#3_309 Busquemos viver em comunhão!

Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.
Colossenses 3:16 ARA
https://bible.com/pt/bible/1608/col.3.16.ARA

Esta instrução dada por Paulo é atingida em uma comunidade Cristã. Sozinhos seríamos todos capazes de aprender, cantar, tocar, louvar e nos mantermos com a fé em alta diante das dificuldades? Como nos aconselharmos mutuamente sozinhos? Paulo, evidentemente, expôs a necessidade de caminharmos juntos.

Também, mostrou como esta unidade pode se beneficiar da multidão de dons. Cada pessoa trará uma face da graça de Deus através de suas ações para com o grupo. E se é um grupo Cristão estaremos entre a busca do benefício geral e a transformação individual na caminhada da santificação.

Somos pecadores em constante trabalho interior para mudarmos de conduta, pensamentos e nossa própria natureza. Não fazemos isto totalmente de uma hora para outra. Por isso precisamos uns dos outros para nos ajudarmos na caminhada. Não há igreja perfeita porque sempre estamos aprendendo a negar o pecado que ainda existe em cada um de nós.

Precisaremos perseverar na comunhão, nas reuniões de aprendizado do evangelho, nas orações individuais e comunitárias, além de prestarmos em grupo nosso culto ao Senhor. Em cada atividade estaremos nos ajustando à vida Cristã e à cidadania celestial. No céu não ficaremos inertes, mas trabalharemos em conjunto para continuarmos a viver o reino de Deus!

Nosso desejo de estarmos vivendo estas palavras precisa dominar o medo dos fracassos que podemos ter vivido anteriormente. Deus constituiu sim igrejas na face da terra capazes de ter seu amor e fazer a sua vontade. E isto depende de cada um que foi chamado pelo Senhor.

Confiemos no evangelho, confiemos na sabedoria de Deus e busquemos viver estas palavras. A partir de nosso conhecimento das escrituras poderemos enxergar os desvios e acertos, o amor e a vaidade. No louvor a Deus cresceremos em fé e alegria, superando as dificuldades do mundo. Os portões do inferno não prevalecerão contra a igreja (Mateus 16:18).

#3_269 A sabedoria vem de Deus!

Chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga, e muitos, ouvindo-o, se maravilhavam, dizendo: — De onde lhe vem tudo isso? Que sabedoria é esta que lhe foi dada? E como se fazem tais maravilhas por suas mãos?
Marcos 6:2 NAA
https://bible.com/bible/1840/mrk.6.2.NAA

Como uma criança pode nos dar lições de vida? Como uma pessoa sem muito conhecimento entende as grandezas de Deus? Temos repetido insistentemente para não confundirmos conhecimento com sabedoria. Também não podemos ignorar que aprendemos através de experiências compartilhadas.

Deus se manifesta em nossas vidas e em sua soberania nos capacita. Nos enganaremos achando que uma pessoa humilde que não possui sucesso, financeiramente falando, não teria condições de nos dar palavras de sabedoria. Muitos acreditam que dinheiro corrompe o coração e preferem viver uma vida mais simples, pois sustentar grandes estruturas nos tira tempo e saúde.

Já outros usam estas estruturas para melhorar a vida de muitos desgastando-se para ajudar o próximo. É uma questão de propósito e dom, chamados diferentes segundo a vontade de Deus! Importa entendermos que o importante é estarmos seguindo o caminho para o qual fomos chamados e ajudarmos segundo o que está ao nosso alcance.

A sabedoria é divina e podemos ouví-la de diversas origens se estivermos atentos. A Bíblia nos ensina a observarmos a natureza e dela tirarmos novos ensinamentos. Também nos revela que a humildade nos ajudará a obtermos sabedoria, pois aprende quem reconhece que não sabe tudo. Aliás, nossa percepção de ignorância se amplia quando vamos tendo contato com novos entendimentos. “Os sábios sabem que não sabem”, enquanto “os ignorantes ignoram que não sabem”!

