Sejamos justificados em Cristo!

Filhinhos, não vos deixeis enganar por ninguém; aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.
1João 3:7‭-‬10 ARA
https://bible.com/bible/1608/1jn.3.7-10.ARA

Há uma diferenciação dentre os homens entre filhos de Deus e filhos do diabo. Esta se refere à prática ou não de pecados. O viver pecando é não conseguir viver da maneira justa, segundo os preceitos de Deus. A lei aponta o erro, mas não nos impede de errarmos. A lei aponta para o alvo, mas o acertar o alvo depende da flecha voar de maneira estável e corrigindo os efeitos de vento e gravidade durante o voo.

Setas tortas não acertam o alvo, ainda que o arqueiro tente corrigir a trajetória, pois não há como corrigir o efeito de uma estrutura corrompida. A seta torta não atingirá o alvo pois não tem correção e isto, em medidas espirituais, chama-se iniquidade.

O pecador que vive pecando é uma flecha torta, não possuindo capacidade de acertar o alvo, ou seja, deixar de pecar. A obra do Espírito Santo é retificar nossas vidas, nos tornando aptos a acertarmos o alvo. Conquistamos isto através de Cristo! No Senhor estamos aptos a amar e viver justamente. O que nos era impossível agora é possível, pela misericórdia de Deus!

Nossa vida de pecados deve ser deixada para trás, nos tornando discípulos de Jesus, e filhos de Deus. Se permanecermos em nossos pecados permaneceremos como filhos do diabo e a justiça de Deus nos lançará junto com o diabo no lago de fogo de onde não haverá escape. Hoje podemos decidir e está claro o que devemos fazer. Que tomemos a decisão de pertencemos à família de Deus e sermos chamados de Seus filhos!

Honremos o sacrifício de Cristo e busquemos viver de maneira justa. Por gratidão e consciência glorifiquemos o nome do Pai! As obras do diabo podem e serão destruídas nas nossas vidas se assim escolhermos. Deus é bom e não desampara a ninguém que lhE busca! Decidir viver justamente é ouvir a voz do Espírito Santo e ignorar a voz do diabo. É sermos capazes de dizer não à velha natureza e sim à nova. É buscar fazer o certo para agradar a Deus e resistir ao diabo.

Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.
‭‭Tiago‬ ‭4:7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jas.4.7.ARA

Agradeçamos pela graça e a misericórdia de Deus em nossas vidas que nos capacitam a sermos justos porque Cristo nos revelou e nos deu o poder de Deus para sermos transformados e libertos do cativeiro do pecado!

Ano 2#196

Entre o individual e o coletivo, qual a nossa posição?

Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo; e não poupou o mundo antigo, mas preservou a Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas, quando fez vir o dilúvio sobre o mundo de ímpios; e, reduzindo a cinzas as cidades de Sodoma e Gomorra, ordenou-as à ruína completa, tendo-as posto como exemplo a quantos venham a viver impiamente; e livrou o justo Ló, afligido pelo procedimento libertino daqueles insubordinados (porque este justo, pelo que via e ouvia quando habitava entre eles, atormentava a sua alma justa, cada dia, por causa das obras iníquas daqueles), é porque o Senhor sabe livrar da provação os piedosos e reservar, sob castigo, os injustos para o Dia de Juízo, especialmente aqueles que, seguindo a carne, andam em imundas paixões e menosprezam qualquer governo. Atrevidos, arrogantes, não temem difamar autoridades superiores, ao passo que anjos, embora maiores em força e poder, não proferem contra elas juízo infamante na presença do Senhor.”
‭‭2Pedro‬ ‭2:4-11‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/2pe.2.4-11.ARA

Deus é justo e justificará os arrependidos que se converterem através de Cristo. Deus não poupou quem se manteve na impiedade e reserva o inferno para receber a quem não teme permanecer na prática de pecados. Temos ouvido a respeito do julgamento que aguarda a todos os que tiveram vida e cabe a cada um buscar a verdade para si mesmo. Há muitas doutrinas e formas de religião, mas não se pode negar que, de alguma forma, temos a percepção de que haverá uma separação entre quem viveu apenas para si mesmo e quem serviu ao próximo.

