Sejamos justificados em Cristo!

Filhinhos, não vos deixeis enganar por ninguém; aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.
1João 3:7‭-‬10 ARA
https://bible.com/bible/1608/1jn.3.7-10.ARA

Há uma diferenciação dentre os homens entre filhos de Deus e filhos do diabo. Esta se refere à prática ou não de pecados. O viver pecando é não conseguir viver da maneira justa, segundo os preceitos de Deus. A lei aponta o erro, mas não nos impede de errarmos. A lei aponta para o alvo, mas o acertar o alvo depende da flecha voar de maneira estável e corrigindo os efeitos de vento e gravidade durante o voo.

Setas tortas não acertam o alvo, ainda que o arqueiro tente corrigir a trajetória, pois não há como corrigir o efeito de uma estrutura corrompida. A seta torta não atingirá o alvo pois não tem correção e isto, em medidas espirituais, chama-se iniquidade.

O pecador que vive pecando é uma flecha torta, não possuindo capacidade de acertar o alvo, ou seja, deixar de pecar. A obra do Espírito Santo é retificar nossas vidas, nos tornando aptos a acertarmos o alvo. Conquistamos isto através de Cristo! No Senhor estamos aptos a amar e viver justamente. O que nos era impossível agora é possível, pela misericórdia de Deus!

Nossa vida de pecados deve ser deixada para trás, nos tornando discípulos de Jesus, e filhos de Deus. Se permanecermos em nossos pecados permaneceremos como filhos do diabo e a justiça de Deus nos lançará junto com o diabo no lago de fogo de onde não haverá escape. Hoje podemos decidir e está claro o que devemos fazer. Que tomemos a decisão de pertencemos à família de Deus e sermos chamados de Seus filhos!

Honremos o sacrifício de Cristo e busquemos viver de maneira justa. Por gratidão e consciência glorifiquemos o nome do Pai! As obras do diabo podem e serão destruídas nas nossas vidas se assim escolhermos. Deus é bom e não desampara a ninguém que lhE busca! Decidir viver justamente é ouvir a voz do Espírito Santo e ignorar a voz do diabo. É sermos capazes de dizer não à velha natureza e sim à nova. É buscar fazer o certo para agradar a Deus e resistir ao diabo.

Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.
‭‭Tiago‬ ‭4:7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jas.4.7.ARA

Agradeçamos pela graça e a misericórdia de Deus em nossas vidas que nos capacitam a sermos justos porque Cristo nos revelou e nos deu o poder de Deus para sermos transformados e libertos do cativeiro do pecado!

Ano 2#196

Jesus é a graça que nos toma pela mão!

Replicou-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: sois deuses? Se ele chamou deuses àqueles a quem foi dirigida a palavra de Deus, e a Escritura não pode falhar, então, daquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo, dizeis: Tu blasfemas; porque declarei: sou Filho de Deus? Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis; mas, se faço, e não me credes, crede nas obras; para que possais saber e compreender que o Pai está em mim, e eu estou no Pai. Nesse ponto, procuravam, outra vez, prendê-lo; mas ele se livrou das suas mãos. Novamente, se retirou para além do Jordão, para o lugar onde João batizava no princípio; e ali permaneceu. E iam muitos ter com ele e diziam: Realmente, João não fez nenhum sinal, porém tudo quanto disse a respeito deste era verdade. E muitos ali creram nele.
‭‭João‬ ‭10:34-42‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.10.34-42.ARA

Jesus confirmou que toda a escritura é infalível. Confirmou os livros que os profetas escreveram sob inspiração divina, pois que falam das coisas de Deus e apontam para a salvação em Cristo!

Ora, as escrituras mostram vários aspectos de Deus e explicam a necessidade da graça. Se olharmos para o texto veremos que o pecado e o pecador estão condenados pela santidade de Deus. Assim, temos várias orientações para permanecermos longe do pecado que nos trará condenação eterna. Ao mesmo tempo, as escrituras mostram a necessidade de redenção a ser trazida pelo próprio Deus devido à sua misericórdia, proveniente da graça atuante na vida de todos os homens. Se por um lado somos pecadores destinados ao inferno, por outro lado temos uma oferta de escape pela fé no Filho de Deus!

