Quem se esconde nas trevas, nelas viverá pela eternidade…

O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem arguidas as suas obras. Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.
‭‭João‬ ‭3:19-21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.3.19-21.ara

Adão e Eva se esconderam de Deus logo que pecaram. Nosso reconhecimento do mal praticado nos faz querer que tais coisas fiquem em segredo. Alguém que rouba esconde a prática, da mesma forma que o vício da bebida, drogas e sexo não são comumente praticados de dia, na frente de qualquer pessoa.

Tais atos, no entanto, já estão ficando comuns de se ver de noite. Pessoas se prostituem e se drogam em áreas públicas, sem se darem conta de terem perdido a vergonha de esconderem seus atos. O mesmo está acontecendo na corrupção, onde receber “propina” se tornou algo comum, sem nem mais esconderem de juízes e promotores, alegando ser a prática adotada por todos.

Ora, se todos fazem, então deixou de ser um problema, certo? Errado! Pecado continua sendo pecado, erro continua sendo erro, corrupção continua sendo corrupção, bem como prostituição, adultério e mentiras, para enumerarmos alguns pecados. O viver deste modo é amar as trevas ao invés da luz. É amar as obras do diabo e ignorar as de Jesus!

Cristo veio trazer a única forma de vivermos com Deus, pois se continuamos a viver em pecado, jamais entraremos no reino dos céus. Sem o sacrifício de Cristo não poderíamos receber a justificação de nossos pecados, zerar a conta. Como pagar uma dívida quando estamos cheios de dívidas? Mas se alguém pagar as anteriores e pararmos de ter de pagar os juros, não será possível honrar novos compromissos?

Sem o perdão de nossos pecados não haveria como deixarmos de pecar. Com o Espírito Santo em nós, seremos capazes de dizer sim para Deus e não para o pecado. Viveremos na luz e não nas trevas, amaremos a verdade e não a mentira, a santidade ao invés das mazelas do pecado!

Sem Cristo não seremos transformados e continuaremos nas trevas. Ama-lo é amar a luz. Ignorar sua redenção é amar as trevas, pois não estamos desejando mudar de atitude diante de Deus. Haverá um dia em que seremos julgados, na luz, onde tudo o que tivermos feito e não tiver sido perdoado será usado para nos mostrar que não desejamos a luz e seremos mantidos nas trevas que desejamos ficar. O inferno é o lugar onde os que vivem nas trevas permanecerão por toda a eternidade, dentro do lago de fogo, pois é o desejo de quem preferiu viver afastado de Deus.

Deus será justo com a humanidade, pois a ama enquanto pecadores somos, dando a todos a opção de irem para a luz através de Cristo ou permaneceram nas trevas por vontade própria. Não vai adiantar colocar a culpa no diabo, serpente ou Satanás, pois ele não decide em nosso lugar. Ele apenas coloca na nossa frente aquilo que nos faz desejar o erro, mas não faz por nós. Cada um examine-se a si mesmo e tome a decisão de sair das trevas para a luz!

A porta é estreita, mas ainda está aberta para a nossa salvação! E aí? Vamos busca-la ou permaneceremos escondidos de Deus para sempre?

Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.
‭‭João‬ ‭10:9‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.10.9.ara

Precisamos de unidade espiritual em Cristo!

Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual a si mesmo se deu em resgate por todos: testemunho que se deve prestar em tempos oportunos.
‭‭1Timóteo‬ ‭2:5-6‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/1ti.2.5-6.ara

Em uma empresa há pessoas de Recursos Humanos, atendentes, diretoria, profissionais de diversas áreas que contribuem para o mesmo fim. Nas Forças Armadas, temos uma para defender nos ares, outra nos mares e outra na terra, mas todas possuem um mesmo objetivo a ser defendido:a soberania da nação a que servem.