Viver para si traz a questão de propósito vazio. Não deixar um legado através de alguém ou não viver para edificar outras pessoas nos torna insensíveis aos seus problemas e, por isso, ao nosso potencial de lhes causar problemas com nossas escolhas, atitudes e palavras. Quando estamos mais preocupados com os nossos resultados do que o resultado das demais pessoas podemos impactar e até impedir que cheguem onde poderiam chegar.

A cultura do coletivo vs individual nos faz enxergar a necessidade de esperarmos mais um pouco ou de abandonarmos nossos desejos pessoais em prol da maioria. Às vezes será ao contrário. Podemos precisar romper com alguns para que a maioria seja preservada ou que haja um recomeço a partir de um pequeno grupo que está com a mesma visão para que se possa evidenciar o propósito que havia para a coletividade maior.

Deus destruiu a Sodoma e Gomorra para que o mundo tivesse um parâmetro de limite da iniquidade, onde se deveria refrear a maldade antes que se tornasse irreversível. Já havia destruído uma vez todos os habitantes da Terra, para que a Sua vontade prevalecesse. Não podemos pensar apenas em nós, pois a nossa tendência é nos desviarmos da vontade de Deus. Se nos amarmos iremos refrear muitos ímpetos e teremos entendimento de como atender a visão do Senhor para as nossas vidas. Sozinhos iremos até contra autoridades constituídas pelo coletivo.

Que possamos meditar e buscar na palavra de Deus a sabedoria e no exemplo de Cristo, que deu a vida por nós, a conduta. Não podemos achar que somos os donos da verdade e vivermos sem ouvir as pessoas e o propósito de Deus para a nossa coletividade. Não é o que queremos, mas o que Ele definiu para nós. Esta é a diferença entre os obedientes e os desobedientes, os que desejam viver para Deus e os que desejam se justificar diante de Deus!

Sejamos humildes e olhemos para o nosso Senhor! Não veio aqui para ser servido, mas para servir. Não murmurou contra os que se voltaram contra ele, mas ofereceu perdão. Entregou seu sangue para os que não lhe queriam bem e assim é o chamado para os que queiram segui-lo. Somos como Jesus ou ainda somos egoístas? Peçamos perdão a Deus e nos arrependamos de nossos pecados. Enquanto há vida temos oportunidade de mudar, depois da morte virá o julgamento e não teremos mais chances para mostrarmos fé ou boas ações. Que o Senhor tenha misericórdia de nossas vidas!

Ano 2#193

Jesus é a graça que nos toma pela mão!

Replicou-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: sois deuses? Se ele chamou deuses àqueles a quem foi dirigida a palavra de Deus, e a Escritura não pode falhar, então, daquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo, dizeis: Tu blasfemas; porque declarei: sou Filho de Deus? Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis; mas, se faço, e não me credes, crede nas obras; para que possais saber e compreender que o Pai está em mim, e eu estou no Pai. Nesse ponto, procuravam, outra vez, prendê-lo; mas ele se livrou das suas mãos. Novamente, se retirou para além do Jordão, para o lugar onde João batizava no princípio; e ali permaneceu. E iam muitos ter com ele e diziam: Realmente, João não fez nenhum sinal, porém tudo quanto disse a respeito deste era verdade. E muitos ali creram nele.
‭‭João‬ ‭10:34-42‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.10.34-42.ARA

Jesus confirmou que toda a escritura é infalível. Confirmou os livros que os profetas escreveram sob inspiração divina, pois que falam das coisas de Deus e apontam para a salvação em Cristo!

Ora, as escrituras mostram vários aspectos de Deus e explicam a necessidade da graça. Se olharmos para o texto veremos que o pecado e o pecador estão condenados pela santidade de Deus. Assim, temos várias orientações para permanecermos longe do pecado que nos trará condenação eterna. Ao mesmo tempo, as escrituras mostram a necessidade de redenção a ser trazida pelo próprio Deus devido à sua misericórdia, proveniente da graça atuante na vida de todos os homens. Se por um lado somos pecadores destinados ao inferno, por outro lado temos uma oferta de escape pela fé no Filho de Deus!

Jesus mostra-se como a saída e os homens espiritualizaram de tal forma que não conseguiam enxergar que Deus poderia encarnar para prover para si um caminho que trouxesse os homens ao arrependimento. Em Cristo temos a saída para os nossos pecados, pois se fez redentor e os pagou na cruz quando se tornou o sacrifício perfeito. Não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus e nos tornamos justificados pela fé no sacrifício do Filho!