Jesus mostra-se como a saída e os homens espiritualizaram de tal forma que não conseguiam enxergar que Deus poderia encarnar para prover para si um caminho que trouxesse os homens ao arrependimento. Em Cristo temos a saída para os nossos pecados, pois se fez redentor e os pagou na cruz quando se tornou o sacrifício perfeito. Não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus e nos tornamos justificados pela fé no sacrifício do Filho!

Somos deuses porque Deus assim nos criou para sermos e temos este potencial, só possível de ser plenamente atingido no processo da santificação proporcionada em Jesus. Nossa nova filiação é que nos capacita a entendermos os desígnios do Pai. Os sinais que são feitos por Jesus e em seu nome servem para evidenciar o poder de Deus que está em todo aquele que crê no Senhor. Pela fé e na autoridade dada à igreja é que podemos realizar tais sinais e continuar a obra deixada por Jesus para a igreja. A obra é apontar para Cristo, o autor e consumador da fé redentora que tira o pecado do mundo.

João Batista apontou para Jesus. João apenas batizava, mas a igreja hoje tem o poder recebido do próprio Senhor. João preparou o caminho e mostrou o Cordeiro de Deus. Assim a igreja deverá fazer, mas fará ainda mais ao realizar os sinais e maravilhas em nome do Senhor! Muitos crerão por causa dos sinais e outros apenas murmurarão porque não creram. O julgamento é de Deus e ocorrerá para separação entre os que creram e os que não creram.

Os que creem e desejam viver com Deus irão para o céu, enquanto os que não creram e nem desejaram viver com Deus irão para o inferno. Crer é também obedecer e desejar se santificar, pois ninguém verá a Deus sem ser santificado e isto só é possível através da fé em Jesus Cristo! Portanto, quem tem o Filho tem o Pai!

Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai.”
‭‭1João‬ ‭2:23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1jn.2.23.ARA

Por que Jesus precisaria vir ao mundo se já existiam as escrituras que apontaram os pecados? Porque a graça de Deus nos ajuda a deixarmos o pecado que é odioso ao Senhor. Portanto, a graça é superior à lei, porquanto nos ajuda ao invés de apenas apontar. Em Cristo somos ajudados a fugir do pecado. Quem ama não fica apenas alertando, mas toma a atitude de ajudar para que haja mudança de verdade! Jesus veio ao mundo para nos ajudar a encontrarmos o caminho para o Pai. Peguemos em sua mão amorosa e o sigamos!

Ano 2#192

Escolhemos alguém pelo seu passado ou pelo seu futuro?

Passadas estas coisas, saindo, viu um publicano, chamado Levi, assentado na coletoria, e disse-lhe: Segue-me! Ele se levantou e, deixando tudo, o seguiu.
‭‭Lucas‬ ‭5:27-28‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.5.27-28.ARA

Como escolhemos não é como Deus escolhe. Deus nos conhece por dentro, nós conhecemos por fora. Definimos as pessoas pelo seu histórico, mas Deus nos define pelo nosso potencial. Pedimos currículos para termos certeza de que estamos contratando pessoas capazes, mas Deus capacita àqueles a quem escolhe!

Já mencionamos esta questão anteriormente, mas importa retornarmos nesta discussão do pré-conceito! Como vemos ou ouvimos sobre alguém nos impede de ver como pode ser diferente em outras circunstâncias. Acabamos por determinar o futuro de alguém por causa do seu passado, sem darmos outra chance. Deus não faz assim conosco! Ele nos traz a oportunidade de mudança a todo tempo, pois é misericordioso!

Moisés matara um egípcio e fugiu para o deserto. No entanto foi escolhido para levar o livramento do cativeiro e liderar o povo até a Terra Prometida. Seu irmão fez um ídolo para o povo adorar, mas ainda assim escolhido para ser o primeiro sumo sacerdote sobre o povo. Gideão não era ninguém no meio do seu povo, mas tornou-se juiz de todos! Deus nos ama e enviou Jesus Cristo, enquanto ainda a humanidade é pecadora! Pela graça há transformação de vida!

