Busquemos a Deus com fé!

A ti, que habitas nos céus, elevo os olhos! Como os olhos dos servos estão atentos às mãos dos seus senhores, e os olhos da serva, à mão de sua senhora, assim os nossos olhos estão atentos ao Senhor, nosso Deus, até que tenha compaixão de nós.
Salmos 123:1‭-‬2 NAA
https://bible.com/bible/1840/psa.123.1-2.NAA

Na hora da dificuldade precisamos clamar a Deus. Não importa o que nossos olhos estejam vendo ou os nossos corações estejam sentindo, a última palavra vem do Senhor, o autor da vida!

Muitas são as circunstâncias que podem nos levar ao desespero, mas Deus pode nos livrar de todas. Não devemos ignorar o seu auxílio e nem o seu poder. Na Antiga Aliança o povo de Deus recebeu muitos livramentos em guerras onde estavam em minoria absoluta. Entregaram suas vidas ao Todo-Poderoso e venceram exércitos invencíveis.

Muitas vezes Deus é quem pelejará por nós e veremos a transformação completa do quadro que se apresentava de maneira desvantajoso em completa vitória. Tenhamos fé no Altíssimo, pois nossa constituição é fraca e Ele É poderoso para vencer as nossas batalhas. Confiemos em Deus e façamos a nossa parte. A dEle é a que não temos condições de realizar. Portanto, clamemos ao Senhor que tudo pode!

Seja uma questão financeira, emocional, de saúde, não importa. Se nEle nos refugiados teremos auxílio e proteção. Deus não ignora uma petição de seus filhos. Pelas suas muitas misericórdias pode ser que não ignore a petição de quem nunca o busca também. Por isso, esta é uma oportunidade de buscá-lo de maneira franca, pois ele se agrada de quem dEle se aproxima pela fé!

A vida é um desafio diário e é bom podermos contar com um Pai tremendo. Você já o busca desta forma? Se não, então tenha um encontro com Cristo, aquele que nos leva ao Pai! Jesus é o nosso caminho para Deus, aquele que veio trazer o entendimento certo e abrir as portas do céu para nós. Ele é agora o intercessor e quem nos ajudará nas pelejas da vida. Nele temos acesso ao Senhor Todo-Poderoso.

Em Cristo somos feitos filhos de Deus (João 1.12), aptos a recebermos da graça e da misericórdia. É através dele que podemos clamar ao Pai! Estejamos atentos ao Senhor e esperemos nele a mudança de nossas vidas. Será através de Cristo que teremos este suporte. Oremos em nome de Jesus e agradeçamos, pois pela fé no Senhor poderemos alcançar o que antes nos era impossível!

Ano 2#329

Provemos do amor de Deus!

Oh! Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia.
Salmos 34:8 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.34.8.ARA

Durante as lutas da vida podemos nos esquecer de que há um Deus zeloso, esperando para ser acessado por nós. Muitas vezes ignoramos o poder de Deus e acreditamos que é inalcançável ou que não merecemos. Realmente não merecemos, mas está ao alcance de todos que o buscarem.

Dificilmente homens e mulheres buscaram a Deus fora das suas dificuldades e só na extrema dificuldade, quando já não há mais nada a fazer, é que buscamos auxílio no sobrenatural. Mas não deve ser assim.

Deus se revelou a nós por meio de aparições, o envio de sua palavra, através de Cristo e, em nossos dias, através de pessoas que lhe servem. É no seu amor que somos alcançados. É na sua boa vontade e misericórdia que recebemos auxílio e fortaleza, socorro no meio das tribulações, sabedoria nas decisões, encorajamento para vivermos e livramento para não sermos derrubados pelo maligno.

É preciso confiar que Deus é bom e isso dependerá de provarmos da sua benção. Ao provarmos, constataremos que é verdade e, assim, nossa fé aumentará. É nesse ambiente de experimentação de Deus que seremos alcançados por sua graça e desejaremos cada vez mais a sua presença. Deus é bom, mas só descobre isto quem confia nEle!

