Oremos pela igreja perseguida!

Houve ocasiões em que foram expostos a insultos e espancamentos; em outras, ajudaram os que passavam pelas mesmas coisas. Sofreram com os que foram presos e aceitaram com alegria quando lhes foi tirado tudo que possuíam. Sabiam que lhes esperavam coisas melhores, que durarão para sempre. Portanto, não abram mão de sua firme confiança. Lembrem-se da grande recompensa que ela lhes traz. Vocês precisam perseverar, a fim de que, depois de terem feito a vontade de Deus, recebam tudo que ele lhes prometeu.
‭‭Hebreus‬ ‭10:33-36‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/heb.10.33-36.nvt

O início da igreja foi tão difícil como está sendo agora. Nenhum povo que possuía sua religião definida se sentiu em paz quando o Evangelho entrou em suas fronteiras. A mudança de crença traz uma desestabilização em fatores da fé e da cultura que geralmente é desenvolvida em função da fé. Se há determinados alimentos julgados impuros então estes não entram naquela região. Se há usos e costumes considerados adequados ou inadequados pela religião, isso balizará o código de conduta dos habitantes do local. Se há a determinação de que uma determinada casta, cor de pele ou condição social deve prevalecer sobre outras, então isto será feito desta forma.

Agora imaginemos nações estruturadas sobre tais paradigmas receberem uma fé onde há apenas um Deus, um mediador entre Deus e os homens, não tendo nenhum sacerdote para levar sacrifícios. Não há um templo para adora-lo, pois nós homens somos o templo do próprio Espírito Santo. Não há ninguém melhor ou maior que ninguém, pois todos pecaram e destituídos foram da glória de Deus e quem crer já está salvo. Nenhum alimento é impuro se dermos glória a Deus pelo alimento recebido. Que se nos vestirmos para a glória de Deus, sem escandalizar, mantendo o visual bem definido de homem e mulher, estará bem onde quer que estivermos. Que a mulher tem os mesmos direitos dos homens na salvação, tendo homem e mulher funções diferentes na construção da família por definição biológica. E que o estrangeiro, a viúva e o órfão devem ter a nossa atenção permanente. Ora, isto é uma grande loucura para muitas nações!

Tal fé perturba onde quer que vá, pois tira o poder da tirania de homens sobre homens e nos torna iguais diante de Deus e diante dos homens. O rico serve ao pobre e o pobre ao rico. O homem serve à mulher e a mulher serve ao homem. O pai cuida do filho e o filho cuida do pai. Um sistema em harmonia não é proveniente do homem e, por isso, não agrada aos homens. Ainda assim não é um sistema comunista pois nos é dada a oportunidade de termos propriedades, sendo justos com quem não tem. Não é socialista pois o governo não é o dono de tudo, mas nós é que construímos e suportamos todas as coisas. Não é capitalista pois não desejamos receber mais do que o justo e nos tornarmos ricos a custa da pobreza de outros, tudo isto no sentido de aplicação espiritual dos conceitos (não me levem a mal).

A fé Cristã baseia-se na Teocracia, não em regimes de governo. Podemos viver sob qualquer regime, mas nenhum regime resiste a Deus e a sua justiça. Este é o medo das nações quando veem o Cristianismo crescer em suas cidades, pois será questão de tempo para que as pessoas sejam libertas da ignorância em que são forçadas a viverem e aos terrores a que precisam se submeter. Neste ambiente há severa perseguição e nenhum Cristão será poupado se tal regime permanecer. Cristãos são humilhados, impedidos de cultuarem livremente, suas igrejas estão sendo destruídas, suas casas lhes são retiradas, seus direitos à propriedade revogados, são violentados de todas as formas, até mesmo mortos.

