Temos muito a agradecer pela Nova Aliança em Cristo!

Jetro, sogro de Moisés, tomou a Zípora, mulher de Moisés, depois que este lha enviara, com os dois filhos dela, dos quais um se chamava Gérson, pois disse Moisés: Fui peregrino em terra estrangeira; e o outro, Eliézer, pois disse: O Deus de meu pai foi a minha ajuda e me livrou da espada de Faraó.
‭‭Êxodo‬ ‭18:2-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/exo.18.2-4.ara

A história de Moisés é muito rica. Conheceu a Deus de conversar em voz alta, vendo a glória pelas costas do Senhor e ainda conduziu um povo imenso em condições dificílimas por décadas. Escreveu o Pentateuco enquanto no deserto e deixou um legado impressionante para qualquer geração em qualquer tempo.

Seu primeiro filho teve o nome devido ao tempo em que Moisés peregrinou em terras estrangeiras. Podemos dizer que foi por toda a sua vida. Viveu 40 anos na casa de Faraó enquanto era Hebreu, viveu 40 anos nas terras de Midiã enquanto fugitivo do Egito e viveu seus últimos 40 anos no deserto, conduzindo a preparação de uma nova geração do povo que não seria rebelde como a geração anterior.

O segundo filho recebeu o nome pelos três livramentos que teve da espada de Faraó: no nascimento, na fuga para Midiã e na saída do Egito com todo o povo! É incrível a sua história e tremendo como Deus operou na vida e através da vida deste homem.

E nós? Como temos lembrado nossas futuras gerações a respeito do que Deus fez em nossas vidas? Ou será que não conseguimos reconhecer? Moisés é símbolo da Velha Aliança enquanto Jesus Cristo é a própria Nova Aliança. Se temos comunhão com Deus através de Cristo, então temos muito mais a dizer para nossas gerações o que Deus fez por nós!

Em Cristo escapamos da morte eterna recebida no nascimento carnal, sendo libertos dos pecados que viriam sobre nós nesta vida e Satanás (simbolizado por Faraó) não tem mais poder sobre nós em nossos pensamentos e ações! Em Cristo deixamos de ser moradores do mundo e passamos a ser peregrinos onde quer que formos, pois aqui já não é mais a nossa casa, mas a Jerusalém celestial prometida!

Em Jesus somos reis e sacerdotes, tendo livre acesso a Deus e podendo orar em voz alta com o Pai, o Filho e o Espírito Santo! Temos inscrito em nossos corações as tábuas da Lei, pois no Espírito Santo somos santificados diariamente! Nosso face passa a brilhar de maneira diferente e recebemos todos os dias o pão da vida!

Em Jesus Cristo entraremos na Terra Prometida, onde Moisés não conseguiu entrar. Sua aliança com Deus dependia de sua plena obediência, mas a nossa aliança é superior, porque depende da obediência de Cristo que é plena!!!!

Não temos muito a dizer para as gerações futuras? Sim! Certamente nas culturas ocidentais não o faremos colocando estes nomes em nossos filhos, mas iremos declarar em nossos relacionamentos. Que o Senhor seja glorificado por tão grande aliança feita no sangue de Jesus!

Deus está no controle de tudo!

Disse Daniel: Seja bendito o nome de Deus, de eternidade a eternidade, porque dele é a sabedoria e o poder; é ele quem muda o tempo e as estações, remove reis e estabelece reis; ele dá sabedoria aos sábios e entendimento aos inteligentes.
‭‭Daniel‬ ‭2:20-21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/dan.2.20-21.ara

Daniel foi arrancado de sua terra natal e levado para a Babilônia no tempo de Nabucodonosor. Ali Deus usou sua vida de maneira poderosa e lhe deu sabedoria e longevidade. Dele são estas palavras que revelam paz interior e sabedoria dos propósitos de Deus.

Não importam os resultados das eleições nos Estados Unidos da América ou nas eleições municipais no Brasil. Deus está no controle e usará estas circunstâncias para realizar a sua obra. Se um povo está rebelde, permitirá que o seu líder os oprima para que se voltem a Deus. Se o povo se submete ao Senhor, colocará um líder que seja uma benção sobre todos e até mesmo que venha a levar este modo de vida para outros lugares.

Portanto, todas as coisas irão cooperar para o bem daqueles que tem propósito para com Deus (Romanos 8.28). Ainda que pareça ruim, tem ganho para o reino de Deus. Se tem ganho para o reino, então estejamos fortalecidos no Senhor. Assim devemos viver se acreditamos sermos peregrinos nesta terra.

Importa que vidas sejam salvas para a eternidade e Deus cuidará para que isto aconteça. Nosso problema é achar que amor é apenas gerar circunstâncias que tragam bem estar. No entanto, mudanças drásticas de comportamento ocorrem em situações de necessidade. E Deus sabe como transformar uma situação na outra.