Somos deuses porque Deus assim nos criou para sermos e temos este potencial, só possível de ser plenamente atingido no processo da santificação proporcionada em Jesus. Nossa nova filiação é que nos capacita a entendermos os desígnios do Pai. Os sinais que são feitos por Jesus e em seu nome servem para evidenciar o poder de Deus que está em todo aquele que crê no Senhor. Pela fé e na autoridade dada à igreja é que podemos realizar tais sinais e continuar a obra deixada por Jesus para a igreja. A obra é apontar para Cristo, o autor e consumador da fé redentora que tira o pecado do mundo.

João Batista apontou para Jesus. João apenas batizava, mas a igreja hoje tem o poder recebido do próprio Senhor. João preparou o caminho e mostrou o Cordeiro de Deus. Assim a igreja deverá fazer, mas fará ainda mais ao realizar os sinais e maravilhas em nome do Senhor! Muitos crerão por causa dos sinais e outros apenas murmurarão porque não creram. O julgamento é de Deus e ocorrerá para separação entre os que creram e os que não creram.

Os que creem e desejam viver com Deus irão para o céu, enquanto os que não creram e nem desejaram viver com Deus irão para o inferno. Crer é também obedecer e desejar se santificar, pois ninguém verá a Deus sem ser santificado e isto só é possível através da fé em Jesus Cristo! Portanto, quem tem o Filho tem o Pai!

Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai.”
‭‭1João‬ ‭2:23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1jn.2.23.ARA

Por que Jesus precisaria vir ao mundo se já existiam as escrituras que apontaram os pecados? Porque a graça de Deus nos ajuda a deixarmos o pecado que é odioso ao Senhor. Portanto, a graça é superior à lei, porquanto nos ajuda ao invés de apenas apontar. Em Cristo somos ajudados a fugir do pecado. Quem ama não fica apenas alertando, mas toma a atitude de ajudar para que haja mudança de verdade! Jesus veio ao mundo para nos ajudar a encontrarmos o caminho para o Pai. Peguemos em sua mão amorosa e o sigamos!

Ano 2#192

Temos responsabilidades para com o corpo de Cristo!

Ao passar pelas cidades, entregavam aos irmãos, para que as observassem, as decisões tomadas pelos apóstolos e presbíteros de Jerusalém. Assim, as igrejas eram fortalecidas na fé e, dia a dia, aumentavam em número.
‭‭Atos‬ ‭16:4-5‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/act.16.4-5.ARA

Paulo expunha em todas as congregações o que havia sido decidido pelos apóstolos na reunião que tiveram a respeito da necessidade ou não de circuncidar os novos convertidos homens. São as recomendações únicas que temos na Bíblia a respeito do que devemos observar como igreja.

Isso mostra que houve um corpo doutrinário compartilhado entre as igrejas do Novo Testamento, sobre preceitos específicos para os novos convertidos. Abster-se de ídolos, relações sexuais ilícitas, e da carne de animais sufocados e do sangue foram as recomendações dadas até aos dias de hoje. Estas coisas faremos bem se evitarmos em nossas vidas. Serão boas práticas para evitarmos problemas em nossas vidas.

Paulo visitava as igrejas reforçando estes aspectos e a fé entre os irmãos estava sendo fortalecida mais e mais. Pela fé compartilhada veremos o corpo de Cristo crescer em números. Todo corpo sadio cresce, multiplica-se e torna-se suporte para outros. Quando isto não acontece é porque algo não está ocorrendo como deveria.

Um corpo adoece por vários problemas, mas geralmente é porque suas defesas estão baixas ou por problemas no seu DNA. Defesas baixas permitem a invasão de conteúdo nocivo ao corpo. Problema de DNA é algo que já existia no corpo e não está funcionando da maneira adequada por projeto. Em ambas as situações precisamos estar atentos e buscar ajuda no Senhor que é o cabeça da igreja!

Nem todo crescimento pode ser considerado sadio, pois células cancerígenas se multiplicam também e tumores crescem. Problemas assim precisam ser resolvidos tão cedo quanto possível e postergar ações que permitam paralisar a evolução da disfunção são necessárias para que o corpo não venha a ser prejudicado. Às vezes as medidas precisam ser drásticas, outras vezes não.

