#3_160 Honra ao Pai

O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? — diz o Senhor dos Exércitos a vós outros, ó sacerdotes que desprezais o meu nome. Vós dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome?
Malaquias 1:6 ARA
https://bible.com/bible/1608/mal.1.6.ARA

Todo ano comemoramos o Dia dos Pais quando damos um presente àquele a quem devemos a honra por ter nos criado e/ou ser nosso pai biológico. Mas datas comerciais mascaram o aspecto de que deveríamos honrá-los todos os dias.

Um pai também observa o seu filho e sabe quando ele só está agradando por interesse ou deseja honrá-lo de verdade. Isto começa pela obediência e submissão. Continua no tratamento diário por toda a vida e no cuidado na velhice. Mas, Deus não envelhece!!! Nós é que envelhecemos e muitas vezes acreditamos que o papel deva ser invertido.

Deus espera de nós o mesmo. Ele É Pai e Senhor. Muitos querem agradá-lO durante um pouco mais de uma hora nos Domingos, mas e no restante da semana? Agradar em ações é um bom começo, mas e em nossos pensamentos? Deus a tudo vê e conhece os nossos corações para com Ele.

Desonramos a Deus quando passamos a fazer as nossas escolhas sem consultá-lO, decidindo por nós mesmos o nosso futuro. O fazemos quando nos preocupamos mais com o que as pessoas pensam e esperam de nós do que Ele. O fazemos quando deixamos o nosso propósito espiritual para nos ocuparmos das coisas do mundo sem lhE dar satisfação.

O desprezamos quando não nos santificamos, vivendo na imoralidade sexual, na maledicência, na corrupção, na mentira, na vaidade, no ódio… O desprezamos quando não damos importância ao sacrifício de Cristo para nos justificar e santificar. O desprezamos quando não atentamos para a voz do Espírito Santo a nos alertar de nossos pecados.

Precisamos do perdão de Deus. Somos pecadores afastados dEle enquanto não formos perdoados em Cristo. E ao sermos do Senhor o honraremos nos santificando para a Sua gloria. Esta é a maneira de honrarmos a Deus, ao vivermos para adorá-lo em todo o tempo e lugar. Olhemos para as nossas vidas e vejamos se estamos ou não a honrarmos a Deus. Cada um examine-se a si mesmo!

#3_19 Salmos 122:1

Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do SENHOR.

Salmos 122:1

Não há melhor convite do que sermos chamados para nos unirmos em adoração ao SENHOR Deus Todo-Poderoso! Que em nome de Jesus todas as nações se rendam à adoração ao Rei dos Reis e Senhor dos Senhores! É na busca de estarmos na presença de Deus que somos transformados por Ele. É na Sua presença onde alcançamos as bênçãos e nos tornamos pessoas melhores. Que possamos buscá-lo em Espírito e em verdade, hoje e sempre!!!

Deus seja louvado!

Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão inexplicáveis são os seus juízos, e quão insondáveis são os seus caminhos! “Pois quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu alguma coisa a Deus para que isso lhe seja restituído?” Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre. Amém!
Romanos 11:33‭-‬36 NAA
https://bible.com/bible/1840/rom.11.33-36.NAA

Verdadeiramente não conhecemos os caminhos do Senhor. Grande é a benção de podermos participar daquilo que Deus tem para cada um de nós. Gostaria no final desse segundo ano de Mensagens do Evangelho dedicar esse tempo para que possamos olhar mais para Deus e menos para o que realmente temos sido, porque dele provém todas as coisas. A mente dele é muito maior do que a nossa. O coração dele é muito maior que o nosso e seus sonhos e seus caminhos maiores ainda. A sua glória não tem fim e jamais conseguiremos enxergar toda a profundidade e justiça do SENHOR.

Sejamos humildes e queiramos ao menos enxergar a graça e a bondade de Deus. Que possamos efetivamente buscar mais dele e menos de nós. Quero agradecer ao SENHOR por dois anos inteiros de mensagens em que Ele nos sustentou, abençoou e direcionou. Que cada um que tenha lido alguma das mensagens possa ter tido um momento mais agradável com Deus. Que possamos olhar para o autor e consumador da fé por que tudo provém dele, feito através dele e para ele.