Feliz será quem nEle se refugiar. É promessa do Deus Todo-poderoso!!! Fé é exercida nas nossas atitudes. Se confiamos nEle viveremos por suas palavras e alcançaremos o que nelas está definido. Vamos dar este passo de fé?!

Ano 2#327

Prestemos atenção na mensagem do Senhor!

O Senhor, Deus de seus pais, começando de madrugada, falou-lhes por intermédio dos seus mensageiros, porque se compadecera do seu povo e da sua própria morada. Eles, porém, zombavam dos mensageiros, desprezavam as palavras de Deus e mofavam dos seus profetas, até que subiu a ira do Senhor contra o seu povo, e não houve remédio algum.
2Crônicas 36:15‭-‬16 ARA
https://bible.com/bible/1608/2ch.36.15-16.ARA

Deus não se agrada de pecados e nem de pecadores. O inferno existe porque será o cárcere dos iníquos, daqueles que não foram ou serão perdoados de seus pecados. Os mensageiros de Deus, que se aplicam em dar o alarme do juízo de Deus são desprezados por muitos, senão a maioria. Se não fosse a misericórdia de Deus este mundo já teria sido destruído de novo e o será segundo o Livro das Revelações do Apocalipse.

Deus criou um mundo bom e não será diferente no reino celestial. Lá a maldade não prevalece. Aqui é lugar de separação, um tempo de preparação para a vida que virá. Assim como os pais e autoridades aplicam castigos, multas e todo tipo de correção, Deus também o faz para que voltemos para o bom caminho. No entanto Ele foi além. Veio até nós para nos mostrar como sermos segundo a Sua vontade.

Em Cristo temos a solução para os nossos desvios de caráter e personalidade. Nele temos a transformação diária que nos capacita a sermos como ele é. Em Jesus Cristo recebemos a justificação de nossos pecados e um novo tempo para vivermos de forma diferente. Cristo é o nosso reset para sairmos da situação de pecado constante para pecados acidentais.

Deus zela por seus decretos, seu nome, seu reino e sua criação. Não deixará impunes os que buscam ir de forma contrária aos seus mandamentos. Nos céus não entrarão os pecadores não arrependidos que ignoraram o Cordeiro de Deus! É tempo de parar e analizar nossos empreendimentos, se feitos em Deus, através de Cristo, ou feitos através de Satanás, a consciência dos tempos contrários a Deus. Não há meio-termo.

De Deus não se zomba, não se ignora, não se foge. Certamente seremos chamados a mostrarmos nossas obras e motivações. Os que estiverem em Cristo já estão semeando para a vida eterna. Os que ainda não estão em Cristo continuam trabalhando para viverem no fogo eterno. Aqui não será como lá. Não existe escape depois da morte, ou iremos para um caminho ou para o outro. Não há lugar de repescagem, somente a justiça que segue a morte.

Entreguemos nossas vidas ao Cristo de Deus, vivamos em santidade, honrando o nome do Senhor. Comecemos hoje o que esperamos viver no reino. Busquemos um encontro com Deus e isto começa prestando atenção na sua mensagem. Quem ouve a voz de Deus já está buscando viver com Ele. Começa nas pequenas coisas. Se ignorarmos as pequenas também iremos ignorar as grandes. Terrível será viver afastados de Deus eternamente…

Ano 2#309

A misericórdia de Deus tem nome: Jesus Cristo!!!

Mas a misericórdia do Senhor é de eternidade a eternidade, sobre os que o temem, e a sua justiça, sobre os filhos dos filhos, para com os que guardam a sua aliança e para com os que se lembram dos seus preceitos e os cumprem.
Salmos 103:17‭-‬18 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.103.17-18.ARA

O mundo não conseguia se lembrar e praticar os preceitos de Deus para que pudesse receber da Sua justiça. Por isso era necessário que o próprio Deus nos visitasse em carne e sangue, cumprisse seus preceitos e nos capacitar a andar em seus caminhos.

