Declaremos as bençãos de Deus sobre as vidas!

Abençoaram a Rebeca e lhe disseram: És nossa irmã; sê tu a mãe de milhares de milhares, e que a tua descendência possua a porta dos seus inimigos.
Gênesis 24:60 ARA
https://bible.com/bible/1608/gen.24.60.ARA

Como abençoamos e a quem abençoamos? Rebeca recebeu um convite de casamento e o aceitou. Seus parentes, então, a abençoaram e declararam que ela fosse próspera na terra para onde iria ser desposada. Rebeca casou-se com Isaque, o filho da promessa e se tornou a mãe de Esaú e Jacó, sendo mãe de muitos milhares pois sua descendência se tornou a própria nação de Israel.

O que temos desejado e declarado na vida de nossos entes queridos? Que são pestes? Que não darão em nada? Que são insolentes? Ignorantes? Ou declaramos sobre eles as bençãos de Deus? Precisamos quebrar este ciclo de maldições que tendemos a verbalizar e fazer como ensinado na Palavra de Deus. Que das nossas bocas não saiam bençãos e maldições, apenas as bençãos!

Isaque abençoou a Jacó e este foi o pai dos doze patriarcas. Jacó, antes de morrer, profetizou sobre seus filhos e netos, abrindo o reino espiritual para que suas palavras fossem realizadas no mundo físico. Nossas palavras tem poder e precisamos cuidar do que e como falamos.

Que neste ano que se aproxima tenhamos boas palavras para com o nosso próximo. Desejemos aos nossos o que há de melhor e veremos no mundo espiritual as condições para que ocorram de maneira favorável. Em Cristo podemos pedir ao Pai as benção derramadas sobre Abraão. É herança dos que crêem. Tomemos posse e abençoemos as pessoas! Que seja uma semeadura abençoada, no nome de Jesus!

Ano 2#302