No ano de 2020 houve um aumento considerável em quase todos os lugares, o que nos leva a entender que esta pandemia também traz aumento da perseguição de minorias em todos os lugares. Vide nas nações também às quais creditávamos ser incapazes de fazerem tais coisas e hoje há assassinatos a luz do dia contra pessoas de outras raças, e nem é por credo ou identidade de gênero, política, etc. Estamos vivendo tempos inimagináveis, pois em guerras se espera o pior das pessoas, mas quando estamos buscando sobreviver a um inimigo comum, espera-se umidade e comunhão.

Para nós Cristãos há uma promessa. Jesus Cristo foi preparar lugar para nós os que cremos nele. Precisamos nos manter firmes onde quer que estejamos. Saiba de uma coisa:não é porque hoje estamos vivendo em um país onde não estamos sendo perseguidos que isto não irá ocorrer amanhã. Enquanto quem estiver no poder tiver temor a Deus teremos paz, mas se não tiver, seremos perseguidos. Nossa vida aqui é para louvor a Deus e devemos glorifica-lo abençoando vidas com o nosso testemunho de amor e fé. Sem isto, não traremos benefícios pois só verão a nossa inconformidade com as suas condições de vida sem verem vantagem em ser perseguidos e se entregarem ao Deus Todo-Poderoso que trouxe um reino invisível!

O Evangelho pode ser difícil de ser vivido quando estamos em pequena quantidade, mas traz uma grande alegria e transformação quando nos tornamos maioria. Portanto, precisamos perseverar no amor, ajudando a todos que estão sofrendo a nossa volta. Jesus Cristo mesmo nos sustentará nesta caminhada, trazendo direção, força e saída nos momentos mais difíceis. Na morte, estaremos com ele por toda a eternidade. Assim, viver é Cristo e morrer é lucro. Não estamos aqui para derrubar governos, mas certo é que nenhum governo humano pode sobrepujar o governo de Deus. No final, Jesus voltará e governará toda a terra!

A igreja é perseguida desde o início e será até a volta de Cristo. Oremos e ajudemos nossos irmãos em todo o mundo, pois a situação só piorou com esta pandemia, e precisamos nos preparar para os tempos futuros. Não temamos, pois Cristo está conosco!

Ano 2#45

Não podemos deixar o primeiro amor!

E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus. Ora, todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus e para aqui veio precisamente com o fim de os levar amarrados aos principais sacerdotes? Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo.
‭‭Atos‬ ‭9:20-22‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/act.9.20-22.ara

Uma convicção nos traz determinação em um assunto. Com o tempo pode se tornar algo comum em nossas mentes e corações. Mas, o evangelho não deve ser assim. Há uma expressão no meio das igrejas chamada de “primeiro amor”, proveniente da passagem de Apocalipse 2.4:

Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.
‭‭Apocalipse‬ ‭2:4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/rev.2.4.ara

Uma pessoa que acabou de conhecer o caminho em Cristo, declarando sua fé nele e em arrependimento de pecados, recebe o Espírito Santo e todo o Fruto do Espírito de uma tacada só. Essa experiência é uma injeção de ânimo tão poderosa que não se consegue guardar só para si e a pessoa tende a compartilhar o evangelho com destemor e sem vergonha. Mas, com o tempo, se não cultivar em seu coração e mente esta experiência irá acabar apagando esta expressão de amor em sua vida.

Seria como um casal de namorados que estão juntos há muito tempo e não se casam, acostumando-se com a presença um do outro, e já não fazem mais uma declaração de amor quando se torna apenas uma amizade sem compromisso. Abandonar o primeiro amor é tornar comum a intimidade, sem a valorizar e nem exalta-la ao ser amado. É esquecer-se do valor de te-la e de quão especial é poder proclama-la!

O ser humano possui esta tendência de tornar comum o que lhe era especial e caro. Toda conquista se perde no tempo quando não é mais apreciada. Por isto muitos vencedores não a sustentam, pois já não possuem o mesmo valor enquanto não a possuíam. Isto também se refere a emprego, imóveis, carros e até relacionamentos, sejam de amizade, de negócios ou amorosos.

