Cristo é o único salvador!

Todo o povo que o ouviu e até os publicanos reconheceram a justiça de Deus, tendo sido batizados com o batismo de João; mas os fariseus e os intérpretes da Lei rejeitaram, quanto a si mesmos, o desígnio de Deus, não tendo sido batizados por ele.
Lucas 7:29‭-‬30 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.7.29-30.ARA

O evangelho veio trazer justiça para o injusto arrependido, mas condenação para os que vivem uma religiosidade só de aparência. Enquanto João Batista pregou arrependimento de pecados, preparando o caminho para Jesus, os pecadores assumidos receberam o batismo de arrependimento, enquanto os fariseus ignoraram o chamado.

Certo é que todos nascemos pecadores e sem merecimento à salvação. Não há obras que possamos fazer que venham a cobrir nossos pecados, muito menos orações a nosso favor depois que já morremos. Arrependimento se faz em vida e as obras que se seguirão somente serão consideradas boas obras se feitas na direção de Deus!

A justiça de Deus foi apresentada a todos, mas nem todos a receberão. Muitos se acham justos por serem bons cidadãos, mas só é cidadão do reino de Deus os que foram justificados por Cristo. Não importa o que fizemos ou o que faremos. Se Cristo não é nosso Senhor, então continuamos condenados ao fogo eterno. Da mesma forma, se Cristo é Senhor de nossas vidas, então já temos a vida eterna, independentemente do que fizemos ou faremos.

A chave da justiça de Deus é Ele próprio ser o redentor, o reconciliador, o justificador de nossas vidas, e assim sendo, já passamos da morte para a vida:

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto?
João 11:25‭-‬26 ARA
https://bible.com/bible/1608/jhn.11.25-26.ARA

Tremendo é saber que somos salvos pelo que Jesus, o Cristo, fez na cruz por nós e não pelo que fazemos ou deixamos de fazer. A eternidade está ao alcance de todos os que têm sua fé depositada no Cristo salvador. Nele somos chamados de filhos de Deus, e não mais do diabo. A religiosidade dirá que precisamos fazer isto ou aquilo, que o sacrifício de Cristo não é suficiente e que se fizermos bem alcançaremos o mérito da salvação. Não se engane, sem Jesus não há salvação, ainda que venhamos a dar nossas vidas por alguém ou todos os nossos recursos.

O sacrifício que salva é o do Filho de Deus, porque viveu sem pecado, executando toda a lei de Deus. Sem isto não há remissão de pecados. Nosso arrependimento serve para enxergarmos a necessidade do salvador Jesus. Sem isto, não acharemos ser necessário um Cristo e poderei viver buscando meu aperfeiçoamento por mim mesmo, ou através de qualquer coisa ou pessoa que não Jesus.

Olhemos para as nossas vidas e tenhamos certeza do fundamento que só há salvação em Cristo e, uma vez que fomos justificados, já não há mais condenação sobre nós. O Senhor fará a separação entre os justificados e os não justificados. Aí daquele que confia em sua própria capacidade…

Ano 2#308

Por que só Jesus salva?

Esteja absolutamente certa, pois, toda a casa de Israel de que a este Jesus, que vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo. Ouvindo eles estas coisas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar. Com muitas outras palavras deu testemunho e exortava-os, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas.
Atos 2:36‭-‬41 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.36-41.ARA

Jesus é Senhor e Cristo para nosso benefício. Foi crucificado, morto e sepultado, mas a morte não o podia reter porque é santo e não pecador! Jesus Cristo ressuscitou para ser Senhor, o Messias anunciado, aquele por quem fomos chamados à mesma santidade! Ele cumpriu os mandamentos da Lei e se tornou o sacrifício perfeito. Em seu sangue há remissão de todos os pecados!

Ao crermos em Jesus recebemos o dom do Espírito Santo como anunciado por Pedro no dia de Pentecostes. Este é o dom que faz toda a diferença em nossas vidas. Através do Espírito Santo é que a santificação prossegue. Em Cristo somos salvos e com o dom do Espírito nos santificamos. Não recebemos o dom e nem a salvação se não cremos em Jesus e ele não se torna nosso Senhor e Salvador pessoal.