Como em um esporte não adianta termos apenas as regras, mas escolas para formar atletas que saibam praticar o esporte segundo tais regras, assim o Espírito Santo é o nosso técnico e preparador para praticarmos a santidade. Não estávamos nem interessados na nossa santificação quando fomos recrutados por Deus para corrermos o caminho da salvação!

Isso é a misericórdia de Deus, que só é possível porque ama o Seu nome a ponto de nos capacitar naquilo em que éramos desprovidos de ânimo e motivação. Em Cristo passamos a ser discípulos, caminhando com o Senhor para a vida eterna. Sem Cristo continuaríamos no caminho da perdição e morte eterna, sem esperança e bem desejo de viver para Deus.

A vinda de Jesus Cristo é tão maravilhosa que marca os tempos da humanidade entre antes e depois. Ignorávamos o amor e a misericórdia de Deus para com a humanidade, mas agora podemos viver com Ele, por Ele e para Ele! Que neste Natal também muitos tenham um encontro com o Senhor Jesus e tenham esta mudança de estado de consciência. Que haja perdão, paz, restauração, saúde e prosperidade em nossos corações, não apenas por uma noite, mas para todo o sempre!

Assim, guardaremos a aliança do Senhor e estaremos em Suas mãos por toda a eternidade!!!!

Ano 2#298

Aproveitemos a misericórdia de Deus!

E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.
Joel 2:28‭-‬29 ARA
https://bible.com/bible/1608/jol.2.28-29.ARA

O profeta Joel profetizou a respeito da seca espiritual de Israel, seu estado de desolação, afastamento e iminente destruição proveniente de Deus. Ao mesmo tempo, revelou a misericórdia do Senhor, pois haveria tempo de arrependimento, conversão e restauração antes do Dia do Senhor!

Nestes versos do capítulo 2 de Joel vemos a declaração da vinda do Espírito Santo ocorrida no Dia de Pentecostes, uma semana depois de Jesus ter subido aos céus, para preparar lugar no reino de Deus para todos os que crerem nele como Senhor e salvador.

Neste tempo da graça, enquanto o Espírito Santo está agindo de forma tremenda, pessoas estão sendo usadas em profecias, visões, curas e milagres para glória de Deus e revelação do poder do Senhor sobre toda a Terra.

Muitos questionam se os sinais e maravilhas poderiam estar sendo manifestos depois dos apóstolos que conviveram com Jesus, mas a verdade é que já em Paulo, que não conhecera o Cristo, o poder no Espírito já estava sendo manifesto por muitos discípulos que obedeceram à grande comissão de levar o evangelho por todo o mundo.

O Espírito Santo está se manifestando em todos os lugares. Não há limite e nem impedimento para a sua obra. Que os nossos corações sejam tocados, que possamos nos arrepender e nos convertermos ao Deus Todo-Poderoso. O grande Dia do Senhor está próximo e só os que receberam deste Espírito adentrarão os céus, pois ele é o penhor, o passaporte, a confirmação da fé em Cristo Jesus, a presença de Deus em nós para toda a eternidade.

Cristo nos trouxe esta oportunidade. Sem o Espírito Santo de Deus continuaremos em nossos caminhos de pecado. Com ele temos poder de dizer não ao pecado e sim ao amor de Deus, realizando as boas obras porque santificados e gratos pela misericórdia alcançada.

Tempo de reflexão e entrega. Tempo de arrependimento e ouvir a voz do Espírito Santo. Tempo de chamar Jesus Cristo de Senhor!

Ano 2#290

Misericórdia e gratidão andam juntas!

