A nova vida é um trabalho diário de santificação!

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.
‭‭João‬ ‭1:12-14‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.1.12-14.ara

A graça e a verdade vieram abundantemente à Terra na pessoa de Cristo, o messias, o Filho de Deus encarnado! Era o Filho único, o unigênito, mas ao se entregar na cruz por nós, passou a ser o primogênito! Fez com que todos que crescem em seu sacrifício redentor se tornassem filhos de Deus e, portanto, irmãos e co-herdeiros das promessas do Pai!

Passar a ser irmão de Jesus significa possuir o Espírito Santo em nós e sermos capazes de fazer o que Jesus fez, trazendo a graça e a verdade a outros. Este é o papel da família espiritual criada em Cristo e chamada de Igreja. Não há Igreja sem Cristo e não há filiação em Deus sem termos recebido do Seu Espírito Santo através de Cristo!

Ser Cristão é buscar a filiação em Deus através de Jesus e seguir o caminho da vida à serviço do próximo para glorificar o nome do Pai. Isto em amor e gratidão por termos recebido a salvação que não merecíamos. O pecado nos impede de servirmos em amor e é necessário nascermos novamente de Deus para que isto seja possível.

Este novo nascimento faz com que boa parte do nosso velho homem/mulher sejam abandonados, enquanto a nova natureza começa a fazer uma transformação interna. Esta transformação se chama santificação e leva um tempo para cada um de nós.

Enquanto nos santificamos uma parte do velho homem continua lutando contra a nova natureza e isto é um processo pessoal em que temos de perseverar, não desanimar e clamar muitas vezes que o Espírito nos fortaleça para que a nossa carne morra de vez. Mas, algumas vezes leva mais tempo e precisamos continuar lutando. Isto é o caminhar com Jesus!

Os apóstolos passaram por isto e no livro de Atos lemos discussões, situações de conflito no abandono da Lei para a graça e outros fatores que fizeram com que os discípulos recebessem a direção do Espírito e nos ajudassem hoje em nosso tempo.

Sentir desejos antigos não é pecar, desde que não os acolhamos em nossas mentes e corações. Precisamos lutar contra isto, mas não significa que não fomos regenerados. Ser regenerado é ser capaz de lutar contra isto, pois antes não tínhamos força e muitas vezes nem o desejo de interromper tais situações, mas no Espírito Santo temos o domínio próprio que nos capacita a dizer não para o que não desejamos mais praticar!

Os filhos do Pai receberam poder em Jesus para viverem buscando e exercendo a santificação, um trabalho diário voluntário e dependente do pleno conhecimento de Cristo. Isto é maravilhoso, pois agora temos acesso a Deus pelo Filho, para vivermos o propósito a nós entregue na nova vida! Deus seja louvado!

Ano 2#66

Onde temos buscado as palavras de vida eterna?

Então, perguntou Jesus aos doze: Porventura, quereis também vós outros retirar-vos? Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna; e nós temos crido e conhecido que tu és o Santo de Deus.
‭‭João‬ ‭6:67-69‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.6.67-69.ara

Ao reconhecermos Jesus Cristo como Senhor e salvador já não conseguimos deixar de segui-lo. Ao reconhecer que ele tem as palavras de vida eterna, como abandona-lo? No entanto, se não entendermos suas palavras também iremos nos escandalizar como muitos discípulos fizeram e o deixaram.

A questão fundamental reside em conhecer Jesus como o dono da vida, aquele que nos dá de si mesmo para que vivamos através dele. Se entendermos isto e nos apegarmos a esta verdade, então não o abandonaremos e nem o trairemos. E este discernimento vem através do Espírito Santo. Sendo assim, sem a manifestação de Deus para nos abrir a mente e coração, não temos como compreender a maravilha da graça que salva o homem.

Viver em Cristo requer mais que acreditar nele, é realizar as obras que ele deixou para nós. É andar nos seus passos através de nos alimentarmos do próprio Cristo. Isto é o espiritual agindo no material. É recebermos do Espírito Santo para agirmos neste mundo.