Glórias a Deus que o Senhor é o médico dos médicos e nos alerta do mal, nos ajuda a paralisar o crescimento do que nos é nocivo e nos cura dos males que nos impactaram. Precisamos confiar mais no Senhor e menos em nós! Igrejas são constituídas por pessoas que tem vários problemas que precisam ser trabalhados. Não podemos considera-las o mal em si, mas somos os portadores do pecado. Se não tratarmos o nosso pecado então estaremos contaminando todo o corpo.

Cada um examine-se a si mesmo para não ser nocivo ao corpo. Somos responsáveis pela santidade do corpo de Cristo! Ajudemo-nos uns aos outros pois, muitas vezes, não conseguimos enxergar nosso pecado ou nossa doença. Importa estarmos atentos ao que o Espírito Santo nos revelou pela palavra e por meio de outras pessoas. Não sejamos remissos em cuidar de nossas vidas espirituais, pois se baixarmos nossas guardas poderemos permitir a entrada do que é nocivo para a igreja. Sejamos responsáveis pelo corpo de Cristo!

Ano 2#189

Ouvir Jesus não significa ser convertido!

Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo! Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos.
‭‭Lucas‬ ‭22:31-32‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.22.31-32.ARA

Esta passagem do evangelho é densa e poderíamos passar semanas falando a respeito dela, pois Jesus traz várias informações importantes a respeito do reino de Deus. A alarmante e clara afirmação de que Satanás reclama diante de Deus é a primeira. Se não conhecêssemos o livro de Jó no Antigo Testamento, que atesta a mesma coisa, aqui chegaríamos a conclusão de que ele tem a oportunidade de falar com Deus e apontar nossos erros e reclamar autoridade sobre nós por causa de nossos pecados.

No livro de Jó, Satanás questiona a lealdade de Jó a Deus porque era próspero em todas as áreas quando Deus pergunta-lhe se havia visto este homem, em como se portava na Terra (Jó 1.6-10). Aqui o caso é diferente porque Pedro teria de suportar não a perda pessoal de saúde, filhos e bens, mas sofreria perseguição por causa de seu mestre Jesus. Peneirar seria forçar a passa-lo pelo buraco estreito, deixando o medo e a vaidade de lado, sendo a lealdade e a fé o que poderia faze-lo passar pela prova a ser colocada diante dele.

A segunda questão, muito mais importante que a primeira, é que Jesus rogou por ele, ou seja, intercedeu com sucesso. Aliás, Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2.5), pois que é Filho e veio do Pai. Nenhum outro tem este poder, ainda mais que ele está assentado à direita de Deus! Jesus rogou por Pedro para que a fé dele não desfalecesse, para que não desistisse da caminhada de fé, o que de fato ocorreu quando lemos o Evangelho de João, capitulo 21 e o livro de Atos dos Apóstolos.

A terceira questão é chegarmos à conclusão de que ouvir a Cristo, ainda que sendo usado por ele e vendo seus milagres por três anos, não significa ser convertido! Pedro o conheceu e o negaria três vezes ainda naquela noite. Achava sinceramente que iria até a morte com o mestre, mas foi incapaz de seguir seu plano porque não estava comprometido de corpo, alma e espírito. Sua conversão só foi possível depois que viu Jesus ressuscitar e compreender que verdadeiramente é o Filho de Deus e receber o Espírito Santo. Ainda que o Espírito Santo tivesse revelado a ele esta verdade tempos antes, ainda não havia compreendido e acreditado desta forma.

Uma quarta questão vem a tona que seria o papel de Pedro após sua conversão genuína: cuidar de seus irmãos! Todo convertido deve amar a sua família espiritual, pois nasceu de novo e possui um vinculo com aqueles que nasceram do Espírito e não mais da carne ou da vontade do homem, mas de Deus (João 3)! Pedro é chamado a assumir sua responsabilidade após ter a postura certa. Se não pôde dar sua vida pelo mestre, tampouco daria sua vida pelos irmãos. Mas, um convertido fará tanto uma quanto a outra!

Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos.
‭‭1João‬ ‭3:16‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1jn.3.16.ARA

O amor de Cristo supera todas as nossas expectativas, pois a sua intensidade e limites não possuem escala como conhecemos. Jesus deixou a sua glória para vir até nós, viveu uma vida santa em nosso meio para ser o sacrifício perfeito e entregou sua vida por nós, nos justificando e comprando-nos para si mesmo! Este amor tudo pode e tudo suporta. Temos um advogado junto ao Pai intercedendo por nós e nos chamando à conversão e ao amor ao próximo. Sem ele permanecemos sendo peneirados pelo diabo que nos espreita a cada dia, buscando oportunidade de nos derrubar.

