Há o pecado, há um juiz e um juízo. Será que estamos atentos a isto?

Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.
‭‭João‬ ‭16:7-11‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.16.7-11.ara

O Espírito Santo está derramado sobre toda a Terra para convencimento da humanidade a respeito da situação espiritual de todos nós. O termo “mundo” é referente ao pensamento comum da humanidade decaída por causa do pecado cujo príncipe é Satanás. Este já está condenado, aguardando em liberdade o cumprimento da sentença. Enquanto está livre continua convencendo pessoas a permanecerem em seus pecados e ignorando a voz do Espírito Santo.

Jesus cumpriu os preceitos sendo perfeito para com a Lei e estabelecendo uma nova aliança com a humanidade, a partir de seu sacrifício. Ele cumpriu a justiça e nele somos justificados. Esta fé em Jesus vem através do Espírito Santo também. Se não ouvirmos a voz do Espírito então não seremos convencidos de nossa condição de pecadores.

O pecado é todo desvio de propósito em nossas vidas. Deus nos criou para sermos santos. Não devemos falar mal de outras pessoas, nem mentir, ou roubar, ou cobiçar, ou desobedecer autoridades, ou ter uma vida sexualmente inadequada aos preceitos Bíblicos, conforme está escrito. Covardes, adoradores, e todo tipo de desvio é condenado e o resultado será a eternidade no lago de fogo. Quem nos convence disto também é o Espírito Santo.

Se não entendemos que somos pecadores destinados ao fogo eterno, então não buscaremos um salvador. Sem a fé no sacrifício de Jesus não teremos nenhuma alternativa a respeito da justificação e permaneceremos na condição atual de pecadores não arrependidos.

Ora, se não nos arrependermos não mudaremos de direção e permaneceremos nos pecados que o mundo pratica, sem nenhuma relutância ou preocupação. A santidade e justiça de Deus estarão distantes e não impactarão as nossas vidas e não nos voltaremos a busca-las. Sem a ação do Espírito Santo não haverá transformação de corações e mentes e o mundo permanecerá em seus pecados, pois é influenciado pelo príncipe do mal.

Jesus trouxe a oportunidade de sermos perdoados, justificados e santos. Foi preparar lugar para todos os pecadores arrependidos, convencidos pelo Espírito Santo que agora habita neles, a viverem com Deus. De fora permanecem os que não se arrependem e o destino será terrível. Bom seria que todos dessem ouvidos. Para isto o evangelho está sendo pregado, para que a fé em Cristo traga salvação para todos que crerem!

O Espírito Santo está a nossa volta e estará dentro de nós ao sermos convencidos do pecado, da justiça e do juízo. Ouçamos a sua voz e obedeçamos ao chamado, pois assim seremos transformados e abençoados para a eternidade com Deus!

Se me amais, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós.
‭‭João‬ ‭14:15-17‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.14.15-17.ara

Se permanecermos em nossos pecados não haverá desculpas no tribunal de Deus!

Não me repreendas, Senhor, na tua ira, nem me castigues no teu furor. Cravam-se em mim as tuas setas, e a tua mão recai sobre mim. Não há parte sã na minha carne, por causa da tua indignação; não há saúde nos meus ossos, por causa do meu pecado. Pois já se elevam acima de minha cabeça as minhas iniquidades; como fardos pesados, excedem as minhas forças.
‭‭Salmos‬ ‭38:1-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/psa.38.1-4.ara

Continuamos enxergando a justiça divina como uma mensagem importante em nossos dias. Nascemos com uma orientação para o pecado encravada no nosso DNA. Ninguém nasce já cometendo pecados, mas nasce com a tendência para ele. Assim, quando chegamos na idade de escolhermos pratica-lo ou não teremos a inclinação de cair nas tentações.

O salmista estava se enxergando no tribunal divino, consciente de que não receberia livramento, mas estava condenado à ira de Deus. No entanto, conhecia a natureza do Senhor onde também há misericórdia.

