#3_144 Mateus 18:3

E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Mateus 18:3 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.18.3.ARA

Converter-se e se tornar como uma criança são demonstrações de uma nova vida em Cristo. Nele é que podemos fazer estas coisas. Que obras faríamos para nos tornarmos como crianças? Com este pensamento é que Nicodemos (João 3) perguntou a Jesus como alguém poderia nascer de novo já sendo velho.

Isto é espiritual e não carnal. Não são obras de ações feitas pela mão do homem, mas pela regeneração só existente em Cristo. Ser criança é ter um coração sem malícia, sem maquinar o mal e nem guardar o mal recebido. É poder iniciar o dia sem as marcas do dia anterior.

Crianças não estão em busca de poder, posição ou condição social. Vivem pelo prazer e brincam sem se importar a respeito de onde veio a outra criança. Os que já estão pensando nestas coisas já deixaram de ser crianças pois já se preocupam com coisas de adulto malicioso. Crianças que são racistas, ou isolam os menos favorecidos, já não andam em pureza de coração.

Se deixamos a fase da inocência então precisamos nos converter de nossos pensamentos e ações. Se não formos como crianças não poderemos adentrar no Reino de Deus. E para o sermos precisamos de Cristo, o Salvador e Senhor! Sem Cristo continuaremos adultos maliciosos e de fora do Reino. Importa-nos buscar a Cristo!

#3_124 Novamente Sobre a Religiosidade

Se morrestes com Cristo para os rudimentos do mundo, por que, como se vivêsseis no mundo, vos sujeitais a ordenanças: não manuseies isto, não proves aquilo, não toques aquiloutro, segundo os preceitos e doutrinas dos homens? Pois que todas estas coisas, com o uso, se destroem.
Colossenses 2:20‭-‬22 ARA
https://bible.com/bible/1608/col.2.20-22.ARA

Sim, estas coisas não são superiores ao amor a Deus e ao próximo. Não seria isto que nos levaria ao céu, pois comer ou deixar de comer, tocar ou deixar de tocar enquanto nossos pensamentos permanecem impuros não nos edifica.

O grande mandamento sempre foi olhar para Deus e buscá-lo em primeiro lugar. Se já estamos em Cristo nossa vida não tem mais restrições a usos e costumes no amor. Isto é o amadurecimento, pois se iremos amar, não estaremos sem limites para o que fazer. Ao mesmo tempo faremos segundo a necessidade exigir.

Cristo nos força a evoluirmos no entendimento que práticas religiosas não nos dão. Muitos nem sabem por que fazem ou deixam de fazer alguma coisa para Deus. Torna-se mera doutrina de homens. Precisamos saber por que estamos seguindo tal costume e se isto está edificando o corpo de Cristo, sua igreja.

Em cada cultura e tempo iremos encontrar nuances que não justificam tais práticas. Forçar alguém a usar uma roupa adequada ao frio no calor não é se preocupar com o próximo, mas atar-lhe um jugo que muitos não suportam, e acaba por torna-se vaidade. Jesus comeu e bebeu com quem fosse, seus discípulos deixaram de lavar as mãos, comeram espigas no Sábado, salvaram vidas também no Sábado.

O que precisa ser feito hoje, façamos! E o façamos para Deus! Os homens desejarão usar o nosso trabalho em favor deles. Se é para a glória de Deus o faremos, mas se for para o homem é melhor enxergar se já não estamos olhando para o ganho deste mundo apenas. Nossa vaidade é igual ou maior que a dos outros e estaremos concordando com a prática de religiosidades.

Servir a Deus e ao próximo é tornar o mundo melhor. A religiosidade impede o crescimento espiritual para com Deus e só acrescenta peso sobre as pessoas. Cristo trouxe liberdade e responsabilidade. Quem está em Cristo entende que deve servir porque já recebeu um reino que deve cuidar.