Cristo conhece todas as coisas e nos convida a sermos sábios pelo Espírito Santo. A sabedoria espiritual só pode ser alcançada no Espírito e nos enganaremos em buscá-la nos livros e na própria Escritura se não formos guiados pelo Senhor. Ficaremos maravilhados com as descobertas individuais enquanto o Espírito trata conosco e ainda mais quando percebermos que a igreja está sendo conduzida em conjunto pelo mesmo caminho.

Sinais e maravilhas são experiências a serem vividas por interesse do Senhor, para que as manifestações produzam em nós temor e confiança. Jesus compartilha conosco sua autoridade e espera que a usemos com a mesma sabedoria. O sábio a usará para abençoar vidas, enquanto o ignorante irá usar em proveito próprio.

Que Deus seja glorificado enquanto nos tornamos sábios espiritualmente. Sejamos gratos pelos dons e sabedoria depositados em nós através do Espirito Santo.

#3_248 Precisamos dos dons da Igreja!

A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando um fim proveitoso. Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento. A um é dada, no mesmo Espírito, a fé; a outro, no mesmo Espírito, dons de curar;
1Coríntios 12:7‭-‬9 NAA
https://bible.com/bible/1840/1co.12.7-9.NAA

O Espírito Santo distribui no corpo de Cristo, a Igreja, os dons espirituais. São dados com o propósito de abençoarem o mundo com a graça de Deus. O dom se manifesta onde há a necessidade das pessoas, para que onde não há provisão do mundo venha a existir a provisão de Deus!

Por isto aprendemos que onde abunda o pecado superabunda a graça de Deus pois, onde os homens não conseguem resolver por si mesmos as suas muitas dificuldades geradas pelo pecado, Deus se manifesta pela graça e traz a solução sobrenatural.

Assim vemos nascer o bem no meio de onde só havia o mal, curas onde só havia doenças, alegria onde só havia dor e recursos onde só havia misérias! Deus traz à existência o que não existe a partir de situações onde o sobrenatural se manifesta mediante sua palavra, dons e misericórdia para com a humanidade.

Quando o mundo veio a conhecer o primeiro pecado Deus prometeu o redentor. No primeiro homicídio a misericórdia. Estas coisas não existem primeiramente em corações inclinados ao pecado, mas são graça abundante de Deus derramada sobre nós.

Assim são os dons no seio da Igreja. Tais dons estão disponíveis e podem ser usados para alcançar o necessitado. Não há pré-requisito para receber senão precisar receber! Só que um doente só procura o médico quando percebe a sua doença e muitos necessitados nem sabem onde procurar assistência.

A Igreja de Cristo é ponto de apoio quando manifesta ao mundo o poder de Cristo, a partir dos dons que foram distribuídos dentre os irmãos. O Senhor ensinou que um velador não deve ser colocado debaixo da cama, pois terá pouca serventia para iluminar o cômodo. Assim são os dons que não devem estar escondidos para que ninguém possa usufruir deles.

Os dons para a edificação da Igreja são para lhe fazer multiplicar enquanto os dons de misericórdia são para alcançar vidas necessitadas. Muitas vezes a Igreja condiciona entregar o dom de misericórdia em troca de fazer um novo prosélito, mas isto não é o que o mestre fazia. Jesus curou e libertou quantos precisavam e não condicionou a seguí-lo. Para alguns alertou que não continuassem no pecado porque haveriam de colher algo pior ou não teriam uma segunda chance!

Os dons de edificação da Igreja são para que cresça de maneira saudável e não é algo a ser usado para com o descrente. Curar é para todos, mas ensinar a como evangelizar não faz sentido fora da Igreja. Muitos são os dons e nenhum deve ser ignorado para que não venhamos a enterrar dons preciosos como o dinheiro enterrado na parábola das minas ou dos talentos de prata.

