Casamento não está fora de moda!

Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.”
‭‭Eclesiastes‬ ‭4:9-12‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ecc.4.9-12.ara

O sábio Salomão constatou as vantagens de não se andar sozinho. O casamento é uma modalidade onde um homem e uma mulher passam a ter uma vida entrelaçada, onde os propósitos se alinham e se ajudarão de maneira compromissada por toda a vida!

A terceira dobra do cordão é a presença de Deus, a que une com mais força o casal e lhes dá resistência além de si mesmos! Portanto, o casamento é uma ferramenta de fortalecimento de uma relação que se propõe a realizar o chamado de Deus para os dois que se uniram.

E servirão de base para que haja a perpetuação da espécie humana e constituição de valores. Também, para que as próximas gerações tenham a correta percepção de comunhão, ajuda, respeito e compromisso com o futuro.

A humanidade continua a subsistir neste planeta e continua sendo chamada para estabelecer o reino de Deus. O casamento torna-se, portanto, um aliado para nós que desejamos não só construir uma nação espiritual como resistir às dificuldades diárias.

Vive sozinho quem não deseja compartilhar sua vida. Aqui não me refiro aos solteiros ou a quem especificamente não casou, mas àqueles que se isolam socialmente ou só possuem relacionamento estritamente profissional.

Solteiros podem ter um grupo de amigos em Cristo e também constituir o reino com trabalho e apoio, só não se espera que reproduzam filhos fora do casamento. É não dar a estrutura certa para que os filhos aprendam o que é servir e ser servido ainda que tudo seja difícil como as vezes ocorre com casais casados.

Pais e mães devem ser pessoas dedicadas à família, que se esforçam para fazer o melhor. Não há casamento perfeito, mas podemos e devemos pedir ajuda para Deus, para que possamos nos transformar em cônjuges melhores.

Se levarmos em conta as Escrituras que declaram que sexo fora do casamento deve ser evitado, não sobra alternativas quando se deseja ter relacionamento sexual. Ou cremos que esta palavra é verdadeira e vivemos por ela, ou viveremos tendo relacionamentos sexuais dentro e fora de casamentos, multiplicando a dor da traição e corações partidos quando não há compromisso.

Relacionar-se sexualmente é unir-se em um só corpo, e isto não ocorre sem que haja trocas físicas, emocionais e espirituais. Até na prostituição há troca além do dinheiro e Satanás tirará proveito de toda obra da carne que viermos a realizar.

Deus decretou uma maneira para vivermos e teremos todo o apoio quando buscarmos viver por seus preceitos. Fora deles, estaremos criando armadilhas para nosso futuro. Dentro do casamento teremos papéis a desempenhar, mas isto fica para outra mensagem do Evangelho!

O Senhor abençoa todo sonho de casamento dentro dos seus caminhos e espera que perseveremos até o fim. Há uma terceira dobra quando nos unimos através da benção de Deus e podemos nos agarrar a ela para sermos mais que vencedores em todas as ocasiões.

Se você deseja se casar, busque em Deus para realizar este magnífico propósito. Se você está sozinho e arredio, pense que nosso propósito é viver em coletividade. Ainda que sejamos autossuficientes, haverá momentos em que não resistiremos sem ajuda. Não somos obrigados a nos casar, mas ao menos tenha amigos ao seu redor!

Se seu casamento não está bem, traga Jesus para dentro dele. Se Jesus Cristo sempre esteve com vocês e está difícil, então é melhor dar crédito ao que ele diz! Deus não mente e só quer o nosso bem!

Nem todos têm condições ou a oportunidade de se casarem, mas se tiverem, aproveitem ao máximo. A verdadeira face de Deus se revela quando um homem e uma mulher se relacionam em profundidade, pois Deus fez com que a união dos dois gêneros se aproximasse da própria semelhança do Senhor!

Precisamos de alianças como a de Cristo!

