#3_213 Usemos palavras para criarmos vida!

Disse Deus: Haja luz; e houve luz.
Gênesis 1:3 ARA
https://bible.com/bible/1608/gen.1.3.ARA

Deus constrói pela palavra. Basta Ele dizer e acontece. Assim fez todo o universo, toda a criação e assim permanece em nossas vidas. Os milagres pertencem à vontade de Deus. Basta uma palavra e o sobrenatural passa a existir. Assim a viúva de Naim recebeu de volta o filho morto, assim foi com Lázaro que ressuscitou no quarto dia após sua morte.

Não sei quais os planos de Deus para a vida de cada um de nós, mas sei que posso clamar a Ele quando precisar do sobrenatural em minha vida e na vida daqueles que estão à minha volta. Nada é impossível para o Criador!

Também somos chamados para sermos a imagem e semelhança de Deus. Nossas palavras devem, portanto, gerar as condições para que algo aconteça. Isto começa no pensamento, no planejamento daquilo que pretendemos que ocorra.

Devemos ter propósito, objetivos, planos, e colocá-los todos diante do Senhor, pedindo sabedoria, direção e capacidade de realizar cada etapa. Nosso falar, a partir de então, deve cooperar para alcançarmos as metas, ainda que esteja difícil de alcançá-las.

Que possamos declarar “haja” saúde, alegria, oportunidade, benção, recursos, força, para tudo o que precisamos atingir. Palavras negativas que se oponham ao atingimento dos objetivos devem ser descartadas de nosso vocabulário.

Murmurar não é uma opção, mas o dar glórias a Deus. Fazendo assim estaremos gerando no mundo espiritual as condições para que aconteçam no natural. Sejamos criadores e transformadores deste mundo. Sejamos como o Senhor que dá a vida e a sustenta pela palavra!

#3_128 Eclesiastes 3:14

Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto faz Deus para que os homens temam diante dele.
Eclesiastes 3:14 ARA
https://bible.com/bible/1608/ecc.3.14.ARA

Eternidade para nós é um conceito difícil de entender. Pensamos em um tempo que não terá fim, mas para Deus não há tempo. Deus não existe em nossos parâmetros, Ele É, antes de nossa existência, durante e depois.

Sabermos que fomos criados significa que para nós há uma origem e muito possivelmente haverá um fim, ainda que dure tanto que pareça uma eternidade. Nunca seremos como Deus, mas poderemos estar com Ele de maneira mais próxima.

Tal conhecimento aumenta nossa percepção de como o Senhor construiu e sustenta a criação e a nossa importância em tudo isto. Há um propósito para nós nesse contexto e bom será se soubermos executa-lo.

Temos o desejo de nos tornarmos superpoderosos, criadores, estabelecedores de destinos e transformadores de nossos dias. A verdade é que isto também é vaidade porque todos desejam a mesma coisa e nada poderemos fazer que Deus já não o tenha feito e permitido que fizéssemos.

Como um pai participa do desenvolvimento do filho cuidando para que a criança cresça no caminho desejado, assim é Deus para com seus filhos. Nem todos são filhos de Deus, mas os que crêem nele através de Jesus. A estes há um tratamento de Pai e tudo que lhes ocorre é para que cheguem na presença dEle aprovados.

Aos demais caberá buscarem ou permanecerem afastados de Deus. Há um tempo enorme a nos esperar depois que morrermos aqui. A decisão de como o passaremos vai depender apenas desta vida, não nos deixemos enganar. O temor a Deus é porque sabemos que haverá justiça e esta não será feita pelo que consideramos, mas pela soberania do criador.

Deus seja louvado pela criação da vida. A Ele toda a glória, eternamente, amém!

#3_126 Salmos 24:1

Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam.
Salmos 24:1 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.24.1.ARA

Não somos donos desta terra e nem de nossas vidas. Agimos como se fossemos e é esta a razão de tantos erros cometidos.

Será que cuidamos melhor do que é nosso do que o que é dos outros? Esta também é uma importante questão que precisa estar em harmonia com a primeira.

Sermos capazes de cuidar bem do que não é nosso sem deixarmos de cuidar bem de nossas vidas é um equilíbrio somente alcançado em Cristo.

Se o Espírito Santo está em mim logo passo a ter capacidade de gerenciar muito melhor a minha vida e as coisas de Deus!