Sem o auxílio divino ninguém será justificado, pois a nossa natureza caída em Adão não nos permite mais sermos santos como deveríamos. Sem que o Espírito Santo aja em nós não estaremos aptos a vivermos uma vida santa e muito menos dedicada ao Senhor.

Nossa salvação está em Deus, através de seu Filho Jesus Cristo. Em Jesus temos o amor de Deus que nos dá nova oportunidade para que nos arrependamos de nossos pecados e possamos novamente ter comunhão com Deus.

Em Cristo somos justificados e com ele santificados. Passamos da morte para a vida e nenhuma condenação haverá para os que creem! Sem Jesus não há outra oportunidade e os que não crerem já estão condenados.

Se você leu esta mensagem então espero ter compreendido porque Cristo disse que ele é o caminho e a verdade e a vida e ninguém vai ao Pai a não ser através ele (João 14.5). Também desejo sinceramente que tenha já tomado a sua decisão por segui-lo e entrar na eternidade. O dia de amanhã não temos, mas o agora ainda nos pertence. Depois da morte não há como decidir, será tarde demais.

Oro para que o Senhor venha a lhe impactar a cada dia mais e suas doces benção lhe mostrem o caminho a seguir, um caminho de paz e não de mal, pois Ele deseja que todos se salvem, mas não obriga a ninguém segui-lo. Não somos robôs, mas somos pecadores necessitados de um salvador. Se dissermos que não temos pecado O chamamos de mentiroso e a verdade não está em nós (1 João 1.8-10).

Que a graça de Deus nos alcance poderosamente, em nome de Jesus, aquele que deu sua vida por nós, pois não havia nenhuma outra forma de se atender a justiça de Deus!

A justiça de Deus não tarda!

O Senhor conhece os dias dos íntegros; a herança deles permanecerá para sempre. Não serão envergonhados nos dias do mal e nos dias da fome se fartarão. Os ímpios, no entanto, perecerão, e os inimigos do Senhor serão como o viço das pastagens; serão aniquilados e se desfarão em fumaça.
‭‭Salmos‬ ‭37:18-20‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/psa.37.18-20.ara

Ainda que em nossos dias pareçam que os corruptos estejam vivendo regaladamente enquanto os íntegros não estejam há uma justiça divina que não permitirá que isto vá até o fim. Riqueza ou pobreza não impedem males e nem calamidades contra nós, pois são imponderáveis e sem controle da nossa parte. Nossas vidas estão nas mãos do poderoso Altíssimo!

Ímpios são os que não depositam em Deus as suas vidas. Não é questão de riqueza. Ímpios fazem a sua própria vontade e acabam por prejudicarem outras pessoas. Íntegros colocam as suas vidas e escolhas em Deus, buscando viver segundo os seus preceitos.

Portanto, o conceito de integridade está totalmente relacionado com os valores ensinados nas Escrituras Sagradas. Amar a Deus e ao próximo, viver buscando a face de Deus, meditar em suas palavras, ajudar a quem precisa, ter em Jesus seu salvador e Senhor e ouvir a voz do Espírito Santo para que todas as demais ocorram em nossas vidas é o que devemos fazer para seguirmos íntegros.

Ainda que o mundo esteja em crise nós devemos estar em Cristo. Nele estamos seguros espiritualmente e nas mãos do Senhor seremos libertos e ajudados em qualquer circunstância de nossas vidas. As tempestades vêm para todos, mas os que estão em Cristo permanecerão de pé!

O Senhor nos prometeu muitas coisas, mas deixou claro que ainda iríamos ter de receber um novo corpo revestido de incorruptibilidade para adentrarmos os portões celestiais. Assim, se não formos arrebatados acabaremos por morrer um dia. Neste caso, a morte não é um infortúnio para os crentes, mas o início da eternidade prometida. Já para os ímpios será o início do castigo eterno, sem recurso ou qualquer esperança.