É tempo de nos convertermos e não só ouvirmos falar as palavras de Jesus. Precisamos ter fé e confessarmos o Filho de Deus como Senhor! Então, passemos a viver em amor ao próximo e cuidando da família da fé!

Ano 2#184

Quem foge do tratamento estando doente?

Respondeu-lhes Jesus: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes. Não vim chamar justos, e sim pecadores, ao arrependimento.
‭‭Lucas‬ ‭5:31-32‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.5.31-32.ARA

Só precisa de cura quem está doente. O pecador precisa de perdão de pecados. O mentiroso precisa reconhecer-se como tal e parar de mentir. Doentes têm dificuldade em aceitar a sua doença e de buscar ajuda para serem curados.

O evangelho é a ferramenta definitiva de diagnóstico espiritual. Evidencia toda a nossa natureza e somos impactados ao nos descobrirmos enfermos de muitos pecados! Como fugimos de hospitais para fazermos exames e até preventivos, assim temos fugido de buscar o evangelho que nos revela todas as coisas.

O evangelho faz o diagnóstico, o prognóstico e a prescrição da conduta para sermos sadios! O prognóstico para o pecador é o inferno, enquanto o do justo é o céu. Justos são os justificados por Jesus, o único remédio existente contra o pecado que nos leva a morrer eternamente.

Em Jesus temos a remissão dos nossos pecados, paramos de ser atribulados pelo passado que deixamos para trás e temos ajuda espiritual e de todas as formas para seguirmos o caminho da paz. Sem Cristo continuaremos combatendo um câncer sem medicação ou qualquer tipo de procedimento e isto nos levará à fatalidade.

Continuaremos evitando a cura? Continuaremos evitando descobrir que estamos doentes? Continuaremos fugindo da cruz? Mas é lá onde a cura está e a vida eterna começará para nós! Jesus veio para trazer nova vida e podemos tomar posse dela se nos consultarmos a tempo! Basta dizer sim ao tratamento! Vamos nos consultar?!

Ano 2#179

Nossa obediência diária trará o cumprimento das promessas de Deus!

Naqueles dias, foi publicado um decreto de César Augusto, convocando toda a população do império para recensear-se. Este, o primeiro recenseamento, foi feito quando Quirino era governador da Síria. Todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade. José também subiu da Galileia, da cidade de Nazaré, para a Judeia, à cidade de Davi, chamada Belém, por ser ele da casa e família de Davi, a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. Estando eles ali, aconteceu completarem-se-lhe os dias, e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.
‭‭Lucas‬ ‭2:1-7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.2.1-7.ARA

Já conversamos sobre a obediência às autoridades definir situações em nossas vidas. Sem este recenseamento Jesus teria nascido em Nazaré e não em Belém como estava profetizado. Muitas vezes acreditamos que para que as profecias se cumpram em nossas vidas devemos agir de forma extraordinária, mas é no ordinário que tudo acontece.

Na nossa rotina veremos o poder de Deus. Na oração diária, no trabalho que costumamos fazer, nas pequenas coisas que começavam e terminavam de uma forma e agora ocorrem de maneira melhor, Deus age em nosso favor a todo momento, e no conjunto da obra a promessa é alcançada.

Muitas vezes queremos ver a abertura do Mar Vermelho, um sinal espetacular que ocorre de uma hora para outra com grande intensidade, mas o Senhor quer operar o tempo todo em nossas vidas! Maria foi suportada em uma viagem longa, já no fim da gravidez, e teve Jesus sem estrutura alguma. Sem um lugar apropriado cumpriu-se a promessa do nascimento do salvador do mundo, veio sem ser bem recebido, mas trouxe consigo a graça e o amor de Deus!

Precisamos aprender a enxergar os cuidados de Deus em todas as coisas. Sem este exercício logo estaremos nos esquecendo dos grandes sinais também. Sem sermos fiéis no pouco também não seremos no muito. A pandemia nos fez acordar para isto, mas já estamos esquecendo de novo. Estar sem gripe ou febre tornou-se em benção e milagre, agora já não estamos mais lembrando disto se estamos onde pessoas amigas não estão sendo impactadas pelo vírus.