Batizar-se é uma consequência da fé, um testemunho para todos os que nos cercam. Nos batizamos para morrermos e ressuscitarmos com Cristo de maneira simbólica, mas poderosa. O arrependimento é o processo que passamos por reconhecermos nossos pecados, entendermos que sem Cristo não estamos aptos aos céus e que dependemos dele para a salvação. Também é a atitude tomada de deixarmos os nossos pecados, atendendo ao chamado divino.

Sem Cristo estaríamos condenados ao fogo eterno,mas com ele estamos seguros pela promessa feita em seu sangue. Não é mérito nosso, mas totalmente dele. Não somos salvos por nossas obras e nem nos mantemos salvos por elas. É pela graça e misericórdia de Deus! Santificar-se sem Deus também seria impossível. Portanto, sejamos humildes, agradecidos e obedientes, pois grande foi o livramento recebido através de Cristo.

Quem não acredita no inferno não precisa de um salvador. Por isso a salvação começa pelo entendimento da santidade de Deus e do pecado que nos afasta dEle. Sem isto não há arrependimento. Cristo veio nos ajudar a enxergarmos nossa religiosidade que nos dava falsa segurança, evidenciando uma vida de hipocrisia e insensatez. Olhemos para nós mesmos e avaliaemos nossos corações. Quem não tiver pecados que atire pedras nos Cristãos, pois estes somos os que enxergaram seus pecados e se humilharam diante do Deus da graça e do amor, através de Cristo Jesus!

Ano 2#301

A unidade de alma deve ser perseguida pelo Corpo de Cristo!

Se há, pois, alguma exortação em Cristo, alguma consolação de amor, alguma comunhão do Espírito, se há entranhados afetos e misericórdias, completai a minha alegria, de modo que penseis a mesma coisa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento.
Filipenses 2:1‭-‬2 ARA
https://bible.com/bible/1608/php.2.1-2.ARA

Paulo nos exorta a termos unidade. Como em um exército que marcha não conseguimos distinguir o indivíduo no meio da tropa, assim deve ser a igreja, ainda que haja o individual devemos funcionar como um corpo, pensando e agindo da mesma forma, como uma massa uniforme.

Tal unidade nos fortalece e isto não é atingido com a mera participação em um culto semanal. Não é possível pensarmos da mesma forma apenas ouvindo uma pregação. Sem vida em comum, trabalho em cooperação, orações e estudos comunitários não atingiremos a comunhão declarada por Paulo. A igreja primitiva possuía uma fórmula para isto:

E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum.
Atos 2:42‭-‬44 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.42-44.ARA

Vejamos como nos tempos de Natal e Ano Novo temos mais comunhão com um grupo de pessoas com as quais passamos juntos na festividade. Estamos unidos pelo mesmo propósito, gastando um tempo juntos, comendo juntos e agradecendo um tempo abençoado por Deus em nossas vidas. Isto traz sentimento de união. Temos a oportunidade de compartilhar nossas ideias e testemunhos do que Deus fez em nossas vidas, nossos sonhos e sentimentos.

Estas coisas não devem ocorrer uma vez por ano, mas constantemente! Por isso muitas igrejas nascem nas casas de pessoas que aprendem este modelo e escalam para ambientes maiores quando o número extrapola o espaço disponível. Importa termos comunhão e unidade no evangelho de Cristo, pois além de criarmos igrejas saudáveis estaremos crescendo saudáveis no amor e no conhecimento do Senhor!

Que perseveremos em buscar a unidade do Corpo de Cristo e sejamos autênticos Cristãos e não meros expectadores de cultos semanais. É fácil viver a religiosidade se não tivermos a preocupação de expandir o reino de Deus! Sem unidade isto não é possível e criar unidade exige muito mais do que pregar ou disponibilizar os textos bíblicos. Exige viver em comunidade, estar entre as pessoas, sofrer e se alegrar com elas, ajudá-las e ser ajudado, experimentar as experiências vividas por outros, ouvir seus testemunhos, caminhar juntos!

A comunhão permite que o amor seja vivido, que as lutas sejam batalhadas juntos e a glória de Deus seja manifesta através de todo o corpo. Que esta exortação nos mova mais para perto das pessoas, ainda que isto nos custe mais em termos de perdão, suportar a ingratidão e a infidelidade. Jesus sofreu tudo isto mas nos ensinou que vale a pena, que o resultado glorifica a Deus e que importa chegarmos juntos na presença dele! Jesus Cristo sofreu por nós e devemos sofrer pelos que amamos. Sem unidade não teremos estas oportunidades.

