A graça supera o pecado!

Pois assim como, por uma só ofensa, veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também, por um só ato de justiça, veio a graça sobre todos os homens para a justificação que dá vida. Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos. Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa; mas onde abundou o pecado, superabundou a graça, a fim de que, como o pecado reinou pela morte, assim também reinasse a graça pela justiça para a vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor.
Romanos 5:18‭-‬21 ARA
https://bible.com/bible/1608/rom.5.18-21.ARA

Pela desobediência de Adão nos sobreveio o pecado e a condenação. Pela obediência de Cristo temos acesso à salvação e a reconciliação. Estas são premissas do evangelho, que norteiam a graça redentora de Deus para o homem.

Difícil entender que alguém que viveu tantos anos atrás gerou a morte para a minha vida sem que eu tivesse alguma responsabilidade por isso, mas o nosso DNA foi comprometido pelo pecado de Adão e, por isso, somos pecadores.

Difícil entender também que alguém que morreu há dois mil anos atrás gerou a vida para a minha morte sem que eu tivesse algum mérito para isso, mas o sacrifício de Cristo apaga todo o pecado que eu tenha cometido como herdeiro de Adão.

Passamos a ser herdeiros com Cristo, filhos de Deus, não mais inimigos! Se não entendermos a ofensa de Adão e nossa condição humana não entenderemos também a graça em Jesus e a nova condição de filho de Deus. Além de entendermos precisaremos aceitar e tomar posição. A indiferença nos fará permanecermos na injustiça.

Em Cristo somos salvos e livres do nosso pecado, pela fé no Senhor. Não há outra mensagem no evangelho, pois Cristo é a mensagem. Onde abundou o pecado é também onde superabundou a graça! Deus nos livra de nossos pecados. Que o Senhor Todo-Poderoso seja louvado eternamente, amém!

Ano 2#256

A salvação é completa em Cristo!

Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida; e não apenas isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem recebemos, agora, a reconciliação.
Romanos 5:8‭-‬11 ARA
https://bible.com/bible/1608/rom.5.8-11.ARA

Imaginemos um homem considerado mau, um estuprador assassino contumaz, corruptor de menores e viciado. Se tal pessoa fosse sentenciada à morte, o que seria mais fácil pensar? Que mereceu ou que Deus tenha misericórdia? Alguém trocaria de lugar com esta pessoa para que não morresse?

Pois bem, em algum grau somos como esta pessoa e Cristo morreu por nós sendo ainda pecadores, inimigos de Deus e irreconciliáveis a partir de nossa injustiça. Estes versículos nos mostram a grandeza da oferta da cruz de Cristo, um amor imerecido, pois ninguém é bom e não temos a pretensão de dar nossas vidas por quem acreditamos que não a mereça.

Mas, estes versos vão além. Nós dizem que agora, quando passamos a ser reconciliados com Deus a partir da morte de Cristo, teremos ainda maior cuidado pela sua vida! Ou seja, nossa reconciação veio por sua morte redentora e a permanência na nossa salvação depende da vida dele em nós  e não dá nossa própria! Portanto, a salvação é obra de Deus em nós, nos que crerem no Filho de Deus!

Muitos confiam nas obras para a salvação, sejam para adquirirem a salvação ou para permanecerem salvos, mas a verdade é que a obra redentora de Cristo é completa. Se Jesus não morresse na cruz para nos salvar não haveria o que fizéssemos para sermos salvos. Não há obra que façamos que mereça salvação!

Importa sabermos que Cristo fez a obra e agora pertencemos àquele que nos amou enquanto pecadores. Que amor é este? O amor de Deus, que agora também foi derramado sobre os que crêem em Jesus. Não se admire se sentir pena de alguém considerado mau, ou se desejar que seja salvo, pois está misericórdia vem através do Espírito Santo. Somente o Espírito pode tocar no coração entorpecido pelo pecado e, por isso, o evangelho precisa ser pregado.

Oremos pelo mundo caído, pois não há ninguém bom e sem Jesus não haveria reconciação. Quem recebeu a Cristo repasse o conhecimento do evangelho. Se isto não for feito, então não haverá esperança para a humanidade. Cristo conta com os seus discípulos para isto e faz parte do amor recebido do Pai no coração do convertido!

Ano 2#256

Se morrermos sem Cristo não poderemos ir pelo caminho que ele abriu para nós!

De outra feita, lhes falou, dizendo: Vou retirar-me, e vós me procurareis, mas perecereis no vosso pecado; para onde eu vou vós não podeis ir.
‭‭João‬ ‭8:21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.8.21.ara

A verdade é que só pode seguir a Jesus aqueles que creem nele. Só poderemos ir até onde Jesus está se ele for nosso salvador e Senhor.

Por que? Jesus abriu o caminho para Deus, o caminho onde apenas os redimidos podem usar. Ora, a redenção é o pagamento da dívida do pecado. Portanto, somente os que tiveram seus pecados perdoados na cruz são os que podem seguir o caminho aberto por Jesus para nós pecadores.

Assim sendo, sem a cruz de Cristo permanecemos em nossos pecados, pois todos pecaram e destituídos foram da glória de Deus (Romanos 3:23).

Jesus ascendeu aos céus e já não pode ser encontrado, mas seu corpo, a Igreja, ainda está aqui. Haverá um tempo onde também a Igreja não será mais encontrada, onde o evangelho não estará sendo pregado aos 4 cantos da Terra.

Importa hoje buscarmos a Cristo e recebe-lo como Senhor! Podemos ter vivido até aqui sem Cristo, mas não podemos morrer sem ele.