Que possamos ser mordomos também dos dons recebidos pois são distribuídos onde há necessitados e na multidão de dons que a Igreja possui todos servirão e serão servidos quando precisarmos. Esta é a beleza da Igreja que não subsiste em um indivíduo, mas na coletividade. Nem os portões do inferno prevalecerão quando o propósito for executado em cada crente no Senhor!

Assim, a Igreja é a graça de Deus na Terra e bom será usufruímos dela enquanto cada um faz a própria parte. Glórias a Deus por termos esta oportunidade de recebermos e darmos, no amor de Cristo Jesus!

#3_159 Atos 2:1-3

Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles.
Atos 2:1‭-‬3 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.1-3.ARA

O Espírito Santo trata no individual, concedendo a cada um o que nos é necessário. O pão nosso de cada dia é trazido nas suas asas para dentro de nós, com todo amor e cuidado. Às vezes pode ser um conselho, outras vezes uma cobrança a respeito de um pecado cometido, outra vez sabedoria …

Cada um possui um direcionamento específico de Deus que se conecta aos demais para formar um quebra-cabeças. Só enxergamos a figura completa quando vemos a união do grupo e nos alegramos com a beleza do amor de Deus para conosco!

Ouçamos o que o Espírito Santo está nos trazendo hoje, nas suas doces misericórdias e no seu direcionamento para nós. Deus distribui dons para o benefício de muitos e devemos usá-los em favor de nosso povo. No Pentecostes a Igreja surgiu, pregando o amor de Deus através do sacrifício de Cristo. E assim devemos seguir em nossos dias.

As línguas de fogo produziram um sinal poderoso que transformou corações duros em arrependidos, pois as pessoas ouviram em seus idiomas a mensagem do Evangelho. Todo dom de Deus provoca este efeito: que Cristo seja conhecido como Senhor e salvador. Glórias a Deus que nos envolveu com o seu Espírito para nos capacitar a fazer a boa obra!

#3_136 João 3:27

Respondeu João: O homem não pode receber coisa alguma se do céu não lhe for dada.
João 3:27 ARA
https://bible.com/bible/1608/jhn.3.27.ARA

Tudo vem de Deus! Homens entregam a outros homens aquilo que Deus deseja que tenhamos, seja por graça, misericórdia, mérito ou castigo. Do Senhor recebemos glória e queda, a partir da Sua soberania e governo para a edificação de todos.

Na Antiga Aliança vemos homens que reconheciam que suas vidas estavam nas mãos do Todo-Poderoso, inclusive a abundância ou a escassez e eram gratos por cada conquista. Parece que em nosso tempo, já na Nova Aliança, a tecnologia leva o louro, como se a maior eficiência da agricultura não fosse conhecimento desenvolvido com a ajuda de Deus.

A arrogância humana nos afasta do Senhor quando não entendemos o fenômeno aplicado. Basta nos aprofundarmos mais que perceberemos como a ciência está enxergando o código que Deus usou e possibilitando a melhoria da qualidade de vida de todos nós.

João Batista estava falando das coisas espirituais, como todo dom vem de Deus e nenhum dom existe sem que nos tenha sido entregue por Ele. Desenvolver tais dons é uma busca pessoal, mas a ligação espiritual e seu uso não é coisa adquirida por conhecimento do fenômeno, mas por liberalidade de quem tem o poder.

Muitos desejam ter dom de cura e estudam Medicina. Outros recebem poder de curar por oração e nem são alfabetizados. A Medicina ainda não resolveu o problema do Câncer enquanto basta uma palavra de Deus e a doença some de um corpo. Saber que Deus continua curando e ter fé nEle e não na ciência humana nos permitirá viver uma vida confiante e independente do avanço humano, pois até a nossa morte está nos planos de Deus. Podemos até ser curados pela Medicina, mas ainda assim é obra de Deus!

Deixemos nossa vaidade em ignorar os fatos da soberania do Senhor. Muitos desejam mostrar que a Medicina é suficiente até perceber que em muitos casos não é, e ter de se dobrar ao Soberano, clamando por sua vida ou pela dos seus entes queridos. Melhor é agradecer pelo que temos recebido a cada dia e glorificarmos ao nome do Senhor. Creiamos nEle que possui o poder de transformar a nossa situação hoje e sempre, em nome de Jesus!

