Guardemos os mandamentos e caminhemos no caminho proposto!

“Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço.”
‭‭João‬ ‭15:10‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.15.10.ara

Este é o preço de se andar com Jesus. A salvação é Cristo carregando a cruz de todos nós para nossa salvação, enquanto a santificação é cada um carregando a sua própria cruz seguindo a Cristo. Só Cristo poderia carregar a cruz de todo o mundo, pois só ele foi achado digno. Nele não havia pecado. Agora, cada um de nós tem a capacidade de caminhar com Cristo após a redenção recebida na cruz!

A salvação é recebida pela graça dada por Deus, mas não foi gratuita para quem a pagou, Jesus Cristo. Foi pago um alto preço, a vida do Justo, do Cordeiro Santo! Ao recebermos a graça passamos a caminhar com Jesus e iremos perceber a necessidade de nos desfazermos de alguns comportamentos e adquirirmos outros. Passamos do senhorio do pecado para o senhorio de Cristo e isto significa guardar os seus mandamentos.

Guardar um mandamento é recebe-lo e obedece-lo. Sem conhecer fica difícil obedecer. Conhecer a Cristo se faz, portanto, necessário. E é nesta caminhada que iremos carregar a nossa cruz porquanto, por vezes, será pesado deixar para trás pecados e também árduo adquirir virtudes. Jesus declarou que o fardo dele é leve e o jugo dele é suave, enquanto manter-se no pecado do mundo não é! O Espírito Santo será nosso guia, nos segurando pelas mãos, mas cada um deverá se esforçar para ir até o fim! Devemos estar alegres pois temos auxílio, direção e a certeza de que nossa perseverança agrada o coração de Deus, mas ao mesmo tempo entendendo de que este frutificar vem do próprio Deus que depositou em nós o Seu Espírito.

É um misto de esforço próprio e ajuda divina, uma cooperação transformadora que edifica em nós um caráter transformado. Carregar nossa cruz e seguir a Cristo tem um custo pessoal que também não é pouco para cada um de nós e precisa ser levado em consideração para não desistirmos no meio do caminho:

Se alguém vem a mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo. Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar.
‭‭Lucas‬ ‭14:26-30‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.14.26-30.ara

Sim, exige um esforço pessoal mas a recompensa já está à nossa frente e é a eternidade! Caminhemos no caminho proposto pelo mestre e vivamos com alegria, pois temos cuidado e direção, proteção e fortalecimento para todo o caminho a trilhar! Tenhamos fé, pois sem isto não conseguiremos chegar na cruz de Cristo, receber a redenção e nem carregar a nossa cruz. Sem fé não teremos confiança na cooperação do Espírito Santo e nem a certeza da recompensa. Sem fé não teremos a capacidade de enxergarmos o caminho que por vezes não será visível, apenas audível.

Oremos por conhecermos mais e mais a Cristo!

Ano 2#72

Usemos mais as ferramentas de busca para entendermos as coisas de Deus!

Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória.
‭‭Colossenses‬ ‭3:1-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/col.3.1-4.ara

Onde buscamos manter nosso foco será para onde canalizaremos nossas forças e pensamentos. Queremos ir para o céu, mas quanto temos pensado no lugar para onde vamos? Ao crermos em Cristo recebemos um passaporte para os céus e deveríamos viver com as nossas mentes lá, ainda que com os corpos aqui. É como desejar uma viagem a outro país e nunca buscar nenhuma informação à respeito dele estando já com as passagens marcadas!

A impressão é que temos uma viagem à frente que não é importante, mas o deixar as coisas aqui prontas para quando partirmos seja o principal. O problema é que o conhecimento do lugar para onde iremos nos capacitará a vivermos muito melhor aqui e agora, favorecendo nossa peregrinação aqui e ainda o conhecimento daquele lugar para outros. Quando estamos envolvidos com um assunto acabamos por falar dele com outros., não é mesmo?!

Mas, se o céu é apenas um assunto para depois, então não irei me ocupar das coisas do alto agora. Esta atitude não será útil neste momento e em nenhum outro, pois o conhecimento do alto é que nos capacita a vivermos cada vez melhor. Não busca-lo é viver ainda nas restrições de outrora, com uma visão terrena e sem armas espirituais. Precisamos buscar as coisas do alto para trazermos Cristo em nossas vidas. Sem isto, só nos frustraremos em permanecer em uma vida sem impacto e sem fruto, ainda que tenhamos as passagens e o visto para o lugar da glória de Deus!

