Temos muito a agradecer pela Nova Aliança em Cristo!

Jetro, sogro de Moisés, tomou a Zípora, mulher de Moisés, depois que este lha enviara, com os dois filhos dela, dos quais um se chamava Gérson, pois disse Moisés: Fui peregrino em terra estrangeira; e o outro, Eliézer, pois disse: O Deus de meu pai foi a minha ajuda e me livrou da espada de Faraó.
‭‭Êxodo‬ ‭18:2-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/exo.18.2-4.ara

A história de Moisés é muito rica. Conheceu a Deus de conversar em voz alta, vendo a glória pelas costas do Senhor e ainda conduziu um povo imenso em condições dificílimas por décadas. Escreveu o Pentateuco enquanto no deserto e deixou um legado impressionante para qualquer geração em qualquer tempo.

Seu primeiro filho teve o nome devido ao tempo em que Moisés peregrinou em terras estrangeiras. Podemos dizer que foi por toda a sua vida. Viveu 40 anos na casa de Faraó enquanto era Hebreu, viveu 40 anos nas terras de Midiã enquanto fugitivo do Egito e viveu seus últimos 40 anos no deserto, conduzindo a preparação de uma nova geração do povo que não seria rebelde como a geração anterior.

O segundo filho recebeu o nome pelos três livramentos que teve da espada de Faraó: no nascimento, na fuga para Midiã e na saída do Egito com todo o povo! É incrível a sua história e tremendo como Deus operou na vida e através da vida deste homem.

E nós? Como temos lembrado nossas futuras gerações a respeito do que Deus fez em nossas vidas? Ou será que não conseguimos reconhecer? Moisés é símbolo da Velha Aliança enquanto Jesus Cristo é a própria Nova Aliança. Se temos comunhão com Deus através de Cristo, então temos muito mais a dizer para nossas gerações o que Deus fez por nós!

Em Cristo escapamos da morte eterna recebida no nascimento carnal, sendo libertos dos pecados que viriam sobre nós nesta vida e Satanás (simbolizado por Faraó) não tem mais poder sobre nós em nossos pensamentos e ações! Em Cristo deixamos de ser moradores do mundo e passamos a ser peregrinos onde quer que formos, pois aqui já não é mais a nossa casa, mas a Jerusalém celestial prometida!

Em Jesus somos reis e sacerdotes, tendo livre acesso a Deus e podendo orar em voz alta com o Pai, o Filho e o Espírito Santo! Temos inscrito em nossos corações as tábuas da Lei, pois no Espírito Santo somos santificados diariamente! Nosso face passa a brilhar de maneira diferente e recebemos todos os dias o pão da vida!

Em Jesus Cristo entraremos na Terra Prometida, onde Moisés não conseguiu entrar. Sua aliança com Deus dependia de sua plena obediência, mas a nossa aliança é superior, porque depende da obediência de Cristo que é plena!!!!

Não temos muito a dizer para as gerações futuras? Sim! Certamente nas culturas ocidentais não o faremos colocando estes nomes em nossos filhos, mas iremos declarar em nossos relacionamentos. Que o Senhor seja glorificado por tão grande aliança feita no sangue de Jesus!