Nada se compara à ajuda de Deus!

Não confio no meu arco, e não é a minha espada que me salva. Pois tu nos salvaste dos nossos inimigos e cobriste de vergonha os que nos odeiam. Em Deus, nos temos gloriado continuamente e para sempre louvaremos o teu nome.
Salmos 44:6‭-‬8 ARA
https://bible.com/bible/1608/psa.44.6-8.ARA

Em quem devemos confiar? Em Deus podemos! Muitas vezes queremos fazer na nossa força, mas certamente não será a melhor solução. Confiar em Deus é ouvir os seus conselhos e até mesmo aguardar por ajuda. Há momentos em que pessoas nos ajudarão, outros em que precisaremos esperar por uma direção para agirmos e até os que não precisaremos realizar ação alguma.

Saber ouvir a Deus é uma atividade que exige a presença do Espírito Santo para nos guiar. Não adianta abrirmos a Bíblia em qualquer versículo e agirmos na primeira palavra lida se o Espírito Santo não nos der a aplicação. Seria o mesmo que fazer na nossa força e ainda colocaremos culpa em Deus pelo que vier a ocorrer.

A verdade é que precisamos orar mais e estarmos sensíveis ao que Deus tem para nós. No poder de Deus venceremos as lutas diárias, ainda que sejamos nós a executar as ações. Agir sem Deus é fazer na própria força e agir com Deus é fazer na força dEle! O que é melhor? Sem dúvidas poderemos fazer muito mais e bem melhor com Deus!

Que decisões precisamos tomar? Que ações a realizar? Este é um bom momento para pararmos e orarmos a Deus, pedindo por direção. Glórias a Deus que nos enviou Jesus Cristo para podermos ter acesso ao Senhor a qualquer momento. Sem a redenção isto não seria possível. Então, façamos uso desta bendita prerrogativa e sejamos abençoados no que Deus fizer em nossas vidas. Ainda que passemos pelo vale da sombra da morte não temeremos, pois não estaremos sozinhos!

Ano 2#257

A misericórdia de Deus nos alcança em Cristo!

Então, Jesus foi com eles. E, já perto da casa, o centurião enviou-lhe amigos para lhe dizer: Senhor, não te incomodes, porque não sou digno de que entres em minha casa.
Lucas 7:6 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.7.6.ARA

O centurião nos ensina que milagres ocorrem porque Deus age e podemos esperar o seu favor. Reconheceu que não era digno, mas que Deus agiria por misericórdia e graça. Não colocou impedimento de nenhum tipo, fosse por ser gentio, por distância ou por não acreditar, mas pelo contrário. Buscou ajuda do Pai de Misericórdia no momento em que o seu servo precisava. Ainda por cima, nem estava pedindo para si mesmo ou para um familiar!

Tal fé impressionou a Jesus que prontamente atendeu não só o convite, mas a ação necessária para a manifestação do milagre. Aliás, Cristo não age com letargia, mas com presteza! Temos repetidamente dito que a fé é depositada no coração dos que ouvem a respeito dos feitos de alguém e passamos a confiar nesta pessoa. A fé não é proveniente da nossa capacidade de crer em alguém simplesmente, mas de confiar que esta pessoa é capaz de cumprir suas promessas!

O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor.
Lucas 4:18‭-‬19 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.4.18-19.ARA

Por que podemos esperar que Jesus cure e liberte? Porque ele prometeu que faria e fez! E continuará fazendo. Sua fidelidade nos traz a certeza de que podemos confiar em sua palavra, seu evangelho. Jesus Cristo é o verbo que nos traz vida, perdoa nossos pecados e nos reconcilia com Deus! Se não tivermos fé nele, então não teremos como usufruir de suas promessas.

O que faremos a respeito? O centurião abençoou seu servo por ter tido fé em Cristo. Nós também podemos ser abençoados e abençoadores através da mesma fé. Ninguém é digno, e Jesus é misericordioso! Não há impossíveis para Deus!

Ano 2#252

Aprendamos com a criação!!!!

Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia profere palavras a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há fala, nem palavras; não se lhe ouve a voz. Por toda a terra estende-se a sua linha, e as suas palavras vão até os confins do mundo. Neles, pôs uma tenda para o sol, o qual, como noivo que sai do seu tálamo, se regozija, como herói, para correr a sua carreira.
Salmos 19:1‭-‬5 TB
https://bible.com/bible/277/psa.19.1-5.TB

A beleza da criação fala sozinha do poderio de Deus. O universo proclama a maravilha do que podemos enxergar da manifestação do que o Todo-Poderoso preparou para a nossa vida neste plano de existência. Não temos noção do que será na eternidade, pois se já é difícil conhecermos o que é visível, o invisível se torna ainda mais misterioso em nossas mentes limitadas.

No entanto, a beleza, o critério, o cuidado, o amor, a precisão dos eventos cósmicos nos revelam que será ainda mais espetacular o que nos aguarda. Ainda assim devemos usufruir de todo o mundo criado, experimentando a graça e o amor de Deus. Observar a criação é também um gesto de adoração a Deus, em gratidão. Sabemos que nem todos os lugares são agradáveis de viver por causa da interferência humana, mas outros se tornaram agradáveis por causa dela

Séculos atrás seria inviável viver no deserto ou ilhas isoladas, mas hoje temos a capacidade de tornar estes lugares habitáveis. Multiplicar-se e ocupar toda a terra foi uma ordenança divina. Não há lugar proibido senão aquele que se torna um ídolo em nossas vidas. A criação deve nos lembrar de Deus, não ser adorada no lugar de Deus! Agradar-se do que agradou a Deus é dar valor ao que Ele dá!

Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e houve manhã, dia sexto.
Gênesis 1:31 TB
https://bible.com/bible/277/gen.1.31.TB

Cuidemos da criação, pois também é uma ordenança. É usufruir de maneira racional e transformar em um ambiente que gera vida e sustenta a vida. Precisamos de sabedoria de Deus para que isto seja possível sem termos de viver como índios, pois também devemos nos multiplicar na terra e não há conquista sem retirar plantas e montes para gerar habitação. O segredo é olhar para o Criador e entender Sua mensagem. Um dia revela o que se aprendeu para o dia seguinte, pois a gestão do conhecimento nos ajudará a não repetirmos os erros do passado.

Homens ignoraram os desígnios de Deus e se destruíram e destruíram a criação. Sem amor continuaremos a não valorizar onde vivemos e com quem convivemos. Sem olharmos para Deus nos esqueceremos de quem somos e por que estamos vivendo aqui. O risco de se viver sem Deus é permanecer na eternidade desta mesma forma!

Ano 2#238

Há estratégia em como viver e pregar o evangelho!

Passadas estas coisas, Jesus andava pela Galileia, porque não desejava percorrer a Judeia, visto que os judeus procuravam matá-lo.
‭‭João‬ ‭7:1‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.7.1.ARA

Jesus como Filho de Deus poderia exercer poder como Eliseu ao trazer cegueira para o exército Sírio que o pressionava, ou como Elias que trouxe fogo do céu e destruiu dezenas de soldados que queriam lhe levar à força e também destruiu centenas de sacerdotes de Baal à espada pelas suas próprias mãos. Mas não, o Filho de Deus não exerceu este tipo de poder entre nós. Não desejava que seu poder fosse confundido com um reino semelhante ao do mundo!

Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus ministros se empenhariam por mim, para que não fosse eu entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui. Então, lhe disse Pilatos: Logo, tu és rei? Respondeu Jesus: Tu dizes que sou rei. Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz.”
‭‭João‬ ‭18:36-37‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.18.36-37.ARA

O reino de Cristo é espiritual. Muitos hoje esperam que Jesus apareça novamente para exercer um reino milenar entre nós com cetro de ferro, mas a verdade é que ele já está reinando em nossos corações se o tivermos por Senhor! Se o estivermos aguardando somente para a sua volta podemos cair no erro dos falsos religiosos e não permitirmos que reine agora em nossas vidas, trazendo um mau testemunho para o mundo.

Não devemos dominar pessoas ou força-las a terem a fé em Cristo ou queima-las por pensarem diferente a respeito do reino. Jesus discipulou e evidenciou a graça do Pai, a partir do seu serviço, trazendo o fogo do Espírito Santo para as nossas vidas, não para nos matar, mas para nos dar a vida eterna!

