Quem ama está em Deus!

Como o Pai me amou, também eu vos amei; permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço. Tenho-vos dito estas coisas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo. O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.
‭‭João‬ ‭15:9-12‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.15.9-12.ara

Jesus resumiu o conhecimento de toda a vontade de Deus no entendimento do amor do Pai. Permanecer no amor para amar! Só se dá o que se tem. E o amor de Deus vem de Deus! Portanto, para amarmos como o Senhor, devemos permanecer nEle!

Ora, a manifestação do amor através de nós é como nos dirigimos para as vidas a nossa volta. Deus deu Jesus para nós, a ponto de sacrifica-lo a nosso favor. Deu o melhor para quem nunca mereceu. Se isto não é amor, nada mais é!

Assim devemos amar as pessoas, com graça e misericórdia. Não pelo que elas são ou fazem a nosso favor, mas porque Jesus ama sem acepção ou imposição de regras.

O Natal é a época onde muitos se lembram de fazer uma boa ação, de dar uma cesta de Natal para pessoas menos favorecidas. Isto é bom, mas e o resto do ano? O que temos feito em favor de quem precisa?

Se só olharmos para as nossas vidas pode ser possível vivermos em nossa zona de conforto. Muitas vezes já temos o suficiente para nós. E, se não tivermos o suficiente em termos de objetivos pessoais, estaremos buscando alcança-los.

Quando isto ocorre, não olhamos para o lado. Não percebemos que aquilo que não é suficiente para nós é mais do que muitos terão. E, se consideramos que já temos o suficiente, será que nos importaremos com quem não tem?

Somos chamados Cristãos por termos preocupação com quem está à nossa volta, não só para defendermos os valores bíblicos na sociedade, mas para transforma-la em um ambiente propício para a edificação de vidas.

Não se espante com a quantidade de pessoas que estão enriquecendo para compartilhar com os que não estão em condições de se sustentarem, ou estão vivendo aquém do que poderiam pois compartilham daquilo que alcançaram.

Deus vai levantar muitos para serem celeiros à disposição do reino. Não para serem ricos financeiramente, mas para serem ricos em amor ao próximo com obras não só sociais, mas de desenvolvimento do reino de Deus.

Amar não espera datas comerciais. Amar os pais não significa dar um presente no dia deles, mas cuidar e obedecer a eles, em todo tempo. Amar os filhos não é condiciona-los a receber presentes porque tiveram um bom desempenho, mas mostrar que nos agradamos por eles serem nossos filhos, nossa semente, nossa herança.

Amar de verdade não depende da resposta ao nosso amor, mas da nossa atitude para com a pessoa a ser amada. E isto só existe quando estamos em Deus! Portanto, mergulhemos no amor de Cristo para vivermos como ele nos direcionou.

E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele. Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo. No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor. Nós amamos porque ele nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.
‭‭1João‬ ‭4:16-21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/1jn.4.16-21.ara