Deus nos traz sabedoria para mudarmos o mundo!

Este lhe disse: Tive um sonho, e não há quem o interprete. Ouvi dizer, porém, a teu respeito que, quando ouves um sonho, podes interpretá-lo. Respondeu-lhe José: Não está isso em mim; mas Deus dará resposta favorável a Faraó.
‭‭Gênesis‬ ‭41:15-16‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/gen.41.15-16.ARA

Temos insistido que os dons que recebemos não são para nós, mas recebidos de Deus para ajudar ao próximo. José recebeu sonhos e não sabia como interpreta-los para a sua própria vida, mas podia dar a interpretação dos sonhos de outros, o que significava ter a direção de Deus para as vidas à sua volta. Tal dom lhe deu a oportunidade de se tornar o governador de todo o Egito e circunvizinhança, sendo poderoso na terra e temido!

Dons de Deus nos ajudam a estabelecer melhorias na vida das pessoas, é uma forma de lhes ajudar a resolver questões fundamentais como saúde, relacionamentos, finanças e estrutura familiar e/ou de negócios. Nestas questões onde o natural traz limitações o conhecimento de Deus é essencial para termos a capacidade de solucionarmos os problemas. Nem sempre faremos uso do sobrenatural para resolve-los, pois não será necessário. Mas o espiritual trará a resposta certa a ser usada no material e esta vantagem competitiva não está à disposição de todos.

Deus se agrada daqueles que o buscam e o salmista deixou claro que há uma revelação pessoal do Senhor para as nossas vidas:

A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança.”
‭‭Salmos‬ ‭25:14‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/psa.25.14.ARA

Com a aliança o Senhor nos revelará as profundezas espirituais e uma sabedoria não disponível aos que vivem pelo natural. Estas coisas nos permitirão ir além do que o homem natural poderia fazer em termos de vida com Deus. Não falo a respeito de sucesso ou riquezas, mas de sabedoria, paz, amor, felicidade e os demais aspectos do Fruto do Espírito.

A amizade de Deus é o nosso maior bem, sua herança, sacrifício e salvação em Cristo nos transforma e eleva em amadurecimento de vida. Estas coisas não são aprendidas sem a presença de Deus e não há proveito em se ter uma vida sem estas verdades. A virtude maior é justamente buscarmos o Senhor e o Seu reino, pois nele viveremos eternamente. Não conhece-lo é desperdiçar nosso tempo nesta vida passageira e não nos prepararmos para a que virá.

José viveu em grandes apuros após ser vendido como escravo, mas pode ser usado por Deus e transformar a vida de milhares de pessoas, senão milhões. Na sabedoria de Deus viveu e fez que muitos vivessem, abençoando e sendo abençoado na terra de suas peregrinações. Sejamos como José, buscando conhecer e viver para Deus. Do Senhor virá o que será necessário para as nossas vidas e seremos felizes despenseiros de Sua graça e misericórdia para o mundo!

Ano 2#223

Façamos diferença pela fé em Cristo!

Havia em Jope uma discípula por nome Tabita, nome este que, traduzido, quer dizer Dorcas; era ela notável pelas boas obras e esmolas que fazia. Ora, aconteceu, naqueles dias, que ela adoeceu e veio a morrer; e, depois de a lavarem, puseram-na no cenáculo. Como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, enviaram-lhe dois homens que lhe pedissem: Não demores em vir ter conosco. Pedro atendeu e foi com eles. Tendo chegado, conduziram-no para o cenáculo; e todas as viúvas o cercaram, chorando e mostrando-lhe túnicas e vestidos que Dorcas fizera enquanto estava com elas. Mas Pedro, tendo feito sair a todos, pondo-se de joelhos, orou; e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te! Ela abriu os olhos e, vendo a Pedro, sentou-se. Ele, dando-lhe a mão, levantou-a; e, chamando os santos, especialmente as viúvas, apresentou-a viva. Isto se tornou conhecido por toda Jope, e muitos creram no Senhor.
‭‭Atos‬ ‭9:36-42‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/act.9.36-42.ARA