O nascimento de Jesus Cristo foi assim narrado, de maneira simples, sendo anunciado a alguns pastores e o sinal dado pela estrela-guia. Um nascimento ordinário de consequências extraordinárias! No ocidente inteiro o calendário foi estabelecido baseando-nos neste acontecimento narrado de maneira singela. Hoje estamos no ano 2021 depois do nascimento de Jesus! Todos os nossos dias estão sendo contados baseando-nos naquele fato ordinário, mas que nos trouxe tremendos benefícios!

E o que mais se transformou em benefícios que temos deixado de agradecer ou de prestarmos atenção? Datas comemorativas de eventos são testemunhos de transformações em nossas vidas, conquistas, ritos de passagem, coisas ordinárias que nos marcam e nos fortalecem na nossa caminhada. Que possamos ser gratos a Deus em todas as coisas, pois alcançamos tantos benefícios por perseverarmos em fazer um pouco a cada dia, mas a recompensa da promessa está no final!

Jesus nasceu para que nossos pecados fossem perdoados e pudéssemos viver sem pecar constantemente, nos santificando e sendo úteis ao Senhor! Isto ocorre nas ações simples diariamente. A recompensa é adentrarmos as portas celestiais com o Senhor! É profecia, promessa e vai acontecer aos que ordinariamente se preocupam em viver o que nos foi proposto. Teremos festa pela conquista e será um grande sinal naquele dia. No hoje, vivamos o simples e amanhã também, com fé naquele que prometeu porque É fiel!

Ano 2#169

Inícios são importantes!

Princípio do evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Conforme está escrito na profecia de Isaías: Eis aí envio diante da tua face o meu mensageiro, o qual preparará o teu caminho; voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas; apareceu João Batista no deserto, pregando batismo de arrependimento para remissão de pecados. Saíam a ter com ele toda a província da Judeia e todos os habitantes de Jerusalém; e, confessando os seus pecados, eram batizados por ele no rio Jordão.
‭‭Marcos‬ ‭1:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/mrk.1.1-5.ARA

O evangelista João Marcos era um dos que andaram com Jesus e foi testemunha ocular de muitos fatos por ele narrados neste evangelho. Ele começa a descrição da narrativa declarando que Jesus Cristo é o Filho de Deus e este é o evangelho de Cristo e não o do próprio Marcos.

Importante é que Marcos vai diretamente ao ponto onde o evangelho começa na vida das pessoas, quando elas enxergam seus pecados e se arrependem deles, buscando arrependimento e perdão, batizando-se para testemunharem a nova vida que decidiram viver, segundo a vontade de Deus e não mais as suas próprias.

Evangelho é mudança de atitude, arrependimento, conversão, perdão de pecados e testemunho da mudança de atitude que estamos estabelecendo por causa da nossa percepção de estarmos indo contra a direção de Deus para as nossas vidas. Portanto, sem entendermos os planos de Deus não teremos percepção de quão longe deles estamos e da necessidade de arrependimento e conversão.

O evangelho de Marcos é o menor de todos, sendo um resumo, indo direto ao ponto, não pretendendo confirmar as escrituras do Antigo Testamento como faz o evangelho de Mateus e nem uma explicação mais detalhada para um público crítico como fez o evangelista Lucas. Marcos escreve para os romanos que precisavam conhecer a Cristo e se tornou a base para que os outros evangelhos fossem escritos.

Ainda que Marcos não tenha se preocupado com informar sobre o nascimento de Jesus, estabeleceu a ordem dos fatos de seu ministério terreno, imprimindo ao conjunto uma estrutura suficiente para podermos enxergar a glória e o poder do Senhor em nosso meio! Marcos aponta o início do ministério de Jesus a partir do seu encontro com João Batista, aquele que o antecedeu para preparar os corações para o que Cristo veio fazer, dar o poder da salvação e santificação aos arrependidos!

Sem arrependimento pelos pecados não temos necessidade de perdão e nem salvação! Sem nos confrontarmos com a lei de que estou errado no meu procedimento não terei motivos para deixar de fazer o que faço. Sem reconhecer que fui pego cometendo um delito não sentirei vergonha e nem buscarei me retratar se tal situação não gerar constrangimento em mim.

