Conhecer onde está o caminho para o reino de Deus não é suficiente. Importa caminhar por ele!

Disse-lhe o escriba: Muito bem, Mestre, e com verdade disseste que ele é o único, e não há outro senão ele, e que amar a Deus de todo o coração e de todo o entendimento e de toda a força, e amar ao próximo como a si mesmo excede a todos os holocaustos e sacrifícios. Vendo Jesus que ele havia respondido sabiamente, declarou-lhe: Não estás longe do reino de Deus. E já ninguém mais ousava interrogá-lo.
‭‭Marcos‬ ‭12:32-34‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mrk.12.32-34.ara

Sim, os profetas já haviam declarado que amor e misericórdia debaixo do temor de Deus é muito superior que sacrifícar a si mesmo e a queimar animais para adora-lO!

Jesus aponta para o resumo da Lei que Moisés havia trazido nas tábuas quando esteve com Deus, onde amar a Deus e ao próximo são condicionantes para a transformação do homem, porque ocorre de dentro para fora.

Sacrificar o corpo e animais não traz benefícios diretos, com muito pouca utilidade a longo prazo. O povo não entendia estas coisas.

Mas, um escriba, dos que ensinavam a Lei nas Sinagogas, identifica o valor das palavras de Jesus e concorda com ele, mostrando que havia entendido a mensagem.

Jesus lhe disse que não estava longe do Reino de Deus, pois que já tinha a informação para acha-lo. Como a brincadeira do “quente-frio” das crianças, onde “quente” é estar perto do objeto escondido e “longe” o oposto, Jesus Cristo evidenciou que a proximidade é entender este ponto de vista.

Para adentrar é possuir a capacidade de faze-lo, e isto só acontece através da fé! Fé nas escrituras que ensinam o salvador, que ensinam a não vivermos por egoísmo e nem desconectados do Criador!

Jesus Cristo é o único caminho porque é quem tem o poder de nos guiar até o Espírito Santo, porque intercede por nós e porque nos ensinou por experiência própria no testemunho do Evangelho.

Reconhecer que a misericórdia e amar ao próximo, tendo o amor e temor a Deus como centro da nossa atitude, com todas as nossas forças é o ponto de partida. Alcançar a cruz de Cristo é o primeiro passo, pois é lá onde o Espírito Santo está disponível para podermos continuar o caminho!

É tempo de buscarmos o Reino de Deus e este estará em nossos corações e mentes, edificando em nós a morada de Deus!