#3_65 1 Timóteo 3:16

Evidentemente, grande é o mistério da piedade: Aquele que foi manifestado na carne foi justificado em espírito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo, recebido na glória.

1 Timóteo 3:16

Cristo é a manifestação de Deus em carne, revelando a piedade estendida à humanidade. Quem nele crer não será confundido e nem viverá sem esperança.

Qual é nossa única esperança na vida e na morte?⁣ Que não somos de nós mesmos, mas pertencemos, de corpo e alma, na vida e na morte, a Deus e a nosso Salvador, Jesus Cristo. (Pergunta número 1 do Devocional do Catecismo Nova Cidade)

Esta promessa é para todos, judeus e gentios, a todos os que receberem Jesus Cristo como Senhor. Se somos de Cristo temos a promessa da vida eterna. Não há maior favor que este!

Deus cuida de nós!

O Senhor respondeu: — Passe adiante do povo e leve com você alguns dos anciãos de Israel. Leve também o bordão com que você feriu o rio Nilo e siga em frente. Eis que estarei ali diante de você sobre a rocha em Horebe. Bata na rocha, e dela sairá água; e o povo beberá. Moisés assim o fez na presença dos anciãos de Israel. E chamou o nome daquele lugar Massá e Meribá, por causa da discussão dos filhos de Israel e porque tentaram o Senhor, dizendo: — Está o Senhor no meio de nós ou não?
Êxodo 17:5‭-‬7 NAA
https://bible.com/bible/1840/exo.17.5-7.NAA

Muitas vezes questionamos Deus em nossas dificuldades. Na luta contra um câncer, na traição recebida ou pela ingratidão de alguém nos deparamos com o momento em que estamos reclamando com o Senhor pela situação sendo vivida. Pensamos se Ele está vendo e deixando tudo acontecer de propósito e se não seria melhor ter permanecido onde estávamos antes da conversão ao evangelho.

Tal situação é fruto da falta de fé em nossos corações! Se temos o Espírito Santo então Deus está conosco! Jesus Cristo é o Emanuel prometido, a presença de Deus no meio do povo. O Espírito Santo é a garantia de Deus estar em nossas vidas e não devemos duvidar disto. Viver nesta questão nos tira a oportunidade de ir mais a fundo no relacionamento com Ele.

Quando duvidamos de alguém acabamos por nos afastar desta pessoa. Deus se aproximou de nós através de Jesus e não é porque iremos carregar nossas cruzes que nos afastaremos novamente!

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Romanos 8:28 NAA
https://bible.com/bible/1840/rom.8.28.NAA

Não há nada que possa destruir a boa vontade de Deus para conosco senão a nossa falta de fé para com Ele! Porque duvidaremos, murmuraremos, seremos rebeldes e fugiremos do nosso propósito. Em Massa e Meribá o povo reclamou de água. Em outra ocasião pelo relatório dos espias, na entrada da Terra Prometida, reclamaram dos inimigos que teriam de enfrentar. Importa se Deus está conosco ou não e esta é a questão que levantaram porque estavam com sede e medo.

Confiar em Deus é conhecer e reconhecer a Sua presença. O SENHOR prometeu que estará conosco todos os dias até a consumação dos séculos (Mateus 28.30). Portanto, sejamos fortalecidos por esta promessa e não deixemos as circunstâncias tirarem a fé de nossos corações. Na hora das lutas lembremos que Deus é infinitamente maior que todas elas e não estamos sozinhos, mas sendo cuidados até no vale da sombra da morte!!!!

Ano 2#342

Declaremos as bençãos de Deus sobre as vidas!

Abençoaram a Rebeca e lhe disseram: És nossa irmã; sê tu a mãe de milhares de milhares, e que a tua descendência possua a porta dos seus inimigos.
Gênesis 24:60 ARA
https://bible.com/bible/1608/gen.24.60.ARA

Como abençoamos e a quem abençoamos? Rebeca recebeu um convite de casamento e o aceitou. Seus parentes, então, a abençoaram e declararam que ela fosse próspera na terra para onde iria ser desposada. Rebeca casou-se com Isaque, o filho da promessa e se tornou a mãe de Esaú e Jacó, sendo mãe de muitos milhares pois sua descendência se tornou a própria nação de Israel.