Não devemos ser dos que usam das armas do mundo contra o mundo, mas das armas espirituais à favor do mundo. Se somos exército de Deus então buscaremos trazer a paz através de nossas atitudes de perdão e amor, paciência e oração contínua para que as potestades malignas de Satanás sejam debeladas, em o nome de Jesus!

Como estamos vivendo às oposições contra nós? Como Pedro usando espada para cortar a orelha dos opositores ou como o Senhor, resplandecendo a graça e a misericórdia de Deus? Tenhamos primeiro a inteligência espiritual de Cristo que se movia de maneira inteligente, sabendo onde estavam os opositores que poderiam trazer maior dificuldade. A revelação do poder é feita com estratégia do Espírito Santo, não ao nosso prazer ou vontade pessoal.

E, percorrendo a região frígio-gálata, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na Ásia, defrontando Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não o permitiu. E, tendo contornado Mísia, desceram a Trôade. À noite, sobreveio a Paulo uma visão na qual um varão macedônio estava em pé e lhe rogava, dizendo: Passa à Macedônia e ajuda-nos. Assim que teve a visão, imediatamente, procuramos partir para aquele destino, concluindo que Deus nos havia chamado para lhes anunciar o evangelho.
‭‭Atos‬ ‭16:6-10‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/act.16.6-10.ARA

Peçamos a sabedoria de Cristo e vivamos o evangelho da paz! No discernimento trazido pelo Espírito Santo teremos vitória contra os inimigos da verdade. Paulo viveu esta palavra e precisamos vive-la também. A eternidade já está ao alcance dos que creem e devemos leva-la aos que ainda não a conhecem. Faremos isto, de acordo com a vontade de Deus e a direção do Espírito. Há estratégia na divulgação do evangelho!

Ano 2#227

Deus nos traz sabedoria para mudarmos o mundo!

Este lhe disse: Tive um sonho, e não há quem o interprete. Ouvi dizer, porém, a teu respeito que, quando ouves um sonho, podes interpretá-lo. Respondeu-lhe José: Não está isso em mim; mas Deus dará resposta favorável a Faraó.
‭‭Gênesis‬ ‭41:15-16‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/gen.41.15-16.ARA

Temos insistido que os dons que recebemos não são para nós, mas recebidos de Deus para ajudar ao próximo. José recebeu sonhos e não sabia como interpreta-los para a sua própria vida, mas podia dar a interpretação dos sonhos de outros, o que significava ter a direção de Deus para as vidas à sua volta. Tal dom lhe deu a oportunidade de se tornar o governador de todo o Egito e circunvizinhança, sendo poderoso na terra e temido!

Dons de Deus nos ajudam a estabelecer melhorias na vida das pessoas, é uma forma de lhes ajudar a resolver questões fundamentais como saúde, relacionamentos, finanças e estrutura familiar e/ou de negócios. Nestas questões onde o natural traz limitações o conhecimento de Deus é essencial para termos a capacidade de solucionarmos os problemas. Nem sempre faremos uso do sobrenatural para resolve-los, pois não será necessário. Mas o espiritual trará a resposta certa a ser usada no material e esta vantagem competitiva não está à disposição de todos.

Deus se agrada daqueles que o buscam e o salmista deixou claro que há uma revelação pessoal do Senhor para as nossas vidas:

A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança.”
‭‭Salmos‬ ‭25:14‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/psa.25.14.ARA

Com a aliança o Senhor nos revelará as profundezas espirituais e uma sabedoria não disponível aos que vivem pelo natural. Estas coisas nos permitirão ir além do que o homem natural poderia fazer em termos de vida com Deus. Não falo a respeito de sucesso ou riquezas, mas de sabedoria, paz, amor, felicidade e os demais aspectos do Fruto do Espírito.

A amizade de Deus é o nosso maior bem, sua herança, sacrifício e salvação em Cristo nos transforma e eleva em amadurecimento de vida. Estas coisas não são aprendidas sem a presença de Deus e não há proveito em se ter uma vida sem estas verdades. A virtude maior é justamente buscarmos o Senhor e o Seu reino, pois nele viveremos eternamente. Não conhece-lo é desperdiçar nosso tempo nesta vida passageira e não nos prepararmos para a que virá.

