Jacó, sendo mãe de muitos milhares pois sua descendência se tornou a própria nação de Israel.

O que temos desejado e declarado na vida de nossos entes queridos? Que são pestes? Que não darão em nada? Que são insolentes? Ignorantes? Ou declaramos sobre eles as bençãos de Deus? Precisamos quebrar este ciclo de maldições que tendemos a verbalizar e fazer como ensinado na Palavra de Deus. Que das nossas bocas não saiam bençãos e maldições, apenas as bençãos!

Isaque abençoou a Jacó e este foi o pai dos doze patriarcas. Jacó, antes de morrer, profetizou sobre seus filhos e netos, abrindo o reino espiritual para que suas palavras fossem realizadas no mundo físico. Nossas palavras tem poder e precisamos cuidar do que e como falamos.

Que neste ano que se aproxima tenhamos boas palavras para com o nosso próximo. Desejemos aos nossos o que há de melhor e veremos no mundo espiritual as condições para que ocorram de maneira favorável. Em Cristo podemos pedir ao Pai as benção derramadas sobre Abraão. É herança dos que crêem. Tomemos posse e abençoemos as pessoas! Que seja uma semeadura abençoada, no nome de Jesus!

Ano 2#302

Toda a criação depende de Cristo!

Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.
Colossenses 1:15‭-‬16 ARA
https://bible.com/bible/1608/col.1.15-16.ARA

Jesus não foi criado, sendo também pré-existeste à criação, tendo participado da formação de todas as coisas. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Tornou-se o primogênito para liderar a humanidade de volta ao caminho da santidade.

Jesus é o que podemos conhecer de Deus, a manifestação em nossa realidade, pois não suportaríamos toda a sua glória enquanto estamos neste plano. Assim, Jesus é a imagem do Todo-Poderoso, aquele que nos mostra o caminho para o Pai.

Imaginemos o poder que está em Cristo, pois nele foram criados e estão sendo sustentadas todas as coisas que hoje conseguimos perceber. Ainda assim derramou o seu sangue para nos trazer vida, perdão de nossos pecados e nos socorrer em todos os momentos de aflição.

Temos um Deus pessoal que se importa com cada um de nós. Que move as regiões celestiais a nosso favor e não se cansa ou dorme enquanto estamos em necessidade. Este é Senhor e salvador, tendo se importado com cada um neste mundo.

Cristo é rei, sacerdote, intercessor e mediador. Cristo é a imagem que nos faz perceber a glória de Deus e nos convida a participarmos dela. Observemos e Caminhemos em seus passos, pois assim estaremos na direção certa em nossas vidas! Deus seja louvado por tão grande graça!

Ano 2#287

Deus é Pai e oleiro!!!

Mas agora, ó Senhor, tu és nosso Pai, nós somos o barro, e tu, o nosso oleiro; e todos nós, obra das tuas mãos.
Isaías 64:8 ARA
https://bible.com/bible/1608/isa.64.8.ARA

Glórias a Deus pelas misericórdias a nós dispensadas! O Pai foi manifesto pelo Filho e no Espírito Santo somos trabalhados na nossa constituição! O Deus triunfo realiza em nós a restauração necessária para adentrarmos na vida eterna!!!

Em Cristo passamos a ter Deus como Pai. Éramos seus inimigos, mas agora somos seus herdeiros! Maravilhosa graça nos foi dada para que hoje tenhamos este benefício. Pela obra de Deus fomos criados e somos restaurados. Tudo feito para louvor do seu nome!

Ter um Pai é ter proteção, amor, cuidados, alimento, vestimenta, teto, direção, apoio, alguém que fará por nós o que não sabemos fazer e nos ensinará o que for necessário para sermos bem sucedidos em nossas vidas. Deus nos molda como vasos de barro para servirmos ao Seu propósito maior. E isto é muito bom, pois recebemos este benefício que não é visível para muitas pessoas.