Ora, sem crer que Jesus é o Cristo e sem conhece-lo jamais seria possível confiarmos no Evangelho. Não há Evangelho sem Jesus e nem caminhar no Evangelho sem Jesus! Por isso a mensagem que ele deixou era de nos alimentarmos dele que é o Pão que desceu do céu, e que deveríamos beber do seu sangue que nos traz as promessas da Nova Aliança.

Glórias a Deus por tão grande graça! Tomemos posse desta herança bendita e prossigamos em conhecer a Cristo nos alimentando do Senhor e caminhando com ele! Seremos abençoados, transformados, cuidados, libertos e justificados em todo o tempo da caminhada.

Nosso propósito é o de nos santificarmos para nos encontrarmos com o Deus Santo e tremendo. No Dia do Julgamento exultaremos porque a fé que nos foi dada em Cristo terá feito a obra em nós e teremos o nosso nome escrito no Livro da Vida! Portanto, estejamos alegres pois as palavras de vida eterna em Cristo já estão nos transformando para a glória do SENHOR. Creiamos no Santo do Deus!

Ano 2#64

Somos chamados à liberdade em Cristo!

Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.
‭‭Gálatas‬ ‭5:1‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/gal.5.1.ara

Paulo se desgasta com os crentes de Gálatas pois estavam passando a adotar a conduta de quem vivia pela lei, como se a observação das práticas da lei fossem essenciais para a manutenção da salvação. Esta carta é crucial para entendermos que a graça da salvação é plena, nos trazendo hoje com efeito futuro. Santificação não é o mesmo que guardar práticas da lei para nos “mantermos” salvos, senão estaríamos de novo cancelando o poder do sacrifício de Jesus na cruz!

Há muitos crentes preocupados em guardar datas, festas, luas, leis, mas a verdade é que se recebemos o Espírito Santo já temos o passaporte eterno e o que devemos fazer é prosseguir em conhecer a Cristo. O pleno conhecimento é o que nos transforma diariamente, pois devemos ser como ele é! Olhar para placas de transito e segui-las não me torna um condutor veicular melhor, mas sim o me preocupar com o bem estar geral enquanto sigo o fluxo dos veículos. Nem sempre a placa nos dá toda a informação, é só uma ajuda. Assim foi a lei para o homem!

A presença do Espírito Santo é o diferencial da santificação, sem a qual ninguém verá o SENHOR (Hebreus 12.14). Não importa guardar as leis para ser salvo e nem para continuar salvo. Importa termos o Espírito Santo que nos conduzirá em todo o processo a fazermos tudo que Deus esperar de nós. Vamos errar aqui e ali, mas é assim em todo processo de aprendizado, mas queremos ser perfeitos, como o Senhor É!

Estar na liberdade é não se escravizar por preceitos. A santificação não é escravidão, mas submissão em amor e gratidão provenientes da fé. Servir ao próximo não é se escravizar e nem perder a personalidade, mas sim o exercício da fé e aperfeiçoamento dos dons espirituais em nossas vidas. E isto é se tornar cada vez mais parecido com Jesus que veio servir e não para ser servido!

A escravização descrita por Paulo é do tipo: “Não faça isto, não coma aquilo, deixe de beber isto, senão você não será salvo!” Ora, se Jesus já nos tirou da morte para a vida, por que estas coisas me colocariam de volta na morte? Quem é nascido de novo terá a oportunidade de entender se estas coisas devem ou não permanecer em suas vidas, mas nada nos é proibido. A conveniência é fruto de amadurecimento e faz certo quem olha para Cristo e não para a lei. Jesus curou no Sábado, dia em que era proibido fazer qualquer tipo de obra na Lei Judáica…

Portanto, vivamos na liberdade do Evangelho, não na libertinagem, mas com a consciência de que somos embaixadores de Cristo e devemos levar o bom nome do Senhor a ser glorificado através das nossas vidas. Como? A cada dia os seus desafios! Tenhamos fé, pois o próprio Senhor está conosco através do Seu Espírito em nós!

Ano 2#57

Em Deus seremos mais do que enxergamos em nós!

