#3_112 2Pedro 3:9

Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.
2Pedro 3:9 ARA
https://bible.com/bible/1608/2pe.3.9.ARA

Longanimidade é paciência. O Senhor está esperando pacientemente pela queda da resistência ao evangelho em alguns corações e mentes. É um trabalho demorado em alguns e a espera por outros que ainda não chegaram neste mundo.

Há um tempo para que as coisas aconteçam e precisamos esperar para que as estabeleçamos. “Timing” é especialidade do Senhor e precisamos aprender com ele a termos paciência também. Abrahão esperou 25 anos pelo filho da promessa, Cristo veio 700 anos depois da profecia de Isaías e estamos esperando 2000 anos para a sua volta.

Eis que certamente voltará e devemos estar preparados para a sua vinda. O cansaço só paralisa aquele que se esquece do por que se afadiga. Se olharmos para a eternidade com Cristo superaremos as lutas, perdas e danos, e seremos sempre gratos por tudo o que já alcançamos e alcançaremos.

Gratidão não é apenas pelo que fazem para conosco hoje, mas principalmente pelo que o Senhor já fez por nós. Há um banquete espiritual preparado para ocorrer em breve. Olhemos para a festa, para a linha de chegada e superaremos tudo o que estamos passando. A longanimidade de Deus é fruto de esperarmos por todos para aquele dia em que unidos adentraremos os céus e comeremos diante do Senhor!

Cristo nos chama para comermos com ele!

Jesus disse a eles: — Venham comer. Nenhum dos discípulos ousava perguntar: “Quem é você?” Porque sabiam que era o Senhor.
João 21:12 NAA
https://bible.com/bible/1840/jhn.21.12.NAA

Depois da ressurreição Jesus não era mais reconhecido pela sua imagem, mas pelo seu procedimento. E assim deve ser todo Cristão. Não seremos reconhecidos pela nossa face, mas por cada gesto de amor que praticarmos uns para com os outros.

Jesus chamou seus discípulos para que comessem com ele e pelo grande milagre dos peixes que novamente superabundaram nas redes de pesca que até então estavam vazias. Mediante a palavra de Jesus é que experimentaremos da graça de Deus.

Foi assim na criação do mundo e o apóstolo João descreveu Cristo como o Verbo de Deus. Jesus é a expressão viva da verdade, do amor, da graça de Deus que se manifesta neste universo. Não pela aparência, mas por ação de poder na criação e estabelecimento de todas as coisas.

Jesus nos chama para comermos com ele, nas suas bodas, quando retornar para buscar a sua igreja. Nos chama pelo seu próprio poder em nos transformar em filhos de Deus. Em Cristo podemos pescar ou agir, pois nos oferece tanto a oportunidade como o realizá-la. Nele somos ensinados que tudo é possível e vale a pena!

Se quisermos conhecê-lo precisamos andar com ele. Nada nos fará confundi-lo em nossas vidas, ainda que sua forma de expressão mude. No final é o seu amor por nós que nos revela a sua pessoa. Quem é Jesus de Nazaré? O Cristo que trouxe a graça de Deus sobre nós. Tudo o que nos revela e leva a Deus é Jesus e fora dele não há caminho para o Pai.

Sentemos com ele à sua mesa, pois nos alimentaremos eternamente na fonte de vida e amor de Deus! Nada nos confundirá quando ele se manifestar em nossas vidas!

Ano 2#330

No serviço alcançaremos vitória e teremos um banquete espiritual!

E desceu a Cafarnaum, cidade da Galileia, e os ensinava no sábado. E muito se maravilhavam da sua doutrina, porque a sua palavra era com autoridade. Achava-se na sinagoga um homem possesso de um espírito de demônio imundo, e bradou em alta voz: Ah! Que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste para perder-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus! Mas Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai deste homem. O demônio, depois de o ter lançado por terra no meio de todos, saiu dele sem lhe fazer mal. Todos ficaram grandemente admirados e comentavam entre si, dizendo: Que palavra é esta, pois, com autoridade e poder, ordena aos espíritos imundos, e eles saem? E a sua fama corria por todos os lugares da circunvizinhança.”
‭‭Lucas‬ ‭4:31-37‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.4.31-37.ARA

Jesus realizou o ministério de ensino, cura e libertação, enquanto apontava a salvação através de seu sacrifício. Aproveitou todas as oportunidades e sempre estava ministrando para a edificação das pessoas. Sua autoridade espiritual faz com que expulse demônios pela palavra, pois é Senhor! Os demônios sempre testemunharam dele, apontando-o como o Santo de Deus e outros nomes para expo-lo diante dos homens, acreditando atrapalhar-lhe de alguma forma.

Jesus não desejou aparecer como um rei, mas como servo. Trabalhou mais que todos para dar exemplo de que, no reino de Deus, quem mais autoridade tiver mais trabalhará em prol do próximo, pois dons e capacidades foram dados para serem utilizados em favor de quem precisa.

Jesus realizou sinais e maravilhas enquanto esteve entre nós e hoje os realiza através de seu corpo na Terra, a Igreja. Estamos à serviço do próximo, vivendo para a glória de Deus! Enfrentaremos demônios imundos, mas em nome de Jesus eles serão expelidos. Neste nome também haverá curas e transformações espirituais de todos os tipos, pela fé no Filho de Deus!

Primeiramente caminhamos até a cruz e nos limpamos de nossos pecados pelo sacrifício derramado em nosso favor. Depois caminhamos com a nossa cruz em favor de nosso próximo. Ainda que o caminho pareça difícil e cansativo estaremos unidos com os demais e, principalmente, com o Espírito Santo que nos ajudará a alcançarmos a linha de chegada! O hino da vitória, entoado pelas trombetas, já está sendo cantado por alguns que chegaram lá e estão aguardando a todos os demais!

Na reunião de chegada haverá uma grande festa para os vitoriosos! O banquete do Cordeiro será maravilhoso e ninguém deve deixar de querer estar ali! Há muitas formas de enxergarmos e passarmos pelo caminho de Cristo, mas o final será um só! Teremos melhor desempenho se o olharmos como uma prova de amor de uns para com os outros, porque assim foi para conosco.

Hoje há muitos perseguidos por causa da fé em Cristo e estes chegarão na frente! Importa que o Senhor seja conhecido e vidas sejam salvas. A recompensa não deve ser procurada aqui, ainda que possamos gozar de muitas oportunidades por causa do evangelho! Que sejamos instrumentos para ensino, cura e libertação, apontando para a salvação que existe apenas em Jesus Nazareno, o Cristo!

Ano 2#180