Levi (Mateus) era cobrador de impostos, e toda esta classe era odiada pelo povo, pois cobrava impostos para os também odiados romanos. Como chamar alguém odiado para discipular e ser seu ajudante? Como confiar em quem não confiam a mensagem mais importante? Esta é uma difícil questão para nós. Por isso devemos aprender com o mestre.

Devemos dar novas oportunidades e observar. Se mantivermos a visão cristalizada em quem as pessoas foram até agora nunca seremos capazes de perdoar, ou dar a outra face, ou andar mais um tempo ao seu lado. Nossa decisão em amar não pode ser baseada no que as pessoas são para nós hoje, mas como queremos vê-las diante de Deus amanhã! Nosso empenho em amar é dar uma oportunidade deste amor transformar a cada um que recebe-lo. Mas, não nos enganemos, pois muitos ignorarão a oportunidade e nos cuspirão no rosto. Não somos maiores que Jesus e sofreremos como ele sofreu por nós.

Ainda assim esta é a coisa certa a fazer. Se não fizermos não haverá oportunidade de mudança neste mundo. Se depois da tempestade não houvesse um tempo de tranquilidade quem suportaria? Assim é o amor para quem está esmagado pelo ódio do mundo, uma oportunidade de seguir em frente, uma nova perspectiva do amor de Deus através das ações de quem também o recebeu!

Pais e filhos devem ter nova oportunidade, maridos e mulheres devem ter nova oportunidade, mas com o ingrediente do amor transformador. Se deixarmos as pessoas no mesmo ambiente de ódio, com a mesma desconfiança, não conseguiremos ver resultados diferentes. É necessário que recebam misericórdia e graça para sentirem-se amadas e valorizadas. Sem adubo novo uma planta cansada não consegue voltar a crescer…

Evangelho é amar, sofrer e perseverar pelo próximo, como fazem conosco! Neste ciclo seremos mutuamente fortalecidos e estaremos construindo o reino eterno pela graça de Deus! Em Cristo podemos sofrer todas as coisas, pois já vencemos e estaremos com ele por toda a eternidade em adoração ao Senhor!

Ano 2#178

A que pai estamos honrando?

Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
‭‭João‬ ‭14:8-9‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.14.8-9.ARA

Somos 50% da carga genética de cada um de nossos pais biológicos. Assim, somos descendentes e herança genética de nosso pai e de nossa mãe. Seremos semelhantes em características de um e do outro, em formas de agir, pensar e até fisicamente.

Filipe pede a Jesus para mostrar o Pai e Jesus responde dizendo-lhe que ele, Jesus, é semelhante ao Pai. Se conhecermos a Jesus estaremos conhecendo o Pai, porque Jesus Cristo é Filho, legítimo, espiritual, proveniente de Deus! Jesus tem poder e autoridade concedidos por Deus para conduzir toda a humanidade de volta ao caminho da vida eterna, da filiação por novo nascimento em Espírito, para sermos a imagem e semelhança de Deus como fomos criados no Éden.

Em Jesus temos o resgate da natureza divina que perdêramos quando a humanidade pecou contra Deus. Ficamos apegados com a parte carnal, pois a espiritual deixou de ter comunhão com o Pai, e isto precisava ser concertado. Jesus veio restaurar nossa comunhão com Deus, sendo o caminho de volta, nossa luz na escuridão, nosso irmão mais velho que cuida dos pequenos!

A quem temos por Pai? Se Cristo é nosso irmão, então teremos semelhança com ele, em amor, paciência, graça e misericórdia. Mas se continuamos a roubar, defraldar, trair, adulterar e mentir sem sentirmos nenhum remorso, então temos por pai o diabo! Nossas ações acabam por refletir a nossa paternidade espiritual. Nossas atitudes são reflexo do relacionamento espiritual que temos nas regiões celestiais. E neste campo recebemos direcionamento de quem desejamos obedecer.

Nossa filiação espiritual foi comprometida no Éden pois havíamos sido criados para sermos filhos de Deus, até que tomamos outro caminho. A que pai desejamos nos assemelhar? A quem estamos seguindo? A quem estamos honrando? Se Deus é nosso Pai, seguiremos Sua direção e Cristo é nosso irmão. Temos esta segurança? Se ainda não temos, entreguemos hoje nossas vidas através de Cristo e recebamos roupas novas, uma aliança eterna, herança espiritual e um propósito maravilhoso!