Ele pôs nomes nas aves e em todos os animais domésticos e selvagens. Mas para Adão não se achava uma ajudadora que fosse como a sua outra metade. Então o Senhor Deus fez com que o homem caísse num sono profundo. Enquanto ele dormia, Deus tirou uma das suas costelas e fechou a carne naquele lugar. Dessa costela o Senhor formou uma mulher e a levou ao homem. Então o homem disse: “Agora sim! Esta é carne da minha carne e osso dos meus ossos. Ela será chamada de ‘mulher’ porque Deus a tirou do homem.” É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa.
‭‭Gênesis‬ ‭2:20-24‬ ‭NTLH‬‬
https://www.bible.com/211/gen.2.20-24.ntlh

Esta passagem é muito utilizada em casamentos para que não só o casal mas também a família em que estavam entendam a nova situação.

Ao se casarem, os noivos passam a constituir uma nova família e já não pertencem mais aos seus pais, mas um do outro. O cordão umbilical é cortado e é necessária a independência para que se firmem um no outro.

Muitos homens passam pela luta entre decidir pelo que a esposa fala e o que a mãe dele fala, até mesmo preocupado com o honrar pai e mãe. Mas, se desejamos como maridos honrar nossos pais, a melhor maneira é sendo o melhor marido possível e vivendo como homem de Deus, exemplo para os filhos.

Se como esposas desejamos honrar nossos pais, a melhor maneira é sendo uma boa esposa e mãe, edificando o lar. Precisamos entender que estamos comprometidos com o projeto de vida da nova família constituída e somos os que se beneficiarão ou sofrerão com as consequências de cada decisão a ser tomada.

Muitos casais sofrem por interferências de parentes, mas não deve ser assim. O casal agora é a família e, se tivermos de decidir entre os pais e o cônjuge, isto já foi feito no altar onde as alianças foram entregues. Iremos decidir pelo cônjuge sim e isto não está errado. Deixamos pai e mãe e somos uma só carne apenas com o cônjuge!

O momento de vacilar é antes do altar. Depois é se esforçar para resolver todas as questões com amor e sabedoria. É por isto que nos casamentos se declara também que sem Jesus Cristo a caminhada é muito mais difícil, pois sem a presença de Deus para ajudar nas dificuldades será como correr no escuro. Com Cristo teremos o Espírito Santo a trazer a compreensão em nossas vidas e o poder de Deus para atravessar as tempestades.

O sucesso do casamento não está em ser feliz, mas quando os dois decidem fazer o outro feliz. É trabalhar para o bem do outro, nos tornando pessoas melhores. Este mistério é vivido mais profundamente quando conhecemos a Cristo.

Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido. Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,

Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama.

Não obstante, vós, cada um de per si também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido.”
‭‭Efésios‬ ‭5:24-25, 28, 33‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/eph.5.24-25,28,33.ara

Se ouvirmos estas palavras entenderemos os papéis do lar. Submissão é desejo pessoal. Muitos entendem errado quando impõem jugo em suas esposas. Não é isto. A esposa escolhe seguir a liderança do esposo como Cristo se submeteu à do Pai.

O homem deve amar com atitude a esposa, como Cristo deu a própria vida pela igreja. Assim, ambos decidem viver um para com o outro segundo Cristo viveu para o Pai e para a igreja! Este mistério só aprendemos em Cristo!!!

Que possamos decidir amar pelo compromisso assumido. Se durante o caminho as coisas mudaram é hora de colocar diante de Deus e tomar a posição de consertar. Alianças são feitas para serem eternas. Quando os cônjuges desistem de viver conforme a aliança, então tudo se torna muito difícil.

Violência doméstica é pior que adultério e destrói a todos. Drogas e mentiras também são terríveis e todas estas coisas devem ser evitadas para que a família prospere. Se estamos precisando de ajuda nestas áreas, então busquemos ajuda profissional.

Cuidado com quem entra e tem liberdade em nossas casas. O diabo usa os de perto para nos ferir e a nossos filhos. Pais são responsáveis pelos filhos e não o contrário!

Que o Senhor nos ajude em nossos casamentos! Amigos podem ser bons conselheiros, mas o Senhor é infalível! Ouçamos o evangelho antes de tomar qualquer decisão. Jesus sempre está certo!