Somos criados para adorarmos a Deus e seremos tremendamente felizes quando assim conseguirmos viver. O mundo é o que estamos vendo, violências contra o próximo seja desenvolvendo seres microscópicos, código de destruição de máquinas ou invadindo e sequestrando a liberdade de outros. Deus não se agrada destas coisas e permitirá que a humanidade continue assim até um limite, o momento em que Jesus virá novamente, trazendo justiça e paz.

Temos fé neste Deus que nos tem dado tempo de arrependimento, mas tudo tem limite! Terrível é cair nas mãos do SENHOR quando ele enviar os cálices e tocar suas trombetas sobre a terra! Não devemos temer o diabo que já está condenado, mas o SENHOR que não deixará nenhuma injustiça sem a devida resposta. Em Jesus temos a justificação de nossos pecados. Corramos para ele enquanto podemos, pois os dias são maus e não somos feitos de material melhor que os outros seres humanos. Sem Jesus, todos temos o mesmo potencial para o mau, basta termos desejo e oportunidade!

A riqueza e o poder de Deus são para os que o temem. Vivamos para adora-lo e seremos abençoados, protegidos e libertos do pecado. Vivamos para mostrar a graça que alcançamos em Cristo! Tudo já foi dito nestes dois anos e tudo o que votarmos a dizer será sempre que a salvação veio de Deus em Cristo e que erramos ao esperar que nossas obras nos salvem. A profundidade da justiça de Deus está nEle nos dar a salvação porque não temos justiça própria. Portanto, sejamos gratos e humildes, pois o SENHOR é o autor da vida e da salvação. A morte existe para os que não atentam para isto. Deus seja louvado!!!

Ano 2#365

A prosperidade é boa se compartilharmos!

Onde os bens se multiplicam, também se multiplicam os que deles comem. E que proveito têm os donos, a não ser o de ver esses bens com os seus olhos?
Eclesiastes 5:11 NAA
https://bible.com/bible/1840/ecc.5.11.NAA

Uns ganham e outros também usufruem. Muitas vezes os que ganham não tem oportunidade de usufruir do que possuem. É nesta área que precisamos nos preocupar. Ter demais sem usar ou compartilhar é o que a Bíblia chama de vaidade e correr atrás do vento. É o movimento de alcançar índices de satisfação em conquistas pessoais que não se traduzem em um real benefício se não soubermos o que fazer depois.

Não é a riqueza um perigo para a vida, mas o amor a ela é. Isso porque se torna um objetivo, o de se reter ao máximo sem fazer uso. É ser miserável tendo tudo, ter usura podendo ser generoso. Este processo acaba se espalhando em outras áreas da vida e seremos pessoas secas e sem misericórdia, pois desejaremos ter ao máximo porque achamos que fizemos por merecer e outros não.

Cuidemos de como e por que estamos adquirindo coisas e trabalhando ou não por elas. O importante é ter uma vida que honre a Deus, seja com muito ou com pouco, sendo prósperos no compartilhar. Quem muito tem pode compartilhar mais e este é o segredo do porque podemos desejar mais na vida. Fazendo assim não cairemos na tentação das riquezas.

Adoremos a Deus com tudo o que Ele nos dá, lembrando que no compartilhar estaremos levando graça de Deus a quem fez ou não por merecer, mas está necessitado. Ter alcançado sucesso permitirá ajudar muito mais. Este é o verdadeiro sucesso, quando nos tornamos parte da graça de Deus ao mundo, sendo úteis para muitas vidas! Amemos a Deus e ao próximo. Este é o resumo do evangelho de Cristo!

Ano 2#353

A fé que vem por Jesus transforma situações!

Pela fé no nome de Jesus é que esse mesmo nome fortaleceu a este homem que vocês estão vendo e bem conhecem. Sim, a fé que vem por meio de Jesus deu a este homem saúde perfeita na presença de todos vocês.
Atos 3:16 NAA
https://bible.com/bible/1840/act.3.16.NAA

Somos desafiados diariamente em nossa fé. Qual o limite do poder de Deus? Se não há limites, tudo é possível ao que crê! Nós temos sido o fator limitador da operação de milagres neste mundo. Nos convencemos de que é melhor assim, que não há jeito, deve ser a vontade de Deus!