José viveu em grandes apuros após ser vendido como escravo, mas pode ser usado por Deus e transformar a vida de milhares de pessoas, senão milhões. Na sabedoria de Deus viveu e fez que muitos vivessem, abençoando e sendo abençoado na terra de suas peregrinações. Sejamos como José, buscando conhecer e viver para Deus. Do Senhor virá o que será necessário para as nossas vidas e seremos felizes despenseiros de Sua graça e misericórdia para o mundo!

Ano 2#223

Seguimos doutrinas que nos levam a Cristo?

Ora, se é corrente pregar-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como, pois, afirmam alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, então, Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé;
‭‭1Coríntios‬ ‭15:12-14‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1co.15.12-14.ARA

Doutrinas fazem diferença e criam-se denominações e linhas teológicas tão díspares que muitos não se enxergam irmãos em Cristo por entenderem o sacrifício de Jesus de maneiras tão diferentes. Não só o sacrifício, mas a ressurreição, a graça, predestinação, o reino milenar de Cristo e tantas outras questões que têm gerado inúmeras complicações na hora de nos reunirmos como igreja. Ao mesmo tempo, quando não há concordância, como caminhar juntos?

Se não há ressurreição de mortos, então não há vida após a morte e não faz sentido falarmos de céu e inferno, salvação e santificação, sendo o sacrifício de Cristo desnecessário. Por isso Paulo declara que se isto fosse verdade, então não faria sentido pregar o evangelho, e viver pelo evangelho não traria vantagem alguma neste mundo. Ora, então se há ressurreição de mortos, a salvação faz todo sentido se nos enxergarmos pecadores afastados de Deus. E por aí vai a questão da doutrina!

Doutrinas são conjuntos de procedimentos para vivermos sob um determinado comportamento estabelecido por um conjunto de pessoas. Por isso igrejas usam doutrinas para estabelecerem seu comportamento geral e sem um corpo doutrinário fica difícil haver concordância entre os membros na hora de agirem como um corpo. Ao mesmo tempo, há assuntos que mais dividem do que ajuntam as pessoas, sendo necessário mergulharmos um pouco mais no conhecimento de Cristo para que haja alguma edificação na sua discussão.

Portanto, é necessário que cristãos conheçam o evangelho e se aprofundem nas questões doutrinárias para não sermos levados por tendências que desvirtuam a graça e os ensinamentos de Jesus! Como podemos pregar a salvação pelas obras tendo Jesus vindo a Terra para nos mostrar o Pai e se entregar na cruz por nós? Faz sentido dizermos para as pessoas que Jesus Cristo é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, sendo o salvador e ao mesmo tempo dizer que não precisa crer nele como salvador, bastando apresentar boas obras na hora do julgamento de Deus?

Faz sentido dizermos que o batismo de arrependimento ensinado por João Batista pode ser efetuado por crianças que nem sabem seu próprio nome ou o que é pecado? A comissão que foi dada à igreja é a de fazer discípulos e batizar. Quem precisa pedir perdão pelos seus pecados é quem tem condição de entender seus atos e isto não ocorre antes de uma certa idade. Doutrinas estão se multiplicando e sem buscarmos o conhecimento de Cristo poderemos estar ensinando um Jesus diferente da bíblia.

Precisamos crer em Jesus como Senhor e salvador. Esta é a questão fundamental. Precisamos viver os dons e Fruto do Espírito, pois isto nos capacitará a apresentarmos as boas obras do novo nascimento, o produto de uma vida transformada pela ação do Espírito Santo em nós. Jesus está voltando para buscar a sua noiva, a igreja do Senhor, e em sua memória nos reunimos na Ceia do Senhor, até que ele venha. Não sabemos quando, mas importa saber que voltará e de sermos achados fiéis em servir ao Senhor e ao próximo. Estas questões geram um comportamento esperado dos cristãos, através de quem teremos novas conversões e expansão do reino de Deus.

Que doutrinas estamos seguindo? Sabemos o que significam? Temos expressado concordância com as nossas vidas? Quando Jesus Cristo voltar só haverá uma igreja, a do Cordeiro. Todas as questões subsidiárias serão deixadas de lado. Sem o Espírito Santo o cristão não é cristão, mas um interessado na doutrina. Importa-nos buscar aquele que morreu por nós e ressuscitou para que morrêssemos e ressuscitássemos com ele. Nesta busca seremos peregrinos e atuantes, vidas usadas por Deus para a glória dele. Todo o resto torna-se espírito de religiosidade que não transforma nem as nossas vidas e nem a daqueles que estamos buscando ensinar. Que aprendamos e mergulhemos no pleno conhecimento de Cristo que nos traz a vida eterna!

