Cristo é o Soberano dos reis da terra!

João, às sete igrejas que se encontram na Ásia, graça e paz a vós outros, da parte daquele que é, que era e que há de vir, da parte dos sete Espíritos que se acham diante do seu trono e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!
‭‭Apocalipse‬ ‭1:4-6‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rev.1.4-6.ARA

Quando Jesus encarnou, viveu, morreu e ressuscitou houve a expressão física do Filho de Deus, embora tudo o que havia sido feito fora feito a partir de sua participação. A Trindade ainda é uma revelação a ser completamente compreendida para nós, mas neste momento nos importa entender Cristo!

Ele é a revelação de Deus que esteve entre nós em carne e hoje é o mediador entre Deus e os homens. Ele é o Alfa e o Omega, o Soberano dos reis da terra, o Primogênito dos filhos de Deus, a Testemunha Fiel do Santo! Em Cristo recebemos a redenção de nossos pecados e nele somos feitos justos. Já não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus (Mateus 8.1). Em Jesus somos feitos reino e sacerdotes, ministros do evangelho da nova vida!

Porque Jesus veio tivemos a oportunidade do novo nascimento. Sem que nossos espíritos sejam reativados pela conexão com o Espírito Santo de Deus somos seres meramente carnais tentando uma espiritualidade muito aquém do que poderíamos alcançar. Sem ele permaneceremos na tendência ao pecado e não evoluiremos como sociedade de Deus. No novo nascimento somos reino e constituídos sacerdotes do Altíssimo em nossas vidas e na vida do nosso próximo, nova perspectiva e transformação serão os frutos desta conexão com Deus.

como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.”
‭‭Romanos‬ ‭3:10-12‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rom.3.10-12.ARA

O mundo ignora tal graça e é justamente por isso que o evangelho continua sendo pregado persistentemente. Sem Cristo não nos voltaríamos para Deus, mas com ele estaremos com o Pai por toda a eternidade. Quem é Jesus para mim? Como a minha vida está em relação ao que conheço de Deus? Cada um precisa se perguntar a respeito. As cartas às igrejas que se iniciam no capítulo seguinte trazem luz a estas perguntas. Estamos em um tempo em que o evangelho está sendo descaracterizado pela aceitação do mundo no seio da igreja e tantas outras mazelas.

Sem uma autoavaliação podemos incorrer em permanecermos na vida carnal, sem recebermos a vida nova do Espírito Santo. Se tenho o Espírito viverei pelo Espírito. Se continuo em meus pecados então não fui regenerado e preciso me arrepender e entregar minha vida à Cristo. Se não somos reino e nem sacerdócio, então não estamos em comunhão com o Cordeiro. Importa termos o nosso nome escrito no Livro da Vida e só ele pode colocar o nosso nome lá, porque nos ama e deu o seu sangue por nós!

Ano 2#235

Busquemos a revelação de Deus!

Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João, o qual atestou a palavra de Deus e o testemunho de Jesus Cristo, quanto a tudo o que viu. Bem-aventurados aqueles que leem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo.”
‭‭Apocalipse‬ ‭1:1-3‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rev.1.1-3.ARA

A revelação é um processo que se inicia em Deus e culmina com a entrega para o ser humano das verdades que transformarão a nossa vida. As revelações contidas em Apocalipse, o livro das revelações, colocam a pessoa de Jesus Cristo como mediador entre Deus e os homens, da mesma forma que em 1 Timóteo 2.5. Deus dá a Jesus uma revelação a ser transmitida. O anjo de Jesus expõe a revelação ao homem João em seu estado espiritual, que as escreve para que a humanidade pudesse ter acesso em todos os tempos.

A linguagem usada por João precisa ser recheada de significações para poder ser interpretada por todas as gerações, pois a mensagem é bendita e deve ser guardada pelos que a recebem e buscam entende-la. Há uma chave aqui, pois é para os servos do Senhor a interpretação! Portanto, recebe-la e considera-la já é um benefício e graça!

Há diversas formas de se interpretar as revelações em Apocalipse e não caberia neste espaço diário considera-las. Há cursos teológicos e diversas linhas que trazem profundas discussões a respeito, sendo que nosso intuito aqui é dar a importância a este tema que muitos não se preocupam em se aprofundar. Se a mensagem vem de Deus para os seus servos, então é importante. Se Jesus Cristo nos ensina para que possamos entender os tempos é porque importa para nós fazermos a correta distinção.