A justiça de Deus é oportuna e não tardará, mas chegará no tempo certo. Tema e trema o que procura o mal, mas alegre-se no Senhor o que pratica o bem de acordo com as Escrituras. Continuemos a buscar as virtudes e sejamos conscientes de que sem o Espírito Santo não conseguiremos alcançar a estatura do nosso potencial que é Jesus Cristo, o Justo!

Por qual propósito vivo? Há um melhor?

Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João. Em ti haverá prazer e alegria, e muitos se regozijarão com o seu nascimento. Pois ele será grande diante do Senhor, não beberá vinho nem bebida forte e será cheio do Espírito Santo, já do ventre materno. E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus. E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.
‭‭Lucas‬ ‭1:13-17‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.1.13-17.ara

Linda é esta descrição do propósito de vida de João Batista! Sua vida, no entanto, não foi fácil e muito menos a sua morte! João veio de um casal considerado justo diante de Deus e foi separado para a obra com o Espírito Santo!

Somente no Espírito Santo é que há conversão de vidas para Deus! João teve um ministério bem sucedido porque o Senhor era com ele! Trouxe palavras de arrependimento, pregando este batismo, até que Jesus iniciou seu ministério terreno.

Importa-nos entender o propósito deste homem tão importante para os nossos tempos. O versículo 17 nos traz três elementos:

1. Converter o coração dos pais aos filhos. Muitos pais olhavam para os filhos como mão de obra para aumentar os rendimentos do lar e lhes dar dias futuros melhores. Filhos são a resposta do amor de um casal ao plano divino, onde reconhecemos o amor sem o dever de retribuição. Sem esta visão, nunca entenderemos o amor de Deus!

2.Converter os desobedientes à prudência dos justos. Nenhuma pessoa que desobedeça aos propósitos de Deus estará apta à adentrar o Seu reino. Se o reino é um lugar de escolhidos, Deus chama todos à obediência, a começar por Jesus que foi obediente até a morte! O justo é o obediente.

3. Habilitar para o Senhor um povo preparado. A preparação ocorre com um coração voltado ao Senhor. Começa com o temor da santidade de Deus, passa pelo reconhecimento das nossas transgressões e finaliza com o recebimento da salvação em Jesus.

João apontou Jesus tão logo viu o sinal do Espírito Santo declarando que era Jesus a quem deveriam seguir! João cumpriu cabalmente seu ministério e foi morto por falar as verdades do evangelho.

A virtude está no conhecer a verdade e esta é Cristo! Hoje estamos buscando viver pela verdade e cumprir o nosso propósito. A partir do momento em que recebemos o Espírito Santo já não vivemos mais para satisfazermos a nossa vontade, mas a do Senhor.

Este senhorio é maravilhoso, pois sabemos para onde vamos e temos objetivos de vida. Não há impedimento para que vivamos o melhor de Deus, ainda que perseguidos pelos homens. Afinal, na eternidade isto tudo terá passado e a recompensa não vem dos homens que perecem, mas do Deus Todo-Poderoso!

A ignorância não trará benefício no dia do juízo!

Porque a ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada; ora, se primeiro vem por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus? E, se é com dificuldade que o justo é salvo, onde vai comparecer o ímpio, sim, o pecador?
‭‭1Pedro‬ ‭4:17-18‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/1pe.4.17-18.ara

Uma das maiores dificuldades do homem é entender Deus! Estamos sempre em busca de compreendermos Sua natureza. E é realmente difícil.

Se pensarmos em Deus apenas como justiça acabaremos vivendo sob o medo da condenação de nossos pecados sem alternativas. Se pensarmos em Deus como puro amor iremos viver como filhos mimados que não têm responsabilidade alguma.

Acontece que Deus é amor (1 João 4:8), mas também é fogo consumidor (Hebreus 12:29)! E não só isto, mas justiça, Criador, sustentador de todas as coisas, Onisciente, Onipresente e Onipotente, onde tudo existe e de quem não temos dimensão racional para explica-lo!