Ano 2#300

Jesus é a luz que nos guia até Deus!

O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.
João 1:10‭-‬14 ARA
https://bible.com/bible/1608/jhn.1.10-14.ARA

O Verbo é Jesus! Ele habitou entre nós para ser a luz do mundo. Os seus eram os Israelitas, mas ele não foi reconhecido como o Messias que havia de vir. Por isso, Cristo é hoje o salvador de todo o que nele crer. Já era esperado que isto ocorresse, conforme os profetas falaram na antiguidade.

A questão continua. Os que não crêem permanecem em seus pecados, caminhando para o inferno. Sem perdão de pecados não há liberdade e nem livramento da sentença dada por Deus! Nenhum pecador entrará no Reino dos Céus! Ora, como fazer então se todos pecaram? Crendo em Jesus e recebendo o Espírito Santo de Deus.

O Natal marca o dia da encarnação do verbo que trouxe o perdão de pecados através da fé! Grande notícia de salvação, dada pelo próprio Deus que estabeleceu a sentença. Sem Cristo morremos em nossos pecados, mas temos Cristo para a remissão e redenção de cada homem e mulher! Tal fé nos faz nascer de novo, ter uma nova mente e uma nova perspectiva de vida, é espiritual e sobrenatural, não proveniente de nossas capacidades, mas da que é depositada em nós pelo Senhor!

Não crer em Jesus é cometer o mesmo erro que o povo cometeu há 2000 anos atrás. É ter a salvação ao alcance, mas ignorá-la permanecendo em seu próprio pecado. Sem Cristo só há trevas, mas nele há a luz eterna. Ele é a luz do mundo e por ele temos livre acesse à verdade de Deus! Jesus é o Cristo, o salvador do mundo! A ele devemos ouvir e seguir! Assim como os magos seguiram uma estrela para acharem o Cristo, assim devemos seguir a Cristo para nos encontrarmos com Deus!

Ano 2#296

Cristo não é um sobrenome de Jesus, é o seu título de Messias!

tendo-o encontrado, levou-o para Antioquia. E, por todo um ano, se reuniram naquela igreja e ensinaram numerosa multidão. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.
Atos 11:26 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.11.26.ARA

Jesus é Cristo, o Messias prometido, aquele que traria a solução para nossos pecados, o rei que reinará sobre todos nós! Cristo é o título dado a Jesus por ser nosso resgatador, redentor, salvador! Jesus é Senhor!

Ser cristão é ser discípulo de Cristo. É ser um pequeno Cristo, fazer o que ele fez, seguindo seus passos. Muitos se chamam de cristãos, mas o ser cristão é ser discípulo, é ter o mesmo pensamento, não apenas as mesmas obras.

A feitiçaria e o curandeirismo podem gerar cura em alguém. Por vários motivos alguém pode morrer no lugar de um ou de muitos. Mas, só Jesus nasceu da concepção de uma virgem a partir de Deus, viveu sem pecados, sendo também Deus. Só ele, tendo vivido entre nós de maneira perfeita era capaz de nos dar a remissão de nossos pecados por meio de seu sacrifício. Só Jesus é o Cordeiro de Deus que pode tirar o pecado do mundo!

Por isso só ele é o Cristo e o que melhor podemos fazer é sermos discípulos que crêem em sua obra, recebem do seu Espírito e reproduzem os ensinos do mestre.

Pai justo, o mundo não te conheceu; eu, porém, te conheci, e também estes compreenderam que tu me enviaste. Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja.
João 17:25‭-‬26 ARA
https://bible.com/bible/1608/jhn.17.25-26.ARA

Ser cristão é receber e dar o amor que vem de Deus. É viver para Deus e ser instrumento dele na vida de outros. Cristão é um pequeno Cristo e, para isto, precisa ser transformado e santificado. Não é pelas obras que realizamos, mas pela fé e conhecimento de Cristo. Se Cristo não nascer em nossos corações seremos apenas interessados na doutrina, querendo viver por um coaching e não por um salvador e Senhor.