A vontade de Deus também é realizada através da nossa fé. Se entendermos que o reino de Deus é construído através da maneira como os cristãos agem neste mundo, teríamos muito mais ousadia no que pediríamos ao Pai!

Se a transformação de uma situação extremamente desfavorável em uma favorável pode trazer fé ao coração das pessoas, por que não buscar isto de Deus? Por que deixar-se vencer? Não é esta perseverança que O glorificará?

Que milagre estamos precisando hoje? Clamemos ao Pai, através do nome de Jesus Cristo, e esperemos confiantes no Senhor em adoração. Muitos se alegrarão e serão alcançados por tamanha fé e o reino de Deus será expandido! Deus seja louvado através das nossas vidas e dos grandes sinais que Ele realizará!

Ano 2#331

Restabelecer o propósito de Deus em nós deve nos trazer alegria!

Cantavam alternadamente, louvando e rendendo graças ao Senhor, com estas palavras: Ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre sobre Israel. E todo o povo jubilou com altas vozes, louvando ao Senhor por se terem lançado os alicerces da sua casa. Porém muitos dos sacerdotes, e levitas, e cabeças de famílias, já idosos, que viram a primeira casa, choraram em alta voz quando à sua vista foram lançados os alicerces desta casa; muitos, no entanto, levantaram as vozes com gritos de alegria. De maneira que não se podiam discernir as vozes de alegria das vozes do choro do povo; pois o povo jubilava com tão grandes gritos, que as vozes se ouviam de mui longe.
Esdras 3:11‭-‬13 ARA
https://bible.com/bible/1608/ezr.3.11-13.ARA

Esdras nos conta o momento do início da reconstrução do templo em Jerusalém, após o cativeiro na Babilônia. Velhos que viram quando criança o primeiro templo e agora contemplavam o segundo estavam tristes e choraram porque, aos seus olhos, este segundo era muito menor e seria menos esplendoroso. Os que não conheceram o primeiro louvaram a Deus porque estavam fazendo o que estava ao seu alcance.

Gritos e choros se confundiram naquele dia, entre júbilos e tristezas o mesmo projeto estava sendo realizado. Muitas vezes nos deparamos com a questão do copo meio cheio ou meio vazio. Como encarar uma situação, de maneira positiva ou negativa. Ora, precisamos enxergar a questão de outra perspectiva, a de Deus, o que nem sempre é fácil, ou quase sempre é difícil para nós!

Restaurações, ainda que demonstrem que o original deixou de estar na sua plenitude são o esforço para não deixarmos aquele símbolo perdido ou ignorado. Algo tão importante como o templo de Jerusalém não poderia estar destruído e não ser refeito. Ainda que não houvesse mais as riquezas do reinado de Salomão, eis que o que podiam foi colocado à disposição dos construtores. Para Deus a motivação interior é mais importante que o resultado visto exteriormente!

A glória do primeiro templo não impediu a queda na idolatria de Salomão e todo o povo, mas este templo bem mais singelo não foi feito para ser o mais esplendoroso, mas para resgatar a importância de Deus no meio do povo. Por isso o culto no tabernáculo construído por Davi foi restaurado neste segundo templo pois, ainda que só os fundamentos haviam sido inseridos, levitas e sacerdotes se alternaram para que o louvor e adoração não parassem diante de Deus!

Em meio a erros e acertos o culto no segundo templo foi restabelecido ao longo dos anos e assim o povo foi redirecionado ao Senhor. Homens se levantaram para que isto acontecesse e muito trabalho foi feito para que a ordem e a vontade de Deus prevalecesse naquele lugar. Embora não tão portentoso, ainda assim a restauração do templo permitiu a restauração da aliança.

Olhemos para as nossas vidas. Nosso compromisso com Deus precisa ser restaurado? Não estamos vivendo como devíamos? Nossa vida já não está totalmente separada para o Senhor? Voltemos para onde havíamos parado na presença de Deus! Restauremos nosso compromisso com o Senhor. Sirvamos com alegria por estarmos voltando a buscá-lo de todo coração e veremos o benefício de estarmos no caminho certo.

