Que tipo de vaso temos sido?

“Ora, numa grande casa não há somente utensílios de ouro e de prata; há também de madeira e de barro. Alguns, para honra; outros, porém, para desonra. Assim, pois, se alguém a si mesmo se purificar destes erros, será utensílio para honra, santificado e útil ao seu possuidor, estando preparado para toda boa obra.”
‭‭2Timóteo‬ ‭2:20-21‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/2ti.2.20-21.ara

O Espírito Santo é uma dádiva recebida por fé e produz em nós o seu fruto (Gálatas 5.22). Ora, podemos ser como pisos de cimento a dificultar o crescimento da semente em nós gerada. Somos o solo onde o evangelho germina.

Isto significa que a velocidade e a qualidade do fruto dependem de nós. Se não fosse assim Jesus não nos daria a parábola do semeador (Mateus 13.18-23) e nem Paulo nos traria esta passagem aqui destacada.

Somos comissionados por Deus e temos nossa responsabilidade no reino. Como filhos precisamos fazer a nossa parte na família. Nosso crescimento nos traz a oportunidade de termos mais autonomia e não precisarmos de tanta supervisão. Deus gosta de que dependamos dEle, mas não para sermos robôs em suas mãos!

Ser um vaso de honra é buscarmos o trabalho do Espírito Santo com coração e mente abertos. Vamos precisar dedicar tempo de comunhão com Deus e seremos trabalhados pelo criador.

Ora, isto significa que sofreremos mudança de caráter e até de personalidade. Seremos confrontados a abrir mão de características negativas de nosso perfil e receberemos as coisas boas. Se resistirmos, continuaremos como vasos de menor capacidade ou não estaremos a altura de sermos úteis em coisas nobres.

Quando servimos convidados buscamos usar nossa melhor toalha de mesa, a melhor porcelana, os melhores talheres. Vasos de honra são usados para servir convidados. Os vasos sem honra ficam de lado até serem jogados fora ou servirão para os trabalhos sem valor.

Deus não chama ninguém para permanecer sem um propósito ou para simplesmente ficar imóvel em algum lugar. Deus nos chama para coisas muito maiores, pois tem orgulho de Sua obra. Assim, Ele usa os vasos de honra para as coisas espirituais e deixa que os vasos de desonra permaneçam fazendo as coisas carnais.

Não importa a nossa origem financeira, cultural, emocional, racial ou religiosa. Deus pretende nos transformar a todos, mas gosta de material que se rende às Suas mãos. Os resistentes voltam para as prateleiras, enquanto os maleáveis são transformados de glória em glória.

Que tipo de vaso somos hoje? Que tipo seremos amanhã? Deus não precisa de nós, mas nós dependemos de Deus. Ele tem muitos vasos para usar. Podemos ficar nas prateleiras ou podemos chamar a atenção dEle. Ele não rejeita um coração contrito e quebrantado.

Em Cristo seremos transformados, mas a nossa caminhada não será de escadas rolantes, mas de degraus a serem conquistados na fé que produz músculos espirituais. Chegamos na escada no carro da fé e subimos pela mesma fé, mas com a santificação como apoio, pois sem santificação ninguém verá o Senhor! (Hebreus 12.14)

Fujamos das impurezas e sejamos úteis nas mãos de Deus! Ele merece ser adorado e devemos isto a Ele por amor e gratidão pelo chamado à salvação que não merecíamos em Cristo Jesus!