José foi vendido como escravo para o Egito e ficou muitos anos como servo e preso. Ao final se tornou o segundo homem mais poderoso da terra e salvou toda a família da fome. Situações que parecem ruins e se transformam em benção (Gênesis 37-41).

Confiemos em Deus, pois Ele vê através do tempo e da dor, da facilidade e da dificuldade e nada lhe escapa. Tenhamos fé de que o que ocorre hoje está cooperando para o nosso bem no amanhã. Creiamos naquele que traz esta certeza a nós, Jesus Cristo, enviado para que pudéssemos receber esta promessa até a eternidade!

A pesca maravilhosa fala é de amor!

Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar. Respondeu-lhe Simão: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos, mas sob a tua palavra lançarei as redes. Isto fazendo, apanharam grande quantidade de peixes; e rompiam-se-lhes as redes.
‭‭Lucas‬ ‭5:4-6‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.5.4-6.ara

É sob a palavra de Jesus que conseguiremos realizar o inimaginável. Pedro pescou tantos peixes que as redes se rompiam. Depois pode ir andando sobre as águas quando Jesus o chamou no meio da tempestade em alto mar. Sua sogra levantou curada de seu estado febril e Lázaro ressuscitou depois de 4 dias morto diante de Pedro! Quando Jesus fala algo tremendo acontece!

O que Jesus está falando agora para você? Onde ele está na sua vida? Você o tem visto e ouvido? Muitas vezes Jesus fala através da palavra escrita que nos foi dada. Fala através das pessoas que andam na presença dele. Fala a partir da natureza quando nos damos a oportunidade de parar para aprecia-la.

Jesus Cristo é muito mais que uma referência temporal, de antes e depois em um calendário ocidental. Jesus Cristo é a revelação do amor de Deus que nos orienta no nosso proceder e entender. Depois de nos encontrarmos com Jesus haverá um antes e depois, mas não é só calendário e sim uma mudança de vida!

Com Jesus temos um vislumbre do sobrenatural de Deus, daquilo que está disponível nas regiões celestiais para seus filhos. Enxergamos quem somos e como estamos, entendemos para onde iremos e como chegaremos. As dúvidas se vão e temos paz com Deus e batalha com o mundo!

Passamos a ser alienígenas sim, mas porque enxergamos que não somos apenas a carne que vive neste planeta, mas o espírito que veio de Deus e voltará para Ele, em um novo corpo glorificado, para vivermos na eternidade em uma pátria celestial.

Nosso espírito sabe disto, pois foi codificado antes que adentrássemos neste plano terreno. Por isso nos sentimos como peixe fora d’água, como seres eternos limitados pelo tempo, como espirituais limitados pelos pecados da carne. Isso tudo precisa mudar e é em Cristo que há a mudança de todas as coisas.

Não adianta procurar em nenhum outro lugar o que somente em Jesus Cristo iremos achar. Ele tem a chave da morte e do inferno e entregará aos que crêem em seu nome e somente a estes. E crer em Jesus é, em primeiro lugar, reconhece-lo como salvador e Senhor.

Quem precisa de Jesus? Todos os que reconhecem carentes de Deus e apartados dEle pelo pecado.

Jesus está passando hoje, de muitas formas, ao nosso lado. Ainda que cansados por não termos conseguido pescar toda a noite, não deixemos de ouvir a voz do mestre. Começa pelo estar por perto, depois experimentando o sobrenatural da graça até ouvirmos o chamado para caminharmos ao seu lado. E este chamado é para sermos pescadores de homens!

Não haverá maior recompensa do que estarmos todos juntos na eternidade com Cristo. Quem são todos? Os que creram no evangelho da graça. Jesus veio para estabelecer o reino de Deus em amor, e só ama quem o conheceu e recebeu dele do Espírito Santo.

Qualquer outro amor espera algo de volta, mas o amor de Deus se expressa pelo que já recebemos e podemos dar. É ter tanto amor que precisa ser compartilhado como os peixes tiveram de ser. É tanto amor que se não compartilharmos iremos romper! Este é o amor que Jesus gera em nós! Como não busca-lo?

A quem damos glória?

Como podeis crer, vós os que aceitais glória uns dos outros e, contudo, não procurais a glória que vem do Deus único?
‭‭João‬ ‭5:44‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.5.44.ara

A quem damos glória exibe a nossa percepção de foco e interesse pessoal. Se aplaudimos artistas, somos focados em exibições e queremos aceitação social.

Se somos focados em jogadores de futebol, damos importância à competência técnica e em assistir a jogos de campeonatos. Isto serve para qualquer tipo de esportes.

Se damos glória a cientistas é porque damos importância ao desenvolvimento da ciência e queremos que o desenvolvimento continue.

Ora, será que Deus não merece glória maior porque fez tudo e todos? Quem construiu o universo para que cientistas se ocupem em desvendar seus mistérios?

Quem criou o homem com as diversas capacidades em termos artísticos e desportivos para que pudéssemos contemplar e valorizar dons?