Casamentos não devem acabar em divórcio. Há saída em Cristo!

“Respondeu-lhes Jesus: Por causa da dureza do vosso coração é que Moisés vos permitiu repudiar vossa mulher; entretanto, não foi assim desde o princípio. Eu, porém, vos digo: quem repudiar sua mulher, não sendo por causa de relações sexuais ilícitas, e casar com outra comete adultério [e o que casar com a repudiada comete adultério].”
‭‭Mateus‬ ‭19:8-9‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.19.8-9.ara

O Evangelho a tudo responde e a questão é sobre separação. Jesus já havia declarado que o que Deus uniu o homem não separasse ( https://mensagensdoevangelho.org/2020/06/23/o-que-deus-ajuntou-nao-separe-o-homem/), pois o casamento é importante para Deus e devia também ser para o homem!

A separação de um casal só foi amparada por Jesus em casos de relações sexuais ilícitas. Entendamos isto como relações sexuais dentro do parentesco, seja para com os ascendentes, transversais ou os descendentes. Não se trata aqui especificamente de adultério com pessoas de fora, pois o perdão existe, mas com parentes de primeiro e segundo graus e filhos.

Mas, se o cônjuge não desiste de adulterar com os de fora, não se importando mais com a aliança feita, então também já não há condições de manter o relacionamento.

Se houver concerto, então que seja feito! O Espírito Santo tem poder para transformar casamentos falidos em relacionamentos formidáveis.

Jesus Cristo traz uma palavra dura aos que desejam se separar ou já se separaram por qualquer outro motivo. Os que se casarem novamente nesta situação estarão cometendo adultério, tanto o que desejou se separar como o outro que não. (Mateus 5.31,32; Lucas 16.18)

Por isso é que a decisão do casamento não deve ser feita de qualquer maneira e muito menos a decisão da separação. Se houve casamento diante de Deus é para ser conforme o voto feito a Ele, até que a morte os separe!

Devemos fazer de tudo para que esta aliança seja mantida, com perseverança e serviço mútuos. A verdade é que o casamento também é uma oportunidade de vivermos a vida com uma ajuda constante. Um ajuda ao outro, mas com a direção e sabedoria de Deus!

Os casamentos devem ser colocados em lugar de honra e santidade. São importantes para o Reino de Deus e para o reino dos homens. É uma jóia a ser guardada e vigiada todo o tempo como já nos referimos.

É muito bom podermos amar e vivermos com alguém por toda uma vida. Sendo assim, considerando que não devemos planejar uma segunda situação, não é uma escolha a ser feita sem a ajuda de Deus!

O namoro deve ser segundo a direção de Deus e também a escolha da pessoa a namorarmos. Não devemos escolher, já de cara, alguém com valores religiosos diferentes dos nossos. Isso gerará problemas já na cerimônia, entre os parentes e na educação dos filhos. Começar na dificuldade tende a gerar problemas ao longo do caminho!

Mas, se fizemos os votos, então cumpramos! Trabalhemos para transformar nossos casamentos em um jardim florido. Exige esforço de ambas as partes, regar com carinho, adubar com respeito e pedir que Deus venha com o sol do renovo!

Deus abomina o divórcio (Malaquias 2.16) e nos dá várias ferramentas para podermos consertar a situação. Busquemos nEle a saída antes de desistirmos de tudo!

Que Deus abençoe nossos casamentos. Que o Espírito Santo seja a cola da aliança e que esta seja honrada, para a glória de Deus!

#Jesus #Casamento #Divórcio

O que Deus ajuntou não separe o homem!

Por isso, deixará o homem a seu pai e mãe [e unir-se-á a sua mulher], e, com sua mulher, serão os dois uma só carne. De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem.
‭‭Marcos‬ ‭10:7-9‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mrk.10.7-9.ara

O que é o casamento? Como um casal se une em matrimônio? Qual o propósito de saírem da casa de seus pais e viverem juntos?

Jesus estabelece um entendimento sobre a visão de Deus sobre o casamento. O que ocorre muitas vezes é que as pessoas vão morar juntas porque hoje em dia é normal.