O Pai está de braços abertos e nos justificará. Não importa o pecado que praticamos até aqui, pois a salvação é pela vontade de Deus para conosco. Senão, ninguém se salvaria. Se fosse possível sem a ação de Deus Jesus não precisaria vir para nos mostrar o caminho. Veio porque é necessário e nos ama! Que honremos este amor sacrificial que nos transforma em semelhantes ao Altíssimo porque receberemos a semente espiritual em nós, o Espírito Santo de Deus! Assim nos tornaremos semelhantes e começaremos a agir como Cristo, e alegraremos o coração do Pai!

O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos, porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. E começaram a regozijar-se.
‭‭Lucas‬ ‭15:22-24‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.15.22-24.ARA

Ano 2#163

O evangelho traz a tolerância e não a violência!

Alguns deles foram persuadidos e unidos a Paulo e Silas, bem como numerosa multidão de gregos piedosos e muitas distintas mulheres. Os judeus, porém, movidos de inveja, trazendo consigo alguns homens maus dentre a malandragem, ajuntando a turba, alvoroçaram a cidade e, assaltando a casa de Jasom, procuravam trazê-los para o meio do povo. Porém, não os encontrando, arrastaram Jasom e alguns irmãos perante as autoridades, clamando: Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui, os quais Jasom hospedou. Todos estes procedem contra os decretos de César, afirmando ser Jesus outro rei.”
‭‭Atos‬ ‭17:4-7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/act.17.4-7.ARA

Paulo e Silas foram acusados de transtornar o mundo! Verdadeiramente expuseram o que era o pecado e a necessidade da salvação pela fé em Jesus Cristo. Servir a Jesus, te-lo como mestre, caminhar nos seus passos realmente o torna um rei em nossas vidas. Receber Jesus como Senhor é também vê-lo como irmão mais velho, aquele que tem a primazia e zela por toda a irmandade!

Atrair as pessoas para Jesus e tira-las do erro da idolatria não deixará que os idólatras aceitem facilmente. Se você é amigo de alguém que se droga e você deixa de se drogar com ele, será taxado de fraco, traidor, de abandono da amizade, etc. Se estiver no meio do crime acontecerá a mesma coisa. De fato, fugir do pecado tem o custo de abandonar um estilo de vida autodestrutivo para assumir o estilo de Cristo, e isso trará também os antagonistas, para que não percam a influência sobre nós.

Paulo e Silas transtornaram o mundo! Poucos homens fizeram uma transformação regional que impactou gerações. Será que isto é possível hoje? Será que teríamos a liberdade que tiveram? O mais impressionante é que o berço do Cristianismo é onde temos hoje a maior dificuldade de pregarmos o evangelho sem preocupação com a legislação vigente. A liberdade que o evangelho traz permite que a maldade humana perpetre leis contra o que a Bíblia estabelece.

O viver na paz desprepara as gerações futuras a perceberem o guarda-chuva que o evangelho desenvolve contra a violência. É questão de tempo para que os países onde o evangelho prosperou e se apagou clamem ardentemente pela paz novamente. O caos em que estão se permitindo viver trará uma conta amarga de ser paga, e isto não é culpa de Deus, mas dos homens que invejam a natureza de Cristo e de seus seguidores. Não desejam mudar de vida, não pretendem entender o chamado para uma vida espiritual abundante, preferindo permanecer na ignorância, violência e ódio.

A intolerância não está no evangelho, nem no viver no evangelho. Se fosse assim os países onde o Cristianismo tem a maioria de seguidores não teriam leis mais brandas para com os delitos. Tomemos o Brasil como exemplo onde uma pessoa que cometeu um crime passa 1/3 da sentença na prisão e começa a ter o relaxamento, podendo ficar em regime semiaberto. Usar drogas e traficar possuem penas brandas. Pessoas que mataram seus pais podem sair da prisão no Dia dos Pais e das Mães. Em uma sociedade não Cristã dificilmente estas coisas ocorreriam, e provavelmente a homoafetividade seria tratada com pena de morte ou violência profunda pela sociedade em geral.