Nossa capacidade em glorificar a Deus nos permite dar a ele honra e também acrescenta fé em nós. É desta fé que precisamos para podermos aprender a confiar e depender dEle!

Crer em Deus permite que identifiquemos o Seu poder e Sua graça. Ao entendermos o poder de Deus teremos capacidade de clamar por ele e de receber os milagres prometidos em Suas palavras.

Quando damos a glória aos homens ficaremos na dependência dos homens. Somos limitados e não conseguimos resolver diversos problemas. Deus não é limitado e pode resolver qualquer problema.

Que nossa fé, ou falta dela, não seja o que limite o mover de Deus em nossas vidas. Deus deseja ser Pai de toda a humanidade e não apenas o criador, mas deixou para nós a opção de nos submetermos ou não à Sua paternidade.

Ora, ser filho de Deus é basear-se na fé de que há um Reino de Deus nos céus e que a nossa vida aqui é um preâmbulo do que virá. Se dermos glória para os homens e não dermos para Deus, então para que iremos para onde se dá glórias a Ele em todo o tempo?

Que possamos aprender hoje a glorificar a Deus, não só como Todo-Poderoso, mas também como o Pai que Ele É para todo o que crer na Sua benignidade!

Deus não ignora nossa situação!

Decorridos muitos dias, morreu o rei do Egito; os filhos de Israel gemiam sob a servidão e por causa dela clamaram, e o seu clamor subiu a Deus. Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó. E viu Deus os filhos de Israel e atentou para a sua condição.
‭‭Êxodo‬ ‭2:23-25‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/exo.2.23-25.ara

Há um tempo para todas as coisas na Terra. Ainda que pareça demorado ou que achemos que Deus se esqueceu de nós, na verdade não é assim!

Deus havia falado a Abraão que o seu povo passaria 400 anos no Egito e seria escravo, mas só voltaria para Canaã depois que a medida dos Amorreus estivesse completa. Ou seja, havia um tempo determinado.

Assim ocorreu o tempo das peregrinações do povo de Israel no Egito e era chegada a hora de saírem de lá.

Moisés tinha sido preparado pelos Egípcios e também conhecia seu povo. Portanto, era quem mais tinha condições de liderar o êxodo de Israel.

Deus ouve o clamor do povo e passa a preparar o caminho de volta para eles. Era o momento de chamar Moisés para liderar.

Os planos de Deus são realizados por homens e mulheres. Os eventos tem uma motivação clara diante do Senhor, embora ainda obscuros para nós.

Não haveria forma de se multiplicarem tão rápido como foi no Egito se tivessem permanecido em Canaã. Agora era um povo numeroso que precisava entender o seu propósito e realiza-lo.

Olhemos para os desígnios de Deus. Preparemo-nos para atender ao seu chamado. Não olhemos a circunstância, pois não enxergamos o longo-prazo.

É tempo de nos sujeitarmos à Deus. Clamemos sim, pois ele ouve! Há de completar a obra que iniciou em cada um de nós para bom termo.

Tenhamos fé e prossigamos a peregrinar nesta terra, sabendo que um dia voltaremos para o nosso lar celestial. Jesus voltará para nos liderar até a Terra Prometida!

Somos peregrinos, acreditemos ou não!

“Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos.”
‭‭Salmos‬ ‭119:19‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/psa.119.19.ara

Um peregrino é aquele que está de passagem em um lugar sem se fixar nele. Bem, se pensarmos na brevidade de nossas vidas na Terra, podemos entender a colocação do salmista. Verdadeiramente estamos de passagem aqui e a morte nos impedirá de permanecermos.

Mas, como entender a vida de um peregrino? Não é possível encontrar uma solução para esta ideia e nos motivarmos em permanecer neste mundo?

Na verdade, esta ideia de peregrino não é natural, mas um conceito espiritual. Ninguém naturalmente acorda pensando no dia da morte e nem considerando que sua casa e família são temporários. Acreditamos ser eternos e que nossos dias serão muitos e não precisamos nos preocupar com isto.

Então, de onde surge esta questão de peregrino? Da Palavra de Deus que nos ensina que somos passageiros e nossos dias tem um princípio e fim neste mundo. É no espiritual que enxergamos nossa condição e que, na verdade, somos criaturas espirituais vivendo a experiência de uma vida carnal.

Portanto, estamos de passagem, como em um teste de vida para a próxima fase a ser vivida. Se é um teste e teremos um próximo estágio, então o que faço aqui tem resultados para o que virá.

Muitos ainda ignoram este fato, mas todos seremos julgados pelo que tivermos feito neste corpo que recebemos. Tudo! Até as palavras que lançamos no ar! Não podemos viver ignorando este preceito, pois as consequências virão, quer boas ou ruins.

Na Palavra de Deus teremos um guia para este tempo de peregrinação e é o melhor lugar para entendermos quem somos e para onde iremos.

Jesus é o caminho do peregrino e o auxílio para toda a eternidade. Que o Senhor abençoe a todos os peregrinos, para a glória dele!