Será que sem a ajuda de Deus conseguiríamos tal facanho? O evangelho nos revela que não. Isto porque permaneceríamos em nossa vaidade de acharmos que podíamos.

Sem a luz que vem de Deus é impossível enxegarmos a verdade que nos foi encoberta pelas trevas da arrogância humana. Busquemos a Deus e entendamos a sua vontade para toda a criação! Viveremos em harmonia e paz do Espírito Santo!

#3_108 Deus projetou a vida!

Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.
Gênesis 1:27‭-‬28 ARA
https://bible.com/bible/1608/gen.1.27-28.ARA

Olhemos para as nossas mãos. São simétricas, não iguais. Possuem destreza e força diferentes, mas têm um propósito comum. São semelhantes e foram-nos dadas para que funcionassem como ferramentas para nossa sobrevivência.

Na Engenharia de Sistemas aprendemos a gerar requisitos para que funções sejam realizadas a partir da construção e operação do sistema. Temos declarada a função da humanidade em Genesis 1:28, onde devemos ser capazes de nos multiplicar e dominar sobre toda a terra.

Para isto Deus criou a humanidade a partir de dois sexos, o masculino e o feminino. Homem e mulher foram criados como as mãos, sendo semelhantes mas não iguais, complementares para realizarem o propósito de sua criação. Não adianta termos dois homens ou duas mulheres no gênero, pois os elementos para a multiplicação não estarão ali.

Ainda que exteriormente haja alguma semelhança com o gênero identificado pelo indivíduo, interiormente não há os elementos necessários para que a função seja preenchida pelo arranjo do sistema. Temos aqui uma questão de engenharia e não de identificação de gênero.

Portanto, há que se manter os requisitos do sistema para que este se desenvolva e opere da maneira para a qual foi idealizado. Quando opera fora dos requisitos o sistema é forçado a se ajustar. Pode ser que consiga por um tempo, mas haverá uma ação de manutenção corretiva. Melhor seria fazer uma preventiva para que o sistema opere na sua condição ótima, mas isto não cabe ao próprio sistema faze-lo, mas seu operador.

Importa que não deixemos de operar segundo nos foi proposto porque alguns não conseguem operar desta forma. Podemos ajudar a mostrar como devemos operar, mas cada um sabe o motivo de estar operando da forma como está. O Construtor irá fazer um recall e as peças que estão fora da especificação serão trocadas, enquanto as demais serão lubrificadas. Há esperança para algumas que puderem ser retificadas. As já totalmente comprometidas serão retiradas e destruídas.

É tempo de olharmos para nossas vidas e nos ajustarmos ao projeto da criação. Cristo veio nos ajudar a fazer isto, não só revelando o projeto, mas restaurando-nos a tempo para a próxima inspeção. Que na misericórdia do Senhor sejamos abençoados na nobre missão de nos multiplicarmos e conquistarmos a criação, sem destruí-la.

Deus se agradou do que fez e considerou tudo bom! Não achemos que a nossa forma é melhor. Não somos capazes de saber ou fazer mais do que aquilo para o que fomos criados! Preenchemos os requisitos do projeto inicial e não os de tomarmos o lugar do Criador de todas as coisas, ainda que possuamos um requisito de semelhança para com Ele!

Toda a criação depende de Cristo!

Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.
Colossenses 1:15‭-‬16 ARA
https://bible.com/bible/1608/col.1.15-16.ARA

Jesus não foi criado, sendo também pré-existeste à criação, tendo participado da formação de todas as coisas. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Tornou-se o primogênito para liderar a humanidade de volta ao caminho da santidade.

Jesus é o que podemos conhecer de Deus, a manifestação em nossa realidade, pois não suportaríamos toda a sua glória enquanto estamos neste plano. Assim, Jesus é a imagem do Todo-Poderoso, aquele que nos mostra o caminho para o Pai.

Imaginemos o poder que está em Cristo, pois nele foram criados e estão sendo sustentadas todas as coisas que hoje conseguimos perceber. Ainda assim derramou o seu sangue para nos trazer vida, perdão de nossos pecados e nos socorrer em todos os momentos de aflição.

Temos um Deus pessoal que se importa com cada um de nós. Que move as regiões celestiais a nosso favor e não se cansa ou dorme enquanto estamos em necessidade. Este é Senhor e salvador, tendo se importado com cada um neste mundo.

