Julguemos as profecias, pois Deus julgará os profetas!

“Minha mão será contra os profetas que têm visões falsas e que adivinham mentiras; não estarão no conselho do meu povo, não serão inscritos nos registros da casa de Israel, nem entrarão na terra de Israel. Sabereis que eu sou o Senhor Deus.”
‭‭Ezequiel‬ ‭13:9‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/ezk.13.9.ara

Muitos declaram serem profetas de Deus, levando conselhos e direção à partir do que consideram ser a vontade de Deus para as pessoas.

Deus deixa claro que os que profetizam do seu próprio coração, sem terem a direção de Deus, não terão parte com Ele na vida eterna. A mentira é do diabo e não há comunhão de Deus e o diabo em nenhuma área.

Falar em nome de Deus é um dom, que sempre pode ser imitado. Esta exortação em Ezequiel ocorre porque muitos imitadores existem, seja por vaidade ou por ignorância.

A diferença entre o verdadeiro e o falso profeta está na origem da palavra. Se não vier de Deus ela não tem validade.

Uma profecia pode ser condicionada à obediência ou pode ocorrer independentemente. Quando há alternativas para o homem, pois cada escolha nossa leva a uma situação ligeiramente ou totalmente diferente de futuro, Deus condiciona a resposta. Quando invariavelmente as escolhas trarão o mesmo resultado, então recebemos apenas o aviso do que virá.

Se não acontecer o que Deus determinou ser incondicional, então não foi Ele quem falou! Se Ele falou, então acontecerá.

Nas profecias condicionadas, dependerá de quem recebeu, pela fé, realizar ou não. Estas são mais difíceis de sabermos se Deus falou ou não. Se fizermos e der certo, ou se desobedecermos e o resultado foi o da profecia, então Ele também falou.

O problema ocorre quando não há coerência entre a realização e o resultado. Nestas horas deveremos julgar a profecia e não o profeta, pois este será julgado por Deus e não por nós!

Estejamos atentos às profecias que contrariam o que a Bíblia nos ensina. saibamos o que é de Deus na origem. Deus não contraria a sua própria palavra e não dará profecia que venha a desviar seus filhos do caminho da eternidade!

Estejamos atentos e oremos. Na comunhão do Espírito Santo há a revelação do que é bom para nós. Sem isto, seremos alvos fáceis para ouvirmos o que desejamos e realizarmos as vontades do coração…