Aproveitemos os dias para mergulharmos na comunhão do Espírito Santo, como se quiséssemos entrar diariamente em uma biblioteca celestial e ir conhecendo as coisas do alto. Fazendo assim não só teremos nossas mentes transportadas desde já, mas estaremos nos capacitando a trazer para cá a vida, o poder e o Fruto que o Espírito deseja manifestar em nós. Sem atitude permaneceremos no mesmo lugar. O tempo é Hoje e a direção é para o alto, onde vivo está o Senhor!

Precisamos fazer a busca por assuntos celestiais, sendo as palavras-chave: Jesus, Reino de Deus, Amor, Fé, Esperança, Santificação, Vida Eterna, Adoração e muitas outras. Um livro especial é a Bíblia que é a enciclopédia deixada por Deus para nós e que contém tudo o que precisamos. Outros livros existem para nos ajudar a entendermos os textos ali contidos e falam da experiência e estudo dos seus autores na busca do alto. Importa lermos mais, meditarmos mais e orarmos mais. Esta preparação é que nos permitirá deixar as coisas aqui arrumadas para a nossa ida e veremos que não levaremos nada conosco.

Bom, se é assim, não seria melhor encher a mala com o que vou precisar lá, já que nada do que tenho aqui poderá ir comigo a não ser as pessoas que aqui conheci? Se estamos indo para lá e nos enchendo das coisas de lá, então veremos o que realmente importa aqui e seremos sábios nos dias que nos restam. Seremos mais úteis ao nosso próximo e serviremos muito melhor! Apontemos o “browser” para a Palavra de Deus e falemos mais das coisas do alto. Todos ganharão com isto e Deus será glorificado!

Ano 2#68

Devemos buscar o Filho se quisermos o Pai.

O Pai ama ao Filho, e todas as coisas tem confiado às suas mãos. Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.
‭‭João‬ ‭3:35-36‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.3.35-36.ara

O evangelhista e apóstolo João mostra claramente que sem conhecermos a Cristo não teremos oportunidade de entendermos verdadeiramente o Pai. Quem não conhecer o Filho não conhecerá o Pai. E o desconhecimento de Deus nos leva a uma vida longe de seus propósitos.

O que fazer quanto a isto? Os que já creem devem expressar a vida de Cristo para ser manifesta aos que não creem ou não o conhecem. Sem testemunho, apenas com sinais e prodígios a atenção do descrente será alcançada. Deus providenciará que uma ou outra aconteça através de seus servos!

A vida eterna começa na transformação do caráter do homem para refletir a imagem e semelhança de Deus. Enquanto a transformação do caráter é obra do Espírito Santo, o testemunhar o novo caráter é a nossa obra. Assim é a cooperação entre nós e o Espírito. Sem ele não há renovação de vida, mas ele não realiza as obras que cabe a nós realizarmos.

Portanto, não receber o Espírito através da fé em Cristo é permanecer na busca de obras que não glorificam a Deus, ou realizar obras para tentar mostrar que merecemos a salvação ou nem uma coisa e nem outra. Sem termos o propósito alinhado com Deus é como jogarmos futebol sem sabermos para que gol correr. Queremos jogar e chutar, mas sem entender o motivo ou o objetivo a alcançar.

Cristo nos dá a verdadeira motivação, objetivo e a explicação de quem é Deus. Até entendermos isto permaneceremos na ilusão de sabermos quem somos e para onde vamos. Na nossa arrogância permaneceremos na rebeldia, mas na nossa humildade encontraremos a direção em Cristo para seguirmos no amor de Deus.

Ano 2#67

A nova vida é um trabalho diário de santificação!

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.
‭‭João‬ ‭1:12-14‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.1.12-14.ara

A graça e a verdade vieram abundantemente à Terra na pessoa de Cristo, o messias, o Filho de Deus encarnado! Era o Filho único, o unigênito, mas ao se entregar na cruz por nós, passou a ser o primogênito! Fez com que todos que crescem em seu sacrifício redentor se tornassem filhos de Deus e, portanto, irmãos e co-herdeiros das promessas do Pai!