Ter esta percepção, como teve Isaías, é compreender nossa limitação e necessidade de cuidados. Saber que Deus é Pai é ainda melhor, pois nos traz esperança de dias gloriosos em sua presença. Busquemos o abraço do Pai amoroso, aquele que nos quer bem e move o mundo para que sejamos bem sucedidos naquilo que Ele nos propõe vivermos. Em Deus temos tudo o que precisamos e fora dele não há nada que devamos buscar!

Ele É Pai e também oleiro. Através das circunstâncias seremos moldados segundo a Sua vontade. Confiemos em Deus em todos os nossos caminhos. Tudo verá à pena!!!

Ano 2#285

Jesus é a revelação do caminho para o Pai.

Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.
Mateus 3:16‭-‬17 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.3.16-17.ARA

Jesus é o Filho de Deus que encarnou para nos trazer vida abundante! Seu batismo nos revelou sua natureza, a Trindade, sua supremacia e sua humildade. Jesus Cristo sendo Deus viveu entre nós para nos mostrar o caminho para o Pai!

Jesus é o Cristo, o Messias prometido, o Senhor e Salvador, aquele a quem devemos ouvir e seguir. Nos passos de Jesus iremos morrer para este mundo e ressuscitar com ele para o vindouro, eterno, espiritual, sendo justificados e restaurados segundo a imagem e semelhança de Deus!

Deus se revelou no Filho e se alegrou pela obediência, que culminou com o sacrifício da morte, mas também na glória da ressurreição. No poder divino seremos seus discípulos e também cumpriremos sua justiça. É tempo do corpo de Cristo atuar nesta terra, exprimindo o amor de Deus para com a humanidade.

Jesus é amado e seremos também. Jesus alegra o Pai e a nossa obediência O alegrará também:

Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada.
João 14:23 ARA
https://bible.com/bible/1608/jhn.14.23.ARA

A morada de Deus em nós, através de seu Espírito Santo é manifestação do amor dEle para conosco. O amor reside em nos ter enviado Jesus Cristo e nos revelar o caminho da salvação. Sem este caminho não retornamos para Deus. Neste caminho já estamos restabelecidos e seremos conformados com o Filho. Guardemos as palavras do Senhor, que significa ouvir, entender, concordar e praticar o evangelho da graça!

Ano 2#281

Cristo estabelece o seu reino!

Por aquele tempo, exclamou Jesus: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai. Ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Mateus 11:25‭-‬27 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.11.25-27.ARA

Há um plano de revelação de Deus para o mundo e este está no controle de Cristo, o Filho! Jesus entregou-se na cruz para nos dar a salvação através da fé, mas os sábios e grandes, que alcançaram suas posições por mérito, não confiam que a salvação seja de outra maneira que não a deles. Para alguém racional, como posso ser justificado se não mereço justiça?

A esperança dos humildes é justamente poderem contar com a misericórdia e a graça de Deus. Sabem que não merecem, mas entregam-se nas mãos daquele que os pode livrar do mal. Nosso maior perigo espiritual é esperar contar com a nossa própria justiça ou obras para sermos felizes ou abençoados. Se reconheço que tudo procede de Deus, então vivo sabendo que a minha benção provém da misericórdia e da graça dEle e não do meu mérito. Afinal, minha constituição física é proveniente do imponderável e só Deus para saber porque tenho ou não alguma capacidade intelectual, artística, atlética, etc.

Em Jesus temos acesso ao Pai. Sem ele, não! Os humildes invocarão o nome de Cristo, os poderosos e sábios do mundo o resistirão. Mas, um dia poderão se sentir vulneráveis e tanto o orgulho da posição, riquezas e sabedoria não lhes trarão alegria, paz ou satisfação. Estas coisas só alcançamos plenamente em Jesus! Aí terão oportunidade de enxergar a Cristo!