Este versículo nos trás a lembrança que em todos os círculos Cristãos não podemos esquecer que há um só Deus e só Jesus é o mediador entre nós e este Deus! Nossas doutrinas nos ajudam a entender como executar nossas tarefas de acordo com as nossas capacidades e convicções de dons recebidos, mas jamais podemos entrar em desacordo à respeito da missão e da nação a que servimos.

Enquanto Fariseus e Saduceus discutiam entre si quem estava certo Jesus estava curando e libertando cativos espirituais. Os religiosos perderam a festa tão aguardada por séculos e hoje isto está acontecendo de novo entre as denominações genuinamente Cristãs. Não importa se um é Católico ou Protestante, Tradicional, Pentecostal ou Carismático, enquanto estivermos brigando entre nós para dizermos quem está certo, Cristo terá de voltar para fazer o trabalho que nos foi dado por ele.

Forças armadas e perfis profissionais de empresa tem seu papel a desenvolver, cada um com sua característica. Não é questão de certo ou errado, mas de trabalharmos em conjunto para realizarmos a tarefa, cada um na sua especialidade. Só precisamos estar de baixo da mesma bandeira ou organização, e isto precisa ser resolvido de uma vez por todas.

Cristão tem em Cristo o único mediador entre si e Deus, pois era necessária a expiação (perdão completo) de pecados a partir de um sacrifício perfeito. A morte de Jesus na cruz foi necessária para que a justiça de Deus pudesse ser aplicada a toda a humanidade que nele crer. Portanto, ninguém mais é digno e nem pode estar à direita de Deus intercedendo por nós. Se esta não é a sua crença então ainda não és Cristão por fé e nem entendimento de quem é Cristo, o Filho de Deus! Se temos a mesma fé, então temos a mesma tarefa a realizar, que é caminhar com Cristo amando-o e ao próximo.

Nesta caminhada teremos desafios e batalhas. Uns executarão a tarefa que possuem a nível gerencial, outros na execução. Uns combaterão com uma doutrina, outros com outra. E todos estão fazendo a sua parte em direção a alcançarmos a missão de fazermos Cristo conhecido de todos. Se eu ensinar um Jesus diferente do que a Bíblia ensina, então sou um espião dentro das fileiras, sou um profissional que destruirá a organização ou alguém das fileiras que trairá o próprio exército incitando fogo “amigo”.

Ao invés de lutarmos entre as denominações Cristãs devemos é nos amar primeiro, respeitando as nuances operacionais, desde que o Deus seja o mesmo e assim o mediador Cristo. De resto, cada um dará contas ao Senhor no dia de recebermos a promessa. Até lá, cuidemos de como vivemos e como falamos. Sejamos colaboradores ao invés de julgadores no lugar de Deus. Não podemos cair no erro dos Judeus e perdermos a festa que Jesus nos chamou para atendermos, pois o preço é ficarmos de fora por toda a eternidade.

Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.”
‭‭Mateus‬ ‭12:30‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.12.30.ara

Cristo é o maior pregador de todos os tempos!

Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina; porque ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas.
‭‭Mateus‬ ‭7:28-29‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.7.28-29.ara

É fácil saber quando alguém entende ou não de um assunto durante a sua explicação. A naturalidade com que fala, as ideias bem estabelecidas e nossa facilidade em entender o que foi dito mostra a capacidade de síntese e transmissão de quem ensina um assunto. Quando não conhecemos é difícil explicar e até mesmo de fazer entender-se.

Jesus explicou sobre o reino de Deus de tantas maneiras que as pessoas se maravilhavam com ele. Usou de várias parábolas (ainda que o significado não fosse transparente para alguns propositalmente) entendia-se a comparação com as coisas do dia-a-dia, estabelecendo uma base para discussão. Falar do espiritual para pessoas carnais demandou um repertório notável do Senhor.