Cristo é rei, sacerdote, intercessor e mediador. Cristo é a imagem que nos faz perceber a glória de Deus e nos convida a participarmos dela. Observemos e Caminhemos em seus passos, pois assim estaremos na direção certa em nossas vidas! Deus seja louvado por tão grande graça!

Ano 2#287

Aflições não impedem a regeneração no evangelho de Cristo!

Disse Deus mais: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente, as quais se acham sobre a face de toda a terra, e todas as árvores em que há fruto que dê semente; ser-vos-ão para mantimento. A todos os animais selvagens, e a todas as aves do céu, e a tudo que se arrasta sobre a terra, em que há vida, tenho dado todas as ervas verdes para lhes servirem de mantimento; e assim se fez.
Gênesis 1:29‭-‬30 TB
https://bible.com/bible/277/gen.1.29-30.TB

Todos os animais foram criados herbívoros. O desvio do homem fez com que a criação sofresse a transformação da maldição trazida pelo pecado. O sangue é precioso aos olhos de Deus e não se deveria derrama-lo. Hoje temos a opção de comer carne e faz parte da nossa vida, mas não era para ter sido assim. Da mesma forma o desejo da mulher hoje está submetido à seu marido, mas não era para ter sido assim.

O pecado transtornou o mundo como somos hoje como humanidade. Estes desvios só serão anulados quando houver a manifestação da glória de Deus e do seu povo.

A ardente expectativa da criação aguarda a manifestação dos filhos de Deus. Pois a criação ficou sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou, na esperança de que também a própria criação será libertada do cativeiro da corrupção para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Ora, sabemos que toda a criação, juntamente, geme e está com dores de parto até agora;
Romanos 8:19‭-‬22 TB
https://bible.com/bible/277/rom.8.19-22.TB

Há tantas coisas que não deveriam ser como são, mas que hoje padecemos por causa do pecado original em Adão. Teremos que conviver com estas dificuldades, ainda que creiamos e nos santifiquemos. Estamos em um mundo corrompido pelo pecado e ainda que nos transformemos no evangelho estaremos lutando com as dificuldades impostas pela condição que o mundo está.

Assim, vivamos conscientes de que ainda há morte, doenças e diversos problemas e aflições a serem enfrentadas. É a condição de todo ser vivente. Salomão já declarava que debaixo do sol era praticamente igual para todos os viventes, servos ou não de Deus. Verdadeiramente o Sol brilha e a chuva cai para todos, as pandemias mataram e matam pessoas de todas as classes, etnias, países e religiões, não escolhendo determinada condição. O evangelho faz diferença no hoje porque transforma os homens sem fazer separação também, trazendo paz, prosperidade e vida abundante no Espírito.

Jesus deixou claro que o reino dele não era daqui, pois que este reino está caído. No tempo do fim haverá um novo céu e uma nova terra, sendo que o jardim de Deus estará novamente disponível para todos os povos! Grande será a manifestação do poder de Deus na criação para que tenhamos novamente acesso a tudo o que Deus planejou para nós. Até lá o nosso papel é o de buscar a nossa transformação diária em preparação aos novos tempos que viveremos. O pecado não entrará neste novo lugar e nem o pecador não justificado.

Não devemos dar a desculpa de que o mundo nos aflige, pois o Espírito Santo está derramado para ser recebido por fé em Jesus e habilitar esta transformação. O mundo ainda permanecerá assim por um tempo, mas nós não devemos permanecer como estamos. A conversão por arrependimento é necessária e Jesus já nos deu o escape. Cada um faça a sua parte e busquemos fortalecer uns aos outros durante as aflições que nos cercam e cercarão até a manifestação da glória de Deus!

Ano 2#239

Aprendamos com a criação!!!!

Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia profere palavras a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há fala, nem palavras; não se lhe ouve a voz. Por toda a terra estende-se a sua linha, e as suas palavras vão até os confins do mundo. Neles, pôs uma tenda para o sol, o qual, como noivo que sai do seu tálamo, se regozija, como herói, para correr a sua carreira.
Salmos 19:1‭-‬5 TB
https://bible.com/bible/277/psa.19.1-5.TB

A beleza da criação fala sozinha do poderio de Deus. O universo proclama a maravilha do que podemos enxergar da manifestação do que o Todo-Poderoso preparou para a nossa vida neste plano de existência. Não temos noção do que será na eternidade, pois se já é difícil conhecermos o que é visível, o invisível se torna ainda mais misterioso em nossas mentes limitadas.