Passar a ser irmão de Jesus significa possuir o Espírito Santo em nós e sermos capazes de fazer o que Jesus fez, trazendo a graça e a verdade a outros. Este é o papel da família espiritual criada em Cristo e chamada de Igreja. Não há Igreja sem Cristo e não há filiação em Deus sem termos recebido do Seu Espírito Santo através de Cristo!

Ser Cristão é buscar a filiação em Deus através de Jesus e seguir o caminho da vida à serviço do próximo para glorificar o nome do Pai. Isto em amor e gratidão por termos recebido a salvação que não merecíamos. O pecado nos impede de servirmos em amor e é necessário nascermos novamente de Deus para que isto seja possível.

Este novo nascimento faz com que boa parte do nosso velho homem/mulher sejam abandonados, enquanto a nova natureza começa a fazer uma transformação interna. Esta transformação se chama santificação e leva um tempo para cada um de nós.

Enquanto nos santificamos uma parte do velho homem continua lutando contra a nova natureza e isto é um processo pessoal em que temos de perseverar, não desanimar e clamar muitas vezes que o Espírito nos fortaleça para que a nossa carne morra de vez. Mas, algumas vezes leva mais tempo e precisamos continuar lutando. Isto é o caminhar com Jesus!

Os apóstolos passaram por isto e no livro de Atos lemos discussões, situações de conflito no abandono da Lei para a graça e outros fatores que fizeram com que os discípulos recebessem a direção do Espírito e nos ajudassem hoje em nosso tempo.

Sentir desejos antigos não é pecar, desde que não os acolhamos em nossas mentes e corações. Precisamos lutar contra isto, mas não significa que não fomos regenerados. Ser regenerado é ser capaz de lutar contra isto, pois antes não tínhamos força e muitas vezes nem o desejo de interromper tais situações, mas no Espírito Santo temos o domínio próprio que nos capacita a dizer não para o que não desejamos mais praticar!

Os filhos do Pai receberam poder em Jesus para viverem buscando e exercendo a santificação, um trabalho diário voluntário e dependente do pleno conhecimento de Cristo. Isto é maravilhoso, pois agora temos acesso a Deus pelo Filho, para vivermos o propósito a nós entregue na nova vida! Deus seja louvado!

Ano 2#66

Onde temos buscado as palavras de vida eterna?

Então, perguntou Jesus aos doze: Porventura, quereis também vós outros retirar-vos? Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna; e nós temos crido e conhecido que tu és o Santo de Deus.
‭‭João‬ ‭6:67-69‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.6.67-69.ara

Ao reconhecermos Jesus Cristo como Senhor e salvador já não conseguimos deixar de segui-lo. Ao reconhecer que ele tem as palavras de vida eterna, como abandona-lo? No entanto, se não entendermos suas palavras também iremos nos escandalizar como muitos discípulos fizeram e o deixaram.

A questão fundamental reside em conhecer Jesus como o dono da vida, aquele que nos dá de si mesmo para que vivamos através dele. Se entendermos isto e nos apegarmos a esta verdade, então não o abandonaremos e nem o trairemos. E este discernimento vem através do Espírito Santo. Sendo assim, sem a manifestação de Deus para nos abrir a mente e coração, não temos como compreender a maravilha da graça que salva o homem.

Viver em Cristo requer mais que acreditar nele, é realizar as obras que ele deixou para nós. É andar nos seus passos através de nos alimentarmos do próprio Cristo. Isto é o espiritual agindo no material. É recebermos do Espírito Santo para agirmos neste mundo.

Ora, sem crer que Jesus é o Cristo e sem conhece-lo jamais seria possível confiarmos no Evangelho. Não há Evangelho sem Jesus e nem caminhar no Evangelho sem Jesus! Por isso a mensagem que ele deixou era de nos alimentarmos dele que é o Pão que desceu do céu, e que deveríamos beber do seu sangue que nos traz as promessas da Nova Aliança.

Glórias a Deus por tão grande graça! Tomemos posse desta herança bendita e prossigamos em conhecer a Cristo nos alimentando do Senhor e caminhando com ele! Seremos abençoados, transformados, cuidados, libertos e justificados em todo o tempo da caminhada.