O religioso está esperando que seus atos sejam vistos pelos homens e por Deus para poderem receber o passaporte para o reino. Erram porque sem Cristo isto não ocorrerá e por Cristo nada destas coisas de comida, vestimentas, festas e datas tem alguma importância se as pessoas não estão sendo edificadas.

Oremos para que as nossas vendas da religiosidade caiam de nossos olhos e possamos viver o verdadeiro evangelho. Cristo nos deu a visão do caminho e o nosso andar nele deve ser acompanhado do amor ao próximo. Sejamos responsáveis e atentos, pois o hoje exigirá a escolha do servir em amor ou em religiosidade!

#3_118 Lucas 17:14

Ao vê-los, disse-lhes Jesus: Ide e mostrai-vos aos sacerdotes. Aconteceu que, indo eles, foram purificados.
Lucas 17:14 ARA
https://bible.com/bible/1608/luk.17.14.ARA

Fé, intrepidez, obediência e gratidão. Os dez leprosos creram que poderiam ser curados por Jesus. Aproveitaram a oportunidade e todos foram juntos pedir a cura. A fé se uniu à vontade e não ficaram com o medo de ouvirem o não que já tinham.

Quando Jesus lhes mandou seguir caminho até os sacerdotes não duvidaram em obedecê-lo, ainda que não tivessem visto a cura até aquele momento. Apenas ao obedecerem, no caminho, é que a cura veio!

Todos receberam igualmente a benção, mas apenas um voltou para agradecer a obra que foi feita em sua vida. Não achou que era merecedor, pois não tinha feito por onde receber e não havia como pagar pela cura.

Cuidemos em como estamos recebendo a graça, a misericórdia e outras bençãos de Deus. A gratidão é o termômetro de um coração que reconhece o valor daquilo que recebe por amor, sacrifício ou cuidado de Deus e do nosso próximo para conosco.

Ainda que um pai e uma mãe tenham uma obrigação moral no cuidado com os filhos eles já fizeram a parte impossível para nós que é nos dar a vida. Só por isso já merecem nossa gratidão por toda a vida. Colegas, amigos, parentes e vizinhos, como os tratamos pelo que fazem para conosco?

Gratidão não é apenas o ato de verbalizar o reconhecimento, mas fazê-lo porque fomos tocados pelo favor recebido. Que tenhamos a prática de agradecermos por tudo o que temos recebido. Ainda, Cristo está nos orientando a fazermos coisas que são resposta de nossas orações. Confiemos nele e obedeçamos, pois certamente receberemos ao longo do caminho!

#3_114 Marcos 11:25

E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas.
Marcos 11:25 ARA
https://bible.com/bible/1608/mrk.11.25.ARA

Sim, é difícil, mas necessário. Assim é no Reino, recebemos perdão e, por isso, aprendemos a perdoar. Quem não perdoa não receberá perdão. E como somos pecadores, como adentrar na presença de Deus se não houver perdão para os nossos pecados?

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Mateus 5:7 ARA
https://bible.com/bible/1608/mat.5.7.ARA

Misericórdia é não pagar o mal com mal, mas com o bem. É justamente perdoar primeiro e parar com a maquinação em como dar o troco. Temos um Deus que a todos julga e dá segundo nosso proceder para com os outros.

Salvação é dom de Deus, pela fé. Quem a recebe é transformado interiormente e passa a viver segundo os preceitos divinos. Quem é alcançado também é perdoado e deve sempre se lembrar que não merecia tal benefício. Como cobrar de alguém diferente do que recebemos?

Obviamente há danos mais fáceis de serem perdoados que outros. Mas assim como há pecados que geram um mal maior para muitos e outros menores para poucos, todo pecado precisa de perdão. Precisamos aprender a perdoar.

Perdão passa por abrirmos mão de executarmos a nossa justiça própria e entregá-la nas mãos de Deus. Quando não perdoamos podemos até gerar males maiores do que os que nos foram feitos. Misericórdia é, sobretudo, não desejar se assemelhar com o que pratica a iniquidade. E isto agrada a Deus!