Cristo traz misericórdia, o entendimento de que todos somos pecadores e precisamos receber ajuda para deixarmos nossos pecados. A intolerância existe para aqueles que não conhecem a Cristo. Jesus reina no coração dos arrependidos que buscam viver para adorar ao único Deus, a mostrar o único caminho para o Pai, a se entregarem pelo amor, a alegria e a paz naquele que criou todas as coisas para a nossa felicidade eterna. Isto transtorna o mundo e faz com que os intolerantes apareçam para destruir a grande obra do evangelho nos corações e mentes de todos os povos e nações!

Oremos para que a obra de Deus não pare e que vivamos a plenitude do evangelho. Esta é a única vacina capaz de destruir o vírus da maldade e da violência humana provenientes da vida no pecado!

Ano 2#157

Somos reconciliados com Deus através de Cristo!

A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai, a iniquidade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a perversidade do perverso cairá sobre este. Mas, se o perverso se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e fizer o que é reto e justo, certamente, viverá; não será morto. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou, viverá. Acaso, tenho eu prazer na morte do perverso? — diz o Senhor Deus; não desejo eu, antes, que ele se converta dos seus caminhos e viva?
‭‭Ezequiel‬ ‭18:20-23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/ezk.18.20-23.ARA

Glórias a Deus pela Sua bendita palavra! Ezequiel recebe de Deus a palavra de que cada um é responsável pela sua vida. No capítulo 18 de Ezequiel Deus mostra que pais e filhos podem ter caminhos diferentes, que filhos não necessariamente seguem o mesmo caminho dos pais. E mais, aquele que pecar é quem entra em condenação, mas o justo não.

Nos versos acima vemos um Deus que não tem prazer na injustiça, nem na destruição do ser humano, mas que todos se arrependam de seus pecados e vivam vidas justas. Aquele que se arrepende e passa a viver justamente tem seus pecados perdoados e esquecidos. Esta é uma promessa de Deus já no Antigo Testamento.

E é justamente pela nossa dificuldade em vivermos desta forma que Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, apresenta-se à nosso favor:

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.
‭‭2Coríntios‬ ‭5:17-21‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/2co.5.17-21.ARA

Deus nos reconcilia consigo mesmo através de Cristo, nos tornando justificados, feitos justiça de Deus! Já não há lembrança de nossos pecados quando recebemos Cristo como Senhor! Recebemos nova natureza espiritual, novas vestes, novos nomes, um “reset” em nossa carreira espiritual, uma folha limpa, com o Espírito Santo nos ajudando a permanecermos santos para o SENHOR!

É sobrenatural, é graça, pela fé em Cristo! A promessa feita no Antigo Testamento é cumprida em Cristo pois nos tornamos novas criaturas espirituais. Ainda que erremos, temos a percepção do erro, acesso a Deus para pedirmos perdão, orientação divina para reparamos o erro cometido e seguirmos em frente de cabeça erguida. Satanás não pode mais nos culpar e apontar o dedo por erros perdoados. Deus não o faz!

Precisamos reconhecer nossos pecados. Precisamos pedir perdão pelos nossos pecados! Precisamos receber o perdão e acolhe-lo! Há muitos doentes de alma porque se sentem culpados eternamente, mas em Cristo há perdão, mudança de estado espiritual, acolhimento do pecador arrependido! Há cura da alma para quem está em Cristo! Ele veio para tirar o pecado do mundo, pois recebeu sobre si todo o pecado da humanidade. O justo que não conheceu pecado se tornou injusto, para que nós injustos fôssemos feitos justiça de Deus!

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
‭‭Romanos‬ ‭8:1‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rom.8.1.ARA

Em Cristo somos reconciliados, mas sem Cristo permanece a sentença de quem pecar, este morrerá! Que façamos a escolha hoje, enquanto Cristo está estendendo os braços para nós!

Ano 2#153

Como encontrar a felicidade?