É como olharmos para um objeto que possui características distintas dependendo do ponto de vista por onde olhamos. Quem olha de cima enxerga uma coisa, quem olha de frente enxerga outra e os dois estão certos, parcialmente! Assim é o nosso entendimento de Deus!

Jesus Cristo veio nos falar das muitas faces do Pai e que precisamos buscar conhece-lo como Ele É em sua plenitude. Pouco a pouco, em contato com o Espírito Santo iremos ter revelações das muitas perspectivas necessárias para compreendermos o Senhor Todo-Poderoso e ainda assim faltará a nós a figura completa. Mas, importa não permanecermos contentes com o que agora sabemos, mas busca-lo espiritualmente.

Quem mais o conhece, menos pode ignorar os seus desígnios. Parece, então, que seria melhor permanecer ignorante pois teríamos menos responsabilidades diante de Deus. Ora, assim deve ser desde o princípio, desde antes de Adão pecar, pois bastava conhecer a Deus e não o bem e o mal para vivermos em harmonia com Ele. Mas, Adão conheceu o bem e o mal e morreu, trazendo a morte a todos nós.

Assim, precisamos nos aprofundar no conhecimento de Deus, para que Ele seja todo o conceito de bem e mal em nossos corações e mentes, quando finalmente não nos importará mais nada além do nosso relacionamento com Ele!

Por isso é que não podemos permanecer na ignorância de Deus enquanto não participaremos mais do conhecimento do bem e do mal do mundo. Precisamos conhecer os preceitos e desígnios de Deus para sermos livres do mundo. E conhecendo-o não teremos desculpas em permanecer em nossos pecados, pois nos tornaremos ainda mais culpados se o fizermos.

Por isso o juízo começa pelos que conhecem a Lei, mas também serão livres os que vivem segundo a Lei! Os que não vivem já estão condenados. E a Lei é Jesus Cristo, a verdade e a vida! Jesus Cristo é o encerramento de todas as coisas, o modelo a ser vivido, copiado, e exaltado entre os povos.

Em Jesus temos o Espírito Santo que nos capacita a vivermos a Lei espiritual. Sem ele não teremos como nos livrar do justo Juiz! Deus não mudou e é infinitamente santo, fiel, justo e amoroso.

Há uma sentença contra o homem desde que conheceu o bem e o mal e se tornou inimigo de Deus. A justiça de Deus levará os rebeldes ao inferno. O amor de Deus trouxe a saída em Cristo. A fidelidade de Deus é nos transformar através do Espírito Santo.

Quem tem o Espírito dado em Jesus já está salvo, pois o juízo começará pelos salvos para a vida eterna com Deus. Os rebeldes perecerão eternamente. A verdade do evangelho é que nos tornamos conscientes de Deus e de nossa condição. A boa nova é que há saída em Cristo!

Jesus nos levará diante de Deus no dia do juízo e se colocará conosco, pois seremos um com ele e, portanto, como ele. Assim a justiça estará cumprida em nós, ainda que tenhamos morrido cometendo pecados. Não seremos perfeitos aqui neste mundo, mas espiritualmente, os que estão ligados pelo Espírito Santo já não são mais vistos como pecadores, receberam o salvo conduto que nos levará para a eternidade com Cristo!

Isto porque os que creem se arrependem de seus pecados praticados e recebem o perdão em Cristo, mas os que não se arrependem, não terão o benefício de Cristo que morreu para nos dar sua vida em nosso lugar. É viver com Cristo ou sem ele. Deus assim estabeleceu, e quem ignora esta verdade está indo para um tribunal sem possibilidade alguma de defesa. Esta ignorância não trará benefício algum!

Jesus é nosso advogado enquanto nos santificamos para Deus!

Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela se utiliza de modo legítimo, tendo em vista que não se promulga lei para quem é justo, mas para transgressores e rebeldes, irreverentes e pecadores, ímpios e profanos, parricidas e matricidas, homicidas, impuros, sodomitas, raptores de homens, mentirosos, perjuros e para tudo quanto se opõe à sã doutrina, segundo o evangelho da glória do Deus bendito, do qual fui encarregado.
‭‭1Timóteo‬ ‭1:8-11‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/1ti.1.8-11.ara

É certo que quem obedece às leis não está preocupado com multas, fiscalização ou qualquer tipo de ação do estado contra sua vida ou o seu negócio. Quem se preocupa com isto é o transgressor, que ainda fica procurando um jeito de burlar a lei.

Da mesma forma é a vida do pecador em relação à palavra de Deus, seus desígnios e sua santidade. Sem santidade ninguém verá a Deus. Sem vivermos segundo os preceitos de Deus, não seremos cidadãos celestiais!

Ou conseguimos viver segundo os mandamentos ou somos transgressores, pecadores e iníquos. O Velho Testamento estabeleceu os mandamentos e suas penalidades. Vigorou até Jesus Cristo e só mostrou que o homem não tem poder de seguir estes mandamentos por si mesmo.

Jesus Cristo, Deus encarnado, veio como homem para cumprir a Lei e nos trazer uma Nova Aliança, em seu sangue, sacrifício na cruz, para que todos que crerem nele pela fé recebam o Espírito Santo de Deus e sejam aptos a viverem dentro da Lei!

Aquele que está em Cristo já não vive em constante pecado, pois o Espírito lhe capacita a viver segundo os mandamentos de Deus! Já não há tristeza pela transgressão, mas a alegria pela libertação do pecado!

A graça não é autorização de Deus para pecarmos com alívio da sentença prevista na Lei, muito pelo contrário. Graça é poder de Deus para que sejamos aptos a vivermos segundo os seus preceitos, sendo santos! Pela graça somos salvos porque Deus nos dá os dons do Espírito mediante a fé em Cristo!

O evangelho é esta explicação maravilhosa que não é obvia aos nossos olhos, pois somos ensinados a burlarmos leis que não desejamos obedecer! Não somos naturalmente ensinados a nos doutrinar a ponto de sermos capazes de viver pela doutrina. Isto é coisa de quartel ou de religiosos. Mas temos visto como mesmo nestes ambientes as transgressões existem e como as pessoas muitas vezes são expulsas por não se enquadrarem.

Não se entra no reino de Deus sendo um pecador sem redenção. Se não tivermos em nós a semente do Espírito Santo a desenvolver a salvação continuaremos a ser transgressores espirituais, ainda que na cidadania do mundo sejamos pessoas corretas. Diante de Deus ninguém está livre da Lei, pois todos nascemos na transgressão espiritual realizada no Éden. Assim, já nascemos para desobediência espiritual e precisaremos de Cristo para nos devolver a ligação espiritual com o Pai que nos reabilitara a vivermos segundo o propósito dele para nós.

Sem Jesus Cristo não há como obtermos esta salvação. Por ele temos acesso ao Pai, sem ele continuaremos transgressores, tentando achar brechas na Lei para nos defendermos perante o juiz. Ei, eu tenho mais uma boa notícia:

Jesus é também advogado diante de Deus, e nos ajudará enquanto continuamos a errar, enquanto estamos nos santificando. Afinal, no aprendizado espiritual ainda poderemos errar, mas agora teremos um advogado que intercede por nós, porquanto confiamos nele que provém do próprio Deus!

Precisamos de Cristo, para santificação e devesa diante do justo juiz! Ele é o nosso advogado se precisarmos, mas o melhor é que nos trouxe a salvação de nossos pecados pelo Espírito Santo que nos convence e capacita a vivermos sem transgredirmos a Lei de Deus!

Busquemos a Cristo hoje mesmo. A sentença já é contrária a nós e sem Jesus não haverá escapatória. A sentença já foi dada à humanidade, mas Jesus é o único advogado capaz de mudar a sentença, pois ele se fez transgressor em nosso lugar, para que nós transgressores pudéssemos ser santificados através dele mesmo! Isto é a graça que se recebe mediante a fé em Cristo!