No reino de Deus perder este amor para com o Senhor é o mesmo que dizer que Ele já não tem o mesmo valor de antes para nós. É torna-lo comum e, por isso, deixar de evidencia-lo em nossas vidas. Precisamos ser como Paulo foi, determinado até o fim para evidenciar o amor de Deus para as vidas e o quanto a presença de Deus eta importante para ele:

Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro.
‭‭Filipenses‬ ‭1:21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/php.1.21.ara

Incomparável é podermos viver com o Senhor! Não há nada mais importante, pois as demais coisas são vividas e apreciadas com maior intensidade e sensibilidade quando temos o amor de Deus sendo exalado em nós e através de nós!

Que possamos nos arrepender de tratar este amor tão sublime como comum e nos voltarmos de todo coração em adoração a Deus e declarar ao mundo por tão maravilhosa salvação!

Ano 2#16

A justiça de Deus não tarda!

O Senhor conhece os dias dos íntegros; a herança deles permanecerá para sempre. Não serão envergonhados nos dias do mal e nos dias da fome se fartarão. Os ímpios, no entanto, perecerão, e os inimigos do Senhor serão como o viço das pastagens; serão aniquilados e se desfarão em fumaça.
‭‭Salmos‬ ‭37:18-20‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/psa.37.18-20.ara

Ainda que em nossos dias pareçam que os corruptos estejam vivendo regaladamente enquanto os íntegros não estejam há uma justiça divina que não permitirá que isto vá até o fim. Riqueza ou pobreza não impedem males e nem calamidades contra nós, pois são imponderáveis e sem controle da nossa parte. Nossas vidas estão nas mãos do poderoso Altíssimo!

Ímpios são os que não depositam em Deus as suas vidas. Não é questão de riqueza. Ímpios fazem a sua própria vontade e acabam por prejudicarem outras pessoas. Íntegros colocam as suas vidas e escolhas em Deus, buscando viver segundo os seus preceitos.

Portanto, o conceito de integridade está totalmente relacionado com os valores ensinados nas Escrituras Sagradas. Amar a Deus e ao próximo, viver buscando a face de Deus, meditar em suas palavras, ajudar a quem precisa, ter em Jesus seu salvador e Senhor e ouvir a voz do Espírito Santo para que todas as demais ocorram em nossas vidas é o que devemos fazer para seguirmos íntegros.

Ainda que o mundo esteja em crise nós devemos estar em Cristo. Nele estamos seguros espiritualmente e nas mãos do Senhor seremos libertos e ajudados em qualquer circunstância de nossas vidas. As tempestades vêm para todos, mas os que estão em Cristo permanecerão de pé!

O Senhor nos prometeu muitas coisas, mas deixou claro que ainda iríamos ter de receber um novo corpo revestido de incorruptibilidade para adentrarmos os portões celestiais. Assim, se não formos arrebatados acabaremos por morrer um dia. Neste caso, a morte não é um infortúnio para os crentes, mas o início da eternidade prometida. Já para os ímpios será o início do castigo eterno, sem recurso ou qualquer esperança.

A justiça de Deus é oportuna e não tardará, mas chegará no tempo certo. Tema e trema o que procura o mal, mas alegre-se no Senhor o que pratica o bem de acordo com as Escrituras. Continuemos a buscar as virtudes e sejamos conscientes de que sem o Espírito Santo não conseguiremos alcançar a estatura do nosso potencial que é Jesus Cristo, o Justo!

Não há alento ao sofrermos sem Cristo!