O que temos desejado e declarado na vida de nossos entes queridos? Que são pestes? Que não darão em nada? Que são insolentes? Ignorantes? Ou declaramos sobre eles as bençãos de Deus? Precisamos quebrar este ciclo de maldições que tendemos a verbalizar e fazer como ensinado na Palavra de Deus. Que das nossas bocas não saiam bençãos e maldições, apenas as bençãos!

Isaque abençoou a Jacó e este foi o pai dos doze patriarcas. Jacó, antes de morrer, profetizou sobre seus filhos e netos, abrindo o reino espiritual para que suas palavras fossem realizadas no mundo físico. Nossas palavras tem poder e precisamos cuidar do que e como falamos.

Que neste ano que se aproxima tenhamos boas palavras para com o nosso próximo. Desejemos aos nossos o que há de melhor e veremos no mundo espiritual as condições para que ocorram de maneira favorável. Em Cristo podemos pedir ao Pai as benção derramadas sobre Abraão. É herança dos que crêem. Tomemos posse e abençoemos as pessoas! Que seja uma semeadura abençoada, no nome de Jesus!

Ano 2#302

Promessas devem ser mantidas!

Pois, quando Deus fez a promessa a Abraão, visto que não tinha ninguém superior por quem jurar, jurou por si mesmo, dizendo: Certamente, te abençoarei e te multiplicarei. E assim, depois de esperar com paciência, obteve Abraão a promessa. Pois os homens juram pelo que lhes é superior, e o juramento, servindo de garantia, para eles, é o fim de toda contenda.
‭‭Hebreus‬ ‭6:13-16‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/heb.6.13-16.ARA

Juramentos servem de garantia quando temos pessoas de palavra, que cumprem seu juramento ainda que venham a perder com isto. Estamos vivendo um tempo onde as pessoas não estão cumprindo com seus compromissos, onde negócios são feitos por contratos que possuem mais cláusulas de garantia do que do objeto de interesse da negociação.

Não deveria ser assim. Essa prática de não manter a palavra gera danos sociais irreparáveis. Estamos dependendo de cartórios para confirmar condições que possuem curta validade. Ou seja, até os cartórios estão perdendo a serventia, quando nem acordos nupciais hoje estão garantidos!

Uma sociedade sem comprometimento é levada ao sabor das circunstâncias, das condições relativas entre o que me interessa hoje, mas não mais amanhã. A falta de um propósito de longo prazo torna isto ainda pior. Vejamos a questão de casamentos, onde o objetivo seja a felicidade do indivíduo. Enquanto isto for verdade, então o casamento perdura. Mas, se o objetivo for fazer o outro feliz e terem uma vida plena juntos, perdurará tanto quanto se esforçarem por alcançar o objetivo.

Assim como exploramos o aspecto do Indivíduo vs Coletividade na mensagem 2#193 aqui novamente somos desafiados a enxergar as consequências do nosso compromisso não apenas conosco, mas para com a pessoa que recebeu a promessa da nossa parte. Sem garantias, como confiar em alguém? Como viver com pessoas que não sustentam suas palavras quando dirigem um negócio ou uma família? Sociedades são estruturadas por pessoas que edificam e isto não é feito sobre terrenos movediços, mas estáveis.

Deus não é mutável e nem a Sua palavra. Portanto, suas promessas são garantidas e, por isso, podemos ter fé! Ter fé em alguém é saber que ele/ela cumprirá a sua palavra, não é gerar expectativas sobre como ela deve agir. Se formos ler a Bíblia esperando que ela nos mostre um Deus segundo a nossa vontade seremos decepcionados. Mas, se conhecermos o Deus que está descrito na Bíblia e paramos de confronta-lo teremos nossa fé firmada. Assim é conhecer as pessoas e seus propósitos.

Precisamos ser coerentes com a nossa forma de agir e pensar, senão as pessoas não terão parâmetros para poderem confiar em nós. Confiança leva-se anos para conquistar e segundos para se perder, mas muitos estão colocando a confiança naquilo que querem acreditar e não no que as pessoas falam ou fazem, o que não é confiança, mas expectativa. Olhemos para Deus e O conheçamos. NEle não há mudança e podemos colocar todas as nossas esperanças, pois É fiel. Quanto a nós, busquemos ser da mesma forma, para que haja estabilidade em nossos relacionamentos.