Moisés foi educado em toda a sabedoria dos egípcios e era poderoso em palavras e ações.
‭‭Atos‬ ‭7:22‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/act.7.22.nvt

Moisés, porém, disse ao SENHOR: “Ó Senhor, não tenho facilidade para falar, nem antes, nem agora que falaste com teu servo! Não consigo me expressar e me atrapalho com as palavras”. O SENHOR perguntou a Moisés: “Quem forma a boca do ser humano? Quem torna o homem mudo ou surdo? Quem o torna cego ou o faz ver? Por acaso não sou eu, o SENHOR? Agora vá! Eu estarei com você quando falar e o instruirei a respeito do que deve dizer”. “Por favor, Senhor!”, suplicou Moisés. “Envia qualquer outra pessoa!”
‭‭Êxodo‬ ‭4:10-13‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/exo.4.10-13.nvt

Vejamos o contraste entre o que a Bíblia diz de Moisés e como ele se enxergava. Deus chamou um homem formado no mais alto círculo social da região, com os melhores professores, com todas as facilidades (em meio às dificuldades da época) e este homem não enxergava o seu potencial. Certamente por causa das experiências negativas que teve!

Moisés nasceu perseguido e foi adotado pela filha do faraó, mas teve acesso à verdadeira mãe e a seu povo. Viu como eram humilhados e tentou se levantar para ajudar, mas teve de fugir quando se tornou um assassino. Esteve escondido 40 anos no deserto, constituiu família e sossegou, até ser chamado por Deus para voltar para o lugar de onde viera.

Sua má experiência no Egito conjugado com sua tranquilidade atual e sua idade de 80 anos o tornara averso a passar por aquilo de novo. Natural, mas Deus o chamou assim mesmo. Sua luta interior não permitia querer vivenciar seu chamado de libertador do povo. Já havia esquecido das mazelas que seu povo passava e isto já não lhe pesava mais no coração. Achava-se incapaz de fazer diferença naquele contexto. E sem Deus não seria capaz mesmo! Nem ele e nem ninguém!

Para derrotar a força do Egito apenas o poder do SENHOR! Hoje o Egito significa o mundo de pecado que escraviza o homem em seus próprios desejos e o libertador é Cristo, poderoso em palavras e ações, aquele que deu sua vida por nós e ressuscitou! Ele é o verdadeiro libertador pois reuniu em si mesmo todas as profecias! Quem somos nós? Sem o SENHOR, nada, mas com o SENHOR já somos mais do que vencedores, pois o mundo já não tem mais poder sobre nós!

Deus nos chama a partir de Cristo para sermos libertadores das vidas que continuam presas no Egito do pecado. O Espírito Santo nos ajudará em todo processo e não devemos temer as dificuldades e nem deixar de confiar no chamado, mas importa ouvir o Espírito. Bom não confiar em nós mesmos, mas precisamos confiar no SENHOR! A fé é justamente depositar nEle toda a nossa expectativa, pois se Ele declara, então cumprirá!

O povo não só saiu do Egito mas esteve por 40 anos sob a liderança de Moisés que confiou em Deus. Confiemos no SENHOR e vivamos para a glória dEle! Vidas serão abençoadas sempre que obedecermos e estivermos debaixo da direção de Deus! Não precisaremos brigar, lutar, matar, etc, pois o SENHOR é quem luta por nós. Sigamos com fé e vejamos os sinais e maravilhas, a começar em nossas próprias vidas!

Ano 2#47

A liberdade traz a oportunidade da prática das boas obras em Cristo!

Somos instruídos a abandonar o estilo de vida ímpio e os prazeres pecaminosos. Neste mundo perverso, devemos viver com sabedoria, justiça e devoção, enquanto aguardamos esperançosamente o dia em que será revelada a glória de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo. Ele entregou sua vida para nos libertar de todo pecado, para nos purificar e fazer de nós seu povo, inteiramente dedicado às boas obras.
‭‭Tito‬ ‭2:12-14‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/tit.2.12-14.nvt

O povo de Deus se dedica às boas obras porque fomos salvos e libertos de nossos pecados de outrora. Assim como o povo estava cativo no Egito e na Páscoa houve a libertação da escravidão juntamente com o livramento de morte a partir do sangue do cordeiro passado nos umbrais, assim o sangue de Cristo nos trouxe tanto a salvação como a libertação do mundo da escravidão do pecado. Estamos livres para vivermos através de Cristo!

