A verdadeira justiça começa no nosso interior!

Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus.
Mateus 5:20 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.5.20.ARA

Escribas e fariseus buscavam viver de maneira irrepreensível pela lei de Deus dada através de Moisés. Como superar em muito a justiça de pessoas que viviam desta maneira?

Jesus Cristo passa a revelar como a lei descrevia o que fazer e estabelece um proceder ainda mais elevado, aquele que se revela em nossos pensamentos. Desta forma Jesus mostra que o que se vê no exterior não é o que necessariamente se passa no interior de cada um de nós.

Muitos já pensaram em matar e não mataram. Muitos já pensaram em adulterar mas não o fizeram. Cristo diz que a justiça maior é a que ocorre tanto no pensamento como nas ações. Portanto, o pensar no mal torna-se importante, pois revela a verdadeira natureza da alma.

Exceder em muito o que escribas e fariseus faziam é possuir um coração transformado, apto a viver tanto internamente como externamente a lei de Deus.

Como isto é possível? Jesus nos revela que o Espírito Santo viria a todo o que crer em seu sacrifício e nos ajudaria nesta tarefa. Assim, aquele que está em Cristo recebe o poder de transformação espiritual que o capacita a viver esta nova realidade.

Sem o Espírito Santo continuaremos na hipocrisia de revelarmos boas obras sem termos a verdadeira motivação no amor. Faremos por vaidade ou por motivações não coerentes com a verdade divina, enganando aos outros mas não a Deus.

As obras revelam uma educação para fazermos a coisa certa, mas não garantem um coração transformado. Que busquemos as duas coisas para glorificarmos a Deus! Recebamos Cristo como Senhor e desenvolvemos a salvação por ele trazida. Assim cumpriremos a justiça de Deus de maneira plena! Sem isto, não importará as obras externas quando as apresentarmos no dia do juízo.

Ano 2#272