Ano 2#199

Nossa obediência diária trará o cumprimento das promessas de Deus!

Naqueles dias, foi publicado um decreto de César Augusto, convocando toda a população do império para recensear-se. Este, o primeiro recenseamento, foi feito quando Quirino era governador da Síria. Todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade. José também subiu da Galileia, da cidade de Nazaré, para a Judeia, à cidade de Davi, chamada Belém, por ser ele da casa e família de Davi, a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. Estando eles ali, aconteceu completarem-se-lhe os dias, e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.
‭‭Lucas‬ ‭2:1-7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.2.1-7.ARA

Já conversamos sobre a obediência às autoridades definir situações em nossas vidas. Sem este recenseamento Jesus teria nascido em Nazaré e não em Belém como estava profetizado. Muitas vezes acreditamos que para que as profecias se cumpram em nossas vidas devemos agir de forma extraordinária, mas é no ordinário que tudo acontece.

Na nossa rotina veremos o poder de Deus. Na oração diária, no trabalho que costumamos fazer, nas pequenas coisas que começavam e terminavam de uma forma e agora ocorrem de maneira melhor, Deus age em nosso favor a todo momento, e no conjunto da obra a promessa é alcançada.

Muitas vezes queremos ver a abertura do Mar Vermelho, um sinal espetacular que ocorre de uma hora para outra com grande intensidade, mas o Senhor quer operar o tempo todo em nossas vidas! Maria foi suportada em uma viagem longa, já no fim da gravidez, e teve Jesus sem estrutura alguma. Sem um lugar apropriado cumpriu-se a promessa do nascimento do salvador do mundo, veio sem ser bem recebido, mas trouxe consigo a graça e o amor de Deus!

Precisamos aprender a enxergar os cuidados de Deus em todas as coisas. Sem este exercício logo estaremos nos esquecendo dos grandes sinais também. Sem sermos fiéis no pouco também não seremos no muito. A pandemia nos fez acordar para isto, mas já estamos esquecendo de novo. Estar sem gripe ou febre tornou-se em benção e milagre, agora já não estamos mais lembrando disto se estamos onde pessoas amigas não estão sendo impactadas pelo vírus.

O nascimento de Jesus Cristo foi assim narrado, de maneira simples, sendo anunciado a alguns pastores e o sinal dado pela estrela-guia. Um nascimento ordinário de consequências extraordinárias! No ocidente inteiro o calendário foi estabelecido baseando-nos neste acontecimento narrado de maneira singela. Hoje estamos no ano 2021 depois do nascimento de Jesus! Todos os nossos dias estão sendo contados baseando-nos naquele fato ordinário, mas que nos trouxe tremendos benefícios!

E o que mais se transformou em benefícios que temos deixado de agradecer ou de prestarmos atenção? Datas comemorativas de eventos são testemunhos de transformações em nossas vidas, conquistas, ritos de passagem, coisas ordinárias que nos marcam e nos fortalecem na nossa caminhada. Que possamos ser gratos a Deus em todas as coisas, pois alcançamos tantos benefícios por perseverarmos em fazer um pouco a cada dia, mas a recompensa da promessa está no final!

Jesus nasceu para que nossos pecados fossem perdoados e pudéssemos viver sem pecar constantemente, nos santificando e sendo úteis ao Senhor! Isto ocorre nas ações simples diariamente. A recompensa é adentrarmos as portas celestiais com o Senhor! É profecia, promessa e vai acontecer aos que ordinariamente se preocupam em viver o que nos foi proposto. Teremos festa pela conquista e será um grande sinal naquele dia. No hoje, vivamos o simples e amanhã também, com fé naquele que prometeu porque É fiel!

Ano 2#173

Somos reconciliados com Deus através de Cristo!

A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai, a iniquidade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a perversidade do perverso cairá sobre este. Mas, se o perverso se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e fizer o que é reto e justo, certamente, viverá; não será morto. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou, viverá. Acaso, tenho eu prazer na morte do perverso? — diz o Senhor Deus; não desejo eu, antes, que ele se converta dos seus caminhos e viva?
‭‭Ezequiel‬ ‭18:20-23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/ezk.18.20-23.ARA

Glórias a Deus pela Sua bendita palavra! Ezequiel recebe de Deus a palavra de que cada um é responsável pela sua vida. No capítulo 18 de Ezequiel Deus mostra que pais e filhos podem ter caminhos diferentes, que filhos não necessariamente seguem o mesmo caminho dos pais. E mais, aquele que pecar é quem entra em condenação, mas o justo não.