No entanto, a beleza, o critério, o cuidado, o amor, a precisão dos eventos cósmicos nos revelam que será ainda mais espetacular o que nos aguarda. Ainda assim devemos usufruir de todo o mundo criado, experimentando a graça e o amor de Deus. Observar a criação é também um gesto de adoração a Deus, em gratidão. Sabemos que nem todos os lugares são agradáveis de viver por causa da interferência humana, mas outros se tornaram agradáveis por causa dela

Séculos atrás seria inviável viver no deserto ou ilhas isoladas, mas hoje temos a capacidade de tornar estes lugares habitáveis. Multiplicar-se e ocupar toda a terra foi uma ordenança divina. Não há lugar proibido senão aquele que se torna um ídolo em nossas vidas. A criação deve nos lembrar de Deus, não ser adorada no lugar de Deus! Agradar-se do que agradou a Deus é dar valor ao que Ele dá!

Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e houve manhã, dia sexto.
Gênesis 1:31 TB
https://bible.com/bible/277/gen.1.31.TB

Cuidemos da criação, pois também é uma ordenança. É usufruir de maneira racional e transformar em um ambiente que gera vida e sustenta a vida. Precisamos de sabedoria de Deus para que isto seja possível sem termos de viver como índios, pois também devemos nos multiplicar na terra e não há conquista sem retirar plantas e montes para gerar habitação. O segredo é olhar para o Criador e entender Sua mensagem. Um dia revela o que se aprendeu para o dia seguinte, pois a gestão do conhecimento nos ajudará a não repetirmos os erros do passado.

Homens ignoraram os desígnios de Deus e se destruíram e destruíram a criação. Sem amor continuaremos a não valorizar onde vivemos e com quem convivemos. Sem olharmos para Deus nos esqueceremos de quem somos e por que estamos vivendo aqui. O risco de se viver sem Deus é permanecer na eternidade desta mesma forma!

Ano 2#238

Há um antes e um depois de conhecermos a Cristo!

Então, caí por terra, ouvindo uma voz que me dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Perguntei: quem és tu, Senhor? Ao que me respondeu: Eu sou Jesus, o Nazareno, a quem tu persegues.
‭‭Atos‬ ‭22:7-8‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/act.22.7-8.ara

Paulo testemunhou muitas vezes a respeito do seu encontro com Jesus. Era um perseguidor de cristãos antes de conhecer a Cristo. Depois, passou a ser o maior evangelizador descrito na Bíblia. Assim como no calendário ocidental temos a escala temporal dividida em antes e depois da vinda de Cristo, assim será a vida de quem desconhecia e passa a conhecer o Senhor!

Jesus Cristo é a manifestação presente da graça de Deus em forma humana, em palavra, em ação, em misericórdia, redenção e amor dentre tantas outras manifestações possíveis de serem apontadas. Em Cristo recebemos a visão do que era para sermos na criação do mundo. O Filho tornou-se o modelo do Adão que não fora no Éden, da obediência até a morte para que a vida de todos os que creem seja preservada.

Antes da humanidade ser criada Cristo já existia e permanecerá para sempre, pois nele tudo que existe se mantém e no seu poder são geradas. Enquanto o desconhecemos não conseguimos estabelecer o entendimento de quem verdadeiramente somos e a natureza santa de Deus. É por isso que podemos nos desviar tanto ao ponto de perseguirmos aqueles que vivem para a glória do próprio Deus e achamos que também O estamos adorando!

Testemunhar o antes e depois de nosso encontro com Cristo é uma atividade perene na vida do cristão. É a oportunidade de ajudarmos a construir fé no coração dos desesperançados, dos que ignoram a oportunidade trazida por Cristo e a verdade do que espera a humanidade no Dia do Juízo de Deus. Jesus é a esperança dos que estão mortos em seus pecados e caminhando para a auto-destruição. É a virada na vida de todos nós, quem traz a verdadeira vida e que ilumina as trevas existentes em nossos corações e mentes.