As revelações se iniciam expondo a visão de um Cristo em sua glória e de muitas advertências para a igreja antes de expor o julgamento que o mundo enfrentará. Jesus começa julgando a própria igreja antes de olhar para o mundo. E o que estamos vendo hoje é a prova de que realmente a igreja precisa se consertar com Deus. Movimentos de cristãos entre denominações e linhas nunca tiveram tantos números. Quantos católicos estão se tornando protestantes? Por que isto? Quantos protestantes estão mudando de denominação protestante? Por que isto? Quantos líderes religiosos sendo questionados por sua conduta diante do rebanho de Deus?

Importa conhecermos esta mensagem o quanto antes! Se não a conhecermos estaremos a mercê dos falsos profetas, do anticristo e dos movimentos bestiais que estão ocorrendo em nossos dias. Os servos do Senhor não serão confundidos porque estão se ocupando nos avisos e na busca de perseverar em viver pela verdade do evangelho. Há igrejas sendo formadas por ex-integrantes de igrejas porque líderes estão se perdendo na conduta do rebanho e as ovelhas estão sendo destruídas e mal-tratadas. Há que se voltar ao primeiro amor, fugir das falsas doutrinas, perseverar na verdade do evangelho antes que o Senhor volte e retire o candelabro, trazendo justiça para que os eleitos não se percam.

Que mensagem estamos seguindo? Que vida estamos levando? Nossas obras refletem tudo isto e queremos acertar, não é verdade?! Portanto, prossigamos em conhecer a mensagem revelada e cuidar de nossas vidas e apontar para Cristo, nosso mestre e Senhor que nos levará até dentro dos portões celestiais. O tempo se abrevia e devemos ser diligentes!

Ano 2#234

Confiemos no amor de Deus!

Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai;
‭‭Lucas‬ ‭1:31-32‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.1.31-32.ARA

Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos. Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si. Por isso, eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores; contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu.
‭‭Isaías‬ ‭53:10-12‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/isa.53.10-12.ARA

Jesus é rei, sacerdote, Filho e Servo do Deus altíssimo. Veio para reinar, por ser descendente de Davi e descendente de Deus. Veio para dar a vida e servir à humanidade, de maneira a transformar a todos que crerem nele. O reinado de Cristo é, primeiramente, espiritual e assim tem se desenvolvido, mas será também físico quando na sua vinda futura. As Escrituras irão se cumprir cabalmente, pois Deus presenciou o futuro e nos avisou no passado!

Jesus reina e reinará para todo o sempre. João disse que tudo foi feito através dele. Isaías atesta o propósito de sua primeira vinda quando carregaria sobre si todo o pecado do mundo, sendo contado com os transgressores e tornando-se nosso intercessor. O escritor de Hebreus nos ensina sobre o sacerdócio eterno de Cristo e Paulo nos lembra que nele já vencemos o pecado e a morte!

Pedro nos fortalece ao incluir nossa parte ao olharmos para ele e o seguirmos, enquanto Lucas registrou tudo de todos para evidenciar o que a fé em Jesus proporcionou aos que se uniram aos discípulos. Toda a Bíblia foi escrita para exaltar a obra de Deus através de Cristo, pois nós caímos em Adão e fomos restaurados em Jesus. O único porém das escrituras é que atestam que nem todos verão esta glória porque não creram no Filho. Jesus é Senhor de muitos, mas não de todos. É Senhor daqueles que se submeterem ao seu ensino, sacerdócio e reinado, que forem adotados pelo Pai a partir do Filho, e não serão todos que farão esta aliança bendita.

Jesus Cristo veio para nos dar a vida eterna. Foi contado entre dois transgressores, os que foram crucificados junto com ele. Os dois refletem bem a nossa condição de que qualquer um pode receber a vida eterna em Cristo e que nem todos decidirão por ela. Os dois eram pecadores e tiveram a mesma oportunidade. Um arrependeu-se e pediu para estar com Cristo na eternidade, enquanto o outro o desprezou. Ambos morreram a primeira morte, mas aquele que recebeu a Cristo como Senhor já não verá a segunda morte!!!!