Cristão aponta para Cristo e leva outros a conhecerem o mestre. Ser um bom cidadão do mundo não nos torna cristãos, mas o crer e viver com Cristo! Todo cidadão deve obedecer leis e ser respeitoso com autoridades e ser bom pagador. Achar que ser cristão é ser um bom cidadão do mundo é reduzir ao natural a expressão máxima do espiritual. Cristão é cidadão celestial, aquele que confessa Jesus como Senhor e possui o Espírito Santo. Este está se preparando para viver a vida eterna e não a que é deste mundo.

Cristo deu a vida por nós, viveu entre nós para nos reconciliar com Deus. Assim deve ser todo cristão, um reconciador no amor, na paz e na misericórdia. Isto não é produzido por obras, mas pela fé no Cristo, aquele que está assentado à direita de Deus Pai! Que caiam todas as nossas vaidades e pecados diante daquele que sustenta o universo por sua infinita bondade!

Cristo é Senhor e Jesus é o Cristo! E nós, quem temos sido?

Ano 2#295

Só em Cristo temos o verdadeiro Natal!

E tu, Belém-Efrata, pequena demais para figurar como grupo de milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.
Miqueias 5:2 ARA
https://bible.com/bible/1608/mic.5.2.ARA

O Messias fora profetizado, prometido desde a eternidade. Não poderia ser um homem não divino, pois como seus dias seriam desde a eternidade? Era necessário que o Filho viesse para cumprir tal promessa, para que a profecia fosse confirmada entre os homens. Jesus veio em carne e habitou entre nós! Desceu da sua glória e estabeleceu o reino de Deus na Terra. Desde então as nações estão sendo impactadas pelo evangelho!

Ninguém de Israel o esperava de forma humilde. Nem reconheceram a sua estrela. Os magos do oriente estavam atentos à profecia, com zelo foram se encontrar com o prometido, o rei de todos os povos, o salvador de todos nós! Quando chegaram ao palácio de Herodes para perguntarem onde estaria o Messias, só receberam esta palavra do local, segundo o profeta Miquéias havia declarado nas escrituras. Nada mais sabiam do Cristo nascido, do que estava trazendo remissão de pecados, vida abundante, vida eterna!

Assim como os magos, atentemos para as promessas de Deus que estão declaradas para nos darem conhecimento daquilo que Ele está fazendo a nosso favor. Os pensamentos de Deus são de paz e não de mal, para que alcancemos os nossos propósitos:

Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.
Jeremias 29:11 ARA
https://bible.com/bible/1608/jer.29.11.ARA

Deus nos mostrou o Filho para que O encontrássemos, pois onde está o Filho está o Pai. Deus é um só e suas manifestações ocorrem para que não nos percamos no caminho. Muitos confiam em si mesmos e não usufruem da condução divina. Não esperem ser bem sucedidos no reino espiritual, pois as coisas espirituais são discernidas espiritualmente, sendo que o pecado nos impede de progredirmos. Sem o perdão de pecados estaremos buscando desempenho onde não temos capacidade. Os Israelitas da época não discerniram os tempos, não reconheceram o Messias e até hoje não o reconhecem.

Sem o acesso ao Espírito Santo não há salvação. Sem o nascimento de Cristo em nossos corações não há Natal. As promessas foram dadas, Deus nos forneceu a saída e cada um será arrguido na presença de Deus no Dia do Juízo, tenha acreditado ou não. Os salvos são os que creram no salvador, estes viverão com Cristo por toda a eternidade. Estes confiaram nas promessas e são bem-aventurados, pois acolheram as boas novas! Cristo veio e trouxe salvação para todos os povos! Creia e participe do verdadeiro e único Natal!

Ano 2#292

Aproveitemos a misericórdia de Deus!

E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.
Joel 2:28‭-‬29 ARA
https://bible.com/bible/1608/jol.2.28-29.ARA

O profeta Joel profetizou a respeito da seca espiritual de Israel, seu estado de desolação, afastamento e iminente destruição proveniente de Deus. Ao mesmo tempo, revelou a misericórdia do Senhor, pois haveria tempo de arrependimento, conversão e restauração antes do Dia do Senhor!