““Felizes os pobres de espírito, pois o reino dos céus lhes pertence. Felizes os que choram, pois serão consolados. Felizes os humildes, pois herdarão a terra. Felizes os que têm fome e sede de justiça, pois serão saciados. Felizes os misericordiosos, pois serão tratados com misericórdia. Felizes os que têm coração puro, pois verão a Deus. Felizes os que promovem a paz, pois serão chamados filhos de Deus. Felizes os perseguidos por causa da justiça, pois o reino dos céus lhes pertence. “Felizes são vocês quando, por minha causa, sofrerem zombaria e perseguição, e quando outros, mentindo, disserem todo tipo de maldade a seu respeito.”
‭‭Mateus‬ ‭5:3-11‬ ‭NVT‬‬
https://bible.com/bible/1930/mat.5.3-11.NVT

A felicidade é a resposta de uma semeadura, de uma atitude diante da vida que nos trará o benefício a longo prazo. Felicidade não é para ser algo momentâneo, isto é alegria. Estamos alegres ou tristes por uma circunstância, mas o estado de felicidade permanece, pois não depende do agora, mas do que é alcançado como meta de vida!

Alcançar a felicidade é um trabalho pessoal. A minha felicidade não depende da sua, mas a minha alegria sim. Não tenho como me alegrar com a tristeza de alguém, mas posso ser feliz por enxergar o reino de Deus, o consolo do Espírito Santo, a Terra sendo conquistada em humildade, a justiça de Deus que chegará, as misericórdias de Deus se renovando a cada dia e tantas outras bençãos alcançadas e que alcançaremos por causa de Cristo!

Tal felicidade não é circunstancial. Nenhuma pandemia, governo, fome, pobreza ou violência é capaz de tira-la, pois também não foi dada pelo mundo. Assim, o mundo não nos tira o que não nos dá e nem é capaz de dar felicidade. O mundo dá algumas alegrias enquanto nossos corações se permitirem usufruir delas. No entanto, enquanto estou alegre com um amigo que recebeu uma vitória no trabalho estou triste por outro que perdeu o emprego. Se minha felicidade depender de equacionar o saldo entre alegrias e tristezas, então viverei uma gangorra emocional.

Não deve ser assim! Jesus nos ensina a buscar as coisas do alto, provenientes de Deus, onde não há mudança e nem perdas, onde não há roubo ou tristezas. Em Deus podemos depositar todos os esforços que teremos recompensa, a começar por vivermos a eternidade com Ele! Fazer a vontade de Deus nos trará a verdadeira felicidade, quando virmos os nossos esforços contribuírem para a melhoria de vida no mundo. As dificuldades virão, mas as conquistas também.

As conquistas de curto prazo nos trazem alegria, mas as que serão permanentes é que nos darão a verdadeira felicidade e estas só dependem da nossa atitude e devoção diante do propósito de Deus para as nossas vidas! Que busquemos a felicidade em Deus, pois esta também trará muitas alegrias!

Ano 2#151

Os justos dormem melhor!

Deveras me apliquei a todas estas coisas para claramente entender tudo isto: que os justos, e os sábios, e os seus feitos estão nas mãos de Deus; e, se é amor ou se é ódio que está à sua espera, não o sabe o homem. Tudo lhe está oculto no futuro. Tudo sucede igualmente a todos: o mesmo sucede ao justo e ao perverso; ao bom, ao puro e ao impuro; tanto ao que sacrifica como ao que não sacrifica; ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.
‭‭Eclesiastes‬ ‭9:1-2‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ecc.9.1-2.ara

Quantos já não se questionaram por que fazer a coisa certa se quem faz errado ainda se dá bem? Por que não há justiça? Por que os corruptos não estão presos? Qual a vantagem de se manter na integridade se o mesmo ocorre tanto para o justo como para o injusto?