Vocês são salvos pela graça, por meio da fé. Isso não vem de vocês; é uma dádiva de Deus. Não é uma recompensa pela prática de boas obras, para que ninguém venha a se orgulhar. Pois somos obra-prima de Deus, criados em Cristo Jesus a fim de realizar as boas obras que ele de antemão planejou para nós.
‭‭Efésios‬ ‭2:8-10‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/eph.2.8-10.nvt

As boas obras devem ser feitas em gratidão pela conquista da liberdade e por termos novamente comunhão com Deus! Quando reconhecemos que não merecemos nada e estamos recebendo porque Deus nos ama, então a gratidão nos invade e gera em nós a motivação para as boas obras. Em amor, fé e gratidão!

Este mover é trazido pela presença do Espírito Santo em cada um que crê no Senhor Jesus e pela convivência com a sua palavra estaremos sendo aperfeiçoados através das boas obras. Isto é uma dádiva de Deus para as nossas vidas, um verdadeiro privilégio!

Boas obras são feitas em prol das pessoas à nossa volta. Os tempos estão muito difíceis e basta olharmos com cuidado e veremos as necessidades de cada pessoa. Para uns bastará uma palavra de fé, para outros uma oração, alguns uma visita e outros uma ajuda financeira. Cada um faça segundo sua fé, sua capacidade e pelo que o Espírito Santo lhe confiar. Importa que tudo seja feito em amor e para a glória de Deus.

Evitemos a propaganda das boas obras, pois podem se tornar em vaidade e nos desviar do bom caminho. Se perseverarmos em humildade isto não crescerá em nossos corações e o nome do Senhor será exaltado e não o nosso! Que em tudo Deus seja engrandecido!!!! Paz seja convosco!

Ano 2#44

Não procrastine em abraçar a fé em Cristo!

Então, Filipe explicou; e, começando por esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a Jesus. Seguindo eles caminho fora, chegando a certo lugar onde havia água, disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que seja eu batizado? [Filipe respondeu: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.] Então, mandou parar o carro, ambos desceram à água, e Filipe batizou o eunuco.”
‭‭Atos‬ ‭8:35-38‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/act.8.35-38.ara

O Eunuco de Candace teve uma escola bíblica apenas, antes de seu batismo. Felipe foi efetivo em explicar a respeito de quem é Jesus Cristo e como devemos buscar o novo nascimento, representado no batismo, para confirmar a nossa fé e atitude em viver pelos preceitos de Deus.

Nosso batismo nos fortalece para a caminhada. É uma iniciação e reconhecimento do pertencimento ao grupo dos novos nascidos em Cristo! Morrer para os pecados é decidir não continuar nas práticas de antes, enquanto nascer em Cristo é vivenciar novas experiências espirituais e a filiação em Deus!

Ambas ocorrem em paralelo. Enquanto buscamos aprender como viver no Espírito vamos deixando de viver na carne. Passamos a frutificar no Espírito e abandonar as obras da carne. Para um novo nascido o diabo não tem mais poder de influencia-lo a ponto de arranca-lo das mãos de Cristo. Perdeu este poder e não há culpa do diabo na decisão de operar na carne pelo novo nascido. O Espírito Santo é muito mais forte tanto em força como em expressividade e a decisão em ouvi-lo ou ignora-lo é apenas nossa.

O que ocorre muitas vezes é a indecisão em ouvir e obedecer ao Espírito, o que permite que a voz do diabo consiga ser ouvida. Ainda assim, quem decide pecar somos nós e o diabo não pode nos forçar a isto. Um novo nascido precisa reconhecer que é liberto do diabo e não pode mais culpa-lo de suas faltas para com Deus.

Ao pecarmos como novos nascidos estaremos ofendendo ainda mais a Deus, pois o Espírito Santo está habitando em nós e é como ter filhos dentro do carro ouvindo um pai dando uma “cantada” em outra mulher que não sua mãe e até mesmo os colocando no quarto de motel durante seu ato de adultério. Lembrando que o Espírito Santo ouve nossos pensamentos, imaginemos quantas ofensas fazemos a Deus enquanto não buscamos nos santificar. Este homem era Eunuco e não tinha este desejo sexual, e olha a atitude que tomou! Muitas vezes achamos que só o sexo nos faz pecar, mas a lista é enorme!