Nos versos acima vemos um Deus que não tem prazer na injustiça, nem na destruição do ser humano, mas que todos se arrependam de seus pecados e vivam vidas justas. Aquele que se arrepende e passa a viver justamente tem seus pecados perdoados e esquecidos. Esta é uma promessa de Deus já no Antigo Testamento.

E é justamente pela nossa dificuldade em vivermos desta forma que Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, apresenta-se à nosso favor:

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.
‭‭2Coríntios‬ ‭5:17-21‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/2co.5.17-21.ARA

Deus nos reconcilia consigo mesmo através de Cristo, nos tornando justificados, feitos justiça de Deus! Já não há lembrança de nossos pecados quando recebemos Cristo como Senhor! Recebemos nova natureza espiritual, novas vestes, novos nomes, um “reset” em nossa carreira espiritual, uma folha limpa, com o Espírito Santo nos ajudando a permanecermos santos para o SENHOR!

É sobrenatural, é graça, pela fé em Cristo! A promessa feita no Antigo Testamento é cumprida em Cristo pois nos tornamos novas criaturas espirituais. Ainda que erremos, temos a percepção do erro, acesso a Deus para pedirmos perdão, orientação divina para reparamos o erro cometido e seguirmos em frente de cabeça erguida. Satanás não pode mais nos culpar e apontar o dedo por erros perdoados. Deus não o faz!

Precisamos reconhecer nossos pecados. Precisamos pedir perdão pelos nossos pecados! Precisamos receber o perdão e acolhe-lo! Há muitos doentes de alma porque se sentem culpados eternamente, mas em Cristo há perdão, mudança de estado espiritual, acolhimento do pecador arrependido! Há cura da alma para quem está em Cristo! Ele veio para tirar o pecado do mundo, pois recebeu sobre si todo o pecado da humanidade. O justo que não conheceu pecado se tornou injusto, para que nós injustos fôssemos feitos justiça de Deus!

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
‭‭Romanos‬ ‭8:1‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/rom.8.1.ARA

Em Cristo somos reconciliados, mas sem Cristo permanece a sentença de quem pecar, este morrerá! Que façamos a escolha hoje, enquanto Cristo está estendendo os braços para nós!

Ano 2#153

Por que profetizar?

Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais, mas principalmente que profetizeis. Pois quem fala em outra língua não fala a homens, senão a Deus, visto que ninguém o entende, e em espírito fala mistérios. Mas o que profetiza fala aos homens, edificando, exortando e consolando.
‭‭1Coríntios‬ ‭14:1-3‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/1co.14.1-3.ara

Paulo aconselha a igreja de Corinto a se aperfeiçoar a partir do amor, buscando dons espirituais com zelo. Amar é agir a favor do próximo e, se quisermos ajuda-los espiritualmente, precisamos exercer dons espirituais. Paulo menciona dois deles, o de falar em língua espiritual e o de profetizar.

Falar em língua espiritual nos permite falar com Deus sem a interpretação da alma (nossa mente), pois é o nosso espírito falando diretamente com o Senhor. Assim, nos edificamos e os outros não entenderão se não houver quem a interprete, e até mesmo nós não teremos ciência do que estamos falando em muitas das vezes. Já o dom de profecia é trazer aos homens a direção de Deus para as suas vidas, mostrando o caminho e o propósito das circunstâncias ou apenas mostrar, de antemão, o que irá ocorrer para que as pessoas estejam preparadas quando acontecer.

Profetizar é falar do que é proveniente de Deus, para conselho assertivo (exortação), edificação e consolo. O profeta aponta o pecado, mas também o caminho. Aponta o problema e a solução. Quando traz a antecipação dos fatos, também fala da providência ou a solução de Deus, para que não haja dúvidas, quando ocorrer o desfecho, de que foi Deus quem falou.

O maior problema sobre este dom é quando ele é confundido na mente de quem deseja possui-lo e está envolvido emocionalmente nas questões alheias. É muito fácil pegar uma promessa bíblica e falar para alguém de que Deus a está abençoando porque na Sua palavra existe aquela promessa e esta pessoa deve tomar posse dela.