Já não é a primeira vez que tocamos neste assunto e fui levado a trazer esta pauta novamente. Assim como falamos antes não devemos viver como se a vida acabasse nesta terra, nesta dimensão. Jesus traz entendimento na história de Lázaro e o rico que ainda que uns só recebam a facilidade e outros a dificuldade aqui na Terra isto não significa que permanecerá desta forma na vida após a morte. O rico ficou em tormentas enquanto Lázaro foi consolado depois que ambos morreram. (Lucas 16.19-31)

A questão fundamental é por que aqui não temos a visão clara de que o mau não prevalecerá? Porque salvação é questão de fé e não de obras. A semeadura do bem que faço na vida das pessoas traz benefícios espirituais claros na minha vida e, não necessariamente, prosperidade financeira nesta terra. Aliás, se eu dividir todas as minhas riquezas com os pobres ficarei com muito menos do que tenho hoje, mas rico para com Deus. E este é um ensino do próprio Senhor Jesus!

Ou seja, posso estar com pouco aqui e ser rico no céu e posso estar com muito aqui e ser pobre no céu. Não podemos viver olhando apenas para o agora, pois a vida na Terra é cheia de vaidades. Este é o grande ensino de Salomão neste livro de Eclesiastes! A sabedoria está no viver para Deus, ainda que as coisas não pareçam estar dando certo. NEle tudo acabará da melhor forma quando olharmos o proveito espiritual, ainda que materialmente pareça fracasso, perda ou dano!

A fé é justamente confiar no que não vemos e que não está amparado no que vemos, mas em Deus que prometeu a eternidade. A vida aqui passa e muito rápido. Nossas decisões de hoje impactam na nossa vida eterna e valerá a pena permanecermos íntegros, ainda que isto gere perdas materiais em nossas vidas ou não gere o ganho que poderia ter sido gerado se nos corrompêssemos. Estamos sendo testados e cada um responderá por si mesmo e não pelo que ocorreu ou deixou de ocorrer na vida dos outros.

Errar ontem e arrepender-se hoje faz com que tenhamos acesso às muitas misericórdias de Deus. Cristo apontou para a salvação de Zaqueu quando largou sua corrupção. Quem olhou para Zaqueu não concordou com a decisão de Jesus de ir pernoitar na casa de um homem corrupto (Lucas 19.1-10). Certo é que os que julgaram Zaqueu esqueceram que também são pecadores e podem ter permanecido assim, enquanto o corrupto deixou de sê-lo e recebeu perdão de seus pecados. Zaqueu recebeu a vida eterna por atitude de fé e somos hoje chamados a fazermos o mesmo.

Não importa se estou vendo alguém fazer errado e “se dar bem” enquanto faço tudo certo e não prospero. Importa olhar para mim e buscar ouvir o que o Espírito Santo nos traz de alimento diário. Na eternidade seremos todos prósperos, não haverá injustiça e nem tristeza. Aqui há todos os percalços que são superados pela fé em Jesus Cristo e por nossa perseverança em nos santificarmos para a glória de Deus!

Não desistamos, pois o pagamento por nossa fé é a eternidade com Deus. Lá os injustos não entrarão, mesmo que tenham vivido uma vida regalada e com aparência de benefício. Quem obtém vantagem pela injustiça nunca tem um sono tranquilo, mas os justos dormem em paz de noite! (Provérbios 3.24)

Ano 2#134

Mensagem <501>

O final já está escrito. Onde escolhemos estar?

Ouvi uma forte voz que vinha do trono e dizia: “Vejam, o tabernáculo de Deus está no meio de seu povo! Deus habitará com eles, e eles serão seu povo. O próprio Deus estará com eles.
‭‭Apocalipse‬ ‭21:3‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/rev.21.3.nvt

Todo atleta corre para alcançar a vitória e receber o prêmio do seu treinamento. Cristãos só diferem porque estão em uma corrida onde o treinador está conosco, dentro de nós, e já nos deu a certeza de chegarmos na linha final enquanto ele está conosco!

Nosso prêmio é viver eternamente com Deus, na cidade celestial! Há uma promessa de vida eterna trazida na Palavra de Deus, onde podemos nos agarrar, confiar e trabalhar para vivencia-la. Cristo nos habilita a experimenta-la através da ajuda constante do Espírito Santo. Não há batalha que deixemos de ter vitórias espirituais e não seremos deixados para trás!