O casamento foi instituído para se construir uma nova família, um novo núcleo para a evolução da sociedade humana. Portanto, para subsistir e se multiplicar.

Pessoas se unem por interesse sexual (que é passageiro), interesse financeiro (que é passageiro ou não), desespero para sair debaixo da autoridade dos pais (rebeldia ou violência doméstica) e por desejar constituir uma família.

O que ocorre é que um casamento deve ser para sempre, independentemente das nossas convicções, pois desta forma é que estabelecerá uma sociedade forte. Se o material social é fraco, a sociedade é fraca.

Se estamos em uma sociedade passageira, onde alianças se rompem com facilidade, baseadas no desejo individual a ser satisfeito, então a sociedade terá o mesmo comportamento nas demais áreas.

Teremos quebras de confiança em sociedades, negócios e tudo o mais, porque as pessoas não possuem compromisso a manter sob a própria perda.

Lembro-me do tempo em que bastava a palavra de um homem para sabermos que iria fazer o prometido. Hoje em dia os papéis de cartório tem prazo de validade de iogurte e mesmo assim não é garantia de que o negócio será honrado.

Uma família bem formada e mantida gera uma sociedade forte. Destrua a família e destruiremos a sociedade. Mas, famílias são iniciadas quando as pessoas se unem e saem de casa.

O propósito do casamento não é sexo “de graça” pois casar e se manter casado custa caro, não é se satisfazer com uma pessoa bonita ao seu lado, pois a beleza some com o tempo, nem ser um trampolim social, pois as riquezas não trazem felicidade no longo prazo.

O propósito do casamento é vivermos em comunhão com uma pessoa por toda a vida, ajudando um ao outro a construir um núcleo familiar e se agradar com isto, gerando e protegendo filhos se possível for te-los, e glorificar a Deus por fazer o melhor dentro desta aliança.

O casamento é uma benção para a humanidade e deve ser tratado como uma pedra muito preciosa, pois é muito bom podermos compartilhar toda uma vida com alguém que deseja o nosso bem e tem o mesmo interesse de construir uma herança emocional e espiritual juntos!

Cristo nos capacita a sermos melhores amantes, companheiros e provedores, porquanto revela em nós o nosso melhor. Em Jesus nossos casamentos serão aprimorados e alianças renovadas.

Se a sociedade é constituída por famílias fortes, então a sociedade precisa de Cristo, pois apenas através do novo nascimento é que nos tornamos plenos no entendimento do amor ao próximo, tão necessário para vivermos em harmonia em nossos lares!

Se estamos vivendo fora desta visão, então é hora de buscarmos conhecer ao Senhor e sermos trabalhados pelo Espírito Santo. O resultado será um casamento melhor e alianças renovadas, uma sociedade abençoada por Deus!

Jesus é o modelo de liderança e submissão. Precisamos aprender com ele!

Então, o Senhor Deus fez cair pesado sono sobre o homem, e este adormeceu; tomou uma das suas costelas e fechou o lugar com carne. E a costela que o Senhor Deus tomara ao homem, transformou-a numa mulher e lha trouxe. E disse o homem: Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa, porquanto do varão foi tomada.
‭‭Gênesis‬ ‭2:21-23‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gen.2.21-23.ara

A Bíblia registra a primeira clonagem humana com transformação genética. Do homem foi tirada uma costela, mostrando que homens e mulheres tem uma origem comum e são complementares.

Interessante observar que quem deu nome à mulher foi o homem Adão. Ora, quem dá nome tem liderança e assim surgiu este aspecto entre a relação homem-mulher.

No entanto, ter liderança não significa humilhar quem está sob a sua liderança. Não significa violentar ou imputar medo. Liderança é, antes de tudo, responsabilidade para com quem está conosco a orientar o caminho e dar condições de apoiar nos seus desígnios.

Líderes servem para que os que estão sob sua responsabilidade atinjam a plenitude de suas capacidades. Homens precisam orientar e suportar as necessidades das mulheres a quem servem em sua liderança.