Nosso propósito é o de nos santificarmos para nos encontrarmos com o Deus Santo e tremendo. No Dia do Julgamento exultaremos porque a fé que nos foi dada em Cristo terá feito a obra em nós e teremos o nosso nome escrito no Livro da Vida! Portanto, estejamos alegres pois as palavras de vida eterna em Cristo já estão nos transformando para a glória do SENHOR. Creiamos no Santo do Deus!

Ano 2#64

A correção deve ser com espírito de brandura.

Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado. Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo. Porque, se alguém julga ser alguma coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana. Mas prove cada um o seu labor e, então, terá motivo de gloriar-se unicamente em si e não em outro. Porque cada um levará o seu próprio fardo.
‭‭Gálatas‬ ‭6:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gal.6.1-5.ara

Precisamos estar atentos às nossas vidas antes de dar conselho aos outros, pois todos somos tentados naquilo que nos agradou no mundo. E continuamos neste mundo, não é verdade! Logo, se estamos nos sentindo fortalecidos espiritualmente que possamos aconselhar quem esteja mais fraco, mas com brandura. Não só porque poderemos cair na mesma situação se enfraquecermos, mas porque não é bom ser ríspido e rígido com quem já está passando por dificuldades. O mundo já é mal o suficiente e ainda vamos tacar pedra em quem precisa de uma mão?

Muitos ainda querem conduzir o processo de restauração de outras vidas e gloriar-se por ter ajudado. Ora, é bom ajudar, mas não tomar para si a glória da melhora do irmão. Sem o Espírito Santo não há verdadeira restauração. Então, alegremo-nos em poder ajudar, mas não tomemos para nós o crédito. Isto também nos ajudará se alguém não aceitar nossos conselhos! Importa oferecermos a ajuda e o Espírito fazer a obra!

No final, a escolha é do indivíduo e cada um de nós estará diante de Deus para dar conta somente do que fizemos e deixamos de fazer em vida com os dons e oportunidades que nos foram dados. O nosso fardo é só nosso! Glórias a Deus que Jesus nos deu um fardo leve quando se ofereceu como sacrifício em nosso lugar! Ainda assim, podemos ajudar a carregar a carga uns dos outros, vivendo a plenitude do chamado em Cristo! Que Deus seja louvado e vivamos em amor!

Ano 2#58

Somos chamados à liberdade em Cristo!

Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.
‭‭Gálatas‬ ‭5:1‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gal.5.1.ara

Paulo se desgasta com os crentes de Gálatas pois estavam passando a adotar a conduta de quem vivia pela lei, como se a observação das práticas da lei fossem essenciais para a manutenção da salvação. Esta carta é crucial para entendermos que a graça da salvação é plena, nos trazendo hoje com efeito futuro. Santificação não é o mesmo que guardar práticas da lei para nos “mantermos” salvos, senão estaríamos de novo cancelando o poder do sacrifício de Jesus na cruz!

Há muitos crentes preocupados em guardar datas, festas, luas, leis, mas a verdade é que se recebemos o Espírito Santo já temos o passaporte eterno e o que devemos fazer é prosseguir em conhecer a Cristo. O pleno conhecimento é o que nos transforma diariamente, pois devemos ser como ele é! Olhar para placas de transito e segui-las não me torna um condutor veicular melhor, mas sim o me preocupar com o bem estar geral enquanto sigo o fluxo dos veículos. Nem sempre a placa nos dá toda a informação, é só uma ajuda. Assim foi a lei para o homem!

A presença do Espírito Santo é o diferencial da santificação, sem a qual ninguém verá o SENHOR (Hebreus 12.14). Não importa guardar as leis para ser salvo e nem para continuar salvo. Importa termos o Espírito Santo que nos conduzirá em todo o processo a fazermos tudo que Deus esperar de nós. Vamos errar aqui e ali, mas é assim em todo processo de aprendizado, mas queremos ser perfeitos, como o Senhor É!

Estar na liberdade é não se escravizar por preceitos. A santificação não é escravidão, mas submissão em amor e gratidão provenientes da fé. Servir ao próximo não é se escravizar e nem perder a personalidade, mas sim o exercício da fé e aperfeiçoamento dos dons espirituais em nossas vidas. E isto é se tornar cada vez mais parecido com Jesus que veio servir e não para ser servido!