O primeiro passo do perdão é olharmos para nós e vermos quão abençoados somos pelo perdão que recebemos ao longo da vida. É permitir que outros o recebam de nós. É desistir de executar nossa sentença e libertar nossos corações e mentes da ofensa recebida. É viver sem olhar para o que aconteceu, na esperança de dias onde nada disto ocorrerá novamente porque o Senhor assim prometeu.

Precisamos perdoar, é urgente. Façamos a lista e comecemos agora mesmo. Não nos enganemos, temos situações que ainda nos prendem ao passado e é hora de seguirmos em frente. Não conseguiremos sem também recebermos perdão do Senhor!

#3_99 Marcos 6:34

Ao desembarcar, viu Jesus uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor. E passou a ensinar-lhes muitas coisas.
Marcos 6:34 ARA
https://bible.com/bible/1608/mrk.6.34.ARA

Não temos um pastor indiferente às nossas necessidades, mas um que nos compreende e cuida de nós. Aquela multidão seguia desesperadamente a Jesus, pois nele encontraram consolo, cura e alimento.

Temos seguido o mestre por causa das mesmas necessidades? Depois de um tempo poderemos dizer que estamos saciados? A fome volta quando não há alimento e o cansaço volta quando não há descanso.

Jesus é o nosso porto seguro, nossa guarida diante das dificuldades, nosso protetor em meio às guerras e inimigos. Nele somos fortalecidos para podermos crescer de maneira sadia e completa.

Busquemos o ensino de Cristo, pois só assim iremos alcançar a plenitude da graça de Deus para as nossas vidas!

#3_98 Atos 2:21

E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Atos 2:21 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.21.ARA

Quão grande graça! Não está escrito que aquele que produz grandes obras será salvo, mas o que invocar o nome do Senhor! As obras serão consequência da caminhada com e no Senhor!

O Espírito Santo nos conduz pelo caminho de Cristo, pelas suas pisaduras. Na caminhada seremos transformados! O discípulo aprende andando com o mestre. Jesus nos chama a segui-lo, não para sermos perfeitos e, então, segui-lo. Não há como sermos aperfeiçoados sem caminharmos com ele.

A religiosidade e a libertinagem não estão no caminho de Cristo, mas o amor, a misericórdia e a obediência à vontade de Deus. Sair do caminho para a direita ou esquerda é trilhar a libertinagem, em direção ao pecado, ou a religiosidade, onde regras humanas são mais importantes que a direção de Deus.

Precisamos cuidar de caminharmos com o Senhor, junto de seu povo. Discípulos fazem discípulos e se não formos discípulos verdadeiros de Cristo iremos ensinar religião ou o pecado. Sem olharmos para o mestre nos desviaremos do caminho.

Então, olhemos para o Senhor de cabeça erguida e o sigamos com confiança, pois não há pedras de tropeço no caminho de Cristo, apenas fora dele!

#3_97 Atos 2:17

E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos;
Atos 2:17 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.2.17.ARA

Nunca se tinha visto profetas de tantas origens e idades. No Pentecostes Deus transformou algo específico e restrito a um povo para derramar sobre todos os povos o poder de ouvir a sua voz e obedece-lo.

No Pentecostes o Espírito Santo foi derramado sobre a Terra. A obra de Cristo fora completa por sua ascensão e agora a tarefa de confrontar nossos corações e mentes ficou a cargo do Espírito. Este é quem nos convence de nossos pecados e nos revela a graça de Deus!

Muitos não conhecem a ação do Espírito Santo e outros não acreditam nela. Mas Deus não é mentiroso e os que são versados no Espírito terão experiências sobrenaturais. Pentecostes não é apenas uma data ou festa de um povo, mas um poderoso sinal de Deus para toda a humanidade.

