#3_329 Como podemos querer nascer?

Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.
João 3:5‭-‬6 ARA
https://bible.com/pt/bible/1608/jhn.3.5-6.ARA

Por que dizemos que a salvação é dada por Deus e não é por mérito nosso que iremos para os céus? Pelo mesmo fato de não ser possível que nasçamos neste mundo por capacidade própria. Não há autogeração neste universo. Há uma origem para cada uma das coisas criadas e estas não são ao acaso ou criadas em si mesmas.

Nascer da carne exige a vontade de outros, não a nossa. Estamos vivos na Terra porque nossos pais nos geraram. Por isso Jesus compara com o nascimento no Espírito, que é da vontade do Espírito Santo! Quem gera vida no Espírito é apenas o Espírito. Podemos desejar, buscar, mas sem que o Espírito Santo nos transforme em novos homens e mulheres, continuaremos em nossos pecados.

Quem pensa o contrário é como se dissesse que a metamorfose de uma borboleta serve de referência para a vida espiritual e que todos chegarão aos céus, sendo apenas necessário esperar o tempo da transformação espiritual. Mas, isto não é verdade. O Inferno, criado para o diabo e seus anjos, também será a casa final dos que não serão regenerados. Jesus muito falou do Inferno durante o seu ministério terreno. Não há como ignorar isto.

Muitos entenderam mas não puderam suportar a espera. Como crianças a serem adotadas precisamos aguardar pacientemente pela nova paternidade em Cristo. O que fazer então? Desejar esta nova paternidade é essencial, ainda que não seja suficiente e nem um fator de desclassificação. Deus escolhe em sua soberania, mas é fato que aqueles que o buscam têm mais oportunidades!

Arrependimento gera uma nova consciência do pecado e uma maneira mais frutífera de recebermos o Espírito Santo. Ainda assim, o verdadeiro arrependimento também é obra do Espírito! Portanto, oremos a Deus que nos encontre, nos abençoe e nos convoque para a sua casa. Sejamos agradáveis a Deus e aos homens segundo a Palavra do Senhor, não por interesse, mas por vocação.

Só há um caminho para sermos salvos e este é o crer em Cristo como Senhor e salvador:

Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
João 3:18 ARA
https://bible.com/pt/bible/1608/jhn.3.18.ARA

Deus nos enviou Jesus Cristo para que o ouvíssemos e fôssemos transformados pelo Evangelho. Quem tem o Filho tem o Pai. Se quisermos buscar a salvação que busquemos a Cristo. Ainda assim, só o alcançará quem Deus permitir. Só será eleito a quem o Pai chamar. Nosso papel é buscar e esperar, fazendo a vontade de Deus. Importa agradá-lo em qualquer circunstância. Estamos preparados a dar as nossas vidas sem receber nada em troca? Até isto é obra do Espírito Santo em nossas vidas! Onde está, então, o nosso mérito para entrarmos nos céus?

#3_180 Deixando o desprezo

Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso.
Isaías 53:3 ARA
https://bible.com/bible/1608/isa.53.3.ARA

Isaías traz uma descrição dolorosa do Messias, mostrando o escárnio e a rejeição que Cristo receberia daqueles para os quais ele veio trazer cura, libertação e salvação. Em nossos dias de dor lembramos desta passagem e nos comparamos ao Senhor. Muitas vezes acabamos por nos reanimar nele que superou tudo isto em nosso favor. Nas suas pisaduras fomos sarados porque na sua dor fomos libertos de nossos pecados!

Toda vitória e conquista de Cristo é um apoio espiritual e emocional para o Cristão. Jesus prometeu a mesma vitória para os seus seguidores e a temos visto de verdade. Quantos podem dar testemunho de livramento em meio à perseguição? Ou de uma cura milagrosa em uma doença grave? Isaías profetizou 700 anos antes que Cristo seria desprezado pelos homens, que não se faria caso dele. Infelizmente muitos ainda o fazem.

A natureza do pecador é fugir da responsabilidade. Cristo nos lembra que o pecado tem um preço muito alto a pagar e muitos fogem dele por isso. Não sabem que em Cristo este preço está pago e serví-lo é muito melhor do que virar-lhe o rosto. Jesus continua insistindo para que não olhemos apenas para a sua dor na cruz,mas também para a sua ressurreição e glória. Pode ser que assim alguns se animem em segui-lo pois não serão capturados pelo medo da dor. Cristo vive e é Senhor! Está à destra de Deus e impactando vidas ao redor doundo.

Há os que ainda o ignoram, os que sempre irão ignorar e os que já se renderam. Na dor aprendemos a amá-lo e em nossos poucos dias terrenos devemos honrá-lo. Nossas vidas com ele servirão para que outros não mais ignorem suas palavras e seu sacrifício. Não será rejeitado para sempre, pois voltará para reinar sobre toda a terra. Naquele dia não será mais o homem de dores, mas o Senhor dos senhores e Rei dos reis!