A escravização descrita por Paulo é do tipo: “Não faça isto, não coma aquilo, deixe de beber isto, senão você não será salvo!” Ora, se Jesus já nos tirou da morte para a vida, por que estas coisas me colocariam de volta na morte? Quem é nascido de novo terá a oportunidade de entender se estas coisas devem ou não permanecer em suas vidas, mas nada nos é proibido. A conveniência é fruto de amadurecimento e faz certo quem olha para Cristo e não para a lei. Jesus curou no Sábado, dia em que era proibido fazer qualquer tipo de obra na Lei Judáica…

Portanto, vivamos na liberdade do Evangelho, não na libertinagem, mas com a consciência de que somos embaixadores de Cristo e devemos levar o bom nome do Senhor a ser glorificado através das nossas vidas. Como? A cada dia os seus desafios! Tenhamos fé, pois o próprio Senhor está conosco através do Seu Espírito em nós!

Ano 2#57

Desejamos cear com Jesus!

E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.
‭‭Lucas‬ ‭22:19-20‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.22.19-20.ara

Como perpetuar a memória de alguém por mais de 2000 anos? Jesus Cristo determinou a Ceia do Senhor como um memorial até que ele volte! Assim temos feito e não nos esquecemos da aliança bendita feita em seu sangue, ainda que seja para a nossa vergonha pois foi por causa de nossos próprios pecados. Mas esta vergonha se transforma em gratidão, pois ninguém seria capaz de se auto-salvar através das obras da Lei!

Deus estabeleceu todas as coisas debaixo de ordem e obediência. A queda de Adão e Eva nos tirou do paraíso e nos transtornou a ponto de não conseguirmos mais viver conforme a vontade de Deus. Em pouco tempo a civilização humana se desviava e Deus providenciava uma maneira de realinhar o coração da humanidade, até que a plenitude dos tempos chegou em Jesus.

Cristo é a solução definitiva prometida na queda de Adão, quando o SENHOR disse que o descendente do homem pisaria na cabeça da serpente. Esta é a redenção prometida em Cristo e que já dura dois milênios! Ainda há um tempo para se completar o ciclo do tempo dos gentios, quando então o SENHOR resolverá as questões em aberto com o povo de Israel.

Estamos vivendo o final do tempo dos gentios, o que significa que Israel começará a ser alvo cada vez maior de perseguições. Assim também estamos no princípio das dores, quando as repetições de casos como vulcões, terremotos, fomes, pestes e guerras se multiplicam em maior frequências a nossa volta. Em breve Jesus voltará e a Ceia do Senhor será tomada com ele no céu, finalmente!

Enquanto isto, continuemos a nos lembrar de tão grande obra redentora, maravilhosamente escondida do mundo e que até hoje causa escândalos até mesmo dentro de famílias consideradas Cristãs. A salvação pela fé em Cristo é uma revelação dos Evangelhos e não está tão clara no Antigo Testamento. Em Cristo fomos aperfeiçoados e quem vive na Lei não conseguirá jamais entender a graça salvífica se Cristo não lhe mostrar!

Oremos para que muitas vidas tenham este encontro com o Senhor e sejam salvas, em nome de Jesus! As boas obras devem seguir por gratidão da salvação recebida e não como moeda de troca com Deus. Afinal, o Senhor não é obrigado a nos dar nada, pois já nos deu tudo e nós é que estamos a usar mal as dádivas recebidas! A graça superabundou onde abundou o pecado!!!

Ano 2#53

Façamos como Zaqueu!

Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. Então, Jesus lhe disse: Hoje, houve salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido.
‭‭Lucas‬ ‭19:8-10‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.19.8-10.ara

O problema de Zaqueu era roubar as pessoas, tanto ricos como pobres. Ele era o típico explorador da condição que tinha como cobrador de impostos e pedia mais do que era devido, se tornando riquíssimo. Ao receber a visita de Jesus foi impactado e enxergou o seu pecado, arrependendo-se e determinando a restituição do dinheiro roubado a quem de direito.

Ao recebermos a visita de Jesus somos confrontados com os nossos pecados para termos a oportunidade de arrependimento e mudança espiritual que nos tornará em Filhos de Deus! Cristo pede para pousar em nossas vidas para nos trazer a visão correta de Deus e Sua vontade. Precisamos estar atentos como Zaqueu, pois não perdeu a única oportunidade que teve para estar com Jesus!

