#3_17 Romanos 12:3-5

3 Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, segundo a medida da fé que Deus repartiu a cada um. 4 Porque assim como num só corpo temos muitos membros, mas nem todos os membros têm a mesma função, 5 assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros,

Romanos 12:3-5

Paulo nos ensina que todos temos importância dentro do contexto divino. Entre nós pode nos parecer que haja alguma diferença pelo mérito que alcançamos em realizar as atividades, mas não é assim no corpo de Cristo. Nossos dons também nos são dados e sem que o recebêssemos de Deus não poderíamos nos gabar de tê-los construído por nós mesmos.

Não adianta se uma pessoa deseja se tornar um pintor de renome se não tem dom para artes. Ainda que aprenda e o mundo valorize, não será um grande artista quem não conseguir tocar corações com o seu trabalho. E isto vai além do que achamos que temos competência para atingir. Da mesma forma, nas profissões que vemos hoje, basta uma necessidade ocorrer em nossas vidas que uma profissão se torna mais importante que outra.

Se tenho um problema com meu carro, o mecânico de automóvel se torna mais importante. Se estou preso em um elevador, agora é o bombeiro! Se estou trancado para fora de casa ou de meu carro, o chaveiro! Aquelas profissões que parecem menos importantes se tornam quando precisamos delas. Portanto, ainda que recebam menos, não deixam de ter o seu valor! Assim também será no reino de Deus. Todos do corpo de Cristo são importantes e não nos devemos engrandecer porque nos parece estarmos fazendo algo mais importante aos nossos olhos do que outros.

Paulo nos ensina a humildade, que é bem diferente de se menosprezar. É valorizar os outros sem tirar o nosso próprio valor, é considerar cada um como parte de um corpo maravilhoso, com o seu propósito. Olhos não são boca e nem língua, e cada um tem o seu propósito. O olho é mais importante que a boca? Dependerá da circunstância. Que tenhamos respeito uns pelos outros, sabendo que cada um tem seu dom e sua contribuição social. Ninguém tem todos os dons e somos dependentes uns dos outros. Deus assim quis e assim devemos entender nosso papel e valorizá-lo também!