Jesus intercede por nós e já deu sua vida na cruz. Não há impedimento algum para o recebermos como Senhor, salvador, rei, amigo, irmão, mestre, conselheiro, aquele que nos resgatou das trevas para a sua maravilhosa luz. Nele não há pecado e, por isso, venceu a morte. Nele somos aperfeiçoados e transformados para sermos conforme ele é e não seremos envergonhados no Dia do Senhor. Pelo contrário, seremos justificados por aquele que deu a vida por nós, para que através dele sejamos santos e santificados por toda a eternidade!

Cristo está sendo anunciado e muitos o receberão com alegria. Façamos parte deste grupo e vivamos sem temer a morte, pois já foi vencida por ele e nós também a venceremos por causa dele! Ele carregou com os nossos pecados e intercede por todos. Não ignoremos esta dádiva, pois quem assim fizer estará vivendo por sua própria força e fora da vontade do Pai. Foi o Senhor que se agradou em moê-lo para que tivéssemos vida, para que tivéssemos oportunidade de perdão e restauração, para que finalmente pudéssemos retornar para os braços do Pai. Sim, Deus nos deu o Seu Filho para que pudéssemos nos tornar filhos também e esta graça bendita está ao alcance de todos que crerem nela.

Confiemos no amor de Deus! Que Cristo viva em cada coração e sejamos família espiritual, em nome de Jesus!

Ano 2#168

Somos reconciliados com Deus através de Cristo!

A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai, a iniquidade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a perversidade do perverso cairá sobre este. Mas, se o perverso se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e fizer o que é reto e justo, certamente, viverá; não será morto. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou, viverá. Acaso, tenho eu prazer na morte do perverso? — diz o Senhor Deus; não desejo eu, antes, que ele se converta dos seus caminhos e viva?
‭‭Ezequiel‬ ‭18:20-23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/ezk.18.20-23.ARA

Glórias a Deus pela Sua bendita palavra! Ezequiel recebe de Deus a palavra de que cada um é responsável pela sua vida. No capítulo 18 de Ezequiel Deus mostra que pais e filhos podem ter caminhos diferentes, que filhos não necessariamente seguem o mesmo caminho dos pais. E mais, aquele que pecar é quem entra em condenação, mas o justo não.

Nos versos acima vemos um Deus que não tem prazer na injustiça, nem na destruição do ser humano, mas que todos se arrependam de seus pecados e vivam vidas justas. Aquele que se arrepende e passa a viver justamente tem seus pecados perdoados e esquecidos. Esta é uma promessa de Deus já no Antigo Testamento.

E é justamente pela nossa dificuldade em vivermos desta forma que Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, apresenta-se à nosso favor:

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.
‭‭2Coríntios‬ ‭5:17-21‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/2co.5.17-21.ARA

Deus nos reconcilia consigo mesmo através de Cristo, nos tornando justificados, feitos justiça de Deus! Já não há lembrança de nossos pecados quando recebemos Cristo como Senhor! Recebemos nova natureza espiritual, novas vestes, novos nomes, um “reset” em nossa carreira espiritual, uma folha limpa, com o Espírito Santo nos ajudando a permanecermos santos para o SENHOR!

É sobrenatural, é graça, pela fé em Cristo! A promessa feita no Antigo Testamento é cumprida em Cristo pois nos tornamos novas criaturas espirituais. Ainda que erremos, temos a percepção do erro, acesso a Deus para pedirmos perdão, orientação divina para reparamos o erro cometido e seguirmos em frente de cabeça erguida. Satanás não pode mais nos culpar e apontar o dedo por erros perdoados. Deus não o faz!

Precisamos reconhecer nossos pecados. Precisamos pedir perdão pelos nossos pecados! Precisamos receber o perdão e acolhe-lo! Há muitos doentes de alma porque se sentem culpados eternamente, mas em Cristo há perdão, mudança de estado espiritual, acolhimento do pecador arrependido! Há cura da alma para quem está em Cristo! Ele veio para tirar o pecado do mundo, pois recebeu sobre si todo o pecado da humanidade. O justo que não conheceu pecado se tornou injusto, para que nós injustos fôssemos feitos justiça de Deus!

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
‭‭Romanos‬ ‭8:1‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rom.8.1.ARA

Em Cristo somos reconciliados, mas sem Cristo permanece a sentença de quem pecar, este morrerá! Que façamos a escolha hoje, enquanto Cristo está estendendo os braços para nós!

Ano 2#153

O que confia no Senhor está seguro!