Ano 2#220

Deixemos a timidez espiritual!

Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente. Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais. Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
‭‭1Coríntios‬ ‭2:12-14‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1co.2.12-14.ARA

Estamos vivendo tempos difíceis em que o mundo está mergulhado em uma série de notícias ruins, com previsão de tempos ainda piores. Se olharmos para as coisas naturais nunca teremos paz. Há guerras e rumores de guerras, pandemias, violências fora e dentro das casas, todo tipo de situações que nos entristecem e tiram nossas forças e até a esperança de dias melhores.

Por isso somos ensinados no evangelho a não vivermos pelo que enxergamos do mundo, mas do que enxergamos em Deus. Pelo Espírito Santo temos o poder de trazer a glória de Deus para a Terra, para diminuirmos o caos em que o mundo está mergulhado. Jesus chamou seus discípulos de luz do mundo e sal da terra, e os exortou a não se esconderem e nem serem tímidos no uso do poder e autoridade que lhes é dado no nome de Jesus!

O que vemos hoje é a nossa fraqueza e timidez, nos tornando incapazes de transformar o mundo à nossa volta. Isto ocorreu com os discípulos que já estavam acostumados a ver todos os dias os sinais e maravilhas feitos através de Jesus, quanto mais nós que não estamos vendo com tal intensidade…

E Jesus estava na popa, dormindo sobre o travesseiro; eles o despertaram e lhe disseram: Mestre, não te importa que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Acalma-te, emudece! O vento se aquietou, e fez-se grande bonança. Então, lhes disse: Por que sois assim tímidos?! Como é que não tendes fé?
‭‭Marcos‬ ‭4:38-40‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/mrk.4.38-40.ARA

Ainda estamos orando e pedindo ao Senhor que ele acorde e acalme as tempestades de nossas vidas. Na verdade ele espera que nós façamos isto ao invés de permanecermos tímidos:

Estes sinais hão de acompanhar aqueles que creem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.
‭‭Marcos‬ ‭16:17-18‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/mrk.16.17-18.ARA

Precisamos confiar no poder e na autoridade do nome de Jesus. Se somos de Cristo então temos uma procuração espiritual para atuarmos no mundo. No nome de Jesus podemos atuar contra as potestades espirituais, porque o poder vem do Senhor e não de nós! Esta mudança de mente ocorre pelo discernimento do Espírito Santo, conforme Paulo explica na primeira passagem desta argumentação. Se permanecermos com os olhos carnais seremos incapazes de atuarmos pelo espiritual.

Precisamos continuar buscando o conhecimento de Cristo e da herança espiritual que nos é dada. Senão permaneceremos com os tesouros espirituais fechados em um cofre e passaremos fome sendo ricos, necessitados tendo tudo à disposição. Pior, temos a capacidade de ajudar a muitos outros e estaremos pedindo ajuda para nós mesmos. É tempo de conhecermos Jesus Cristo e os dons do Espírito Santo para que não permaneçamos como o mundo, mas sejamos ricos espirituais que compartilharão as bençãos de Deus em um mundo carente!

Ano 2#218

Sejamos justificados em Cristo!

Filhinhos, não vos deixeis enganar por ninguém; aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.
1João 3:7‭-‬10 ARA
https://bible.com/bible/1608/1jn.3.7-10.ARA

Há uma diferenciação dentre os homens entre filhos de Deus e filhos do diabo. Esta se refere à prática ou não de pecados. O viver pecando é não conseguir viver da maneira justa, segundo os preceitos de Deus. A lei aponta o erro, mas não nos impede de errarmos. A lei aponta para o alvo, mas o acertar o alvo depende da flecha voar de maneira estável e corrigindo os efeitos de vento e gravidade durante o voo.

Setas tortas não acertam o alvo, ainda que o arqueiro tente corrigir a trajetória, pois não há como corrigir o efeito de uma estrutura corrompida. A seta torta não atingirá o alvo pois não tem correção e isto, em medidas espirituais, chama-se iniquidade.