Jesus, sendo Deus e criador de todas as coisas sabe muito bem como falar de si mesmo e explicar as coisas que construiu. Os profetas foram inspirados por Deus e, portanto, souberam o que Cristo quis que soubessem e falaram dele mesmo. Não foi à toa que Jesus confirmou todos os profetas e livros da Lei. Jesus declarou que veio cumprir o que dele estava declarado e toda a Lei seria espiritualmente embutida no coração daqueles que cressem na sua pessoa.

Jesus é o cumprimento da própria palavra verbalizada nas escrituras. Por isso foi chamado de Verbo pelo apóstolo João! E o Verbo se fez carne e habitou entre nós (João 1.14a). Sua glória foi vista e agora é conhecida de todos que creem nele! Em Cristo temos a explanação da criação, queda e redenção da humanidade, também a direção, libertação e santificação. Nele reside toda a sabedoria e a paz que nos levam à adoração. Em Cristo temos o alimento e a bebida eternas que nunca mais permitirá termos fome ou sede.

Nele há justiça e poder, residem todas as misericórdias e tudo o que de bom possa existir. Ele também é nosso advogado e viveu uma vida humana para se tornar o primeiro dos filhos ao invés de ser o único Filho! Jesus sabe todas as coisas e, por isso, maravilha a todos que o ouvem até nos dias de hoje. Não há como não ser capturado por sua mensagem de amor e arrependimento de pecados, pois veio para salvar a nós pecadores através do seu próprio sacrifício!

Jesus tem toda autoridade para falar o que falou e estabelecer em nós o reino de Deus. Quem mais pode fazer isto por nós? os grandes pregadores falam do que vivem e conhecem. Portanto, não há maior pregador do que Cristo, pois conhece tudo e viveu plenamente a mensagem que deixou para nós! Ele é o mestre e se quisermos segui-lo iremos beber e comer de sua fonte inesgotável, vindo de sua própria pessoa!

Cego que guia cego leva outros para precipícios!

Então, aproximando-se dele os discípulos, disseram: Sabes que os fariseus, ouvindo a tua palavra, se escandalizaram? Ele, porém, respondeu: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada. Deixai-os; são cegos, guias de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, cairão ambos no barranco.
‭‭Mateus‬ ‭15:12-14‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.15.12-14.ara

Fariseus representam a religiosidade humana, no sentido pejorativo. Conhecer as escrituras, mas vive-las apenas cerimonialmente, sem sermos transformados de verdade é o que aprendemos ser espírito de religiosidade. Jesus havia falado da contaminação espiritual, como explanamos em outra mensagem e agora os religiosos estavam escandalizados por terem sido confrontados.

O problema da religiosidade é que ela parece ser coisa boa, pois afinal estamos participando das reuniões espirituais, falamos de Deus e buscamos jejuar e orar como deve ser feito. No entanto, se isto for fruto de desejar ganhar a salvação eterna, estaremos enganados e enganando outras pessoas. Sendo a salvação pela fé em Jesus Cristo, o Espírito Santo nos dará o desejo da prática destas coisas e não estaremos fazendo troca com Deus efetuando-as.

Guiar cegos sendo cego é mostrar um caminho que não enxergamos. É ensinar sem conhecer, discipular sem ser discípulo. É falarmos de Jesus sem que ele seja nosso Senhor e salvador. É aponta-lo como um ser altamente espiritual ao invés de ser Deus. É substitui-lo por outros homens e mulheres que já estão mortos e dar-lhes o crédito das bençãos recebidas.

Jesus é o Filho de Deus e o único que está assentado à direita de Deus. Foi o único que morreu e ressuscitou dos mortos para nos dar a vida eterna, porque não pecou. Estava na criação do mundo e estará na sua destruição. Não é um coitado pregado e chamado perdedor, mas o vencedor sobre o pecado e a morte!!!!

Se alguém não ensina Jesus como o único caminho para a salvação então é cego e guia outros cegos. Queridos, se você está se escandalizando com estas palavras então medite, pois os religiosos se sentiram da mesma forma. Não desejo ofende-los, mas trazer o correto entendimento de quem é Jesus Cristo, o Filho de Deus!