#3_98 Atos 2:21

E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Atos 2:21 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.21.ARA

Quão grande graça! Não está escrito que aquele que produz grandes obras será salvo, mas o que invocar o nome do Senhor! As obras serão consequência da caminhada com e no Senhor!

O Espírito Santo nos conduz pelo caminho de Cristo, pelas suas pisaduras. Na caminhada seremos transformados! O discípulo aprende andando com o mestre. Jesus nos chama a segui-lo, não para sermos perfeitos e, então, segui-lo. Não há como sermos aperfeiçoados sem caminharmos com ele.

A religiosidade e a libertinagem não estão no caminho de Cristo, mas o amor, a misericórdia e a obediência à vontade de Deus. Sair do caminho para a direita ou esquerda é trilhar a libertinagem, em direção ao pecado, ou a religiosidade, onde regras humanas são mais importantes que a direção de Deus.

Precisamos cuidar de caminharmos com o Senhor, junto de seu povo. Discípulos fazem discípulos e se não formos discípulos verdadeiros de Cristo iremos ensinar religião ou o pecado. Sem olharmos para o mestre nos desviaremos do caminho.

Então, olhemos para o Senhor de cabeça erguida e o sigamos com confiança, pois não há pedras de tropeço no caminho de Cristo, apenas fora dele!

#3_72 Mateus 13:40-42

Pois, assim como o joio é colhido e lançado ao fogo, assim será na consumação do século. Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniquidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes.

Mateus 13:40-42

Deus É Santo! Homens são pecadores. Não há comunhão entre Deus e o pecado. Por isso a condenação é certa para quem não for justificado. As Boas Novas do Evangelho são a proclamação da vida através de Jesus cristo, Senhor e salvador!

A justiça é lançar no fogo eterno o pecador com o seu pecado e dar liberdade aos que foram sentenciados justos pela misericórdia de Deus, através do sacrifício de Cristo. Portanto, cada um se preocupe com o seu destino, para onde irá após a morte nesta terra. Se para o fogo eterno ou para as moradas eternas.

Cristo veio nos trazer salvação. Creiamos em Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo e dá salvação ao pecador. Não há salvação fora dele!

Nossas enfermidades foram tomadas por Cristo. Confiemos nele em todas as circunstâncias!

Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.
Isaías 53:4 ARA
https://bible.com/bible/1608/isa.53.4.ARA

Cristo traz a cura porque ele carregou consigo as nossas enfermidades espirituais, as que causam as maiores dores em nossas vidas. Há doenças causadas por DNA (hereditariedade), pecado, preocupação, machucados, acidentes, etc. E nem todas conseguimos diagnosticar. Não importa, Deus pode curar a todas se assim Ele desejar. Nem de todas teremos libertação, pois este corpo não é perfeito e precisa morrer para recebermos o eterno. Portanto, algumas doenças prevalecerão ou acidentes não serão impedidos para que cumpramos a ordem natural.

Mas, muitas serão, ainda mais se cremos no Deus Todo-Poderoso! Jesus tem autoridade sobre as nossas enfermidades. Em todo o evangelho vemos Jesus curar a todos os que vieram diante dele. Ninguém ficou de fora. Pedro, João e Paulo curaram a muitos, inclusive Pedro ressuscitou Dorcas que havia morrido. Não há limites para o poder do Senhor. Estamos limitando as curas por falta de fé! Se partirmos do pressuposto de que Deus não vai curar, então nem pedimreos. Se tivermos fé podemos pedir e esperar pela cura!

Conheço uma pessoa que teve seu ovário retirado crescer novamente. Sou testemunha de curas na família e de muitos amigos e irmãos na fé! Jesus é o mesmo do evangelho e nunca deixará de ser porque não é mentiroso e nem lhe falta compaixão para nos ajudar. Não sabemos que enfermidade ou situação nos levará desta vida. Se estamos salvos em Cristo isto não importa. Desejamos permanecer para ajudar aos que amamos e, por isso, pedimos cura. Importa que Deus seja glorificado pela cura e a nossa vida depois da cura!

Que possamos confiar no Senhor que levou sobre si as nossas enfermidades. Peçamos com fé e agradeçamos o resultado que estivermos vivendo. Importa pedir confiando na bondade do Senhor e não na limitação da ciência e das experiências vividas até aqui! A vida abundante começa no viver pela fé, pois não estamos restritos ao que o mundo conhece! Esta é uma grande vantagem dos que crêem e servem a Cristo!

Ele se fez enfermo para nos curar! Ele se tornou maldito na cruz para nos abençoar! Ele nos chama hoje para andarmos com ele, pela fé! Abandonemos nossos pecados e dores e os deixemos na cruz de Cristo. Saíamos de lá libertos, em nome de Jesus e para a glória de Deus!