José foi levado ao Egito, e Potifar, oficial de Faraó, comandante da guarda, egípcio, comprou-o dos ismaelitas que o tinham levado para lá. O Senhor era com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio. Vendo Potifar que o Senhor era com ele e que tudo o que ele fazia o Senhor prosperava em suas mãos, logrou José mercê perante ele, a quem servia; e ele o pôs por mordomo de sua casa e lhe passou às mãos tudo o que tinha. E, desde que o fizera mordomo de sua casa e sobre tudo o que tinha, o Senhor abençoou a casa do egípcio por amor de José; a bênção do Senhor estava sobre tudo o que tinha, tanto em casa como no campo.
‭‭Gênesis‬ ‭39:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gen.39.1-5.ara

José sofreu em muitas ocasiões, ainda que o Senhor era com ele. Foi traído, vendido, desejado, encarcerado e esquecido, mas tudo isto tinha um propósito muito maior. José era um jovem temente a Deus e, por isso, o Senhor nunca o desamparou.

Depois de passar por tantas aflições José se tornou o maior no Egito, somente abaixo do Faraó. Suas humilhações foram esquecidas com a família que formou e pôde salvar toda a geração de seu pai e irmãos.

Por mais que tentemos entender as maneiras de Deus operar, nunca chegaremos a compreender porque se utiliza das dificuldades, fraquezas e violências dos próprios homens para expor a Graça e a misericórdia. O certo é que Ele faz e transforma situações terríveis em condições de paz, terra arrasada em lugares férteis e relacionamentos destruídos em um oásis de amor.

Não podemos ignorar que Deus é poderoso para mudar a sorte das pessoas quando elas se voltam para Ele. Vemos Raabe sendo transformada de meretriz à linhagem de Jesus, o ladrão da cruz arrependendo-se em seus últimos momentos e sendo salvo, os apóstolos de várias origens sendo transformados em homens de Deus, ainda que com perseguições e lutas nesta terra.

O importante é a eternidade com o Senhor. Lutas teremos em toda a vida, mas se não nos levarem para a eternidade com Deus, de que adiantou sofrer? Que possamos buscar os combates dos eleitos, a batalha da conquista da Jerusalém celestial, e esta só pode ser vencida se estivermos no exército do Cordeiro.

A vida pode estar nos levando para situações difíceis neste momento, mas tenhamos bom ânimo, pois com Jesus venceremos e nos alegraremos em cada batalha vencida, para a glória de Deus!

Se o momento não é bom, ore ao Senhor e clame por Seu auxílio. Ao nos chegarmos a Deus, teremos a direção e a ajuda que precisamos e não será em vão que esperaremos pela misericórdia. Importa confiarmos em Deus e nos Seus caminhos!

Os sinais estão aí! Perto está o Senhor!

Tendo Jesus nascido em Belém da Judeia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo.
‭‭Mateus‬ ‭2:1-2‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.2.1-2.ara

Ontem tivemos o alinhamento do nosso planeta com as órbitas de Júpiter e Saturno. Nos céus pudemos observar o aumento da luminosidade destes dois planetas como se fosse uma estrela. Sinais como estes foram declarados em várias partes da Bíblia, para anunciar tempos e eventos que apontam para a execução do plano de Deus!

Assim foi no nascimento de Jesus. Daniel havia deixado ensinos na Babilônia, pois era chefe dos sábios e magos. Descreveu como seria a vinda de Jesus, assim como Isaías profetizou o local do nascimento. Os magos não eram reis, mas sábios. Tampouco chegaram no dia do nascimento, mas após, como nesta e outra passagem deixam bem claro. O sinal no céu marcou o caminho para Jerusalém, até que recebessem a dica, segundo os escritos de Isaías, que deveriam ir até Belém.

Jesus veio em um tempo definido e os sinais deixaram evidente a sua chegada. Assim é nos dias de hoje:

E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém tudo isto é o princípio das dores. Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo. E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.
‭‭Mateus‬ ‭24:6-14‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.24.6-14.ara

Nunca houve tantos terremotos e vulcões com seus abalos. Ontem mesmo no Havaí o Kilauea derramou suas lavas em meio a um terremoto de 4,4 Graus. Com a pandemia do COVID muitas pessoas estão sendo colocadas na linha de pobreza e as ajudas humanitárias praticamente foram paralisadas para não haver contaminação. Para pouparmos nossas vidas deixamos a dos outros de lado. O amor se esfria desta forma!

