#3_160 Honra ao Pai

O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? — diz o Senhor dos Exércitos a vós outros, ó sacerdotes que desprezais o meu nome. Vós dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome?
Malaquias 1:6 ARA
https://bible.com/bible/1608/mal.1.6.ARA

Todo ano comemoramos o Dia dos Pais quando damos um presente àquele a quem devemos a honra por ter nos criado e/ou ser nosso pai biológico. Mas datas comerciais mascaram o aspecto de que deveríamos honrá-los todos os dias.

Um pai também observa o seu filho e sabe quando ele só está agradando por interesse ou deseja honrá-lo de verdade. Isto começa pela obediência e submissão. Continua no tratamento diário por toda a vida e no cuidado na velhice. Mas, Deus não envelhece!!! Nós é que envelhecemos e muitas vezes acreditamos que o papel deva ser invertido.

Deus espera de nós o mesmo. Ele É Pai e Senhor. Muitos querem agradá-lO durante um pouco mais de uma hora nos Domingos, mas e no restante da semana? Agradar em ações é um bom começo, mas e em nossos pensamentos? Deus a tudo vê e conhece os nossos corações para com Ele.

Desonramos a Deus quando passamos a fazer as nossas escolhas sem consultá-lO, decidindo por nós mesmos o nosso futuro. O fazemos quando nos preocupamos mais com o que as pessoas pensam e esperam de nós do que Ele. O fazemos quando deixamos o nosso propósito espiritual para nos ocuparmos das coisas do mundo sem lhE dar satisfação.

O desprezamos quando não nos santificamos, vivendo na imoralidade sexual, na maledicência, na corrupção, na mentira, na vaidade, no ódio… O desprezamos quando não damos importância ao sacrifício de Cristo para nos justificar e santificar. O desprezamos quando não atentamos para a voz do Espírito Santo a nos alertar de nossos pecados.

Precisamos do perdão de Deus. Somos pecadores afastados dEle enquanto não formos perdoados em Cristo. E ao sermos do Senhor o honraremos nos santificando para a Sua gloria. Esta é a maneira de honrarmos a Deus, ao vivermos para adorá-lo em todo o tempo e lugar. Olhemos para as nossas vidas e vejamos se estamos ou não a honrarmos a Deus. Cada um examine-se a si mesmo!