Por isso o Evangelho ensina que o marido deve amar a sua esposa a ponto de dar a própria vida por ela, como Cristo deu a vida pela igreja. Também diz que a esposa, de bom grado, deve concordar com as orientações do marido e ajudar-lhe (submeter-se) como a igreja se submeteu à Cristo (Efésios 5.22-30).

Isto é um amadurecimento que homens e mulheres precisam alcançar ao longo do casamento, onde cada um tem um papel que, se bem desempenhado, fará com que a família seja próspera e multiplicadora da graça de Deus no mundo.

Liderança não é mandar, mas suportar! Um líder conduz para o alvo. Assim deve ser o homem em relação à mulher. Mas só enxerga o propósito de Deus quem é homem de Deus e só vive em harmonia a mulher que também é de Deus.

A caminhada espiritual de homens e mulheres dura toda a vida. Com a presença de Deus estaremos fazendo com que a Terra seja uma fonte inesgotável da benção do SENHOR para toda a humanidade.

Se falharmos nisto o mundo continuará destilando o confronto dos sexos, homens serão chefes mandões e não líderes, e as mulheres buscarão tomar a liderança para discordar e confrontar os homens.

O caos está aí. Não é questão de machismo ou feminismo, mas de ignorarmos a constituição humana como Deus a construiu!

Jesus veio reparar todas as coisas. Se crermos nele estaremos vivendo novamente nestes preceitos e a harmonia voltará a reinar entre nós. Jesus é o caminho e o modelo que homens e mulheres devem seguir para trazermos a glória de Deus para o nosso meio!

Mulheres são o apoio imprescindível!

Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.
‭‭Gênesis‬ ‭2:18‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gen.2.18.ara

Homens precisam das mulheres, ainda que não lhes dê atenção ou importância. Deus construiu a humanidade para que houvesse dependência mútua.

O termo auxiliadora idônea significa alguém necessário para alcançar êxito, sem o qual não conseguirá atingir a meta. Portanto, são imprescindíveis!

Assim, o homem necessita da mulher para alcançar seus objetivos na Terra como humanidade! Porque os homens são mais fortes acabaram por subjugar as mulheres, mas isto não é porque Deus assim deseje.

Quando Eva pecou recebeu o direcionamento de Deus de que o seu desejo seria para o seu marido, ou seja, iria concordar em viver com ele, mas não significa ser subjugada. Há uma grande diferença aqui!

Casais existem para vencerem juntos as demandas da vida. A força do homem, unida a estratégia da mulher, fazem com que os dois alcancem mais longe em termos de subsistência.

Homens solteiros tendem a viver uma vida cujo propósito é maximizar o seu prazer e atingir suas metas no trabalho ou de vida. Já os casados pretendem alcançar êxito para que a família tenha oportunidade de ir mais longe. Deixa de pensar em si e passa a pensar no grupo.

A comunhão do casal é imprescindível para atravessarmos todos os problemas. A racionalidade do homem é o que permite irmos além quando o emocional da mulher cristaliza as suas atitudes, em meio aos fortes impactos da vida.

Um equilibra o outro e os dois atingem juntos os propósitos de Deus! Homens precisam das mulheres e as mulheres precisam dos homens, e todos precisamos de Deus!

Nem todos irão se casar e nem todos ficarão solteiros. Há um propósito em Deus para cada um de nós e iremos cumpri-lo segundo a ajuda que buscarmos nEle.

No trabalho as mulheres também fazem diferença, pois trazem um ponto de vista diferente e agregam valor naquilo que o homem não foi construído. Merecem estar em qualquer atividade da sociedade.

Não deveria haver machismo e nem feminismo. Isto só acontece por ignorância da cultura. Se entendermos o plano de Deus estas coisas perdem o sentido! Todos somos iguais perante Deus!

Em Cristo temos esta percepção, pois somos regenerados para alcançarmos nosso propósito. Que entendamos o papel das mulheres como as ajudadoras idôneas enviadas por Deus e vivamos a plenitude da humanidade!

Namorados com ou sem a presença de Deus?

“Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.”
‭‭Eclesiastes‬ ‭4:12‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ecc.4.12.ara

O amor de um casal deve estar estabelecido na vontade de Deus. Casar-se sem o vínculo do Espírito Santo é não ter a terceira dobra do cordão, é não ter a verdadeira cola que junta a corda e faz dela um instrumento capaz.

O Dia dos Namorados passou e devemos nos perguntar sobre a qualidade de nossos relacionamentos. Se sinceros diante de Deus ou não.

Adão e Eva decidiram retirar a terceira dobra quando foram rebeldes à vontade de Deus. Ananias e Safira (Atos 5.1) decidiram mentir ao Espírito Santo em concordância, vindo à morrer diante de Pedro.

Não é toda concordância de um casal que é benção diante de Deus, mas apenas aquelas estabelecidas por Deus. Entrar em um casamento sem Deus ou sair dele sem a direção de Deus trarão dor e sofrimento, podendo ir até a eternidade!

O divórcio sem que tenha ocorrido relações sexuais ilícitas por um dos cônjuges não dá oportunidade de separação diante de Deus. Nem a traição de um ou ambos. Existe perdão e oportunidade de arrependimento. O adúlteros não entrarão no Reino de Deus!

Para Deus o relacionamento homem-mulher deve ser sagrado e mantido em santidade. A sociedade atual está banalizando este conceito tão importante para Deus.

Sejamos unidos no Espírito Santo e vivamos o melhor de Deus como casais, pois isto é bom e foi criado pelo Senhor! É bom que o homem não esteja só e melhor ainda quando os dois concordam com a vontade de Deus!

Se isto não está acontecendo é momento de pararmos e consertarmos, pois o tempo da justiça está próximo e podemos acertar através de Jesus Cristo!

Que as bençãos de Deus sejam derramadas nas vida dos casais, em nome de Jesus!

O romance não deve ser esquecido. Deus criou o casal para terem uma vida feliz, em comunhão!

“Eis que és formosa, ó querida minha, eis que és formosa; os teus olhos são como os das pombas. Como és formoso, amado meu, como és amável! O nosso leito é de viçosas folhas, as traves da nossa casa são de cedro, e os seus caibros, de cipreste.”
‭‭Cântico‬ ‭1:15-17‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/sng.1.15-17.ara

O romance não pode ser esquecido! As escrituras nos mostram até o amor de um casal, o galanteio e a alegria do amor e da cumplicidade do esposo e da esposa.

Deus criou o homem e a mulher para a multiplicação da espécie e para que o casal resistisse às dificuldades do cotidiano. São dois para que um ajude o outro quando este não está bem.

As lutas diárias não devem diminuir o brilho que um tem para o outro e nem devemos nos calar a respeito disto. Pelo contrário, palavras de amor são alimento e água pelos anos de casamento.

Não deixemos de elogiar nosso próximo mais próximo, nosso cônjuge, pois é nossa responsabilidade cuidar até a morte.

Aos namorados e noivos, busquem no SENHOR pela sua “cara-metade”, pois nosso coração e olhos são enganosos e só enxergamos no curto-prazo. Deus sempre tem a melhor solução para as nossas vidas, inclusive a amorosa!

Que hoje possamos trazer um elogio, ainda que não estejamos inspirados. Pela prática aprenderemos a fazer com carinho e amor, fortalecendo nosso relacionamento.

Em qualquer circunstância o amor prevalece. Deus é amor e demonstraremos nossa filiação também através do amor. Não esqueçamos do romance, pois continuamos na natureza de homens e mulheres e isto traz saúde física e mental ao ser humano.

Vivamos o melhor de Deus, nas lutas e alegrias, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, até que a morte separe o casal. Na eternidade teremos gratidão um pelo outro, pela alegria do tempo compartilhado nesta existência!!!

Se hoje está difícil, deixe Cristo entrar no seu relacionamento e busque viver nos ensinamentos de Deus. Confie e veja o seu relacionamento mudar enquanto seus corações, visão e atitudes também mudarão, para a glória de Deus!