Antes de Jesus estar em nós seremos egoístas e vaidosos. Não teremos a visão celestial e nossa lógica será a do mundo. Ao termos Jesus em nossos corações passaremos a buscar a natureza espiritual. Nossa lógica será a do Espírito e desejaremos sermos abençoadores de vidas. O mundo, ainda que sombrio, torna-se um lugar de exercícios, passa a possuir cores diferentes e apresenta novas oportunidades. A diferença agora está em nossa percepção de filiação e propósito e isto faz toda a diferença!

Com Cristo já vencemos o mundo, mas sem ele ainda estamos lutando pelo trivial, com desânimos e tribulações que parecem não ter solução. Quando o conhecemos tudo se transforma e até a tribulação se torna um trampolim para coisas maiores em nossas vidas. Quem deseja ter uma vida segundo a vontade de Deus precisa conhecer Jesus. Ignora-lo é permanecer sem esperança, com medo do amanhã e com a percepção do julgamento de Deus.

Conhecer Jesus Cristo é tudo de bom para as nossas vidas. Nele há salvação e vida eterna, alimento e descanso, segurança nas tribulações e a certeza de estarmos com Deus no Grande Dia! Busquemos ao Senhor!

Ano 2#100

Qual o papel da fé na evolução do homem?

Disse também Deus: Haja luzeiros no firmamento dos céus, para fazerem separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais, para estações, para dias e anos. E sejam para luzeiros no firmamento dos céus, para alumiar a terra. E assim se fez. Fez Deus os dois grandes luzeiros: o maior para governar o dia, e o menor para governar a noite; e fez também as estrelas. E os colocou no firmamento dos céus para alumiarem a terra, para governarem o dia e a noite e fazerem separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom. Houve tarde e manhã, o quarto dia.
‭‭Gênesis‬ ‭1:14-19‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gen.1.14-19.ara

Não há como em tão pequeno texto sermos capazes de resumir sem trazer simplificações grotescas ao entendimento de um assunto tão profundo se não adensarmos nosso discurso. Querendo falar da fé entre o Criacionismo e o Evolucionismo, tentaremos exemplificar a importância de olharmos o quadro geral ao invés de debates mais específicos.

A Bíblia expõe a criação do universo em uma sequência temporal que declara a vontade de Deus de gerar um ambiente pronto para a habitação da Sua criação. Assim vemos a geração de bilhões de estrelas de forma magnífica para que os tempos fossem estabelecidos para o acompanhamento da nossa história. O que sabemos pelas Escrituras é que ao sermos criados, já na forma adulta e sem uma derivação de algum tipo de criatura pré-existente, o universo já tinha uma aparência de bilhões de anos.

Assim como o homem foi criado já com aparência adulta, pelo entendimento bíblico, o universo também foi definido assim. Se usarmos nossa ciência, pelos cálculos de movimento de galáxias, teríamos bilhões de anos de existência do universo, e ainda assim estamos tateando para justificarmos se está em expansão ou contração, e nem temos como garantir que a teoria do Big-Bang (criada por um homem de fé), é verdadeira!

Quanto mais mergulhamos na ciência, mais nos maravilhamos com o detalhe do funcionamento do universo e da vida. Quando olhamos para as tecnologias humanas do 5G, dos carros elétricos, dos foguetes que levam máquinas a funcionarem em outros planetas já ficamos boquiabertos com a precisão e a beleza de como funcionam. E funcionam porque estão estabelecidos em conceitos matemáticos, materiais, química, física, teorias advindas do conhecimento do universo. Assim como vemos o design inteligente de carros e smartphones, como dizer que o universo é função do acaso?

Acreditar no acaso depois de estudarmos tanto para entender um funcionamento é ir na contramão da ciência. Portanto, ignorar o design inteligente não é nem fé e nem ciência, mas teimosia em não dar crédito a Deus! Cada um dará conta de sua teimosia, pois a natureza mostra em detalhes o cuidado de sua criação e evolução (Romanos 1). A partir da criação com idade aparente todos os seres se adaptaram às mudanças ambientais e da alteração causada pelo pecado do homem, que deixou de ser apenas herbívoro para se tornar onívoro. Tudo isto está explicado na Bíblia, mas a ignoramos e, muitas vezes, preferimos desconhecer para critica-la. A verdade é que ao conhece-la vamos nos rendendo a Deus por Sua imensa sabedoria e zelo para conosco!