Em Cristo há restauração de vida. Ele é o grande construtor de propósitos e galardoador dos que perseveram na adoração. Em Cristo seremos o templo do Espírito Santo e em nós ocorrerá o grande milagre. Nossa vida espiritual será restabelecida para a glória de Deus e seremos luz e sal para outros porque assim estabeleceu o Senhor! Portanto, entreguemos agora as nossas vidas e sejamos restaurados ao propósito do Pai. Grande júbo haverá em nossas vidas porque aprouve a Deus restabelecer em nós a sua aliança através de Jesus Cristo!

Ano 2#289

Estamos comprometidos com a obra de Deus?

A saudação é de próprio punho: Paulo. Lembrai-vos das minhas algemas. A graça seja convosco.
‭‭Colossenses‬ ‭4:18‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/col.4.18.ARA

Paulo termina a carta aos Colossenses pedindo que se lembrem das suas algemas. Ou seja, do seu esforço, desprendimento, comprometimento com a obra de Deus, dando a própria vida pelo evangelho como Cristo fez por nós. Temos lembrado de Jesus em nossa comunhão na Ceia do Senhor, nos examinando para buscarmos arrependimento e cura, e devemos lembrar do esforço de nossos irmãos, nos unindo a eles para que o evangelho seja pregado em todos os lugares neste mundo.

Associar-se com um preso religioso é estar sob a mira de seus perseguidores. É se colocar também em risco. Não há dúvidas de que a igreja sempre será perseguida se estiver indo onde outras religiões fundamentalistas estiverem sedimentadas na sociedade. É de se esperar a resistência e até violência em alguns casos. Os apóstolos foram mortos por causa do evangelho e muitos cristãos também serão.

Paulo é um exemplo de dedicação e seu fim foi a morte após ter sido preso por duas vezes. Poderia ter parado após a primeira prisão, mas seguiu fielmente a Cristo. Hoje temos muitos ensinamentos através de seu testemunho e experiências compartilhadas. Nossa disposição depende do nosso comprometimento com Cristo. Assim como um casamento dura segundo o comprometimento do casal, assim é a nossa aliança com o Senhor.

Estamos prontos a irmos até a morte? Estamos preocupados com as vidas que seguem para o inferno? Desejamos de verdade sermos luz e sal, discípulos de Jesus? Isto exige preparo, disposição e perseverança. Deus busca os verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade, sendo isto a expressão do nosso interesse em viver para Ele!

Ano 2#229

Adoremos pela liberdade conquistada em Cristo!

Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo, e nos suscitou plena e poderosa salvação na casa de Davi, seu servo, como prometera, desde a antiguidade, por boca dos seus santos profetas, para nos libertar dos nossos inimigos e das mãos de todos os que nos odeiam; para usar de misericórdia com os nossos pais e lembrar-se da sua santa aliança e do juramento que fez a Abraão, o nosso pai, de conceder-nos que, livres das mãos de inimigos, o adorássemos sem temor, em santidade e justiça perante ele, todos os nossos dias.
‭‭Lucas‬ ‭1:68-75‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.1.68-75.ARA

Zacarias louva a Deus pelo nascimento de seu filho, João Batista! Cheio do Espírito Santo profetizou sobre o Messias prometido e sobre a obra que João faria. Uma das palavras declaradas é como a liberdade de inimigos nos conduzirá a uma adoração profunda, mas não teremos mais preocupações ou amarrações que nos impeçam ou atrapalhem na comunhão com Deus!

A estratégia militar de gerar atrito nas forças inimigas é muito antiga e a mais comum de ser aplicada. Basta enviar um problema sobre uma tropa e ela mesmo se retirará ou destruirá a si mesma. Era comum lançar corpos de pessoas que haviam morrido para dentro dos muros de cidades sitiadas, isolar as linhas de suprimento para causar fome, gritar mensagens de desânimo, e todo o tipo de maldades para que o inimigo perdesse a vontade de lutar.

Assim ocorre na vida espiritual também. Somos bombardeados com palavras de derrota, sofremos levantes para dificultar nossa caminhada, lançam brigas e disputas contra nós e isto nos impacta de maneira a perdermos força e alguns até a fé. Quando Zacarias declara a presença de Deus ele está falando da solução, da mudança da situação!