Quem teme ao homem arma ciladas, mas o que confia no Senhor está seguro. Muitos buscam o favor daquele que governa, mas para o homem a justiça vem do Senhor. Para o justo, o iníquo é abominação, e o reto no seu caminho é abominação ao perverso.
‭‭Provérbios‬ ‭29:25-27‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/pro.29.25-27.ara

Estamos vivendo tempos em que o temor aos homens está maior do que o temor a Deus. Ou seja, a sociedade está dando mais importância ao que o coletivo pretende fazer do que o estabelecido na palavra de Deus. Ao se desejar tirar os rótulos do pecado, segundo o que a Bíblia ensina, estamos permitindo que cada um decida pelo que acha ser certo ou errado, bom ou mau.

Pensemos em pegar enlatados em uma prateleira de supermercado. Peguemos latas de milho, ervilha, feijão, cenoura, tomates, etc. Agora, arranquemos os rótulos e abramos cada lata e deixemos crianças que não conhecem a definição do conteúdo definirem o alimento pelo que acham ser. É o que estão fazendo com a nossa sociedade a respeito de gênero, imoralidade sexual, corrupção e outras circunstâncias que só levarão a conflitos sociais profundos.

Infelizmente sempre foi assim, não é algo específico de nosso tempo e sociedade. Salomão já escrevera sobre isto 2900 anos atrás, pois aquele que se firma em Deus não aceitará que digam o que quiser quando o Senhor já estabeleceu todas as coisas e aquele que é rebelde para com Deus não aceita que lhe digam o que deve ser feito ou que valores assumir.

Há um antagonismo entre o que Deus diz e o que a humanidade deseja. Isto provém da queda do homem no Éden e continuará até que Jesus Cristo seja Senhor de todos. Conversão é o processo de mudarmos nossos valores pelos de Deus, através da fé em Jesus que nos traz o Espírito Santo para dentro de nós. Trocamos a mente e começamos a exercer as coisas de uma nova maneira. Sem a troca dos valores que influenciam nossa mente não temos como gerar novos resultados (Romanos 12.1-2).

Mas, ao trocarmos de mente temos nova atitude e novas ações, sendo um novo processo chamado de santificação. Tornando-nos justos o permanecer no pecado passa a ser abominação e os que pretendem permanecer no pecado não aceitam a nossa nova postura e discurso. Embora óbvio, ainda é a maior causa de separações e contendas entre as pessoas e não há como ser diferente se não houver o amor.

O amor fará com que respeitemos as opiniões divergentes. Mas, quem ama sempre buscará mostrar o caminho que está seguindo para aquele que ama. Se convertido, apontará para Cristo. Se não convertido, para o pecado! Armar ciladas ocorrerá quando temendo a nossa postura tentarem nos destruir. Temer a Deus é colocar a Sua obra e criação em importância superior, buscando aperfeiçoa-la e não destrui-la.

Se a nossa justiça não for a de Deus então não adiantará buscar nos homens a solução para os nossos problemas ou a sua justiça. Quem é o homem para justificar-nos? Basta a dificuldade surgir e cada um buscará resolver seus próprios problemas. A autoridade é limitada pela legislação feita pela sociedade e esta não está alinhada com a vontade de Deus. Portanto, é questão de tempo para a justiça do mundo condenar a de Deus. São ciclos, mas um dia não haverá mais diferença pois o Senhor governará os homens e haverá uma justiça e uma verdade!

Até lá, cuidemos de temer a Deus e vivermos uma vida justa, confiando nos “rótulos” que Deus nos deu. Pecado é pecado, gênero é gênero, mau é mau e bom é bom! Não há tons de cinza, mas preto e branco. Quem quer relativizar não deseja incomodar os homens, mas cedo ou tarde irá contra Deus e isto trará consequências para toda a sua eternidade.

Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.
‭‭Mateus‬ ‭10:28‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.10.28.ara

No inferno o corpo, a alma e o espírito sofrerão eternamente, pois em vida a decisão tomada foi a de viver pelos preceitos dos homens. Melhor é viver pelos preceitos de Deus e passarmos a eternidade com Ele! O que confia no Senhor está seguro!

Ano 2#147

Não adianta mudar a verdade de Deus!