O Eunuco entendeu a necessidade premente de morrer para o pecado e, arrependido, viver em santificação e adoração pela vida espiritual. Bastou reconhecer a filiação em Jesus e a proposta da salvação pela fé na presença do Espírito Santo em nós que imediatamente decidiu-se pelo batismo e perseverar em uma vida plena com Deus. E nós? Iremos procrastinar esta decisão? Empurraremos com a barriga como se houvesse alguma vantagem em deixar isto para depois? O que nos impede de tomarmos esta atitude?

Possivelmente ainda não tivemos a mesma percepção do Eunuco para tomar esta decisão imediata. É premente, pois a cada dia estamos mais próximos de nossa saída deste mundo e o que fizermos aqui impactará na forma como entraremos na eternidade. Qual será nossa resposta para a proposta de Deus? O batismo é atitude, um ponto de passagem obrigatória para quem decidiu por se arrepender e receber a salvação por Cristo e não pararemos por aí.

Que possamos entender o chamado em Jesus, uma vida livre dos pecados e do diabo, ainda que lutemos contra a nossa natureza. Glórias a Deus pela presença do Espírito Santo para quem tomar esta atitude de fé!

Ano 2#13

Quem se esconde nas trevas, nelas viverá pela eternidade…

O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem arguidas as suas obras. Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.
‭‭João‬ ‭3:19-21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.3.19-21.ara

Adão e Eva se esconderam de Deus logo que pecaram. Nosso reconhecimento do mal praticado nos faz querer que tais coisas fiquem em segredo. Alguém que rouba esconde a prática, da mesma forma que o vício da bebida, drogas e sexo não são comumente praticados de dia, na frente de qualquer pessoa.

Tais atos, no entanto, já estão ficando comuns de se ver de noite. Pessoas se prostituem e se drogam em áreas públicas, sem se darem conta de terem perdido a vergonha de esconderem seus atos. O mesmo está acontecendo na corrupção, onde receber “propina” se tornou algo comum, sem nem mais esconderem de juízes e promotores, alegando ser a prática adotada por todos.

Ora, se todos fazem, então deixou de ser um problema, certo? Errado! Pecado continua sendo pecado, erro continua sendo erro, corrupção continua sendo corrupção, bem como prostituição, adultério e mentiras, para enumerarmos alguns pecados. O viver deste modo é amar as trevas ao invés da luz. É amar as obras do diabo e ignorar as de Jesus!

Cristo veio trazer a única forma de vivermos com Deus, pois se continuamos a viver em pecado, jamais entraremos no reino dos céus. Sem o sacrifício de Cristo não poderíamos receber a justificação de nossos pecados, zerar a conta. Como pagar uma dívida quando estamos cheios de dívidas? Mas se alguém pagar as anteriores e pararmos de ter de pagar os juros, não será possível honrar novos compromissos?

Sem o perdão de nossos pecados não haveria como deixarmos de pecar. Com o Espírito Santo em nós, seremos capazes de dizer sim para Deus e não para o pecado. Viveremos na luz e não nas trevas, amaremos a verdade e não a mentira, a santidade ao invés das mazelas do pecado!

Sem Cristo não seremos transformados e continuaremos nas trevas. Ama-lo é amar a luz. Ignorar sua redenção é amar as trevas, pois não estamos desejando mudar de atitude diante de Deus. Haverá um dia em que seremos julgados, na luz, onde tudo o que tivermos feito e não tiver sido perdoado será usado para nos mostrar que não desejamos a luz e seremos mantidos nas trevas que desejamos ficar. O inferno é o lugar onde os que vivem nas trevas permanecerão por toda a eternidade, dentro do lago de fogo, pois é o desejo de quem preferiu viver afastado de Deus.

Deus será justo com a humanidade, pois a ama enquanto pecadores somos, dando a todos a opção de irem para a luz através de Cristo ou permaneceram nas trevas por vontade própria. Não vai adiantar colocar a culpa no diabo, serpente ou Satanás, pois ele não decide em nosso lugar. Ele apenas coloca na nossa frente aquilo que nos faz desejar o erro, mas não faz por nós. Cada um examine-se a si mesmo e tome a decisão de sair das trevas para a luz!