Existe a palavra logos e a rhema. Logos é tudo o que podemos conhecer do que nos é ensinado nas escrituras, enquanto rhema é esta palavra no momento e a forma de aplica-la. Jesus andou sobre o mar e chamou Pedro quando este solicitou que o permitisse ir até ele. A palavra de vir e andar sobre as águas com Jesus foi uma afirmação rhema, onde Pedro pode aplica-la e nenhum outro discípulo presente pode exerce-la, pois foi dada a Pedro naquele momento. Alguém mais andou sobre as águas porque leu estas palavras na Bíblia?

Profetas trazem a palavra rhema a quem está precisando ouvi-la, ainda que haja o logos envolvido. Se eu apenas pregar o texto bíblico não estarei profetizando, mas pregando, levando conhecimento das coisas de Deus para as pessoas. Profetizar é trazer algo que seja para a condução das ações de quem precisa agir ou se preparar, construir uma estratégia ou ser consolado quando nada mais há que se fazer a respeito. Profetas nem sempre são bem recebidos, pois dizem o que deve ser dito, custe o que custar para ele e aos ouvintes.

Assim, profetizar é trazer vantagem para as pessoas, pois terão orientação de Deus para suas necessidades particulares, daquilo que elas estão colocando diante do Senhor. Falar da intimidade das pessoas com Deus é um dom que acrescenta fé e consola, pois as pessoas se sentem amadas pelo Senhor ao receberem uma orientação direta para aquilo que estão pedindo em oração e, na maioria das vezes, só elas e Deus sabem. Por isso a sensação do cuidado, carinho e certeza de estarem sendo ouvidas em suas orações e que a profecia será cumprida em suas vidas.

Devemos cuidar de como profetizar, pois no desejo de ajudar podemos falar o logos, daquilo que conhecemos da palavra, mas a profecia é a palavra de Deus para aquela situação específica daquela vida, do que ela e Deus estão sabendo e a resposta está sendo dada através de nossas vidas. Ainda assim devemos buscar o dom de profecia, pois traz a certeza do cuidado de Deus e direciona as pessoas para o propósito dEle em suas vidas. Não busquemos o dom por vaidade, mas como Paulo inicia a orientação, busquemos por amor às vidas que são preciosas para Deus e devem ser para nós também!

Uma profecia de Deus não irá contra o logos. O Senhor não vai contra a Sua palavra. Profecias que levam a pecados declarados não são profecias e nem logos, mas a vaidade de quem está falando e deseja influenciar os ouvintes. Não são mensageiros legítimos e não devem ser ouvidos. Toda profecia recebida deve ser tratada com respeito e analisada segundo as escrituras. Ouçamos, analisemos, oremos para que o Espírito Santo confirme em nossos corações e, somente então, que possamos agir no tempo para a qual esta palavra rhema nos foi dada.

Agir antes ou depois não trará muita serventia e depois não poderemos condenar o profeta e nem duvidar da profecia, pois não a atendemos. Assim foi na Velha Aliança quando o Senhor avisou sobre o castigo da desobediência e as gerações não ouviram. Há profecias para hoje, para amanhã e para daqui há cem anos. Todas são importantes e devem ser trabalhadas com zelo. Importa obedecermos a palavra recebida de Deus para nossas vidas, sempre que tivermos esta confirmação do Espírito Santo!

Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei, esse é feliz.
‭‭Provérbios‬ ‭29:18‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/pro.29.18.ara

Ano 2#146

Precisamos viver pela fé!

Pôr-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza e vigiarei para ver o que Deus me dirá e que resposta eu terei à minha queixa. O Senhor me respondeu e disse: Escreve a visão, grava-a sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo. Porque a visão ainda está para cumprir-se no tempo determinado, mas se apressa para o fim e não falhará; se tardar, espera-o, porque, certamente, virá, não tardará. Eis o soberbo! Sua alma não é reta nele; mas o justo viverá pela sua fé.
‭‭Habacuque‬ ‭2:1-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/hab.2.1-4.ara

Como vivemos nossos dias? Nos agarramos a promessas vãs, de quem não tem poder sobre as circunstâncias? Hoje a pandemia parece controlada por causa de vacinas, mas vejamos os países a nossa volta que também vacinaram e não parecem estar melhor depois. E, não é só este vírus que mata. Esta semana uma jovem conhecida na internet de apenas 22 anos morreu de acidente. Outros morreram de câncer e por aí vai.