Graças a Deus que enviou o Filho para nos reconciliar consigo e nos aproximar dEle. Em Jesus teremos a salvação prometida e a paz desejada. Ele está semeando o evangelho da graça entre nós, a todo momento. O que estamos esperando ou fazendo? Ouvindo, entendendo, concordando e praticando ou simplesmente refutando? Nossa resposta hoje refletirá na eternidade. Não há apenas este tempo de vida na terra. Há uma vida eterna a ser vivida e nossa resposta hoje refletirá como viveremos no futuro. Os sábios e instruídos confiam apenas no que enxergam, já os pequeninos em Deus! Em quem confiamos hoje?

Ano 2#277

Cristo é a nossa salvação!

Então, lhes perguntou: Mas vós, quem dizeis que eu sou? Respondendo, Pedro lhe disse: Tu és o Cristo.
Marcos 8:29 ARA
https://bible.com/bible/1608/mrk.8.29.ARA

Pedro teve a profunda revelação espiritual a respeito de Jesus. Tal revelação é dada pelo Espírito Santo, pois as coisas espirituais só se discernem espiritualmente. João Batista também teve esta revelação e como Pedro reconheceu o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

Por causa da forma como é revelada, a partir de Deus, é que muitos possuem restrições para acreditarem. Mas, ignoram que só se conhece o que a nós é revelado. Se ninguém nunca entrou em uma biblioteca ou nunca acessou ferramentas de busca online, como conhecer outros países, culturas, planetas, fauna, flora e o reino mineral? Assim também o reino de Deus precisa ser exposto para ser conhecido.

E Deus está enviando mulheres e homens para esta tarefa, em todas as nações existentes. Ainda há muitas pessoas não alcançadas e a cada dia nascem mais. Onde o evangelho foi mais difundido, como na Europa, agora são outras religiões que estão prosperando. Importa que a revelação recebida por Pedro seja recebida por muitos, para que o mundo se converta ao Senhor.

Pedro teve a oportunidade de ver o verbo encarnado, sendo testemunha ocular dos milagres e maravilhas, bem como tantas outras pessoas. Isto não significa que todos os que viram o reconheceram. Quem não crer no Cristo enviado não participará de sua salvação. Quem crer e for batizado será salvo por meio de seu sacrifício redentor.

Qual a nossa participação nisto? Se cremos então entendemos a importância de compartilhar a nossa fé com quem ainda não teve a oportunidade de conhecer e decidir por Cristo. Quem não creu ainda é hora de pedir a misericórdia de Deus, pois não há outro caminho para a salvação eterna. O tempo se abrevia e cada dia pode ser nossa última chance de declarar nossa decisão. Todos podem ser salvos, mas somente os que estão acolhendo a revelação o serão.

Cristo é Senhor e salvador. Só precisa de salvador quem se reconhece afastado de Deus por seus pecados. A chave está em olhar para si e para Deus e entender que Ele É santo e, por isso, não há o que façamos para merecermos sua presença. Precisamos desta graça, senão permaneceremos apartados e inimigos de Deus. Sem remissão de pecados não há reconciliação!

Ano 2#274

Cristo é o Soberano dos reis da terra!

João, às sete igrejas que se encontram na Ásia, graça e paz a vós outros, da parte daquele que é, que era e que há de vir, da parte dos sete Espíritos que se acham diante do seu trono e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!
‭‭Apocalipse‬ ‭1:4-6‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rev.1.4-6.ARA

Quando Jesus encarnou, viveu, morreu e ressuscitou houve a expressão física do Filho de Deus, embora tudo o que havia sido feito fora feito a partir de sua participação. A Trindade ainda é uma revelação a ser completamente compreendida para nós, mas neste momento nos importa entender Cristo!

Ele é a revelação de Deus que esteve entre nós em carne e hoje é o mediador entre Deus e os homens. Ele é o Alfa e o Omega, o Soberano dos reis da terra, o Primogênito dos filhos de Deus, a Testemunha Fiel do Santo! Em Cristo recebemos a redenção de nossos pecados e nele somos feitos justos. Já não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus (Mateus 8.1). Em Jesus somos feitos reino e sacerdotes, ministros do evangelho da nova vida!