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Mateus 5:7 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.5.7.ARA

Muitas aflições estão ocorrendo em nossos dias e não é diferente de ontem e, infelizmente, nem de amanhã, porquanto o pecado trouxe maldição sobre a terra. Muitos de nós humanos precisamos de alguma ajuda, seja emocional ou material, principalmente em momentos de grande impacto social como em pandemias.

As ações sociais sempre são necessárias por esta causa e estamos em um momento de olharmos para o nosso próximo como fez o bom samaritano da parábola contada por Jesus. É certo que agir com misericórdia trará o consolo para quem a recebe e se torna uma oferta de quem fez a boa ação. E temos o entendimento também dado por Cristo de que é melhor dar do que receber, pois dá quem tem e recebe quem precisa!

Tiago nos declara que religião se expressa também pelo cuidado para com os órfãos, viúvas e necessitados. Queremos deixar claro que o cuidado em si não é o motivo da salvação de ninguém. Este cuidado com o próximo deve ser a expressão da gratidão alcançada pelo sacrifício de Cristo que nos trouxe a salvação e que é recebida por fé no salvador! Obras de ação social são a consequência de um coração voltado para a misericórdia. Devemos cuidar para não se tornarem motivo de orgulho ou vaidade pois, ainda que seja útil a quem recebe, só gerou arrogância no coração de quem doou.

Importa semearmos nas vidas das pessoas. Gratidão gera gratidão e transforma o mundo. Façamos a nossa parte e engrandeçamos o nome do Senhor! A ele toda a glória eternamente amém!

Ano 2#282

Cristo estabelece o seu reino!

Por aquele tempo, exclamou Jesus: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai. Ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Mateus 11:25‭-‬27 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.11.25-27.ARA

Há um plano de revelação de Deus para o mundo e este está no controle de Cristo, o Filho! Jesus entregou-se na cruz para nos dar a salvação através da fé, mas os sábios e grandes, que alcançaram suas posições por mérito, não confiam que a salvação seja de outra maneira que não a deles. Para alguém racional, como posso ser justificado se não mereço justiça?

A esperança dos humildes é justamente poderem contar com a misericórdia e a graça de Deus. Sabem que não merecem, mas entregam-se nas mãos daquele que os pode livrar do mal. Nosso maior perigo espiritual é esperar contar com a nossa própria justiça ou obras para sermos felizes ou abençoados. Se reconheço que tudo procede de Deus, então vivo sabendo que a minha benção provém da misericórdia e da graça dEle e não do meu mérito. Afinal, minha constituição física é proveniente do imponderável e só Deus para saber porque tenho ou não alguma capacidade intelectual, artística, atlética, etc.

Em Jesus temos acesso ao Pai. Sem ele, não! Os humildes invocarão o nome de Cristo, os poderosos e sábios do mundo o resistirão. Mas, um dia poderão se sentir vulneráveis e tanto o orgulho da posição, riquezas e sabedoria não lhes trarão alegria, paz ou satisfação. Estas coisas só alcançamos plenamente em Jesus! Aí terão oportunidade de enxergar a Cristo!

Graças a Deus que enviou o Filho para nos reconciliar consigo e nos aproximar dEle. Em Jesus teremos a salvação prometida e a paz desejada. Ele está semeando o evangelho da graça entre nós, a todo momento. O que estamos esperando ou fazendo? Ouvindo, entendendo, concordando e praticando ou simplesmente refutando? Nossa resposta hoje refletirá na eternidade. Não há apenas este tempo de vida na terra. Há uma vida eterna a ser vivida e nossa resposta hoje refletirá como viveremos no futuro. Os sábios e instruídos confiam apenas no que enxergam, já os pequeninos em Deus! Em quem confiamos hoje?

Ano 2#277

A misericórdia de Deus nos alcança em Cristo!