Os temores do perverso se tornarão realidade; as esperanças dos justos lhe serão concedidas.
Provérbios 10:24 NVT
https://bible.com/bible/1930/pro.10.24.NVT

Não há como fugirmos daquilo que entendemos ser razoável de acontecer segundo as nossas atitudes. Ainda que o perverso seja hábil em fugir da repreensão, uma hora ela o alcançará. Da mesma forma, os justos também serão alcançados pelos resultados de seus esforços!

Ainda que na atualidade a sociedade esteja tentando mudar a verdade de Deus através de filmes e novelas, o mal não prevalecerá no final e o pecador não arrependido irá para o inferno.

Nunca houve tantas mudanças nos filmes como estamos vendo hoje. Remakes trazem os dantes malvados se tornarem produto da sociedade e até coitados, sendo protagonistas e até aclamados. Vejam os personagens Coringa e Malévola. Não só os personagens ganharam maior destaque em nosso tempo como tiveram seus papéis mudados. Coringa e Malévola eram o mal encarnado e agora são seres incompreendidos e ovacionados como perspicazes e inspiradores do comportamento juvenil.

Antes eram personagens tidos como aqueles que devemos evitar e agora são possuidores de interesse na sua psiquê por suportarem a maldade contra eles mesmos. Portanto, deveríamos ter pena e aceitarmos este comportamento por ser fruto de uma sociedade conservadora arraigada em seu furor por maltratar os incompreendidos.

A verdade é que devemos ser justos, misericordiosos e amorosos para com todos, mas não confundirmos nada disto com aceitar que o mal seja propagado como aceitável ou deixarmos tudo para a justiça de Deus. Se nos calarmos agora as pessoas de bem não serão honradas e as do mal sim. A família é muito importante, mas posso matar a família de muitas pessoas para preservar a minha? Posso tudo em nome da minha família? Pelos “Velozes e Furiosos” eu posso!

E assim temos assistido calados a filmes e mais filmes que estabelecem novos valores sociais e são aclamados por muitos. É com isto que concordamos? Não confiemos no mundo porque Deus dará o pagamento certo e este não será como o mundo de hoje prega. Sou do tempo que bandido era mesmo bandido e sempre se dava mal no final. O bandido dos filmes de hoje se torna o mocinho na continuação da saga e me pergunto o que as crianças estão aprendendo e criando em suas mentes com isto?

Não caiamos no erro de achar que a vida espiritual segue o que se está construindo por estas coisas. Tanto o temor do perverso como a esperança do justo estão determinados por Deus e no Dia do Julgamento não adiantará dizer que aprendeu com Hollywood e filmes de TV. O evangelho está sendo pregado e não esconde nada de nós, mas pelo contrário. Deus é justo e o pecador não sairá impune, a menos que se arrependa a tempo!

Jesus Cristo veio para que o arrependido encontre justificação e mudança de vida. Não seremos coitados, mas novas criaturas que deixaram a maldade para viverem a virtude, saíram da injustiça para vivermos como justos diante de Deus. É tempo de arrepender-se e não temer o juízo pois este é certo que virá sobre todos!

Ano 2#139

Os justos dormem melhor!

Deveras me apliquei a todas estas coisas para claramente entender tudo isto: que os justos, e os sábios, e os seus feitos estão nas mãos de Deus; e, se é amor ou se é ódio que está à sua espera, não o sabe o homem. Tudo lhe está oculto no futuro. Tudo sucede igualmente a todos: o mesmo sucede ao justo e ao perverso; ao bom, ao puro e ao impuro; tanto ao que sacrifica como ao que não sacrifica; ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.
‭‭Eclesiastes‬ ‭9:1-2‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ecc.9.1-2.ara

Quantos já não se questionaram por que fazer a coisa certa se quem faz errado ainda se dá bem? Por que não há justiça? Por que os corruptos não estão presos? Qual a vantagem de se manter na integridade se o mesmo ocorre tanto para o justo como para o injusto?

Já não é a primeira vez que tocamos neste assunto e fui levado a trazer esta pauta novamente. Assim como falamos antes não devemos viver como se a vida acabasse nesta terra, nesta dimensão. Jesus traz entendimento na história de Lázaro e o rico que ainda que uns só recebam a facilidade e outros a dificuldade aqui na Terra isto não significa que permanecerá desta forma na vida após a morte. O rico ficou em tormentas enquanto Lázaro foi consolado depois que ambos morreram. (Lucas 16.19-31)

A questão fundamental é por que aqui não temos a visão clara de que o mau não prevalecerá? Porque salvação é questão de fé e não de obras. A semeadura do bem que faço na vida das pessoas traz benefícios espirituais claros na minha vida e, não necessariamente, prosperidade financeira nesta terra. Aliás, se eu dividir todas as minhas riquezas com os pobres ficarei com muito menos do que tenho hoje, mas rico para com Deus. E este é um ensino do próprio Senhor Jesus!