A porta é estreita, mas ainda está aberta para a nossa salvação! E aí? Vamos busca-la ou permaneceremos escondidos de Deus para sempre?

Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.
‭‭João‬ ‭10:9‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.10.9.ara

Deus nos livra de nossos inimigos!

O próprio S ENHOR lutará por vocês. Fiquem calmos!”. Então o S ENHOR disse a Moisés: “Por que você está clamando a mim? Diga ao povo que marche! Tome sua vara e estenda a mão sobre o mar. Divida as águas para que os israelitas atravessem pelo meio do mar, em terra seca.
‭‭Êxodo‬ ‭14:14-16‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/exo.14.14-16.nvt

O povo reclamou de Moisés ao ser encurralado pelos Egípcios no Mar Vermelho. Não haviam entendido o milagre de sua libertação e nem confiavam no Deus que havia realizado esta obra. Haviam visto as pragas sobre o Egito e como Deus fez separação entre eles e os egípcios, mas a falta de fé não lhes permitia ver o sobrenatural ocorrer em suas vidas.

Ser escravo no mundo é isto. É só enxergar o sofrimento e a dor, sendo incapazes de compreender a liberdade e a alegria de uma realidade desconhecida, a espiritual. Há medo de uma vida diferente daquilo que conhecemos, pois nos agarramos no pouco de vida que nos é proporcionado no mundo, ainda que com dores e desilusões.

Mas Deus tem planos maiores para todos nós! O Senhor quebra as forças do escravizador, põe separação entre nós e eles com fogo e poder, e se houver perseguição e estivermos encurralados Ele abrirá passagem para nós! A fé é o passaporte para os livramentos de Deus!

Ainda que não tenhamos enxergado a solução deveremos marchar e clamar a Deus. Portas de emprego se abrirão, inimigos serão destruídos, novas oportunidades surgirão e seremos livres para adora-lo! O que mais podemos querer? Certamente o não permanecer no Egito é o que nos traz para um deserto de transformações. Ainda que percamos coisas às quais dávamos valor e não tinham, o que iremos receber é vida em abundância na Terra Prometida!

Estamos enfrentando inimigos hoje? É financeiro? É um relacionamento abusivo? É no trabalho? Marchemos e levantemos o cajado da fé em Deus sobre este problema! O Mar Vermelho abriu-se e permaneceu aberto por toda uma noite para que todos passassem para a outra margem. Vejamos o agir de Deus nos próximos dias, pois Ele É Deus libertador, em Cristo Jesus! Creiamos e recebamos o livramento do Senhor!

Temos muito a agradecer pela Nova Aliança em Cristo!

Jetro, sogro de Moisés, tomou a Zípora, mulher de Moisés, depois que este lha enviara, com os dois filhos dela, dos quais um se chamava Gérson, pois disse Moisés: Fui peregrino em terra estrangeira; e o outro, Eliézer, pois disse: O Deus de meu pai foi a minha ajuda e me livrou da espada de Faraó.
‭‭Êxodo‬ ‭18:2-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/exo.18.2-4.ara

A história de Moisés é muito rica. Conheceu a Deus de conversar em voz alta, vendo a glória pelas costas do Senhor e ainda conduziu um povo imenso em condições dificílimas por décadas. Escreveu o Pentateuco enquanto no deserto e deixou um legado impressionante para qualquer geração em qualquer tempo.

Seu primeiro filho teve o nome devido ao tempo em que Moisés peregrinou em terras estrangeiras. Podemos dizer que foi por toda a sua vida. Viveu 40 anos na casa de Faraó enquanto era Hebreu, viveu 40 anos nas terras de Midiã enquanto fugitivo do Egito e viveu seus últimos 40 anos no deserto, conduzindo a preparação de uma nova geração do povo que não seria rebelde como a geração anterior.

O segundo filho recebeu o nome pelos três livramentos que teve da espada de Faraó: no nascimento, na fuga para Midiã e na saída do Egito com todo o povo! É incrível a sua história e tremendo como Deus operou na vida e através da vida deste homem.