Não olhe para trás!

“A mulher de Ló, porém, olhou para trás enquanto o seguia e se transformou numa coluna de sal.”
‭‭Gênesis‬ ‭19:26‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/gen.19.26.nvt

Olhar para trás é estar com o coração naquilo que devemos deixar para nosso próprio bem. A mulher de Ló olhou com pena de Sodoma e Gomorra que estavam sendo destruídas por causa da sua insensibilidade em relação aos princípios de Deus.

A verdade é que não havia mais como transformar os corações e mentes daquelas pessoas. Estavam tão cauterizadas em relação ao que é louvável e honroso que não tinham interesse em nada disto, muito pelo contrário. A promiscuidade era apenas o que se tornou visível aos olhos, mas a perversidade já era irreversível.

Apenas a família de Ló foi tirada a força e às pressas daquele lugar, para não sucumbir ao julgamento de Deus. No entanto, a mulher de Ló deixou-se tomar por zelo por aquele lugar, permitindo que seu coração não partisse dali.

Muitas vezes os Cristãos estão vivendo como a mulher de Ló. O mundo está se tornando perverso como nos tempos de Sodoma e Gomorra e não tardará novo julgamento de Deus. A Igreja será arrancada às pressas como a família de Ló. Portanto, não olhemos para trás!

Não podemos nos apegar àquilo que Deus já condenou. Quando falamos do mundo não queremos dizer as pessoas, mas as práticas que são provenientes do egoísmo, vaidade e maldade que habita em corações. Se nos acomodarmos e aceitarmos estas coisas, então não conseguiremos abandonar estas práticas e não partiremos quando as trombetas tocarem. Estaremos tão ligados e divididos que não estaremos prontos e nem interessados em partir.

Assim como foi nos dias de Noé, será também nos dias do Filho do Homem: comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e destruiu a todos. O mesmo aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre e destruiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar. Naquele dia, quem estiver no eirado e tiver os seus bens em casa não desça para tirá-los; e de igual modo quem estiver no campo não volte para trás. Lembrai-vos da mulher de Ló. Quem quiser preservar a sua vida perdê-la-á; e quem a perder de fato a salvará. Digo-vos que, naquela noite, dois estarão numa cama; um será tomado, e deixado o outro; duas mulheres estarão juntas moendo; uma será tomada, e deixada a outra.”
‭‭Lucas‬ ‭17:26-35‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.17.26-35.ara

Estamos vivendo para Deus ou para nós mesmos? Quem vive para Deus está esperando o dia chegar, quando seremos chamados ao encontro do Senhor Jesus, nos ares! Quem está dividido só planeja e espera viver neste mundo. Na hora, vai se preocupar com o que está deixando para trás! Examinemos a nossa consciência e nos preparemos, pois o tempo se abrevia!

Senhor, Justiça nossa!

Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, rei que é, reinará, e agirá sabiamente, e executará o juízo e a justiça na terra. Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro; será este o seu nome, com que será chamado: Senhor, Justiça Nossa.”
‭‭Jeremias‬ ‭23:5-6‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jer.23.5-6.ara

Não importa o quanto demore, Jesus voltará. Voltará para reinar. Reinará com justiça!!!

As nações não tem justiça. Homens definem a justiça segundo os seus valores. Como os valores humanos mudam com os interesses humanos, não há um justo, nenhum sequer!

A justiça provém da imutabilidade dos valores de certo e errado. Em uma sociedade moderna já não se aceita preto e branco, pois tudo é tom de cinza para ser politicamente correto.

Uma nação é livre quando não há outras nações que determinem seus caminhos. A soberania advém da capacidade de se autodeterminar. Com os interesses econômicos envolvidos na globalização, cada vez menos seremos livres e teremos de concordar com o que antes não concordávamos.