Que o Espírito Santo traga o correto entendimento de Cristo aos nossos corações e, tomando a atitude de reconhece-lo como Senhor, passemos a enxergar e ajudar outros a alcançarem a eternidade.

O evangelho ensina que aqueles que não receberem a Jesus como Senhor não foram alcançados pelo Espírito Santo (plantados) e não entenderão estas coisas. Por causa disto, não tomarão posse da eternidade e estarão vivendo apenas no mundo carnal, ainda que tenham experiências espirituais fora do que ensina o evangelho de Cristo.

Precisamos parar e olhar para nossas vidas. Se Jesus não é Deus ou poderoso para nos salvar, então é tempo de clamarmos pelo Espírito Santo de Deus. Com o Senhor estaremos saindo das trevas para a luz e passaremos a enxergar como devemos. Longe dele só há trevas, ainda que eu ache que enxergue alguma coisa…

Natal é amor! Cristo nasceu para nos trazer vida!

Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra.
‭‭Mateus‬ ‭2:11‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.2.11.ara

Os magos encontraram Jesus pois seguiram os sinais e diretivas. Acharam-no em casa, com alguns dias de nascido, e se alegraram! Viram a promessa se cumprir e seus olhos contemplaram a salvação de Deus!

Aproximaram-se do Senhor, ainda que um recém-nascido, e o trataram como a um rei. Vieram à sua presença com presentes caros, como oferta a quem tem toda a honra e a glória!

Estes magos entenderam o que os judeus não haviam sequer esperado. Enxergaram os sinais e se aproximaram para louvor e adoração ao Rei dos reis e Senhor dos senhores, ao maravilhoso conselheiro, Deus forte, pai da eternidade e príncipe da paz!

Jesus é rei, sacerdote, Senhor, salvador, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, o redentor, o Cristo, o messias que havia de vir! Ele veio em forma humana, nascido de uma virgem, para luz da humanidade. Hoje a história se divide em antes e depois da primeira vinda de Jesus e depois será marcada pelo reino milenar de Cristo!

Como estamos vivenciando nossa entrega a Cristo? O adoramos e louvamos como Senhor? Temos a noção de sua divindade ou a desprezamos? Importa saber que somos irmãos de Jesus. Mas, precisamos aprender com Tiago e Judas que também nasceram de Maria, a partir da união com José, que entenderam a condição de servos, ainda que irmãos.

Jesus é amigo e também pastor! Ele é o que precisamos que ele seja em nossas vidas, desde que saibamos quem somos em Jesus também! Portanto, louvemos e adoremos o Senhor!

Que a ação do Espírito Santo nos revele a cada dia mais as grandezas de Cristo e nos capacite a nos tornarmos como ele é! Fomos chamados a isto, a sermos a imagem e semelhança de Deus. E, para nós, não há como não olharmos para Cristo, pois foi assim que o Pai nos revelou o Seu amor!

Que estas revelações nos façam admirar a criação e respeitar o nosso próximo. Se Jesus é Deus e veio nos servir na Terra, como nós não poderíamos deixar nossa vaidade e servirmos a quem precisa? Assim, amemos como Cristo nos ama. Esta é a lição que o Natal nos ensina! Deus desceu até nós por amor!

Os sinais estão aí! Perto está o Senhor!

Tendo Jesus nascido em Belém da Judeia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo.
‭‭Mateus‬ ‭2:1-2‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.2.1-2.ara

Ontem tivemos o alinhamento do nosso planeta com as órbitas de Júpiter e Saturno. Nos céus pudemos observar o aumento da luminosidade destes dois planetas como se fosse uma estrela. Sinais como estes foram declarados em várias partes da Bíblia, para anunciar tempos e eventos que apontam para a execução do plano de Deus!