Esta porção da Bíblia nos fala de duas pessoas que fizeram grande diferença na vida de outras, por amor! Tabita ajudava a muitos, fazia esmolas e costurava para as viúvas. Naquele tempo a viúva não recebia aposentadoria do marido ou tinha qualquer ganho se não pudesse trabalhar ou tivesse um familiar para auxiliar nas suas despesas.

Tabita morreu e as pessoas sentiram muito. Pedro acabara de fazer um milagre em Lida, ao orar em nome de Jesus e tirar da cama um homem paralítico há 8 anos. Os amigos de Tabita que eram discípulos, sabendo que Pedro estava próximo, não duvidaram de que era possível que Pedro trouxesse a vida de Tabita de volta! Assim, chamaram rapidamente Pedro que ali também exerceu o milagre da ressurreição de Tabita.

Pedro operava maravilhas e sinais em nome de Jesus e Tabita operava o amor para com as pessoas, evidenciando o reino de Deus nos corações das pessoas! A cooperação dos dons gera a conversão de vidas para o reino do Senhor. A fé torna possível os milagres a nosso favor. Quanto mais vivermos pelo evangelho mais teremos oportunidade de vivenciar o reino de Deus sobre a Terra.

Experimentar o poder de Deus é buscar viver em serviço, tendo disponibilidade em ajudar quem precisa. Pedro foi sem vacilar e creu na manifestação da glória em Cristo. Quando experimentarmos estes dons estaremos vivendo como eles viveram. É isto que queremos? Então comecemos pela fé, confiando que estes relatos são genuínos e que o mesmo poder continua disponível hoje!

Jesus Cristo instituiu a igreja para isto e está se manifestando em todas as partes do mundo onde a igreja está praticando e exercendo a autoridade em Cristo. Oremos para que não ignoremos o poder disponível, pois há muitos necessitados hoje mesmo e Jesus está enviando a quem possa exercer fé em seu nome! Ele tem todo o poder e nos delega para que façamos, em seu nome, os sinais e maravilhas que ele fez!

Ano 2#161

Usemos os dons, para a glória de Deus!

Este lhe disse: Tive um sonho, e não há quem o interprete. Ouvi dizer, porém, a teu respeito que, quando ouves um sonho, podes interpretá-lo. Respondeu-lhe José: Não está isso em mim; mas Deus dará resposta favorável a Faraó.
‭‭Gênesis‬ ‭41:15-16‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gen.41.15-16.ara

Dons são presente de Deus para a humanidade. São competências que cada um recebe e que engrandecem o nome do Senhor. Não é maravilhoso ouvir uma bela melodia, ou olhar para um lindo quadro ou se maravilhar com uma obra arquitetônica? Dons são capacidades que nós homens temos de realizar algo para que todos ganhem.

José foi humilde em observar que seu dom veio de Deus e se fizermos o mesmo nos permitiremos utilizar da maneira certa. Quem possui um dom o coloca à disposição da sociedade. Assim é com as profissões. O que realizamos não é para nós especificamente, senão possui o nome de hobby. Dom é para abençoar outras vidas, o hobby é apenas para mim.

Quais dons temos recebido de Deus para podermos usar em favor dos que estão à nossa volta? Se o utilizarmos iremos ajudar esta geração a ser melhor, pois temos algo de Deus para compartilhar. Se não uso, todos perdem. Nossa consciência deve ser guiada pelo Espírito Santo que trabalhará para exercermos os dons no momento adequado. José abençoou muitas vidas quando exerceu o seu dom, livrando da morte milhares de pessoas.