Se for para concordar com o certo seria fácil, mas é sempre o contrário. Somos chamados a aceitarmos o que antes era errado e indesejável. Estamos vendo legislações serem alteradas para pior, facilitando o erro e reduzindo as oportunidades de justiça. Homens são condenados e não estão presos, enquanto outros estão presos e não foram condenados.

O dinheiro é a balança das nações, justamente a única coisa que Jesus disse ser também chamável de senhor pelos homens, trazendo todos os males contra nós.

Mas, isto terá um fim. O Cordeiro retornará e com ele a justiça. Será com cetro de ferro, pois as nações estão transtornadas de erros e demandará mão forte para arrumar o mundo novamente.

Glórias a Deus que há concerto e este chama-se Jesus Cristo o Senhor, justiça nossa!

Ouçamos a voz de Cristo!

“O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida.”
‭‭João‬ ‭6:63‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.6.63.ara

Esta é uma palavra dura, dita por Jesus. Fica claro que sem o espírito não há vida verdadeira, apenas a carnal que é muito curta.

Fica ainda mais difícil nos versículos seguintes, quando Jesus deixa claro que o Espírito Santo é dado por Deus! Ou seja, depende dEle sermos alcançados.

Quando lemos apenas estes versos ficaremos com uma sensação de destino invariável, que tudo já está definido. Se assim fosse, a própria justiça de Deus estaria em cheque, pois as pessoas malignas fariam o que fazem por determinação divina.

Mas Deus é amor e permite que erremos para mostrar Sua misericórdia, dando-nos tempo para arrependimento. Judas iria trair Jesus, mas teve a oportunidade de não faze-lo quando andou com Cristo e viu tudo o que ele fez na Terra. Ainda assim decidiu pelo erro…

Assim, muitos de nós temos tido a oportunidade de sermos alcançados pelo Espírito, mas nem todos fomos sensíveis para atende-lo. Muitos são chamados, mas poucos são escolhidos diz a Palavra!

O certo é que Deus é soberano e exercerá a Sua justiça, cedo ou tarde. Para alguns já chegou o tempo.

Sejamos humildes e ouçamos as palavras de Jesus, pois são espírito e vida, sendo os pilares da eternidade com o Pai!

Namorados com ou sem a presença de Deus?

“Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.”
‭‭Eclesiastes‬ ‭4:12‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ecc.4.12.ara

O amor de um casal deve estar estabelecido na vontade de Deus. Casar-se sem o vínculo do Espírito Santo é não ter a terceira dobra do cordão, é não ter a verdadeira cola que junta a corda e faz dela um instrumento capaz.

O Dia dos Namorados passou e devemos nos perguntar sobre a qualidade de nossos relacionamentos. Se sinceros diante de Deus ou não.

Adão e Eva decidiram retirar a terceira dobra quando foram rebeldes à vontade de Deus. Ananias e Safira (Atos 5.1) decidiram mentir ao Espírito Santo em concordância, vindo à morrer diante de Pedro.

Não é toda concordância de um casal que é benção diante de Deus, mas apenas aquelas estabelecidas por Deus. Entrar em um casamento sem Deus ou sair dele sem a direção de Deus trarão dor e sofrimento, podendo ir até a eternidade!

O divórcio sem que tenha ocorrido relações sexuais ilícitas por um dos cônjuges não dá oportunidade de separação diante de Deus. Nem a traição de um ou ambos. Existe perdão e oportunidade de arrependimento. O adúlteros não entrarão no Reino de Deus!

Para Deus o relacionamento homem-mulher deve ser sagrado e mantido em santidade. A sociedade atual está banalizando este conceito tão importante para Deus.

Sejamos unidos no Espírito Santo e vivamos o melhor de Deus como casais, pois isto é bom e foi criado pelo Senhor! É bom que o homem não esteja só e melhor ainda quando os dois concordam com a vontade de Deus!

Se isto não está acontecendo é momento de pararmos e consertarmos, pois o tempo da justiça está próximo e podemos acertar através de Jesus Cristo!

Que as bençãos de Deus sejam derramadas nas vida dos casais, em nome de Jesus!