Deus a tudo vê e tudo sabe. Se não me envergonhar de errar contra Ele é porque não temo o Seu julgamento ou Sua opinião, ou mesmo não considero Sua existência. Mas, se para mim há um Deus que nos entregou um caminho a seguir, uma forma de viver entre as pessoas e eu não a sigo porque desejo fazer do meu jeito, cedo ou tarde vou perceber que estou magoando pessoas e caminhando para a minha destruição. Nossos caminhos são de morte quando não vivemos pelos de Deus!

Alguns encontram O caminho bem cedo, outros tarde e há os que encontram bem mais tarde! Importa entrar neste caminho e permanecer nele. O caminho é estreito e nos custará permanecer nele, pois teremos de deixar para trás algumas coisas que julgávamos importante, mas tornam-se irrelevantes quando olhamos para o destino final. De que adianta carregar o que não me ajuda a chegar no destino? Estas decisões diárias são parte importante de nossas vidas. Levemos conosco o amor, o perdão, as amizades e deixemos o ódio e o pecado para trás! Este é o arrependimento que nos trará vida em Cristo!

Sejamos batizados não só no arrependimento, mas também no Espírito Santo, para que sejamos ousados e tenhamos autoridade espiritual para impactarmos este mundo. Buscar poder sem arrependimento é querer ter poder sem entendimento. Por isso o evangelho começa onde nos dói mais, em nossa vaidade e ignorância. Sejamos humildes e busquemos arrependimento. Assim, quando buscarmos os dons espirituais estaremos aptos a usa-los da maneira e com a motivação certa!

Ano 2#161

O evangelho traz a tolerância e não a violência!

Alguns deles foram persuadidos e unidos a Paulo e Silas, bem como numerosa multidão de gregos piedosos e muitas distintas mulheres. Os judeus, porém, movidos de inveja, trazendo consigo alguns homens maus dentre a malandragem, ajuntando a turba, alvoroçaram a cidade e, assaltando a casa de Jasom, procuravam trazê-los para o meio do povo. Porém, não os encontrando, arrastaram Jasom e alguns irmãos perante as autoridades, clamando: Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui, os quais Jasom hospedou. Todos estes procedem contra os decretos de César, afirmando ser Jesus outro rei.”
‭‭Atos‬ ‭17:4-7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/act.17.4-7.ARA

Paulo e Silas foram acusados de transtornar o mundo! Verdadeiramente expuseram o que era o pecado e a necessidade da salvação pela fé em Jesus Cristo. Servir a Jesus, te-lo como mestre, caminhar nos seus passos realmente o torna um rei em nossas vidas. Receber Jesus como Senhor é também vê-lo como irmão mais velho, aquele que tem a primazia e zela por toda a irmandade!

Atrair as pessoas para Jesus e tira-las do erro da idolatria não deixará que os idólatras aceitem facilmente. Se você é amigo de alguém que se droga e você deixa de se drogar com ele, será taxado de fraco, traidor, de abandono da amizade, etc. Se estiver no meio do crime acontecerá a mesma coisa. De fato, fugir do pecado tem o custo de abandonar um estilo de vida autodestrutivo para assumir o estilo de Cristo, e isso trará também os antagonistas, para que não percam a influência sobre nós.

Paulo e Silas transtornaram o mundo! Poucos homens fizeram uma transformação regional que impactou gerações. Será que isto é possível hoje? Será que teríamos a liberdade que tiveram? O mais impressionante é que o berço do Cristianismo é onde temos hoje a maior dificuldade de pregarmos o evangelho sem preocupação com a legislação vigente. A liberdade que o evangelho traz permite que a maldade humana perpetre leis contra o que a Bíblia estabelece.

O viver na paz desprepara as gerações futuras a perceberem o guarda-chuva que o evangelho desenvolve contra a violência. É questão de tempo para que os países onde o evangelho prosperou e se apagou clamem ardentemente pela paz novamente. O caos em que estão se permitindo viver trará uma conta amarga de ser paga, e isto não é culpa de Deus, mas dos homens que invejam a natureza de Cristo e de seus seguidores. Não desejam mudar de vida, não pretendem entender o chamado para uma vida espiritual abundante, preferindo permanecer na ignorância, violência e ódio.