Estamos nos baseando em estatísticas, política, ciência ou no que Deus estabeleceu em nossas vidas? Qual a nossa percepção dos fatos a nossa volta? O profeta Habacuque orou a Deus e aguardou a resposta em vigilância, para não deixar passar desapercebido o que Deus tinha para ele. Não aguardou de qualquer maneira, mas sobre a fortaleza da fé!

Sem fé estaremos a mercê de qualquer notícia ruim. Estarei preocupado e achando que a piora não terá fim e ainda murmurarei contra a circunstância. Deus está ouvindo e nos declara que devemos esperar com confiança pois certamente a resposta virá conforme Ele determinar. Ainda mais, que devemos confiantemente declarar aos outros para que saibam e vejam quando acontecer que Deus É fiel e responde às nossas orações.

Não se chateie por ver uma pessoa de fé declarar a benção de Deus. Não é arrogância, mas andar em fé. O arrogante põe a sua confiança em si mesmo e na sua força, mas o justo é justificado por Deus! Alegremo-nos com o que o Senhor fará em nosso favor. Não tardará, mas ainda assim aprendamos a esperar. Estamos sendo exercitados na fé e isto nos levará a desafios maiores, para a glória de Deus!

E então? Estamos vivendo pelas notícias de jornal ou pela palavra de Deus para nós? Não sejamos enganados por aqueles que só enxergam o natural, pois Deus age de todas as formas e não é restrito ao que conseguimos enxergar. Vivamos pela fé, pois Jesus nos deu a chave quando se entregou por nós e agora temos acesso a todo o acervo espiritual. Sem fé nada conseguiremos fazer e só receberemos o resultado de um mundo que batalha contra nós. É muito mais fácil viver pela fé que sem ela, ainda que isto possa parecer absurdo!

Ano 2#144

Sentimos júbilo por conhecermos a Cristo?

Depois de ouvirem o rei, partiram; e eis que a estrela que viram no Oriente os precedia, até que, chegando, parou sobre onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, alegraram-se com grande e intenso júbilo. Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra.
‭‭Mateus‬ ‭2:9-11‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.2.9-11.ara

Quantos anos os magos do oriente esperaram pela profecia do nascimento do Messias? Quanto tempo viajaram para poderem vê-lo e adora-lo? Qual o tamanho da alegria ao observarem uma estrela os guiando até o ponto certo? Não havia mapa, GPS e nem o rei sabia onde estava o menino!

Os magos que foram ao encontro de Jesus tiveram uma experiência superior que os judeus de sua época, pois não só esperaram pela promessa, mas buscaram ter um encontro verdadeiro com o Messias. Eles não duvidaram e foram até o rei Jesus, aquele que traria uma mudança eterna na história da humanidade. Levaram tesouros de presente, pois reconheceram a majestade e o poder do Senhor!

Será que hoje enxergamos o valor de Cristo? Tenho escrito a respeito disto nas últimas mensagens. Parece tudo muito “fastfood”, um evangelho da graça sem conhecimento e poder, onde Jesus é um nome pouco conhecido e menos ainda considerado como poderoso. Isto deve ter ocorrido porque nos acostumamos a ver um mundo dividido entre o bem e o mal, mas imagine um mundo onde Jesus ainda não havia passado e só se conheciam guerras, fome, doenças e pobreza em larga escala?

Um mundo sem Jesus não pensa em se arrepender de injustiças praticadas, crimes cometidos, adultérios ou de viver apenas em vaidade. Não há preocupação com o próximo e vale tudo. O homem no centro gera caos social, mas estamos em um tempo onde Cristo passou e há muitos pecadores arrependidos lutando para que o amor prevaleça e o pecado seja extinto.

Mas, estes Cristãos não permanecerão para sempre na Terra e, então, a ira de Deus recairá sobre os que ainda habitarem aqui. Jesus Cristo é a diferença na vida das pessoas. Só há o antes e o depois de Cristo. Os magos vieram do oriente onde este Jesus era esperado e muito desejado. Será que nossa sociedade o enxerga da mesma forma? Será que lhe damos a mesma honra? Será que as nossas vidas se tornaram presentes ao rei dos reis?