Na China está havendo uma perseguição aos Cristãos como nunca antes, além de diversos países que estão endurecendo suas políticas para que o evangelho não penetre. No entanto, nunca se teve tanta oportunidade de pregarmos o evangelho! Como nos tempos de Jesus na terra as estradas romanas permitiram a rápida propagação do Cristianismo, a Internet de nossos dias está fazendo o mesmo!!!

Nunca houve tantas pregações e, ao mesmo tempo, tanto desvio doutrinário a respeito do verdadeiro evangelho. Igrejas se tornando clubes, crentes vivendo para a prosperidade nesta terra, pessoas ignorando os preceitos de que o pecado continua afastando as pessoas de Deus, a partir de um falso evangelho da inclusão, idolatrias em denominações ditas Cristãs, onde Cristo não é o centro da mediação entre Deus e o homem, e muitas outras situações que já tínhamos sido avisados pelo Senhor!

O certo é que Jesus está às portas e o princípio das dores está aí, para quem entender e estiver em vigilância e oração. Os sinais nos foram dados para nos prepararmos. Grande deve ser a nossa alegria, pois a nossa recompensa está chegando! Importa permanecermos firmes no caminho que o mestre nos deixou e este é o amor para com as vidas que ainda não receberam a Cristo como Senhor e salvador!

Esta é a semana onde o mundo se lembra de que Deus enviou ao mundo seu Filho, como a boa nova em que há salvação para quem receber Jesus em seu coração! Esta é a nossa esperança e alegria e os sinais nos avisam de que chegou a hora de buscarmos a todos que estão à nossa volta. Não percamos tempo, pois sobrou muito pouco! Perto está o Senhor!

Preservar uma vida natural é manter-se improdutivo espiritualmente.

Respondeu-lhes Jesus: É chegada a hora de ser glorificado o Filho do Homem. Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto. Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo preservá-la-á para a vida eterna.”
‭‭João‬ ‭12:23-25‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.12.23-25.ara

Jesus quis dizer que a sua morte geraria vida em nós. Se ele permanecesse vivo continuaria sendo o Unigênito Filho de Deus, mas por sua morte, transformou-se no Primogênito, nos dando a oportunidade de sermos filhos com ele!

A morte e ressurreição de Jesus foi a semeadura espiritual que se fez necessário em uma terra árida. Jesus aguardou a “abertura dos veios” a partir de João Batista (pregador do arrependimento), tornou-se a semente, e o Espírito Santo é a irrigação. Nossos corações são as terras a serem semeadas.

A terra que não se abre não recebe a semente. Não adianta pedir água se a semente não for depositada. Ocorre que a semente que não penetra no solo queimará na superfície! E “abrir o veio” é o arrependimento de nossos pecados.

Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho, e vieram as aves e a comeram. Outra caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra. Saindo, porém, o sol, a queimou; e, porque não tinha raiz, secou-se. Outra parte caiu entre os espinhos; e os espinhos cresceram e a sufocaram, e não deu fruto. Outra, enfim, caiu em boa terra e deu fruto, que vingou e cresceu, produzindo a trinta, a sessenta e a cem por um.
‭‭Marcos‬ ‭4:3-8‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mrk.4.3-8.ara

Somos a terra árida, que precisa ser preparada, adubada, semeada, irrigada e colhida. Muitas vezes não desejamos passar pelo processo, pois nos acostumamos a sermos áridos e sem vida. No entanto, este processo permitirá que sejamos frutíferos. Enquanto secos, nada acrescentamos e morreremos secos. Se nos abrirmos à Cristo, seremos abundantes em frutos espirituais.

Só Cristo é a semente. Podemos continuar a receber chuvas sobre nós, mas se não nos arrependermos e nos abrirmos para a semeadura, nunca seremos produtivos. A questão é se vamos ou não receber a semente!