Porque Jesus veio tivemos a oportunidade do novo nascimento. Sem que nossos espíritos sejam reativados pela conexão com o Espírito Santo de Deus somos seres meramente carnais tentando uma espiritualidade muito aquém do que poderíamos alcançar. Sem ele permaneceremos na tendência ao pecado e não evoluiremos como sociedade de Deus. No novo nascimento somos reino e constituídos sacerdotes do Altíssimo em nossas vidas e na vida do nosso próximo, nova perspectiva e transformação serão os frutos desta conexão com Deus.

como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.”
‭‭Romanos‬ ‭3:10-12‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rom.3.10-12.ARA

O mundo ignora tal graça e é justamente por isso que o evangelho continua sendo pregado persistentemente. Sem Cristo não nos voltaríamos para Deus, mas com ele estaremos com o Pai por toda a eternidade. Quem é Jesus para mim? Como a minha vida está em relação ao que conheço de Deus? Cada um precisa se perguntar a respeito. As cartas às igrejas que se iniciam no capítulo seguinte trazem luz a estas perguntas. Estamos em um tempo em que o evangelho está sendo descaracterizado pela aceitação do mundo no seio da igreja e tantas outras mazelas.

Sem uma autoavaliação podemos incorrer em permanecermos na vida carnal, sem recebermos a vida nova do Espírito Santo. Se tenho o Espírito viverei pelo Espírito. Se continuo em meus pecados então não fui regenerado e preciso me arrepender e entregar minha vida à Cristo. Se não somos reino e nem sacerdócio, então não estamos em comunhão com o Cordeiro. Importa termos o nosso nome escrito no Livro da Vida e só ele pode colocar o nosso nome lá, porque nos ama e deu o seu sangue por nós!

Ano 2#235

Busquemos a revelação de Deus!

Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João, o qual atestou a palavra de Deus e o testemunho de Jesus Cristo, quanto a tudo o que viu. Bem-aventurados aqueles que leem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo.”
‭‭Apocalipse‬ ‭1:1-3‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rev.1.1-3.ARA

A revelação é um processo que se inicia em Deus e culmina com a entrega para o ser humano das verdades que transformarão a nossa vida. As revelações contidas em Apocalipse, o livro das revelações, colocam a pessoa de Jesus Cristo como mediador entre Deus e os homens, da mesma forma que em 1 Timóteo 2.5. Deus dá a Jesus uma revelação a ser transmitida. O anjo de Jesus expõe a revelação ao homem João em seu estado espiritual, que as escreve para que a humanidade pudesse ter acesso em todos os tempos.

A linguagem usada por João precisa ser recheada de significações para poder ser interpretada por todas as gerações, pois a mensagem é bendita e deve ser guardada pelos que a recebem e buscam entende-la. Há uma chave aqui, pois é para os servos do Senhor a interpretação! Portanto, recebe-la e considera-la já é um benefício e graça!

Há diversas formas de se interpretar as revelações em Apocalipse e não caberia neste espaço diário considera-las. Há cursos teológicos e diversas linhas que trazem profundas discussões a respeito, sendo que nosso intuito aqui é dar a importância a este tema que muitos não se preocupam em se aprofundar. Se a mensagem vem de Deus para os seus servos, então é importante. Se Jesus Cristo nos ensina para que possamos entender os tempos é porque importa para nós fazermos a correta distinção.

As revelações se iniciam expondo a visão de um Cristo em sua glória e de muitas advertências para a igreja antes de expor o julgamento que o mundo enfrentará. Jesus começa julgando a própria igreja antes de olhar para o mundo. E o que estamos vendo hoje é a prova de que realmente a igreja precisa se consertar com Deus. Movimentos de cristãos entre denominações e linhas nunca tiveram tantos números. Quantos católicos estão se tornando protestantes? Por que isto? Quantos protestantes estão mudando de denominação protestante? Por que isto? Quantos líderes religiosos sendo questionados por sua conduta diante do rebanho de Deus?