Ano 2#297

Nem ansiedade e nem procrastinação. No tempo de Deus estaremos certos!

Mas o que agredia o próximo o repeliu, dizendo: Quem te constituiu autoridade e juiz sobre nós? Acaso, queres matar-me, como fizeste ontem ao egípcio? A estas palavras Moisés fugiu e tornou-se peregrino na terra de Midiã, onde lhe nasceram dois filhos.
‭‭Atos‬ ‭7:27-29‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/act.7.27-29.ara

Tudo tem um tempo certo em nossas vidas. Moisés tinha a percepção de um chamado diferenciado e queria defender o seu povo. Cometeu homicídio no zelo e isto serviu de empecilho para o momento em que vivia. Não foi aceito pelos seus e ainda buscou fugir temendo a própria vida. Foi para um lugar distante onde nem os egípcios e nem ninguém mais lhe encontraria e permaneceu lá pelos mesmos 40 anos que havia vivido até então!

Depois de todo este tempo já não se lembrava mais de ter alguma responsabilidade pelo seu povo e tentou argumentar com Deus para não voltar mais ali, porém sem sucesso. Moisés não só libertou seu povo a partir dos sinais que Deus fez através dele, mas também os guiou por outros 40 anos. Um homem com um chamado, um libertador e apascentador!

Há um tempo certo para todas as coisas que buscarmos fazer. A nossa ansiedade ou a nossa leniência em realizar o que deve ser feito hoje é que muitas vezes atrapalham a realização deste propósito em nossas vidas. Como em um mercado precisamos ter o produto e a demanda pelo produto para obtermos algum lucro, o produzir além do necessário por ansiedade nos trará perdas e o deixar para depois para produzi-lo também! O tempo certo é importante para nossas vidas!

O que precisamos fazer hoje e não estamos fazendo? O que estamos fazendo agora que não deveríamos estar fazendo porque não chegou a hora? Deus nos dá do Seu Espírito Santo para buscarmos nele a direção para todas as coisas em nossas vidas. Não importam as condições, precisamos ter o discernimento que só a sabedoria de Deus nos traz. Moisés precisou aprender muitas coisas para poder liderar um povo saído da escravidão e que não sabia pensar como povo e nem estrategicamente. Algumas mudanças demoram, principalmente quando não são amparadas na fé em Deus!

Temos um Senhor que nos lidera e que está disposto a nos capacitar. Precisamos nos dispor a ouvir e aprender. Não adianta estarmos ansiosos e nem ignorarmos os momentos. Precisamos ser diligentes e sensatos. O tempo certo é o de Deus e não o nosso! Só Ele sabe a hora da vitória. Olhemos então para o Senhor e sigamos na direção por ele proposta!

Ano 2#19

O Senhor é poderoso para restituir o que nos foi tirado!

Também o rei Ciro tirou os utensílios da Casa do Senhor, os quais Nabucodonosor tinha trazido de Jerusalém e que tinha posto na casa de seus deuses. Tirou-os Ciro, rei da Pérsia, sob a direção do tesoureiro Mitredate, que os entregou contados a Sesbazar, príncipe de Judá.”
‭‭Esdras‬ ‭1:7-8‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ezr.1.7-8.ara

Décadas se passaram entre a chegada na cativeiro da Babilônia e o retorno de Israel à Jerusalém. Mais de 70 anos passaram para restabelecerem todas as coisas… Ainda assim houve restituição de tudo o que havia sido trazido do templo, para que se reedificasse a Casa do Senhor e se restabelecesse o serviço sacerdotal.

Ciro foi o rei levantado para esta restituição, assim como Nabucodonosor foi para o cativeiro. Todas as coisas estão no controle de Deus e nada impedirá que a adoração ao verdadeiro Senhor de todo o universo prospere!

Restituição é receber de volta aquilo que nos foi subtraído, seja por qual motivo for. Aquilo que temos que é para a glória de Deus, podemos clamar por restituição. O que foi perdido ou tomado? Um emprego? Um relacionamento? Um sonho? É para glorificar a Deus, então oremos! Não importa quanto tempo leve, mas continuarmos no propósito de louvarmos a Deus com as nossas vidas.

A restituição glorifica o nome do Senhor porque voltamos a possuir algo que era nosso e não conseguimos impedir a sua subtração e não tínhamos poder para reave-lo. Já passou por esta experiência? Testemunhe! Muitas pessoas estão abatidas neste momento porque a pandemia lhes subtraiu muitas coisas…

Oremos ao Senhor e peçamos com fé sobre a nossa necessidade. Nas escrituras temos a garantia de que Ele nos faz infinitamente mais do que pedimos ou pensamos, portanto a ele seja dada toda a glória em Cristo (Efésios 3.20,21)!!!