Ou seja, posso estar com pouco aqui e ser rico no céu e posso estar com muito aqui e ser pobre no céu. Não podemos viver olhando apenas para o agora, pois a vida na Terra é cheia de vaidades. Este é o grande ensino de Salomão neste livro de Eclesiastes! A sabedoria está no viver para Deus, ainda que as coisas não pareçam estar dando certo. NEle tudo acabará da melhor forma quando olharmos o proveito espiritual, ainda que materialmente pareça fracasso, perda ou dano!

A fé é justamente confiar no que não vemos e que não está amparado no que vemos, mas em Deus que prometeu a eternidade. A vida aqui passa e muito rápido. Nossas decisões de hoje impactam na nossa vida eterna e valerá a pena permanecermos íntegros, ainda que isto gere perdas materiais em nossas vidas ou não gere o ganho que poderia ter sido gerado se nos corrompêssemos. Estamos sendo testados e cada um responderá por si mesmo e não pelo que ocorreu ou deixou de ocorrer na vida dos outros.

Errar ontem e arrepender-se hoje faz com que tenhamos acesso às muitas misericórdias de Deus. Cristo apontou para a salvação de Zaqueu quando largou sua corrupção. Quem olhou para Zaqueu não concordou com a decisão de Jesus de ir pernoitar na casa de um homem corrupto (Lucas 19.1-10). Certo é que os que julgaram Zaqueu esqueceram que também são pecadores e podem ter permanecido assim, enquanto o corrupto deixou de sê-lo e recebeu perdão de seus pecados. Zaqueu recebeu a vida eterna por atitude de fé e somos hoje chamados a fazermos o mesmo.

Não importa se estou vendo alguém fazer errado e “se dar bem” enquanto faço tudo certo e não prospero. Importa olhar para mim e buscar ouvir o que o Espírito Santo nos traz de alimento diário. Na eternidade seremos todos prósperos, não haverá injustiça e nem tristeza. Aqui há todos os percalços que são superados pela fé em Jesus Cristo e por nossa perseverança em nos santificarmos para a glória de Deus!

Não desistamos, pois o pagamento por nossa fé é a eternidade com Deus. Lá os injustos não entrarão, mesmo que tenham vivido uma vida regalada e com aparência de benefício. Quem obtém vantagem pela injustiça nunca tem um sono tranquilo, mas os justos dormem em paz de noite! (Provérbios 3.24)

Ano 2#134

Mensagem <501>

A justiça de Deus não falhará!

Ai da cidade opressora, da rebelde e manchada! Não atende a ninguém, não aceita disciplina, não confia no Senhor, nem se aproxima do seu Deus. Os seus príncipes são leões rugidores no meio dela, os seus juízes são lobos do cair da noite, que não deixam os ossos para serem roídos no dia seguinte. Os seus profetas são levianos, homens pérfidos; os seus sacerdotes profanam o santuário e violam a lei. O Senhor é justo, no meio dela; ele não comete iniquidade; manhã após manhã, traz ele o seu juízo à luz; não falha; mas o iníquo não conhece a vergonha.”
‭‭Sofonias‬ ‭3:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/zep.3.1-5.ara

Há um contraste entre o Senhor e os homens rebeldes. Não coabitarão com o Senhor tais homens. Deus está computando e sendo misericordioso ao nos dar tempo para arrependimento. Assim foi, é, e será com o povo chamado por Deus para servi-lhe, mas também se aplicará a todas as nações enquanto estivermos no tempo da graça.

Enquanto o Senhor se revela e faz aliança conosco ele também reclamará nossa atitude e ações para com Ele e Sua obra. A iniquidade não perdurará em nosso meio eternamente. Infelizmente não há como um sentenciado por homicídio ser tratado como um ladrão de comida e o peso da sentença traz a força do encarceramento e da rigidez no tratamento.