A fé é acreditarmos que Deus criou o universo e suas leis, que o homem é criação cuidadosa de Deus e que se seguirmos o que Ele estabelece em Seu manual de vida, a Bíblia, seremos felizes em nosso pequeno tempo de vida. Ao querermos ignora-lo acabamos por gerar um caos à nossa volta e perdemos parâmetros para nos relacionarmos com Ele e com os demais homens. Interessante notar quantas descobertas científicas foram feitas por homens tementes a Deus! A ciência não impede a fé e nem a fé ao crescimento da ciência. Isto só ocorre quando há negacionismo por desconhecimento das coisas. Quanto mais conhecermos mais nos renderemos a Deus.

A verdadeira evolução é fruto do conhecimento em todas as áreas. Quanto mais meditarmos e estudarmos as Escrituras e toda ciência, mais nos aproximaremos do entendimento de um Criador amoroso e isto nos trará uma humildade cada vez maior até em relação ao nosso próximo. A fé traz respeito e revelação do amor para conosco e esta se chama Cristo, o verbo que gerou a vida em todo o universo!

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.
‭‭João‬ ‭1:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.1.1-5.ara

Ano 2#65

Qual o valor de uma vida para Deus? E para nós?

Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente.
‭‭Gênesis‬ ‭2:7‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gen.2.7.ara

Sempre pensamos em criar e construir coisas. Fomos criados a imagem e semelhança de Deus. Em nossas mentes criamos mundos e situações, ainda que não consigamos gera-las na vida real como Deus fez e faz!

Programadores de jogos eletrônicos criam cenários, enredos, seres eletrônicos de todos os tipos que obedecem a regras e padrões pre-estabelecidos, até que aprendam novos comportamentos em relação aos jogadores que se opõem ou colaboram nas tarefas dos jogos. Temos tentado estabelecer cópias de nós no mundo virtual, mas são muito aquém do que somos para Deus.

Nem de perto nossas criações possuem vida real ou tem o valor que temos, mas para o seu criador há toda a alegria de ver sua criação “vivendo” no mundo criado para ela. Outra grande diferença é que nossas cópias não possuem muitas diferenças entre si e acabam alcançando limitadas diferenças de comportamento nos computadores de cada jogador.

Deus nos criou com grande liberdade de expressão, adoração, alegria, funcionalidades, dons e toda a sorte de capacidades, ainda que acabemos por imitarmos uns aos outros e gerarmos comportamentos muito semelhantes em geral. Mas, a pior parte é que ainda não conseguimos valorizar a vida preciosa que temos. Por que digo isto? Por que, em geral, não nos importamos muito com o que está acontecendo fora das nossas vistas ou áreas de atuação. Não estamos comovidos com as milhares de mortes por pandemias ou fomes, e só culpamos governos e autoridades quando estas nos impactam diretamente.

Uma vida possui tudo o que o Criador idealizou e sua morte é a interrupção de infinitas possibilidades de transformação deste mundo. Indivíduos enfrentaram exércitos, descobriram vacinas, luz, comunicações, sistemas de transporte, arte, descreveram com palavras o mundo à nossa volta, registraram cenas que nos impactam até hoje, desbravaram novas fronteiras, mas também destruíram muitas vidas com suas vaidades e egoísmo.

E a nossa vida? Termina aqui ou há algo mais? Viveremos apenas para nós mesmos ou vivemos para expor nosso conteúdo guardado em nossos corações e mentes construídos pelo Criador? Iremos reclamar do cenário e nos atermos às limitações ou vamos buscar transformar o mundo à nossa volta para refletir o amor de Deus?

Quanto vale a nossa vida e a das outras pessoas?

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
‭‭João‬ ‭3:16‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.3.16.ara

Deus se importa com a sua criação e nos enviou o seu Filho para que nos lembrássemos do nosso valor como indivíduos e como coletividade! Há muito mais a ser feito através de nossas vidas, mas valor só é dado quando se compreende quem somos e o que se espera de nós. Deus enviou Jesus para que todos que crerem nele se tornem filhos de Deus, como na origem do mundo, com o propósito de amarmos e transformarmos esta Terra!

Assim, que possamos conhecer o Filho e o Pai, que possamos enxergar o valor de uma vida e nunca mais iremos ignorar o sofrimento alheio. Uma vida vale muito diante de Deus e deve valer para nós também. Confiemos no amor de Deus e o pratiquemos. Fazendo assim estaremos exercendo nossa filiação e valorizando a criação do Senhor para todo o sempre!