Assim foi no nascimento de Jesus. Daniel havia deixado ensinos na Babilônia, pois era chefe dos sábios e magos. Descreveu como seria a vinda de Jesus, assim como Isaías profetizou o local do nascimento. Os magos não eram reis, mas sábios. Tampouco chegaram no dia do nascimento, mas após, como nesta e outra passagem deixam bem claro. O sinal no céu marcou o caminho para Jerusalém, até que recebessem a dica, segundo os escritos de Isaías, que deveriam ir até Belém.

Jesus veio em um tempo definido e os sinais deixaram evidente a sua chegada. Assim é nos dias de hoje:

E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém tudo isto é o princípio das dores. Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo. E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.
‭‭Mateus‬ ‭24:6-14‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.24.6-14.ara

Nunca houve tantos terremotos e vulcões com seus abalos. Ontem mesmo no Havaí o Kilauea derramou suas lavas em meio a um terremoto de 4,4 Graus. Com a pandemia do COVID muitas pessoas estão sendo colocadas na linha de pobreza e as ajudas humanitárias praticamente foram paralisadas para não haver contaminação. Para pouparmos nossas vidas deixamos a dos outros de lado. O amor se esfria desta forma!

Na China está havendo uma perseguição aos Cristãos como nunca antes, além de diversos países que estão endurecendo suas políticas para que o evangelho não penetre. No entanto, nunca se teve tanta oportunidade de pregarmos o evangelho! Como nos tempos de Jesus na terra as estradas romanas permitiram a rápida propagação do Cristianismo, a Internet de nossos dias está fazendo o mesmo!!!

Nunca houve tantas pregações e, ao mesmo tempo, tanto desvio doutrinário a respeito do verdadeiro evangelho. Igrejas se tornando clubes, crentes vivendo para a prosperidade nesta terra, pessoas ignorando os preceitos de que o pecado continua afastando as pessoas de Deus, a partir de um falso evangelho da inclusão, idolatrias em denominações ditas Cristãs, onde Cristo não é o centro da mediação entre Deus e o homem, e muitas outras situações que já tínhamos sido avisados pelo Senhor!

O certo é que Jesus está às portas e o princípio das dores está aí, para quem entender e estiver em vigilância e oração. Os sinais nos foram dados para nos prepararmos. Grande deve ser a nossa alegria, pois a nossa recompensa está chegando! Importa permanecermos firmes no caminho que o mestre nos deixou e este é o amor para com as vidas que ainda não receberam a Cristo como Senhor e salvador!

Esta é a semana onde o mundo se lembra de que Deus enviou ao mundo seu Filho, como a boa nova em que há salvação para quem receber Jesus em seu coração! Esta é a nossa esperança e alegria e os sinais nos avisam de que chegou a hora de buscarmos a todos que estão à nossa volta. Não percamos tempo, pois sobrou muito pouco! Perto está o Senhor!

Jesus Cristo é perfeito para sempre

Com efeito, nos convinha um sumo sacerdote como este, santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus, que não tem necessidade, como os sumos sacerdotes, de oferecer todos os dias sacrifícios, primeiro, por seus próprios pecados, depois, pelos do povo; porque fez isto uma vez por todas, quando a si mesmo se ofereceu. Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens sujeitos à fraqueza, mas a palavra do juramento, que foi posterior à lei, constitui o Filho, perfeito para sempre.
‭‭Hebreus‬ ‭7:26-28‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/heb.7.26-28.ara

Jesus é sacerdote para sempre. A Nova Aliança foi feita em seu sangue vertido na cruz. O sacrifício perfeito! O Cordeiro de Deus tira o pecado do pecador, pois seu sacrifício é eterno e não precisa ser renovado como o dos homens!

Sendo Jesus o sacerdote perfeito e o sacrifício perfeito, tornou-se o único mediador da Nova Aliança. Pela fé em Jesus somos reconciliados com Deus. Pois bem, este é o evangelho da graça!