Deus entregou Jesus para todos receberem a semente. Quem a recebe frutificará. Quem não a recebe, permanecerá improdutivo e morto eternamente! Eis porque é necessário nos arrependermos de nossos pecados. Se não reconhecemos que somos pecadores não entendemos que precisamos de um Senhor e salvador e, portanto, não precisamos da semente!

As diferentes situações onde a semente caiu mostram que o mundo busca impedir a semente de crescer em nós e cabe a cada pessoa cuidar de como esta semente será colocada. A explicação da parábola nos ensina que não é só nos arrependermos e recebermos a semente, mas que ela seja depositada e mantida como prioridade em nossas vidas. O descuidar dela é permitir que espinhos venham e a sufoquem.

Há um aspecto muitas vezes ignorado na salvação do homem. Recebemos Cristo porque Deus o enviou por amor. Não fizemos por merecer. A permanência em Cristo é uma atividade conjunta entre o Espírito Santo e nosso espírito. Só os que permanecerem cuidando da semente vão poder colher muito fruto. A palavra nos ensina que nem todos que chamam Cristo de Senhor entrarão no reino (Mateus 7.19-23).

Portanto, se desejamos ser como Cristo, ao nosso tempo seremos semente na vida de alguém e isto será quando estivermos prontos para morrermos para este mundo e vivendo para a eternidade. Os que aqui desejam viver, aqui morrerão. Os que morrerem para este mundo já estão frutificando para o reino definitivo, o espiritual!

O mundo precisa de amor. Então, precisa de Jesus!

Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e gloriamo-nos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.
‭‭Romanos‬ ‭5:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/rom.5.1-5.ara

Fé, esperança e amor! Estes três componentes andam sempre juntos. Paulo nos ensina que a fé nos levará à situações abençoadas, mas também momentos de tribulação, porquanto entraremos em batalhas por nossas e outras vidas. Estas tribulações geram experiências que nos capacitarão a olhar além das dificuldades que virão.

Davi aprendeu a confiar em Deus quando matou um leão e depois um urso ao proteger suas ovelhas. Isto lhe deu o combustível para enfrentar o gigante Golias. Na perseverança de nossas atividades teremos experiências de vida que nos prepararão para novas situações até mais difíceis. Quem passou por várias tribulações aprende a ter esperança, passando a acreditar que esta será apenas mais uma a ser vencida.

Na vida espiritual isto se traduzirá em atitudes de amor, quando não desistiremos de abençoar e batalhar pela edificação do reino de Deus! Não importa se há problemas a serem vencidos, pois confiamos no Deus provedor, restaurador, criador do universo e o gerador da vida! Ao experimentarmos o Espírito Santo de Deus este amor nos é revelado e não há mais impossíveis para nós.

Sejamos ousados no Espírito, ainda que não estejamos enxergando o final da situação, mas Deus está e nos guiará no processo. Importa estarmos ligados no Espírito e direcionados no Senhor!

Esta é a realidade a ser experimentada, através da salvação em Jesus Cristo, que nos trará a paz com Deus e uma nova forma de vivermos! Tudo se faz novo e ao alcance da fé! Tenhamos a mente de Cristo e sejamos transformados no projeto de Deus para a humanidade, como filhos que serão responsáveis por transformar a face da terra, em amor!

E amor gera obras! Não descansemos ainda, pois o mundo precisa do amor de Deus em Cristo jesus!

Casamento não está fora de moda!

Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.”
‭‭Eclesiastes‬ ‭4:9-12‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ecc.4.9-12.ara

O sábio Salomão constatou as vantagens de não se andar sozinho. O casamento é uma modalidade onde um homem e uma mulher passam a ter uma vida entrelaçada, onde os propósitos se alinham e se ajudarão de maneira compromissada por toda a vida!

A terceira dobra do cordão é a presença de Deus, a que une com mais força o casal e lhes dá resistência além de si mesmos! Portanto, o casamento é uma ferramenta de fortalecimento de uma relação que se propõe a realizar o chamado de Deus para os dois que se uniram.