Importa conhecermos esta mensagem o quanto antes! Se não a conhecermos estaremos a mercê dos falsos profetas, do anticristo e dos movimentos bestiais que estão ocorrendo em nossos dias. Os servos do Senhor não serão confundidos porque estão se ocupando nos avisos e na busca de perseverar em viver pela verdade do evangelho. Há igrejas sendo formadas por ex-integrantes de igrejas porque líderes estão se perdendo na conduta do rebanho e as ovelhas estão sendo destruídas e mal-tratadas. Há que se voltar ao primeiro amor, fugir das falsas doutrinas, perseverar na verdade do evangelho antes que o Senhor volte e retire o candelabro, trazendo justiça para que os eleitos não se percam.

Que mensagem estamos seguindo? Que vida estamos levando? Nossas obras refletem tudo isto e queremos acertar, não é verdade?! Portanto, prossigamos em conhecer a mensagem revelada e cuidar de nossas vidas e apontar para Cristo, nosso mestre e Senhor que nos levará até dentro dos portões celestiais. O tempo se abrevia e devemos ser diligentes!

Ano 2#234

Creiamos em Jesus se desejamos ressuscitar para a vida eterna!

De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”
‭‭João‬ ‭6:40‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.6.40.ARA

Se quisermos a vida eterna devemos buscar a Jesus, o Cristo! Nele reside a graça e o amor do Pai. Nele há a expressão da misericórdia e da esperança, boas novas para o perdido, cansado e desenganado da vida em um mundo caótica e desesperado.

Se alguém acha que hoje as coisas estão ruins, pense em 2000 anos atrás. Havia um império tomando conta de diversas nações, forçando-as a pagar tributo, com leis marciais, sem liberdade de expressão, com guerras e pestes espalhadas por todos os cantos, sem aposentadoria, férias, garantias de apoio institucional, apenas a vontade de viver sobrepujando as dificuldades da vida e até a escravidão.

Distâncias enormes percorridas a pé, línguas diferenciadas em cada localidade, intempéries de todo tipo como ainda temos hoje, sem esperança de dias melhores ou a confiança em uma vida eterna. A certeza de que havia algum tipo de divindade que deveria ser agradada para trazer algum benefício ou não ser desagradada para não receber malefícios. Pior, dezenas de divindades diferentes a rodear sem saber em qual confiar…

Jesus Cristo veio ao mundo para apontar o caminho para o Deus único, o Pai, que definiu, criou e sustenta todo o universo, Aquele que não pode ser assistido por mãos humanas ou ensinado pela sabedoria humana. Aquele que nos criou e não deseja que nos desviemos do propósito de nossa criação, fazendo-se conhecido em todas as eras, mas agora, pelo Filho, deu-se a conhecer em profundidade!

Em Jesus Cristo temos a revelação do modelo de Adão, como deveríamos viver entre nós e com Deus! Nos servindo uns aos outros e nos relacionando com o Senhor, de podermos conversar com Ele em todo tempo. Jesus veio explicitar a graça e nos ensinar a vida com Deus e com o próximo, doando sua vida para que recebêssemos a nossa, levando sobre si nossos pecados para podermos ser justificados e encontrados limpos diante de Deus, O Santo!

Sem Jesus permaneceremos em nossos pecados e impossibilitados de viver com o Senhor. Através de Cristo somos habilitados e reconciliados com o Pai! Com Jesus ressuscitaremos, mas sem ele pereceremos. Ele é o único caminho, pois nenhum outro nos torna dignos de estarmos na presença do Senhor. Não há o que façamos que nos torne aptos a vermos a face de Deus senão o próprio Deus tirando de nós a nossa iniquidade. Quem tentar se auto-justificar falhará, quem for justificado por Cristo por ele ressurgirá para toda a eternidade!

Se desejamos ressuscitar para a eternidade com o Pai, creiamos no Filho. Ele tomou a chave da morte e do inferno e levou consigo o cativeiro e destruirá todos os inimigos de nossas vidas, inclusive a morte. Então veremos a glória e viveremos com o Senhor! Lindo será se confiarmos nesta palavra!

Ano 2#226