Então, Jesus foi com eles. E, já perto da casa, o centurião enviou-lhe amigos para lhe dizer: Senhor, não te incomodes, porque não sou digno de que entres em minha casa.
Lucas 7:6 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.7.6.ARA

O centurião nos ensina que milagres ocorrem porque Deus age e podemos esperar o seu favor. Reconheceu que não era digno, mas que Deus agiria por misericórdia e graça. Não colocou impedimento de nenhum tipo, fosse por ser gentio, por distância ou por não acreditar, mas pelo contrário. Buscou ajuda do Pai de Misericórdia no momento em que o seu servo precisava. Ainda por cima, nem estava pedindo para si mesmo ou para um familiar!

Tal fé impressionou a Jesus que prontamente atendeu não só o convite, mas a ação necessária para a manifestação do milagre. Aliás, Cristo não age com letargia, mas com presteza! Temos repetidamente dito que a fé é depositada no coração dos que ouvem a respeito dos feitos de alguém e passamos a confiar nesta pessoa. A fé não é proveniente da nossa capacidade de crer em alguém simplesmente, mas de confiar que esta pessoa é capaz de cumprir suas promessas!

O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor.
Lucas 4:18‭-‬19 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.4.18-19.ARA

Por que podemos esperar que Jesus cure e liberte? Porque ele prometeu que faria e fez! E continuará fazendo. Sua fidelidade nos traz a certeza de que podemos confiar em sua palavra, seu evangelho. Jesus Cristo é o verbo que nos traz vida, perdoa nossos pecados e nos reconcilia com Deus! Se não tivermos fé nele, então não teremos como usufruir de suas promessas.

O que faremos a respeito? O centurião abençoou seu servo por ter tido fé em Cristo. Nós também podemos ser abençoados e abençoadores através da mesma fé. Ninguém é digno, e Jesus é misericordioso! Não há impossíveis para Deus!

Ano 2#252

O que é sermos e estarmos em Cristo?

Chamou Jesus os doze e passou a enviá-los de dois a dois, dando-lhes autoridade sobre os espíritos imundos.
Marcos 6:7 ARA
https://bible.com/bible/1608/mrk.6.7.ARA

Muitos confundem a recepção de uma autoridade como algo que passaram a possuir de si mesmos, esquecendo-se que a autoridade está restrita à comissão recebida. Em outras palavras, a submissão dos demônios ocorre pelo poder de Jesus outorgado aos que são discípulos e não pelo poder do próprio discípulo.

A condição de ser representante não nos qualifica como poderosos e justos em nós mesmos, mas porque Jesus é! Por isso Judas Iscariotes pôde exercer autoridade sobre demônios mas também traiu ao próprio Senhor. Não é porque recebemos dinheiro da empresa para gastar milhões em aquisições para ela que me tornei milionário, não é mesmo?! Posso estar gastando milhões da empresa e não ter o que comer em casa…

A mordomia é a maneira como somos ensinados e, ao mesmo tempo, testados. Ao não termos em nossas casas aquilo que temos acesso em serviços, trabalhos ou outras atividades somos confrontados entre o manusear ou estabelecer poder sobre coisas que não possuímos e nos mantermos conscientes de que não são nossos, mas estamos sob comissão. Também é o caso de exercermos poder sobre pessoas que na verdade não nos respondem pelo que somos, mas pelo cargo que representamos.

Cristo nos envia a cuidar de suas ovelhas, como ajudadores da sua obra de salvação. As ovelhas se submetem aos líderes e lhes ajudam a continuar o trabalho de gerar ovelhas. Tanto a liderança como as ovelhas que ainda não líderes são ovelhas do Senhor. Há os que estão avocando as ovelhas para si e há ovelhas que não se submetem como ovelhas porque já estão exercendo poder e autoridade também. Nossa maior dificuldade é nos mantermos servos do Senhor e entre nós. A virtude está na humildade em reconhecer de quem é o poder e para quem o exercemos.