Hoje temos mais uma oportunidade quando participamos de um culto, oração, Estudo Bíblico ou meditação na Bíblia Sagrada. São a manifestação de Jesus de várias formas e nos transforma enquanto nos ligamos a ele. Sejamos pró-ativos e caminhemos com Cristo. Ele veio buscar e salvar o perdido, ou seja, aquele que está afastado do Deus da glória, do Criador, por causa dos pecados praticados contra as pessoas.

Eis que o Senhor está passando agora. Qual será a nossa atitude? Façamos como Zaqueu e sejamos abençoados, em nome de Jesus!

Ano 2#53

Em Deus seremos mais do que enxergamos em nós!

Moisés foi educado em toda a sabedoria dos egípcios e era poderoso em palavras e ações.
‭‭Atos‬ ‭7:22‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/act.7.22.nvt

Moisés, porém, disse ao SENHOR: “Ó Senhor, não tenho facilidade para falar, nem antes, nem agora que falaste com teu servo! Não consigo me expressar e me atrapalho com as palavras”. O SENHOR perguntou a Moisés: “Quem forma a boca do ser humano? Quem torna o homem mudo ou surdo? Quem o torna cego ou o faz ver? Por acaso não sou eu, o SENHOR? Agora vá! Eu estarei com você quando falar e o instruirei a respeito do que deve dizer”. “Por favor, Senhor!”, suplicou Moisés. “Envia qualquer outra pessoa!”
‭‭Êxodo‬ ‭4:10-13‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/exo.4.10-13.nvt

Vejamos o contraste entre o que a Bíblia diz de Moisés e como ele se enxergava. Deus chamou um homem formado no mais alto círculo social da região, com os melhores professores, com todas as facilidades (em meio às dificuldades da época) e este homem não enxergava o seu potencial. Certamente por causa das experiências negativas que teve!

Moisés nasceu perseguido e foi adotado pela filha do faraó, mas teve acesso à verdadeira mãe e a seu povo. Viu como eram humilhados e tentou se levantar para ajudar, mas teve de fugir quando se tornou um assassino. Esteve escondido 40 anos no deserto, constituiu família e sossegou, até ser chamado por Deus para voltar para o lugar de onde viera.

Sua má experiência no Egito conjugado com sua tranquilidade atual e sua idade de 80 anos o tornara averso a passar por aquilo de novo. Natural, mas Deus o chamou assim mesmo. Sua luta interior não permitia querer vivenciar seu chamado de libertador do povo. Já havia esquecido das mazelas que seu povo passava e isto já não lhe pesava mais no coração. Achava-se incapaz de fazer diferença naquele contexto. E sem Deus não seria capaz mesmo! Nem ele e nem ninguém!

Para derrotar a força do Egito apenas o poder do SENHOR! Hoje o Egito significa o mundo de pecado que escraviza o homem em seus próprios desejos e o libertador é Cristo, poderoso em palavras e ações, aquele que deu sua vida por nós e ressuscitou! Ele é o verdadeiro libertador pois reuniu em si mesmo todas as profecias! Quem somos nós? Sem o SENHOR, nada, mas com o SENHOR já somos mais do que vencedores, pois o mundo já não tem mais poder sobre nós!

Deus nos chama a partir de Cristo para sermos libertadores das vidas que continuam presas no Egito do pecado. O Espírito Santo nos ajudará em todo processo e não devemos temer as dificuldades e nem deixar de confiar no chamado, mas importa ouvir o Espírito. Bom não confiar em nós mesmos, mas precisamos confiar no SENHOR! A fé é justamente depositar nEle toda a nossa expectativa, pois se Ele declara, então cumprirá!

O povo não só saiu do Egito mas esteve por 40 anos sob a liderança de Moisés que confiou em Deus. Confiemos no SENHOR e vivamos para a glória dEle! Vidas serão abençoadas sempre que obedecermos e estivermos debaixo da direção de Deus! Não precisaremos brigar, lutar, matar, etc, pois o SENHOR é quem luta por nós. Sigamos com fé e vejamos os sinais e maravilhas, a começar em nossas próprias vidas!

Ano 2#47