Cristo está vivo nos céus e ao alcance de nossas orações. Não precisamos andar centenas de quilômetros no deserto, mas dobrar os joelhos. Não precisamos entrar na casa onde estava com a mãe, pois agora está nos céus ao lado de Deus, o Pai. Nossas vidas em obediência e adoração serão os presentes e tesouros que podemos apresentar para lhe agradar. Isto trará glória ao nome de Deus e poderemos nos alegrar quando o virmos pessoalmente naquele dia. Nosso GPS é o Espírito Santo que nos levará à presença do Senhor todos os dias.

Que possamos buscar o Senhor a todo tempo e vivermos para a glória dEle. Não seremos envergonhados, mas pelo contrário, seremos vencedores do pecado e luzeiros em um mundo caído enquanto foge da luz de Cristo. Não sejamos como os religiosos que não esperavam a promessa, mas apenas fingiam esperar e acreditar, vivendo preceitos, regras e desobedecendo os desígnios de Deus. Contra isto virá a justiça do Eterno, um castigo que ninguém deseja e precisa de escape. Jesus é a resposta e isto deveria ser a alegria de toda a humanidade!

Ano 2#142

Quem anda por fé não atola!

Temamos, portanto, que, sendo-nos deixada a promessa de entrar no descanso de Deus, suceda parecer que algum de vós tenha falhado. Porque também a nós foram anunciadas as boas-novas, como se deu com eles; mas a palavra que ouviram não lhes aproveitou, visto não ter sido acompanhada pela fé naqueles que a ouviram.”
‭‭Hebreus‬ ‭4:1-2‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/heb.4.1-2.ara

Um povo que havia acabado de atravessar o Mar Vermelho não confiou de entrar na Terra Prometida porque teve mais medo do povo que ali habitava do que confiar na direção de Deus para as suas vidas. Esta luta entre o que vejo e está me impedindo de prosseguir e a direção de Deus que extrapola minha razão é o ponto crucial que demandará uma atitude e posicionamento que a Bíblia chama de fé!

Sem fé seremos paralisados como que atolados nas dificuldades da vida. Ou tomamos posse das promessas de Deus e prosseguimos para andar sobre as águas, no meio de um mar que se abre ao seguirmos em sua direção, através do leito de um rio que parou de correr pela mão de Deus ou qualquer ordem celestial à nosso favor, ou sempre iremos murmurar nas calamidades.

Não é tempo de olharmos para as circunstâncias, mas de olharmos para o Deus Todo-Poderoso que nos traz a saída e o descanso para todo aquele que nEle confia. Ter fé é se apoiar no sobrenatural prometido por Deus, não em pensamento positivo, mas naquilo que está ao nosso alcance pela Palavra de Deus! Ora, como saber a diferença? Conhecendo a vontade de Deus escrita para nosso favor.

Sem conhecer a vontade de Deus estarei pedindo coisas muito provavelmente da maneira errada ou para fins nada proveitosos. Se assim fizer não poderei esperar que venham a acontecer. Se a Bíblia nos ensina que adultério é pecado então não vou pedir em oração e nem declarar que estou conquistando o cônjuge de alguém!

É um dos mandamentos não desejar a mulher, a casa, o escravo, o animal e, em nosso tempo, o carro do próximo. Estas coisas não serão abençoadas ainda que consigamos alcança-las. Não acreditemos que foi Deus quem nos deu como promessa, pois não terá vindo dEle. O descanso de Deus ocorre quando encontramos fé em viver pelos seus ensinos e promessas, quando já não mais estamos na nossa força peregrinando em rebeldia.

Entraremos no descanso prometido porque cremos em Cristo e no seu sacrifício. Quem está estabelecido na rocha não se preocupará com o amanhã, pois já entrou no descanso e nunca mais sairá dele. A fé é a maneira de vivermos além do que o mundo pode conhecer e sem ela nunca agradaremos a Deus. Vivamos pela fé no Senhor e vejamos as maravilhas acontecerem em nossas vidas. A primeira e mais importante será a salvação e todas as demais ocorrerão se permanecermos firmes no chamado!

Ano 2#138