Assim como Jesus não precisa fazer sacrifícios diários por nós, não deveríamos pecar diariamente. Espera-se que uma vez liberto de um pecado sejamos firmes em não permanecermos nele.

A santificação é este processo individual de permanecermos fora da prática de pecados. E a melhor maneira de fazermos isto é seguimos os passos de Jesus. Ser discípulo do mestre é amar pessoas que não estão nem aí com o próprio Jesus.

E este amar independe do resultado do retorno recebido. No entanto, amar não significa fechar os olhos ao pecado. Jesus perdoava, mas sempre dizia para que o pecado não fosse mais praticado.

Precisamos perseverar na palavra que nos foi dada, em nos mantermos em comunhão, comer à mesa juntos, partilhando a comida que temos recebido com alegria e em orarmos sempre que possível (Atos 2:42). Tal atitude gerará em nós um compromisso de uns pelos outros e o amor crescerá dentro de nós.

Sem relacionamentos passamos a nos preocupar apenas conosco. E Jesus desceu dos céus para que isto deixasse de ser assim. Nossa vida será mais expressiva quando pudermos compartilhar do que temos recebido em dons no Espírito Santo.

Importa que em Jesus temos o sacerdote perfeito e permanente, pois é imortal e sem pecados. Em Jesus encontraremos o que precisamos para executarmos nosso chamado para reinarmos com ele.

Continuemos com confiança naquele que nos tirou do caminho do pecado, que tem autoridade de perdoar pecados e de nos trazer à luz da salvação. Em Cristo Jesus já deixamos a morte e entramos na vida, pela promessa de Deus! Nada mais importa! Todo o resto é para que outros tenham o mesmo destino abençoado e seguro.

Oremos e permaneçamos firmes nas promessas do Deus fiel, no Filho!

Tenhamos fé e gratidão pela obra de Cristo em nós!

“E o servo de um centurião, a quem este muito estimava, estava doente, quase à morte. Tendo ouvido falar a respeito de Jesus, enviou-lhe alguns anciãos dos judeus, pedindo-lhe que viesse curar o seu servo. Estes, chegando-se a Jesus, com instância lhe suplicaram, dizendo: Ele é digno de que lhe faças isto; porque é amigo do nosso povo, e ele mesmo nos edificou a sinagoga. Então, Jesus foi com eles. E, já perto da casa, o centurião enviou-lhe amigos para lhe dizer: Senhor, não te incomodes, porque não sou digno de que entres em minha casa.”
‭‭Lucas‬ ‭7:2-6‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.7.2-6.ara

Como as bençãos de Deus chegam na sua vida? Você fala com Jesus? Você tem amigos que falam com Jesus por você? Você trabalha para alguém que tem amigos que falam a Jesus por você?

Jesus ouviu o apelo dos anciãos do povo e foi a caminho daquela vida que precisava. Não eram os anciãos e nem o centurião, mas o servo do centurião…

Muitos hoje estão falando com Jesus a seu respeito, para que o mestre lhe abençoe e cure, o livre da causa dos seus problemas e lhe traga uma benção. Sejamos gratos a Deus, mas também aos que intercedem por nós.

Hoje somos abençoados, amanhã é nosso dia de interceder. Mas, conheço Jesus? Conheço alguém que conhece a Jesus? Creio que ele é poderoso para resolver esta causa?

Esta passagem demonstra a fé do centurião, mas também o processo pelo qual somos abençoados na terra, e isto começa tendo fé em Jesus.

Ele é o messias, o Filho de Deus, nosso intercessor diante do Pai, maravilhoso conselheiro, Deus forte, pai da eternidade, príncipe da paz, médico dos médicos, rei dos reis, senhor dos senhores, tudo de maravilhoso que pudermos entender e muito mais!

Creiamos em Cristo e que possamos dar este passo de fé, recebendo a salvação e sendo instrumento na vida de outras pessoas!