Infelizmente para alguns é um feriado a mais e para outros nem lembrança há. Para os cristãos é a certeza de que o Senhor nos buscará e não tardará! É a certeza de que já não estamos sozinhos nesta terra, independentemente de linguagem, cor, sexo ou raça. Há um só Deus e um só batismo em Cristo, e no Pentecostes somos lembrados de que somos irmãos por vontade de Deus!

#3_92 Atos 1:9

Ditas estas palavras, foi Jesus elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos.
Atos 1:9 ARA
https://bible.com/bible/1608/act.1.9.ARA

Entre a ascensão de Cristo e o dia de Pentecostes as escrituras relatam a escolha do décimo segundo apóstolo que ficou no lugar de Judas, o traidor, e o esforço de ficarem juntos em oração.

Aprendemos com os apóstolos a necessidade de perseverar na missão, andando em unidade e aguardando o direcionamento de Deus para as nossas vidas. Em oração permaneceram juntos até a descida do Espírito Santo.

O que isto nos importa? Porque na unidade receberemos poder do alto. Tem sido assim desde o nascimento da Igreja no Pentecostes. Não é no isolamento ou na rebeldia, mas na comunhão de oração em paciência.

Nos reunamos em oração agora e sempre. O Espírito Santo já foi derramado e não precisamos de outro Pentecostes para recebê-lo. Mas ainda precisamos da comunhão dos santos para a operação de milagres e o primeiro é a conversão de almas a Cristo!

#3_88 Jonas 2:8-9

Os que se entregam à idolatria vã abandonam aquele que lhes é misericordioso. Mas, com a voz do agradecimento, eu te oferecerei sacrifício; o que votei pagarei. Ao SENHOR pertence a salvação!

Jonas 2:8-9

Ao SENHOR, e somente a ele, pertence a salvação. Jonas entendeu este mistério e era um profeto do Antigo Testamento. Não há outra mensagem no evangelho que não esta. Jesus fez o sinal de Jonas e também esteve três dias e três noites no coração da Terra, mas esta não pode lhe reter, pois é Santo!

Quem se entrega a qualquer tipo de idolatria e não reconhece o senhorio de Cristo está abandonando a misericórdia de Deus. Não a encontrará quando aparecer diante do justo juiz! Em Cristo já estamos justificados! Sejamos gratos por tão grande amor!

#3_86 Salmos 119:7-8

Render-te-ei graças com integridade de coração, quando tiver aprendido os teus retos juízos. Cumprirei os teus decretos; não me desampares jamais.

Salmos 119:7-8

Enquanto não aprendemos uma língua não conseguimos entender o que está escrito. Deixamos de aprender muitas outras coisas quando não sabemos o básico nas diversas áreas do conhecimento. Assim também ocorre quando não conhecemos os preceitos de Deus.

Sem termos a noção básica de quem É Deus, sua obra, seus mandamentos, não conseguimos viver de maneira a honra-lo e nem vivemos da melhor forma possível entre nós. A falta de entendimento da vida espiritual está levando o mundo para a destruição, havendo sempre a intervenção divina para que isto não ocorra muito antes do tempo.

Glórias a Deus por sua paciência. É como um professor que não se cansa de ensinar as primeiras letras para sua sala. É tremendo ver o brilho nos olhos de quem entende a primeira palavra e passa a ler os letreiros nos caminhos. Nunca mais nos tornamos os mesmos.

O analfabetismo espiritual é ainda mais perigoso. Podemos até não sabermos ler, mas podemos ouvir a Palavra de Deus para nos desviarmos dos nossos maus caminhos. O pior analfabeto é o que não deseja ouvir para aprender, mantendo-se cego diante das oportunidades da vida e surdo para a maldade praticada em seu meio.

Cristo veio para nos dar nova vida, através do evangelho. Deus não desampara aquele que busca viver os seus preceitos. Os imprimirá em nossos corações para não nos afastarmos dEle novamente. Seremos transformados pelo conhecimento do SENHOR e viveremos uma nova vida abençoada por Ele.