Da próxima vez a Terra sofrerá grande dano pelo fogo e todas as nações sofrerão a ponto de desesperar pela vida. O propósito já não será de edificação, mas de filtragem. Os que permanecerem na rebeldia não conseguirão escapar da sentença e não há nada que possam fazer a não ser crerem pela fé!

Enquanto não confiamos na palavra e no autor da Bíblia, não desfrutaremos da leitura e não faremos dela nosso guia de vida. Seguiremos errantes, defraudadores, desonrosos, desrespeitosos, inflamados em sensualidades, corruptos e corruptores, mentirosos e desafeiçoados dentre tantas outras abominações que estaremos cometendo uns para com os outros. Não deve ser assim!

No entanto, o iníquo não conhece a vergonha e continua a realizar as suas obras más. Se não nos convertermos de nossos maus caminhos teremos a mesma sentença. Sem buscarmos a Deus estaremos condenados com o mundo e não haverá salvação. O juízo será terrível e precisamos de um salvador. E este é Jesus Cristo! Nele encontramos a vida de Deus, o caminho para a redenção dos povos!

Em Cristo recebemos o poder de dizer não à iniquidade e buscarmos continuamente a face do Senhor. Boas novas, há livramento para os que receberem a salvação pela fé em Jesus! Não passarão pela ira de Deus, pois receberam por fé, creram em Deus e não permanecerão no erro. Ter fé é, em primeiro lugar, entender a santidade de Deus e o seu juízo. Sem fé permaneceremos sem temor e não teremos vergonha da nossa iniquidade.

Em Cristo seremos transformados e já teremos passado da morte para a vida, da ira para a paz, da condenação para a liberdade, do erro para o acerto! Busquemos a Deus enquanto pode ser achado! Sua justiça tarda mas não falhará, e só tarda porque é misericordioso para com a humanidade!

Ano 2#124

Há o ouvir e o pregar do evangelho de Cristo. Em que situação estamos hoje?

No sábado, saímos da cidade e fomos à margem do rio, onde esperávamos encontrar um lugar de oração. Sentamo-nos e começamos a conversar com algumas mulheres ali reunidas. Uma delas era uma mulher temente a Deus chamada Lídia, da cidade de Tiatira, comerciante de tecido de púrpura. Enquanto ela nos ouvia, o Senhor lhe abriu o coração, e ela aceitou aquilo que Paulo estava dizendo. Foi batizada, junto com sua família, e pediu que nos hospedássemos em sua casa. “Se concordam que creio de fato no Senhor, venham ficar em minha casa”, disse ela, e insistiu até que aceitamos.
‭‭Atos‬ ‭16:13-15‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/act.16.13-15.nvt

Lídia era de Tiatira, mas estava em Filipos quando fora abordada por Paulo e seu grupo. Sua família estava com ela e era temente a Deus, embora não conhecesse ainda a Cristo.

Há esta questão no evangelho que fazemos sempre questão de mencionar. Nosso desejo não é de confrontarmos a percepção de Deus no coração de alguém ou na sua obediência aos seus princípios religiosos adquiridos em família, mas sim de evidenciarmos a oportunidade que o evangelho de Cristo traz na produção da salvação em quem nele crê!

Muitos ainda buscam se aperfeiçoar espiritualmente para serem tidos por merecedores do céu, em temor a Deus que sabemos ser santo! Outros ainda não creem em um Deus que julgará a todos e separará em dois grupos de acordo com o desempenho espiritual alcançado.

O evangelho ensina que em Jesus Cristo somos aperfeiçoados por obra do Espírito Santo em nós, a partir de nossa fé! Só depois de alcançarmos a graça da salvação por causa do sacrifício de Jesus é que partimos para a prática das boas obras que são a expressão da espiritualidade atingida na santificação. Ou seja, as boas obras provenientes de uma vida já separada para Deus em edificação através do Espírito Santo são a consequência da salvação e não a causa!

Lídia era do time que cria em Deus mas não conhecia a salvação em Cristo. Ela e sua família estavam em Filipos e foram alcançados pela pregação de Paulo. Ao buscar um local de oração Paulo não perdeu tempo para apresentar o evangelho. A obra de Deus é assim, pois não perde tempo e nem oportunidade, não julga as pessoas por aparência, gênero ou poder aquisitivo para que seja apresentado. Lídia não era pobre, pois era comerciante e possuía casa. Através dela muitos foram beneficiados, abrindo espaço para a constituição da igreja dos Filipenses.