Jesus Cristo é o cabeça da igreja e somos todos discípulos do mestre. Em determinado momento estaremos em condições de discipular, em outros, de discipularmos. Importa que todos sigamos o mestre e não nos desviemos a nós e nem a ninguém do caminho. Se o Espírito Santo é quem estiver no controle não cairemos neste erro. Mas, será que está? Estamos vivendo debaixo do que o Espírito Santo nos propõe, proporciona e aponta?

Ser um religioso que não se submete à ação do Espírito Santo é usurpar do poder que Deus está entregando para nós. Se não entendermos quem somos e quem Deus É podemos cair neste erro. Jesus Cristo é Deus encarnado que viveu entre nós para servir, delegando a missão de continuarmos o seu trabalho. Não somos maiores que o mestre e, portanto, não somos justos por nós mesmos, mas justificados por ele. Esta verdade nos ajuda a entendermos a graça e a misericórdia e é mais que suficiente para nos motivar a amar aos que, como nós, estão sendo alcançados pelo evangelho.

Se o Senhor enviou os apóstolos lhes dando autoridade então estes foram comissionados a realizar a obra de Cristo no meio do povo. Esta comissão também foi dada a igreja e este é o tempo de fazermos a nossa parte. Sejamos zelosos dos dons e autoridade dadas pelo Senhor e entendamos para que os recebemos. Que possamos viver a mordomia, exercendo com diligência o que nos foi confiado. Bom é poder participar da obra redentora de Cristo e ver o mover de Deus em nosso meio.

Somos peregrinos e nada levaremos deste mundo a não ser as lembranças do que fizemos como homens e mulheres. Que possamos ter maravilhosas lembranças em reconhecimento de tudo o que nos foi dado sem termos merecido. Nascemos sem termos merecido, vivemos a partir de dons espirituais que não merecíamos e iremos invariavelmente voltar para Deus como espíritos, porque somos dEle. Neste tempo todo será maravilhoso se vivermos para Ele! Estamos em Cristo, somos de Cristo e Cristo é o Senhor!

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,
2Coríntios 5:17‭-‬18 ARA
https://bible.com/bible/1608/2co.5.17-18.ARA

Quem está em Cristo é nova criação e está participando da reconciliação do mundo. Este é o chamado e o propósito de exercermos o poder do Senhor na terra!!

Ano 2#246

Qual a nossa necessidade? Jesus está aqui para nos ajudar!

Ora, descendo ele do monte, grandes multidões o seguiram. E eis que um leproso, tendo-se aproximado, adorou-o, dizendo: Senhor, se quiseres, podes purificar-me. E Jesus, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, fica limpo! E imediatamente ele ficou limpo da sua lepra.
Mateus 8:1‭-‬3 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.8.1-3.ARA

Qual a nossa necessidade hoje? Uma cura? Emprego? Perdão? Em Jesus Cristo encontramos o que precisarmos. Ele não é um supermercado onde compramos o que precisamos, mas quem a todos dá liberalmente porque precisamos dele!

Cristo não nos pergunta do por que precisamos e nem coloca pré-requisitos para nos dar, pois ele é supridor do necessitado. Nossa transformação ocorre nele porque aprendemos sobre um amor não dependente do nosso desempenho ou gratidão, mas porque somos amados de Deus!

Nosso constrangimento ocorre quando nos damos conta de que não merecemos e ainda assim recebemos. Maior ainda é quando somos encontrados ao invés de buscá-lo! Não importa, Jesus é ministro do amor de Deus na vida de todos os necessitados de seu amor.

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.
Mateus 7:7‭-‬8 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.7.7-8.ARA

Oremos por ajuda. O Senhor está ao nosso alcance, basta orarmos da maneira que soubermos. Ele está esperando para conversar conosco e nos dar o que estamos precisando agora. Seu amor nos transformará, ainda que hoje só nos enxerguemos pecadores. Não é pelo que fazemos, mas por quem Ele É! Esta é a verdade do evangelho, onde nós pecadores somos visitados e alcançados pela graça e a misericórdia de Deus!

Ano 2#241