Hoje podemos nos alegrar com os dons a nós delegados e que podemos usufruir uns dos outros. Um tem louvor, outro uma culinária maravilhosa, outro uma capacidade de alegrar o ambiente. O mosaico de dons é a força da comunhão em Deus e felizes os que têm liberdade de compartilhar em amor! Jesus continua distribuindo dons entre nós e este é um bom momento de usa-los!!!

Ano 2#51

Habilidades e recursos são necessários para todo tipo de trabalho!

Eis que lhe dei por companheiro Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã; e dei habilidade a todos os homens hábeis, para que me façam tudo o que tenho ordenado:
‭‭Êxodo‬ ‭31:6‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/exo.31.6.ara

Esta passagem está no contexto de Deus definindo o trabalho que deveria ser feito para se guardarem as Tábuas da Lei, dadas a Moisés. Trabalho que exigiria pessoas com talento e habilidades diferenciadas.

Todo o material já estava nas mãos do povo de Israel quando saiu da terra do Egito. Receberam ouro, prata, animais e muito tecido, tudo que puderam carregar da terra de sua escravidão.

É certo que quem disse que Deus capacita os escolhidos e que, por isso, só depende de nós o querer realizar e perseverar foi Albert Einstein.

No entanto, Einstein tem razão também nesta colocação. A obra do Tabernáculo, para se guardar a Arca da Aliança com as Tábuas da Lei, foi o primeiro trabalho dado à Israel por Deus.

O Senhor diz a Moisés que as habilidades foram dadas por ele, os dons que cada um recebe de nascença. Ora, habilidades são desenvolvidas, de acordo com o aperfeiçoamento individual.

Temos esportistas, músicos, artistas que começaram desde cedo a praticar seu talento e são mulheres e homens que transformam algo simples em coisas extraordinárias!

Um desenho é feito com luz, lápis e papel; uma música depende de instrumentos musicais; um esporte, de um local também adequado. Assim, precisamos do esforço e do apoio da estrutura.

Empresas esperam que seus funcionários sejam bem sucedidos e, por isso, lhes proporcionam as condições adequadas para atingirem seus objetivos. De resto, é cada um fazendo o seu melhor para desenvolver a empresa, arte, esporte, seu chamado!

Igrejas não devem ser diferentes disso. Membros chegam com dons e há que se ter a oportunidade de desenvolve-los. Como esperar que um membro cresça espiritualmente sem lhe proporcionar os meios adequados?

Muitos líderes colocam isto na conta do Espírito Santo e só dão tempo aos membros para que eles surjam obreiros completos, profetas, missionários, pregadores e etc!

Até na vida militar há o aperfeiçoamento contínuo para que o soldado se torne um sargento e o tenente se torne um coronel. Toda a estrutura é feita para permitir o crescimento do indivíduo para atingir os objetivos das organizações.

O Espírito Santo nos ensina que a perseverança e a vontade é do homem, mas quem espera usufruir do resultado deve dar os meios!

Assim, pois, amados meus, como sempre obedecestes, não só na minha presença, porém, muito mais agora, na minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor; porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade.
‭‭Filipenses‬ ‭2:12-13‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/php.2.12-13.ara

A salvação também é um caminho de desenvolvimento pessoal que exige perseverança e esforço de cada um. No entanto, as ferramentas espirituais já foram dadas por Deus a cada um dos que receberam a Cristo como Senhor e salvador.

Importa termos os meios e nos esforçarmos para atingir os propósitos. Se na função de empregador, devemos prover os meios. Se na função de executor, busquemos fazer o melhor com os dons recebidos.

No final, todos colherão os bons frutos desenvolvidos! Assim Deus criou todas as coisas!

Nos incomoda ver “empregadores” que exigem resultados sem ter dado os meios e “executores” reclamando em fazer seu trabalho já tendo recebido o que era necessário.

Precisamos ser coerentes e usar as nossas habilidades e inteligência segundo cada papel a desempenhar. Isto trará benefícios a todos nós e glorificará a Deus!