E servirão de base para que haja a perpetuação da espécie humana e constituição de valores. Também, para que as próximas gerações tenham a correta percepção de comunhão, ajuda, respeito e compromisso com o futuro.

A humanidade continua a subsistir neste planeta e continua sendo chamada para estabelecer o reino de Deus. O casamento torna-se, portanto, um aliado para nós que desejamos não só construir uma nação espiritual como resistir às dificuldades diárias.

Vive sozinho quem não deseja compartilhar sua vida. Aqui não me refiro aos solteiros ou a quem especificamente não casou, mas àqueles que se isolam socialmente ou só possuem relacionamento estritamente profissional.

Solteiros podem ter um grupo de amigos em Cristo e também constituir o reino com trabalho e apoio, só não se espera que reproduzam filhos fora do casamento. É não dar a estrutura certa para que os filhos aprendam o que é servir e ser servido ainda que tudo seja difícil como as vezes ocorre com casais casados.

Pais e mães devem ser pessoas dedicadas à família, que se esforçam para fazer o melhor. Não há casamento perfeito, mas podemos e devemos pedir ajuda para Deus, para que possamos nos transformar em cônjuges melhores.

Se levarmos em conta as Escrituras que declaram que sexo fora do casamento deve ser evitado, não sobra alternativas quando se deseja ter relacionamento sexual. Ou cremos que esta palavra é verdadeira e vivemos por ela, ou viveremos tendo relacionamentos sexuais dentro e fora de casamentos, multiplicando a dor da traição e corações partidos quando não há compromisso.

Relacionar-se sexualmente é unir-se em um só corpo, e isto não ocorre sem que haja trocas físicas, emocionais e espirituais. Até na prostituição há troca além do dinheiro e Satanás tirará proveito de toda obra da carne que viermos a realizar.

Deus decretou uma maneira para vivermos e teremos todo o apoio quando buscarmos viver por seus preceitos. Fora deles, estaremos criando armadilhas para nosso futuro. Dentro do casamento teremos papéis a desempenhar, mas isto fica para outra mensagem do Evangelho!

O Senhor abençoa todo sonho de casamento dentro dos seus caminhos e espera que perseveremos até o fim. Há uma terceira dobra quando nos unimos através da benção de Deus e podemos nos agarrar a ela para sermos mais que vencedores em todas as ocasiões.

Se você deseja se casar, busque em Deus para realizar este magnífico propósito. Se você está sozinho e arredio, pense que nosso propósito é viver em coletividade. Ainda que sejamos autossuficientes, haverá momentos em que não resistiremos sem ajuda. Não somos obrigados a nos casar, mas ao menos tenha amigos ao seu redor!

Se seu casamento não está bem, traga Jesus para dentro dele. Se Jesus Cristo sempre esteve com vocês e está difícil, então é melhor dar crédito ao que ele diz! Deus não mente e só quer o nosso bem!

Nem todos têm condições ou a oportunidade de se casarem, mas se tiverem, aproveitem ao máximo. A verdadeira face de Deus se revela quando um homem e uma mulher se relacionam em profundidade, pois Deus fez com que a união dos dois gêneros se aproximasse da própria semelhança do Senhor!

A prática nos ajuda a lembrar e nos manter afiados na fé!

por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor. Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora.
‭‭2Pedro‬ ‭1:5-9‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/2pe.1.5-9.ara

Esquecer é deixar de lembrar de algo que conheceu ou praticou. O esquecimento está associado, muitas vezes, com o passar do tempo. Deixar de praticar ou ler sobre um assunto por muito tempo pode nos levar a esquecer o que um dia foi normal para nós.

Pedro nos mostra uma lista de pontos importantes que nos leva a uma prática constante de boas coisas. Esta prática nos fortalecerá na caminhada Cristã e reforçará o domínio do Espírito Santo sobre nós.

Deixar de pratica-las pode rapidamente nos deixar esquecidos da graça de Deus e poderemos cair nos erros de outrora de vivermos de maneira egocêntrica e fora dos propósitos de Deus.