Nestes versos do capítulo 2 de Joel vemos a declaração da vinda do Espírito Santo ocorrida no Dia de Pentecostes, uma semana depois de Jesus ter subido aos céus, para preparar lugar no reino de Deus para todos os que crerem nele como Senhor e salvador.

Neste tempo da graça, enquanto o Espírito Santo está agindo de forma tremenda, pessoas estão sendo usadas em profecias, visões, curas e milagres para glória de Deus e revelação do poder do Senhor sobre toda a Terra.

Muitos questionam se os sinais e maravilhas poderiam estar sendo manifestos depois dos apóstolos que conviveram com Jesus, mas a verdade é que já em Paulo, que não conhecera o Cristo, o poder no Espírito já estava sendo manifesto por muitos discípulos que obedeceram à grande comissão de levar o evangelho por todo o mundo.

O Espírito Santo está se manifestando em todos os lugares. Não há limite e nem impedimento para a sua obra. Que os nossos corações sejam tocados, que possamos nos arrepender e nos convertermos ao Deus Todo-Poderoso. O grande Dia do Senhor está próximo e só os que receberam deste Espírito adentrarão os céus, pois ele é o penhor, o passaporte, a confirmação da fé em Cristo Jesus, a presença de Deus em nós para toda a eternidade.

Cristo nos trouxe esta oportunidade. Sem o Espírito Santo de Deus continuaremos em nossos caminhos de pecado. Com ele temos poder de dizer não ao pecado e sim ao amor de Deus, realizando as boas obras porque santificados e gratos pela misericórdia alcançada.

Tempo de reflexão e entrega. Tempo de arrependimento e ouvir a voz do Espírito Santo. Tempo de chamar Jesus Cristo de Senhor!

Ano 2#290

Onde buscamos proteção?

Eu te amo, ó Senhor, força minha. O Senhor é a minha rocha, a minha cidadela, o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu baluarte.
Salmos 18:1‭-‬2 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.18.1-2.ARA

O salmista Davi, que ainda não era rei ao escrever este salmo, mas perseguido por Saul e pelos filisteus, sabia bem o que era estar protegido nas mãos de Deus! Por várias vezes esteve cercado por diversos inimigos, mas o Senhor o livrou de todas. A emboscada em que Davi não foi vitorioso foi quando permaneceu no palácio e desejou a mulher de um de seus guerreiros. Seus olhos se desviaram de Deus e seu coração se esqueceu dos mandamentos do Todo-Poderoso.

Ainda assim encontrou misericórdia, mas as consequências foram terríveis. A história de Davi nos ensina que onde estiver o nosso coração de lá teremos vitórias ou derrotas. Se em Deus, seremos vitoriosos nas grandes questões da vida e daremos orgulho ao Senhor. Se no mundo, nossas vitórias serão para nosso orgulho e vaidade e não nos lembraremos do Deus da graça e da misericórdia.

Importa estarmos mergulhados nos braços do Pai, pois assim prosperaremos em todas as nossas campanhas! Deus guerreia as nossas lutas quando confiamos nEle! Que lutas temos hoje à nossa frente? Por quem lutamos? Qual o objetivo delas? Se não for para a glória de Deus, então não vale à pena lutar!

Em Cristo somos mais que vencedores e chamados para estar na sua linha de frente. Lá as lutas não são contra pessoas, mas contra poderes espirituais. Tais poderes impactam a vida das pessoas, inclusive as nossas, e no Senhor temos as armas espirituais para combater o bom combate da fé! Sem Cristo somos apenas vítimas da guerra, espólio do inimigo e a mercê da invasão iminente.

No exército de Deus há miríades de anjos a nos ajudar, bem como o próprio Senhor:

O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem e os livra.
Salmos 34:7 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.34.7.ARA

Oremos e busquemos o Senhor em todo tempo. NEle encontraremos refúgio, descanso e paz. No mundo só teremos aflições. Com Jesus iremos vencer todas elas!!!

Ano 2#288

Deus é Pai e oleiro!!!

Mas agora, ó Senhor, tu és nosso Pai, nós somos o barro, e tu, o nosso oleiro; e todos nós, obra das tuas mãos.
Isaías 64:8 ARA
https://bible.com/bible/1608/isa.64.8.ARA

Glórias a Deus pelas misericórdias a nós dispensadas! O Pai foi manifesto pelo Filho e no Espírito Santo somos trabalhados na nossa constituição! O Deus triunfo realiza em nós a restauração necessária para adentrarmos na vida eterna!!!