E nós? Como temos lembrado nossas futuras gerações a respeito do que Deus fez em nossas vidas? Ou será que não conseguimos reconhecer? Moisés é símbolo da Velha Aliança enquanto Jesus Cristo é a própria Nova Aliança. Se temos comunhão com Deus através de Cristo, então temos muito mais a dizer para nossas gerações o que Deus fez por nós!

Em Cristo escapamos da morte eterna recebida no nascimento carnal, sendo libertos dos pecados que viriam sobre nós nesta vida e Satanás (simbolizado por Faraó) não tem mais poder sobre nós em nossos pensamentos e ações! Em Cristo deixamos de ser moradores do mundo e passamos a ser peregrinos onde quer que formos, pois aqui já não é mais a nossa casa, mas a Jerusalém celestial prometida!

Em Jesus somos reis e sacerdotes, tendo livre acesso a Deus e podendo orar em voz alta com o Pai, o Filho e o Espírito Santo! Temos inscrito em nossos corações as tábuas da Lei, pois no Espírito Santo somos santificados diariamente! Nosso face passa a brilhar de maneira diferente e recebemos todos os dias o pão da vida!

Em Jesus Cristo entraremos na Terra Prometida, onde Moisés não conseguiu entrar. Sua aliança com Deus dependia de sua plena obediência, mas a nossa aliança é superior, porque depende da obediência de Cristo que é plena!!!!

Não temos muito a dizer para as gerações futuras? Sim! Certamente nas culturas ocidentais não o faremos colocando estes nomes em nossos filhos, mas iremos declarar em nossos relacionamentos. Que o Senhor seja glorificado por tão grande aliança feita no sangue de Jesus!

Viver o sobrenatural é parte da herança a nós prometida!

Quando Herodes estava para apresentá-lo, naquela mesma noite, Pedro dormia entre dois soldados, acorrentado com duas cadeias, e sentinelas à porta guardavam o cárcere. Eis, porém, que sobreveio um anjo do Senhor, e uma luz iluminou a prisão; e, tocando ele o lado de Pedro, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa! Então, as cadeias caíram-lhe das mãos.
‭‭Atos‬ ‭12:6-7‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/act.12.6-7.ara

Há momentos onde apenas o sobrenatural de Deus pode resolver a nossa situação. Seja um cárcere, doença, problema financeiro ou até de relacionamentos, basta uma palavra de Deus para que o sobrenatural venha a transformar a nossa situação.

A fé é o catalisador destes movimentos celestiais. Quanto mais oramos, mais disponibilizamos anjos em favor das necessidades uns dos outros.

Quem está precisando das nossas orações neste momento? E nós? Do que estamos precisando do Senhor? Nestas horas é que a oração faz diferença. Não que Deus não responda às necessidades, mas porque Ele nos disponibilizou os recursos e delegou esta atividade! Assim, nossas orações possuem o poder de libertar cativos e oprimidos e habilitar a graça de Deus para quem precisa.

E todos precisamos, não é verdade?! Assim, comecemos o dia orando e agradecendo a Deus, pois Ele tem cuidado de nós!

Pedro foi liberto por interferência divina. Daniel recebeu um mensageiro de Deus para lhe revelar o futuro de Israel. As muralhas de Jericó caíram sem que nenhuma pedra fosse lançada contra ela. Abraão recebeu a visita de Deus! O que é mais extraordinário ou difícil para o Senhor?

Que não paremos de confiar nEle, o autor e consumador da nossa fé! Em Cristo fomos transformados em filhos adotivos e passamos a ter a autoridade para fazermos as obras do Senhor na terra. Portanto, não deixemos de clamar e buscar a solução para as dificuldades que nos cercam.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo,
‭‭Efésios‬ ‭1:3‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/eph.1.3.ara

Em Cristo fomos transformados em filhos e habilitados para a boa obra. Ergamos a cabeça com humildade e sejamos firmes no propósito de continuarmos o legado do Senhor! Aquele que nele crê fará obras ainda maiores que as dele. É promessa e Deus não mente! O que está faltando então, senão a fé para realizar todas as coisas?

O fiel verá grandes coisas, pois contará com a ajuda de Deus em todo tempo! É isto que significa gratidão e obediência! É poder realizar o sobrenatural porque decidiu fazer as obras que o Pai nos pediu para fazer enquanto aqui permanecermos!