O que é sermos e estarmos em Cristo?

Chamou Jesus os doze e passou a enviá-los de dois a dois, dando-lhes autoridade sobre os espíritos imundos.
Marcos 6:7 ARA
https://bible.com/bible/1608/mrk.6.7.ARA

Muitos confundem a recepção de uma autoridade como algo que passaram a possuir de si mesmos, esquecendo-se que a autoridade está restrita à comissão recebida. Em outras palavras, a submissão dos demônios ocorre pelo poder de Jesus outorgado aos que são discípulos e não pelo poder do próprio discípulo.

A condição de ser representante não nos qualifica como poderosos e justos em nós mesmos, mas porque Jesus é! Por isso Judas Iscariotes pôde exercer autoridade sobre demônios mas também traiu ao próprio Senhor. Não é porque recebemos dinheiro da empresa para gastar milhões em aquisições para ela que me tornei milionário, não é mesmo?! Posso estar gastando milhões da empresa e não ter o que comer em casa…

A mordomia é a maneira como somos ensinados e, ao mesmo tempo, testados. Ao não termos em nossas casas aquilo que temos acesso em serviços, trabalhos ou outras atividades somos confrontados entre o manusear ou estabelecer poder sobre coisas que não possuímos e nos mantermos conscientes de que não são nossos, mas estamos sob comissão. Também é o caso de exercermos poder sobre pessoas que na verdade não nos respondem pelo que somos, mas pelo cargo que representamos.

Cristo nos envia a cuidar de suas ovelhas, como ajudadores da sua obra de salvação. As ovelhas se submetem aos líderes e lhes ajudam a continuar o trabalho de gerar ovelhas. Tanto a liderança como as ovelhas que ainda não líderes são ovelhas do Senhor. Há os que estão avocando as ovelhas para si e há ovelhas que não se submetem como ovelhas porque já estão exercendo poder e autoridade também. Nossa maior dificuldade é nos mantermos servos do Senhor e entre nós. A virtude está na humildade em reconhecer de quem é o poder e para quem o exercemos.

Jesus Cristo é o cabeça da igreja e somos todos discípulos do mestre. Em determinado momento estaremos em condições de discipular, em outros, de discipularmos. Importa que todos sigamos o mestre e não nos desviemos a nós e nem a ninguém do caminho. Se o Espírito Santo é quem estiver no controle não cairemos neste erro. Mas, será que está? Estamos vivendo debaixo do que o Espírito Santo nos propõe, proporciona e aponta?

Ser um religioso que não se submete à ação do Espírito Santo é usurpar do poder que Deus está entregando para nós. Se não entendermos quem somos e quem Deus É podemos cair neste erro. Jesus Cristo é Deus encarnado que viveu entre nós para servir, delegando a missão de continuarmos o seu trabalho. Não somos maiores que o mestre e, portanto, não somos justos por nós mesmos, mas justificados por ele. Esta verdade nos ajuda a entendermos a graça e a misericórdia e é mais que suficiente para nos motivar a amar aos que, como nós, estão sendo alcançados pelo evangelho.

Se o Senhor enviou os apóstolos lhes dando autoridade então estes foram comissionados a realizar a obra de Cristo no meio do povo. Esta comissão também foi dada a igreja e este é o tempo de fazermos a nossa parte. Sejamos zelosos dos dons e autoridade dadas pelo Senhor e entendamos para que os recebemos. Que possamos viver a mordomia, exercendo com diligência o que nos foi confiado. Bom é poder participar da obra redentora de Cristo e ver o mover de Deus em nosso meio.

Somos peregrinos e nada levaremos deste mundo a não ser as lembranças do que fizemos como homens e mulheres. Que possamos ter maravilhosas lembranças em reconhecimento de tudo o que nos foi dado sem termos merecido. Nascemos sem termos merecido, vivemos a partir de dons espirituais que não merecíamos e iremos invariavelmente voltar para Deus como espíritos, porque somos dEle. Neste tempo todo será maravilhoso se vivermos para Ele! Estamos em Cristo, somos de Cristo e Cristo é o Senhor!

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,
2Coríntios 5:17‭-‬18 ARA
https://bible.com/bible/1608/2co.5.17-18.ARA

Quem está em Cristo é nova criação e está participando da reconciliação do mundo. Este é o chamado e o propósito de exercermos o poder do Senhor na terra!!

Ano 2#246