Em Cristo passamos a ter Deus como Pai. Éramos seus inimigos, mas agora somos seus herdeiros! Maravilhosa graça nos foi dada para que hoje tenhamos este benefício. Pela obra de Deus fomos criados e somos restaurados. Tudo feito para louvor do seu nome!

Ter um Pai é ter proteção, amor, cuidados, alimento, vestimenta, teto, direção, apoio, alguém que fará por nós o que não sabemos fazer e nos ensinará o que for necessário para sermos bem sucedidos em nossas vidas. Deus nos molda como vasos de barro para servirmos ao Seu propósito maior. E isto é muito bom, pois recebemos este benefício que não é visível para muitas pessoas.

Ter esta percepção, como teve Isaías, é compreender nossa limitação e necessidade de cuidados. Saber que Deus é Pai é ainda melhor, pois nos traz esperança de dias gloriosos em sua presença. Busquemos o abraço do Pai amoroso, aquele que nos quer bem e move o mundo para que sejamos bem sucedidos naquilo que Ele nos propõe vivermos. Em Deus temos tudo o que precisamos e fora dele não há nada que devamos buscar!

Ele É Pai e também oleiro. Através das circunstâncias seremos moldados segundo a Sua vontade. Confiemos em Deus em todos os nossos caminhos. Tudo verá à pena!!!

Ano 2#285

Cristo é a resposta de Deus para a iniquidade da humanidade!

Porque as nossas transgressões se multiplicam perante ti, e os nossos pecados testificam contra nós; porque as nossas transgressões estão conosco, e conhecemos as nossas iniquidades, como o prevaricar, o mentir contra o Senhor, o retirarmo-nos do nosso Deus, o pregar opressão e rebeldia, o conceber e proferir do coração palavras de falsidade. Pelo que o direito se retirou, e a justiça se pôs de longe; porque a verdade anda tropeçando pelas praças, e a retidão não pode entrar. Sim, a verdade sumiu, e quem se desvia do mal é tratado como presa. O Senhor viu isso e desaprovou o não haver justiça. Viu que não havia ajudador algum e maravilhou-se de que não houvesse um intercessor; pelo que o seu próprio braço lhe trouxe a salvação, e a sua própria justiça o susteve.
Isaías 59:12‭-‬16 ARA
https://bible.com/bible/1608/isa.59.12-16.ARA

A humanidade caminha na injustiça e acredita estar escolhendo o que é melhor para si. Acredita no livre-arbítrio, mas como dizer que há liberdade de escolha sem ter todas as opções à disposição? Em um mundo caótico e problemático, sem o conhecimento do verdadeiro Deus, as pessoas estão escolhendo pelo que conhecem. Por isso a importância de falarmos a respeito da salvação em Cristo!

Somente Deus poderia realizar este ato, nos capacitando a cumprir nossos propósitos. A humanidade precisa de um ajudador para lhe conduzir no processo de santificação e um intercessor para que nossos pecados fossem perdoados diante de Deus. Assim Cristo veio até nós e nos ensinou o caminho, morreu para nos dar vida, perdoou nossos pecados, ressuscitou para vencer sobre a morte e enviou o Espírito Santo para nos ajudar em nossa caminhada espiritual até a Jerusalém celestial.

Jesus está preparando lugar para nós que éramos pecadores despreparados, ignorantes, sem mérito para recebermos salvação, mas nos chamou para si como o sumo sacerdote, Senhor e intercessor!  Não há outro como Cristo e nunca haverá! Não há outro capaz de nos trazer a vida de santidade que buscávamos e não conseguíamos atingir. Com Cristo vencemos a morte e estamos na caminhada da santificação. Com Cristo já vencemos a morte!

Já estamos vivendo com Cristo ou ainda estamos tentando fugir do seu senhorio? Ou estamos em Cristo ou continuamos em pecado, pois não há outro nome pela qual possamos clamar por perdão. A equação fica simples de resolver, basta nos entregarmos ao convite do Senhor para podermos entender nossa nova condição. Que possamos ter entendimento e sermos recebidos com amor por aquele que está à direita do Pai, pois para isto fez todas as coisas!

Ano 2#284