O pecador que vive pecando é uma flecha torta, não possuindo capacidade de acertar o alvo, ou seja, deixar de pecar. A obra do Espírito Santo é retificar nossas vidas, nos tornando aptos a acertarmos o alvo. Conquistamos isto através de Cristo! No Senhor estamos aptos a amar e viver justamente. O que nos era impossível agora é possível, pela misericórdia de Deus!

Nossa vida de pecados deve ser deixada para trás, nos tornando discípulos de Jesus, e filhos de Deus. Se permanecermos em nossos pecados permaneceremos como filhos do diabo e a justiça de Deus nos lançará junto com o diabo no lago de fogo de onde não haverá escape. Hoje podemos decidir e está claro o que devemos fazer. Que tomemos a decisão de pertencemos à família de Deus e sermos chamados de Seus filhos!

Honremos o sacrifício de Cristo e busquemos viver de maneira justa. Por gratidão e consciência glorifiquemos o nome do Pai! As obras do diabo podem e serão destruídas nas nossas vidas se assim escolhermos. Deus é bom e não desampara a ninguém que lhE busca! Decidir viver justamente é ouvir a voz do Espírito Santo e ignorar a voz do diabo. É sermos capazes de dizer não à velha natureza e sim à nova. É buscar fazer o certo para agradar a Deus e resistir ao diabo.

Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.
‭‭Tiago‬ ‭4:7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jas.4.7.ARA

Agradeçamos pela graça e a misericórdia de Deus em nossas vidas que nos capacitam a sermos justos porque Cristo nos revelou e nos deu o poder de Deus para sermos transformados e libertos do cativeiro do pecado!

Ano 2#201

Jesus é a graça que nos toma pela mão!

Replicou-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: sois deuses? Se ele chamou deuses àqueles a quem foi dirigida a palavra de Deus, e a Escritura não pode falhar, então, daquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo, dizeis: Tu blasfemas; porque declarei: sou Filho de Deus? Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis; mas, se faço, e não me credes, crede nas obras; para que possais saber e compreender que o Pai está em mim, e eu estou no Pai. Nesse ponto, procuravam, outra vez, prendê-lo; mas ele se livrou das suas mãos. Novamente, se retirou para além do Jordão, para o lugar onde João batizava no princípio; e ali permaneceu. E iam muitos ter com ele e diziam: Realmente, João não fez nenhum sinal, porém tudo quanto disse a respeito deste era verdade. E muitos ali creram nele.
‭‭João‬ ‭10:34-42‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.10.34-42.ARA

Jesus confirmou que toda a escritura é infalível. Confirmou os livros que os profetas escreveram sob inspiração divina, pois que falam das coisas de Deus e apontam para a salvação em Cristo!

Ora, as escrituras mostram vários aspectos de Deus e explicam a necessidade da graça. Se olharmos para o texto veremos que o pecado e o pecador estão condenados pela santidade de Deus. Assim, temos várias orientações para permanecermos longe do pecado que nos trará condenação eterna. Ao mesmo tempo, as escrituras mostram a necessidade de redenção a ser trazida pelo próprio Deus devido à sua misericórdia, proveniente da graça atuante na vida de todos os homens. Se por um lado somos pecadores destinados ao inferno, por outro lado temos uma oferta de escape pela fé no Filho de Deus!

Jesus mostra-se como a saída e os homens espiritualizaram de tal forma que não conseguiam enxergar que Deus poderia encarnar para prover para si um caminho que trouxesse os homens ao arrependimento. Em Cristo temos a saída para os nossos pecados, pois se fez redentor e os pagou na cruz quando se tornou o sacrifício perfeito. Não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus e nos tornamos justificados pela fé no sacrifício do Filho!

Somos deuses porque Deus assim nos criou para sermos e temos este potencial, só possível de ser plenamente atingido no processo da santificação proporcionada em Jesus. Nossa nova filiação é que nos capacita a entendermos os desígnios do Pai. Os sinais que são feitos por Jesus e em seu nome servem para evidenciar o poder de Deus que está em todo aquele que crê no Senhor. Pela fé e na autoridade dada à igreja é que podemos realizar tais sinais e continuar a obra deixada por Jesus para a igreja. A obra é apontar para Cristo, o autor e consumador da fé redentora que tira o pecado do mundo.