Que oportunidades temos tido em crer em Jesus Cristo como Senhor e salvador? Temos verdadeiramente entendido a proposta do evangelho? Ainda pretendemos mostrar que podemos alcançar a salvação por nossas boas obras ou já entendemos que sem a graça de Deus não chegaremos nunca a sermos verdadeiramente bons o suficiente?

E na pregação do evangelho estamos escolhendo pessoas, lugar e momento ou não estamos perdendo tempo? Há muitas Lídias aguardando serem alcançadas e o evangelho de Cristo só precisa ser exposto. É o Espírito Santo quem tem o poder de abrir o entendimento das pessoas. Não sabemos quem atenderá e quem não. Não somos os julgadores de quem deve ouvir e quem não deve. Se estamos praticando boas obras então não estamos fazendo justiça com as próprias mãos, mas obedecendo ao chamado de Deus de pregar o evangelho!

Ano 2#110

Misericórdia não se recebe por mérito, senão seria chamada de pagamento!

Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia.
‭‭Romanos‬ ‭9:14-16‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/rom.9.14-16.ara

Quanto mais buscamos a Deus mais ficaremos agradecidos por sua misericórdia. Ora, se alguém recebe algo por mérito é porque mereceu receber, mas quem recebe sem merecer só pode estar agradecido pela misericórdia alcançada!

Quanto mais enxergamos a glória de Deus mais percebemos o quanto não merecemos a sua benevolência. Se não temos vivido conforme a vontade do Senhor mas temos violências, prostituições, roubos, mentiras, falta de perdão e arrependimento entre nós, por que Deus nos daria boas coisas? Ainda assim recebemos dos céus operações de milagres e curas!

Pelas misericórdias de Deus o mundo tem sido poupado! Já foi destruído uma vez e será novamente em um tempo futuro por causa da desobediência humana. Mas, neste período ao qual chamamos de “Era da Graça” ou o “Tempo dos Gentios” temos a oportunidade de nos arrependermos ao enxergarmos a graça de Deus através do sacrifício de Jesus.

Paulo, explicando aos romanos, nos ensina que a misericórdia é dada a quem não merece. Portanto, se não há mérito é então pela vontade e escolha de quem dá e isto não gera injustiça, pois não há obrigação de ser para com todos! Assim, se todos pecamos diante de Deus e ninguém merece a salvação, esta será alcançada por quem conseguir acessa-la através do sacrifício de Jesus Cristo, em todos os tempos, pelo nome que conheceram, conhecemos e conhecerão!

Todos os povos verão Jesus Cristo voltar e os que creram o exaltarão, enquanto os que não creram lamentarão! Há três religiões provenientes de Abraão, pai da fé e quem primeiro recebeu a promessa. Todos os descendentes na fé de Abraão esperam um messias, aquele que colocará tudo em ordem. Para os cristãos é Jesus quem veio e retornará! No seu retorno tudo será entendido e até lá esperaremos vivendo pela fé, graça e gratidão por toda a benção recebida de Deus!

Importa que o Senhor seja engrandecido e tenhamos respeito uns pelos outros porquanto enxergar a Cristo não é por mérito, mas um exercício de Deus em nossas vidas que exige a nossa sensibilidade. Por isso quem já creu deve insistir para com quem ainda não, exercendo a misericórdia de Deus em cada vida. Sejamos instrumentos divinos nas mãos do Senhor e levemos a palavra de fé que salva e transforma o pecador!

Se desejamos um mundo melhor então precisamos de Deus conosco, Emanuel, o nome de Jesus Cristo nas escrituras! Deus conosco é o ponto de inflexão, quando o calendário ocidental foi transformado e nunca mais será ditado por outro deus ou evento que deu origem a algum povo em especial. É quando o “Tempo dos Gentios” e da graça foi inaugurado e já está se encerrando. Depois deste tempo tudo será ainda mais difícil e quem conseguirá fugir da ira vindoura? Bom é aproveitarmos da misericórdia enquanto podemos alcança-la, pois não estará disponível para sempre e em qualquer lugar. Não merecemos, portanto, não contemos com a certeza de recebe-la depois que a porta se fechar…

E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta. Mais tarde, chegaram as virgens néscias, clamando: Senhor, senhor, abre-nos a porta! Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço.
‭‭Mateus‬ ‭25:10-12‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.25.10-12.ara

Ano 2#104