Por que buscarmos a Cristo?

Depois destas coisas, atravessou Jesus o mar da Galileia, que é o de Tiberíades. Seguia-o numerosa multidão, porque tinham visto os sinais que ele fazia na cura dos enfermos.”
‭‭João‬ ‭6:1-2‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.6.1-2.ara

Vários são os motivos porque seguimos a Cristo e já falamos a respeito disto. Mas, continuamos a verificar nossa motivação no evangelho. O que é ter fé no Filho? É crer que ele pode curar? Que ele pode transformar o nosso caráter?

Tudo isto é verdade, mas não é tudo. Jesus Cristo é muito mais do que um fazedor de coisas sobrenaturais a respeito de nossas necessidades. Se buscarmos a Cristo somente para as coisas desta vida somos mais que miseráveis (1 Coríntios 15.19).

Cristo veio trazer a resposta sobre a sentença de morte que está sobre todos os homens. Nascemos destinados ao inferno por causa do pecado de Adão e até agora permanece a sentença. O tribunal ocorrerá e quem não tiver Cristo como advogado não terá a chance de ser absolvido, pois nenhum outro é capaz de produzir provas de santidade em nossas vidas.

A questão não é como estamos, mas quem somos! Cristo em nós é Cristo diante de Deus. Nós sem Cristo somos apenas nós diante de Deus. E não temos como justificar fidelidade, benfeitoria, boa consciência que seja suficiente diante do Pai. A salvação não ocorre por obras para que ninguém se auto-justifique diante de Deus (Efésios 2.8).

Por que buscamos a Cristo? porque só nele há vida eterna. É que os efeitos colaterais são tantos e tão visíveis da presença dele que as pessoas prestam mais atenção no agora que no depois. Desejam mais a atuação das curas e milagres do que a vida eterna com o Senhor.

Buscar a Jesus apenas nesta vida nos leva à religiosidade enquanto que buscarmos s vida eterna em Cristo nos tornará em discípulos para todo o sempre!

Por que buscamos a Cristo hoje? Esta é a pergunta que merece uma resposta sincera ao Senhor e faz toda a diferença em nossa conduta diária. Aproveitemos estes dias para termos a resposta!

Clame a Jesus Cristo, que cura a todos que o buscam!

Então, ele clamou: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim! E os que iam na frente o repreendiam para que se calasse; ele, porém, cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Então, parou Jesus e mandou que lho trouxessem. E, tendo ele chegado, perguntou-lhe: Que queres que eu te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu torne a ver. Então, Jesus lhe disse: Recupera a tua vista; a tua fé te salvou. Imediatamente, tornou a ver e seguia-o glorificando a Deus. Também todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus.”
‭‭Lucas‬ ‭18:38-43‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.18.38-43.ara

O cego de Jericó nos ensina muitas lições:

1 – Não perdermos as oportunidades na presença de Deus;

2 – Sermos perseverantes quando outros querem nos impedir de alcançarmos nossa benção;

3 – Saber o que pedir diante de Deus;

4 – Ter fé para receber a benção pedida;

5 – Glorificar a Deus quando receber a benção; e

6 – Não se afastar de Jesus, mas segui-lo!

Jesus está sempre disponível e pronto a nos ouvir. No Espírito Santo temos conexão direta com os céus. O que te aflige hoje? Qual a sua necessidade? Não há nada impossível para Deus e o que nos limita a receber nossas bençãos é a fé para pedir e receber!

Conheçamos a Cristo, pois na experiência com ele atravessaremos mares, inundações, fornalhas acesas, terremotos, naufrágios, perseguições, doenças, traições, com certeza da vitória! Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente. É o nosso único mediador e intercessor diante do Pai! Não há outro a pedir, pois ninguém era digno de ser crucificado em nosso lugar!

Tenha fé no Filho e receba o Pai! É a promessa de Deus para a humanidade. Esta é a mensagem do evangelho!