João Batista apontou para Jesus. João apenas batizava, mas a igreja hoje tem o poder recebido do próprio Senhor. João preparou o caminho e mostrou o Cordeiro de Deus. Assim a igreja deverá fazer, mas fará ainda mais ao realizar os sinais e maravilhas em nome do Senhor! Muitos crerão por causa dos sinais e outros apenas murmurarão porque não creram. O julgamento é de Deus e ocorrerá para separação entre os que creram e os que não creram.

Os que creem e desejam viver com Deus irão para o céu, enquanto os que não creram e nem desejaram viver com Deus irão para o inferno. Crer é também obedecer e desejar se santificar, pois ninguém verá a Deus sem ser santificado e isto só é possível através da fé em Jesus Cristo! Portanto, quem tem o Filho tem o Pai!

Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai.”
‭‭1João‬ ‭2:23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1jn.2.23.ARA

Por que Jesus precisaria vir ao mundo se já existiam as escrituras que apontaram os pecados? Porque a graça de Deus nos ajuda a deixarmos o pecado que é odioso ao Senhor. Portanto, a graça é superior à lei, porquanto nos ajuda ao invés de apenas apontar. Em Cristo somos ajudados a fugir do pecado. Quem ama não fica apenas alertando, mas toma a atitude de ajudar para que haja mudança de verdade! Jesus veio ao mundo para nos ajudar a encontrarmos o caminho para o Pai. Peguemos em sua mão amorosa e o sigamos!

Ano 2#197

Busquemos em Deus a solução para as dificuldades da vida!

Então, chamou a Geazi e disse: Chama a sunamita. Ele a chamou, e, apresentando-se ela ao profeta, este lhe disse: Toma o teu filho. Ela entrou, lançou-se aos pés dele e prostrou-se em terra; tomou o seu filho e saiu.
‭‭2Reis‬ ‭4:36-37‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/2ki.4.36-37.ARA

A sunamita que havia hospedado a Eliseu por várias vezes havia recebido um filho por oração do profeta a Deus. Este menino veio a morrer e a sunamita foi ao encontro do profeta pedir ajuda. Certo é que ela só confiava no profeta para que algo pudesse ser feito. Muitos pregam que devemos dizer que está tudo bem, como ela mesmo disse à Geazi no caminho, o próprio servo do profeta, mas a verdade é que ela não quis antecipar nada até poder se derramar aos pés daquele em quem ela confiava.

Podemos dizer que está tudo bem nas circunstâncias difíceis à nossa volta, mas devemos correr aos pés de Jesus que possui a solução para todas as coisas. Apenas dizer que está tudo bem não resolve a questão e nem engrandece a Deus, apenas mostrará que estamos confiantes em chegar diante daquele que resolverá a questão.

Diferentemente de Eliseu, Deus já sabe da nossa necessidade e nada lhe fica encoberto. Ainda assim espera que sigamos até Ele para colocarmos nossas causas em fé, pois se agrada em nos abençoar. O que hoje está nos impactando? Uma doença? Problema familiar? Financeiro? Podemos até dizer que está tudo bem para as pessoas, mas não deixemos de ir aos pés do Senhor. Nos derramemos em Sua presença e que todas as nossas petições sejam colocadas diante dEle, com ações de graça!

Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.
‭‭Filipenses‬ ‭4:6-7‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/php.4.6-7.ARA

Há um Deus Todo-Poderoso que cuida de cada um de nós. Nossas angústias são parte de um processo em um mundo que se deteriora, mas estamos passando como peregrinos para uma vida que não será como esta. Aqui há sombras e dor, lá há luz e paz. Hoje choramos e clamamos, mas amanhã sorriremos porque estaremos com Ele. Se não o buscarmos hoje, por que nos importaríamos de estar com Ele depois? Se depositamos nossa fé nEle, é certo que com Ele estaremos por toda a eternidade!

Busquemos o Senhor em todo momento, sejam em súplicas ou em agradecimento. Estamos nos preparando para a sua volta e esta não tardará. Enquanto isto, prossigamos nas lutas diárias em assembléia e na dependência do Senhor! Nisto já estamos recebendo a graça e a vitória em Cristo Jesus!

Ano 2#196