Conhecer Jesus é praticar o amor em perseverança. É ser piedoso e fraterno. É buscar conhecer a situação das pessoas e lutar pelo bem comum.

Se esquecermos de como chegamos a ser quem éramos antes de Cristo poderá nos permitir repetir alguns erros. Andar no Espírito é viver na lembrança da graça que nos alcançou, é valoriza-la todos os dias, em gratidão!

Não esqueçamos da cruz que nos salvou de nossos pecados. O preço foi muito alto e o amor de Deus nos alcançou sem que o merecêssemos. Glórias a Deus pois assim decidiu resolver toda a injustiça que praticamos.

A salvação veio para todos quantos receberem a Cristo. Não é para qualquer pessoa, mas para os que tiverem fé. Pode ser para todos, se todos assim crerem! Na crucificação havia dois homens com Jesus. Um creu e o outro não. O que creu nos traz a esperança de que qualquer um que crer receberá a vida eterna. O outro nos lembra que nem todos terão fé e assim não entrarão na presença de Deus. Que haja temor nestas palavras!

Que o Senhor não permita que esqueçamos da graça alcançada!

A linha de chegada é o começo da eternidade!

Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.”
‭‭2Timóteo‬ ‭4:7-8‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/2ti.4.7-8.ara

Há um aspecto difícil no entender do evangelho. Como uma salvação recebida pela fé pode ser perdida na caminhada, já que tudo é providência de Deus em nós?

A resposta é que não fomos robotizados, mas temos capacidade de aceitar e abrir mão daquilo que Deus nos dá. Foi assim na escolha de Adão e Eva e é assim nos nossos dias.

Quando Paulo declara que combateu o bom combate, completou a carreira e guardou a fé é porque viveu intensamente as escolhas pela perspectiva apostólica, dedicação exclusiva ao reino de Deus.

Viver exclusivamente pelo reino é chamado, dom, vocação de quem deixa a vida tradicional de casa-trabalho para pessoas-pregação. O trabalho passa a ser um meio de subsistência, não mais uma carreira em busca de sucesso na empresa, aumento salarial ou um cargo executivo.

Paulo está falando da carreira do servo, em meio à edificação de igrejas, fortalecimento da fé de pessoas, chorar com os que choram e se alegrar com os que se alegram. A carreira do servo é cansativa emocionalmente, pois há altos e baixos nas condições de vida das pessoas.

Em calamidades como os incêndios de cidades, perseguição das igrejas, inundações, pandemias e etc, estes servos se deparam com toda uma desestruturação de lares e suportando a dor da morte de muitos entes queridos das pessoas assistidas. Além de colocar a própria vida em risco, vivem na dependência da caridade e apoio de outras pessoas engajadas no apoio humanitário e nas orações.

Viver para ajudar em situações difíceis, não provocadas por nós e nem sempre em condições de resolver a questão seja por recursos financeiros ou espirituais tornam a caminhada estressante também. Há que se perseverar. Há que continuar porque é um chamado.

Fazer a obra de Cristo traz fortalecimento e amadurecimento. Enxergamos a graça e a misericórdia de Deus. Somos transformados em instrumentos nas mãos do Senhor e podemos vislumbrar a glória de encontra-lo esperando na linha de chegada!

Não importa quanta distância ainda está para ser percorrida. Importa lembrar que no final seremos vencedores com Cristo e poderemos, juntos, festejarmos a conquista de termos vivido para a edificação de vidas para um reino celestial maravilhoso!

Haverá um dia onde nenhuma dor existirá para os vencedores da fé. Será o pódio, a alegria da vitória, da conquista da eternidade com Cristo, que é um caminho a vencermos diariamente com a ajuda do Espírito Santo. Cada dia a sua preocupação, derramando nossas dúvidas e dificuldades sobre ele, pois é o nosso cuidador e Senhor!

Que dia glorioso será!