Com Deus não há inimigos que possam nos impedir de caminhar. O Senhor é nosso escudo e fortaleza, socorro bem presente durante tribulações (Salmos 46.1)!!!!! Sem a presença de inimigos temos liberdade de viver, caminhar, comungar em festas, e nos alegrarmos com a liberdade!

Zacarias fala de um estado de graça onde a nossa atitude é de gratidão que nos leva à adoração! Mas, não devemos adorar pelo que estamos passando agora, pois Zacarias louvou porque viu o livramento que só ocorreria décadas mais tarde em termos espirituais e ele mesmo não viu a libertação do jugo Romano em seus dias!

Nossa adoração está atrelada a sabermos que Deus nos abençoou em Cristo Jesus e já somos livres dos pecados! Temos o Espírito Santo a nos guiar e nos fortalecer em cada dificuldade que passarmos. O Consolador é nosso acompanhante e está nos ensinando também a adorar o Pai! Que hoje nos recordemos desta verdade, que a graça revelada em Cristo nos libertou da morte pelos pecados e nos dá nova vida para glorificarmos a Deus!

Adoremos em todo o tempo, não pelo hoje, mas porque já estamos predestinados à vivermos com o Senhor por meio da fé em Cristo!!!!

Ano 2#172

Tenhamos uma vida de adoração!

Assim, o rei Salomão concluiu toda a sua obra no templo do Senhor. Então trouxe todos os presentes que seu pai, Davi, havia consagrado — a prata, o ouro e os diversos objetos — e os guardou na tesouraria do templo de Deus.
‭‭2Crônicas‬ ‭5:1‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/2ch.5.1.nvt

O templo construído por Salomão foi uma obra colossal para o seu tempo, feito com o melhor dos materiais e com os melhores artífices. O hino a ser cantado na inauguração foi composto pelo melhor dos ministradores da época, não se poupando nada para que o templo fosse erigido para a glória de Deus.

No Antigo Testamento Deus era buscado através da presença da Arca da Aliança no meio do povo e esta passou séculos no tabernáculo também construído com primazia dentro das possibilidades de um deserto, de maneira a ser transportável. Agora chegara a época de estabelecer a Arca em um local fixo, mas ainda construído por mãos humanas.

Na Nova Aliança nos tornamos o templo do Espírito Santo, não construídos por homens, mas pela mão de Deus! No entanto, em ambas as alianças há um serviço no templo, em santificação e em gratidão aos pecados perdoados por Deus. Há um propiciatório que da Arca se tornou Cristo, a presença de Deus em nosso meio, que na igreja é o Espírito que habita nos corações para louvor e adoração a Deus nos dado pelo sacrifício de Jesus!

Neste serviço diário nos tornamos o templo, o sacerdote e o material a ser ofertado em adoração. Assim como Cristo se ofereceu por nós na cruz para nos salvar, estaremos oferecendo nossa vida para levar o evangelho a outros. Estamos tomando as nossas cruzes e seguindo a Jesus!

Que materiais estamos usando nesta obra? A sobra de outras obras? Reciclagem? O que encontramos em qualquer lugar? Estamos dando o tempo que sobra para a obra de Deus? Nosso pior momento quando estamos cansados e estressados? Estamos nos santificando para esta obra ou pretendemos faze-la de qualquer maneira?

A obra de Deus é prioridade para o Pai e deve ser na nossa vida também. Se Deus não estiver em primeiro lugar não serei um bom cônjuge, um bom pai ou mãe, um bom trabalhador e nem um cidadão responsável. Quando o Senhor está em primeiro lugar desejo fazer o melhor para Ele e isto se reflete em minhas atitudes para com tudo e todos a minha volta!

O templo de Salomão glorificou a Deus assim como o tabernáculo de Davi! Na adoração estaremos fazendo em amor, fé e gratidão e daremos o nosso melhor. Esta é a atitude certa e pelo Espírito Santo a encontramos. Oremos ao Espírito para que vivamos de maneira a agradar o coração do Pai, pois o Filho já nos entregou o legado a ser continuado!

Ano 2#115