A intolerância não está no evangelho, nem no viver no evangelho. Se fosse assim os países onde o Cristianismo tem a maioria de seguidores não teriam leis mais brandas para com os delitos. Tomemos o Brasil como exemplo onde uma pessoa que cometeu um crime passa 1/3 da sentença na prisão e começa a ter o relaxamento, podendo ficar em regime semiaberto. Usar drogas e traficar possuem penas brandas. Pessoas que mataram seus pais podem sair da prisão no Dia dos Pais e das Mães. Em uma sociedade não Cristã dificilmente estas coisas ocorreriam, e provavelmente a homoafetividade seria tratada com pena de morte ou violência profunda pela sociedade em geral.

Cristo traz misericórdia, o entendimento de que todos somos pecadores e precisamos receber ajuda para deixarmos nossos pecados. A intolerância existe para aqueles que não conhecem a Cristo. Jesus reina no coração dos arrependidos que buscam viver para adorar ao único Deus, a mostrar o único caminho para o Pai, a se entregarem pelo amor, a alegria e a paz naquele que criou todas as coisas para a nossa felicidade eterna. Isto transtorna o mundo e faz com que os intolerantes apareçam para destruir a grande obra do evangelho nos corações e mentes de todos os povos e nações!

Oremos para que a obra de Deus não pare e que vivamos a plenitude do evangelho. Esta é a única vacina capaz de destruir o vírus da maldade e da violência humana provenientes da vida no pecado!

Ano 2#157

Somos reconciliados com Deus através de Cristo!

A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai, a iniquidade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a perversidade do perverso cairá sobre este. Mas, se o perverso se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e fizer o que é reto e justo, certamente, viverá; não será morto. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou, viverá. Acaso, tenho eu prazer na morte do perverso? — diz o Senhor Deus; não desejo eu, antes, que ele se converta dos seus caminhos e viva?
‭‭Ezequiel‬ ‭18:20-23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/ezk.18.20-23.ARA

Glórias a Deus pela Sua bendita palavra! Ezequiel recebe de Deus a palavra de que cada um é responsável pela sua vida. No capítulo 18 de Ezequiel Deus mostra que pais e filhos podem ter caminhos diferentes, que filhos não necessariamente seguem o mesmo caminho dos pais. E mais, aquele que pecar é quem entra em condenação, mas o justo não.

Nos versos acima vemos um Deus que não tem prazer na injustiça, nem na destruição do ser humano, mas que todos se arrependam de seus pecados e vivam vidas justas. Aquele que se arrepende e passa a viver justamente tem seus pecados perdoados e esquecidos. Esta é uma promessa de Deus já no Antigo Testamento.

E é justamente pela nossa dificuldade em vivermos desta forma que Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, apresenta-se à nosso favor:

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.
‭‭2Coríntios‬ ‭5:17-21‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/2co.5.17-21.ARA

Deus nos reconcilia consigo mesmo através de Cristo, nos tornando justificados, feitos justiça de Deus! Já não há lembrança de nossos pecados quando recebemos Cristo como Senhor! Recebemos nova natureza espiritual, novas vestes, novos nomes, um “reset” em nossa carreira espiritual, uma folha limpa, com o Espírito Santo nos ajudando a permanecermos santos para o SENHOR!

É sobrenatural, é graça, pela fé em Cristo! A promessa feita no Antigo Testamento é cumprida em Cristo pois nos tornamos novas criaturas espirituais. Ainda que erremos, temos a percepção do erro, acesso a Deus para pedirmos perdão, orientação divina para reparamos o erro cometido e seguirmos em frente de cabeça erguida. Satanás não pode mais nos culpar e apontar o dedo por erros perdoados. Deus não o faz!

Precisamos reconhecer nossos pecados. Precisamos pedir perdão pelos nossos pecados! Precisamos receber o perdão e acolhe-lo! Há muitos doentes de alma porque se sentem culpados eternamente, mas em Cristo há perdão, mudança de estado espiritual, acolhimento do pecador arrependido! Há cura da alma para quem está em Cristo! Ele veio para tirar o pecado do mundo, pois recebeu sobre si todo o pecado da humanidade. O justo que não conheceu pecado se tornou injusto, para que nós injustos fôssemos feitos justiça de Deus!

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
‭‭Romanos‬ ‭8:1‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rom.8.1.ARA

Em Cristo somos reconciliados, mas sem Cristo permanece a sentença de quem pecar, este morrerá! Que façamos a escolha hoje, enquanto Cristo está estendendo os braços para nós!

Ano 2#153