Jesus está chamando trabalhadores!

Ao cair da tarde, disse o senhor da vinha ao seu administrador: Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, começando pelos últimos, indo até aos primeiros. Vindo os da hora undécima, recebeu cada um deles um denário. Ao chegarem os primeiros, pensaram que receberiam mais; porém também estes receberam um denário cada um. Mas, tendo-o recebido, murmuravam contra o dono da casa, dizendo: Estes últimos trabalharam apenas uma hora; contudo, os igualaste a nós, que suportamos a fadiga e o calor do dia. Mas o proprietário, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injustiça; não combinaste comigo um denário? Toma o que é teu e vai-te; pois quero dar a este último tanto quanto a ti. Porventura, não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou são maus os teus olhos porque eu sou bom? Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos [porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos].
‭‭Mateus‬ ‭20:8-16‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/mat.20.8-16.ara

A cultura do mérito para recebimento nos dificulta entendermos o amor a nós dirigido por Deus. Enquanto estivermos nos comparando uns aos outros iremos achar que há um descompasso entre o que fazemos e o que recebemos de Deus. Por isso a graça é dificilmente entendida pelo mundo. O receber de Deus a salvação pela fé recai nesta visão da parábola acima recortada das escrituras. Muitos que creram logo no início de suas vidas terão o mesmo resultado que os que creram apenas no final, pois todos estes serão salvos.

Ora, por que então crer logo cedo? Por que enfrentar o calor e a fadiga de servir a Deus? Por vários motivos. O primeiro é que, enquanto não o servimos estamos como os que estavam de braços cruzados, sem propósito, sem tarefa, sem recompensa. Em segundo, depois que o Senhor passa buscando por trabalhadores, ninguém garante que passará novamente por nós! E em terceiro, quando não estamos dispostos a trabalhar para o Senhor não significa que ele insistirá e poderá ter sido a nossa única oportunidade.

O que sabemos é que se tivermos a oportunidade, então melhor é a abraçarmos antes que seja tarde demais! Oportunidade como esta não se encontra no mundo, somente em Deus e Ele quer que todos se salvem, mas nem todos entenderão a importância do chamado! O trabalho é algo que todos queremos, mas nem todos se dispõem por medo de perderem a sua liberdade. A verdade é que a liberdade que o mundo diz oferecer não é verdadeira, pois depende das alegrias que devem ser conquistadas com dinheiro ou algum tipo de serviço pessoal. No fim, será apenas uma fantasia proveniente de orgulho e vaidade.

O servir a Deus nos traz a oportunidade de vivermos com Deus e para Deus. A liberdade que o Senhor nos dá é a de fazermos em amor, não em obrigação, pois a recompensa será a mesma para todos neste mundo. A diferenciação virá na eternidade, onde as novas funções dependerão do que cada um praticou enquanto esteve aqui neste mundo. Lá o mérito se encarregará de nos diferenciar, mas aqui não. É um depósito a se fazer para um mundo que ainda não conhecemos. Pela fé somos salvos e na fé trabalhamos, pois tudo provém de promessa de uma herança espiritual em Cristo!

Que possamos investir cada vez mais no reino de Deus, pois os dias se abreviam e as oportunidades diminuem!

Ano 2#60