Em quem você tem confiado para viver a vida eterna? Em que religião você está apostando a sua confiança? Só uma religião salva e esta se chama Cristo! Nele tudo se concentra, o poder, a graça e a misericórdia de Deus. Não são as centenas de denominações Cristãs ou qualquer outra que nos habilitará entrarmos pelos portões celestiais. Sem Cristo nada podemos fazer e, com ele, podemos todas as coisas que nos estão propostas.

Não demoremos a confiar nele, pois os dias se abreviam. O final já está escrito e é glorioso. Estar na presença de Deus, eternamente, é muito mais do que merecemos e já nos foi garantido pelo sacrifício de Cristo. Façamos dele o nosso Senhor porque é poderoso para salvar e cuidar de nós!

Já escolhemos onde estaremos ou estamos deixando para depois esta escolha? Depois da morte já não há escolhas! Cristo está disponível agora mesmo. Ore e entregue sua vida a ele e caminhe com o Espírito Santo e passe com alegria pela linha de chegada para a eternidade prometida com Deus!

Ano 2#130

A justiça de Deus não falhará!

Ai da cidade opressora, da rebelde e manchada! Não atende a ninguém, não aceita disciplina, não confia no Senhor, nem se aproxima do seu Deus. Os seus príncipes são leões rugidores no meio dela, os seus juízes são lobos do cair da noite, que não deixam os ossos para serem roídos no dia seguinte. Os seus profetas são levianos, homens pérfidos; os seus sacerdotes profanam o santuário e violam a lei. O Senhor é justo, no meio dela; ele não comete iniquidade; manhã após manhã, traz ele o seu juízo à luz; não falha; mas o iníquo não conhece a vergonha.”
‭‭Sofonias‬ ‭3:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/zep.3.1-5.ara

Há um contraste entre o Senhor e os homens rebeldes. Não coabitarão com o Senhor tais homens. Deus está computando e sendo misericordioso ao nos dar tempo para arrependimento. Assim foi, é, e será com o povo chamado por Deus para servi-lhe, mas também se aplicará a todas as nações enquanto estivermos no tempo da graça.

Enquanto o Senhor se revela e faz aliança conosco ele também reclamará nossa atitude e ações para com Ele e Sua obra. A iniquidade não perdurará em nosso meio eternamente. Infelizmente não há como um sentenciado por homicídio ser tratado como um ladrão de comida e o peso da sentença traz a força do encarceramento e da rigidez no tratamento.

Da próxima vez a Terra sofrerá grande dano pelo fogo e todas as nações sofrerão a ponto de desesperar pela vida. O propósito já não será de edificação, mas de filtragem. Os que permanecerem na rebeldia não conseguirão escapar da sentença e não há nada que possam fazer a não ser crerem pela fé!

Enquanto não confiamos na palavra e no autor da Bíblia, não desfrutaremos da leitura e não faremos dela nosso guia de vida. Seguiremos errantes, defraudadores, desonrosos, desrespeitosos, inflamados em sensualidades, corruptos e corruptores, mentirosos e desafeiçoados dentre tantas outras abominações que estaremos cometendo uns para com os outros. Não deve ser assim!

No entanto, o iníquo não conhece a vergonha e continua a realizar as suas obras más. Se não nos convertermos de nossos maus caminhos teremos a mesma sentença. Sem buscarmos a Deus estaremos condenados com o mundo e não haverá salvação. O juízo será terrível e precisamos de um salvador. E este é Jesus Cristo! Nele encontramos a vida de Deus, o caminho para a redenção dos povos!

Em Cristo recebemos o poder de dizer não à iniquidade e buscarmos continuamente a face do Senhor. Boas novas, há livramento para os que receberem a salvação pela fé em Jesus! Não passarão pela ira de Deus, pois receberam por fé, creram em Deus e não permanecerão no erro. Ter fé é, em primeiro lugar, entender a santidade de Deus e o seu juízo. Sem fé permaneceremos sem temor e não teremos vergonha da nossa iniquidade.

Em Cristo seremos transformados e já teremos passado da morte para a vida, da ira para a paz, da condenação para a liberdade, do erro para o acerto! Busquemos a Deus enquanto pode ser achado! Sua justiça tarda mas não falhará, e só tarda porque é misericordioso para com a humanidade!

Ano 2#124