Jesus é a realização da promessa da salvação eterna!

De sorte que todas as gerações, desde Abraão até Davi, são catorze; desde Davi até ao exílio na Babilônia, catorze; e desde o exílio na Babilônia até Cristo, catorze.
Mateus 1:17 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.1.17.ARA

Em Mateus temos três ciclos do povo de Israel. No primeiro foi estabelecida a aliança e houve um numeroso crescimentono número de israelitas, sua saída do Egito e estabelecimento na Terra Prometida. No segundo ciclo, um tempo de perda de identidade, onde o reino se dividiu, brigaram entre si e não se converteram de seus maus caminhos. Em ambos os ciclos estavam mais preocupados em viver como as outras nações do que servir ao seu Deus.

Acabaram por ir para o cativeiro babilônico e lá se renderam ao grande Deus de Israel, voltando no terceiro ciclo a se tornarem um povo e a terem a aliança levada a sério. O problema no terceiro ciclo é que não entenderam a mensagem da Lei, preocupando-se mais com a letra do que com o Deus da aliança. Queriam exteriorizar os preceitos, mas estes não estavam em seus corações.

O final do terceiro ciclo é a vinda de Cristo, aquele que trouxe o entendimento de todas as coisas. O Filho revela o plano da salvação e se coloca como o Mediador das promessas de vida eterna. Estamos ainda neste ciclo, pois que o povo não o recebeu como salvador. Assim, há um hiato onde a igreja de Cristo está crescendo para realizar a obra que eles não quiseram realizar porque não creram em Jesus Cristo como o Messias.

Dois mil anos se passaram e estamos para fechar este ciclo, quando então todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Jesus Cristo é Senhor. Ainda que em lutas, guerras, dificuldades que sempre existiram, importa que a salvação chegará a muitas vidas porque crerão nas boas novas trazidas em Cristo. O Natal é a promessa da restauração de todas as coisas e ela começa na fé em Jesus!

Ano 2#293