Seguimos regras ou vivemos pela sabedoria do Espírito?

Aconteceu que, num sábado, passando Jesus pelas searas, os seus discípulos colhiam e comiam espigas, debulhando-as com as mãos. E alguns dos fariseus lhes disseram: Por que fazeis o que não é lícito aos sábados? Respondeu-lhes Jesus: Nem ao menos tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e seus companheiros? Como entrou na casa de Deus, tomou, e comeu os pães da proposição, e os deu aos que com ele estavam, pães que não lhes era lícito comer, mas exclusivamente aos sacerdotes? E acrescentou-lhes: O Filho do Homem é senhor do sábado.
‭‭Lucas‬ ‭6:1-5‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.6.1-5.ara

Você está de madrugada levando alguém que se acidentou gravemente para o hospital mais próximo e tem de passar por vários faróis/sinais de transito. Não há ninguém nos cruzamentos, mas os sinais estão vermelhos. Você para ou passa no vermelho?

Nossos princípios são de preservar a vida. Ora, se para salvar uma vida eu crio acidentes e potencial de matar outras, então eu paro. Mas se não há ninguém para preservar nos cruzamentos, o farol/sinal vermelho não está atendendo ao seu propósito e logo a vida acidentada sendo levada no carro passa a ter precedência.

Assim é com os preceitos de Deus! Tenho de honrar pai e mãe, mas quando caso eu os deixo para constituir a minha casa e meu/minha cônjuge passa a ter precedência em nossa casa em relação aos meus pais. Continuo os honrando, mas já não posso fazer tudo da mesma forma que antes.

Servir a Deus exige entender princípios, não simplesmente obedecer regras. Nosso culto precisa ser racional no espiritual (logikosRomanos 12.1). Jesus sustenta que no dia para termos mais comunhão com Deus podemos ainda realizar o que for necessário em amor ou cuidado pelas vidas.

Jesus foi confrontado pelos religiosos que achavam que seguir leis era tudo o que precisava ser feito, mas sem entender os princípios, escolhiam leis que lhes davam guarida para esconder outros erros. Leis existem para nos ajudar, mas toda lei pode ter exceção quando os seus efeitos são mais prejudiciais aos que precisam dela.

Jesus tornou todos os alimentos puros enquanto os judeus guardavam-se de comer certos alimentos. Jesus executava serviços às pessoas enquanto nada devia ser feito no Sábado. Jesus nos declara que a licitude está na necessidade de fazermos a vontade de Deus que é o amor ao próximo. Claro que precisamos ter a noção de prioridades!

Por isso é que precisamos ter um relacionamento profundo com o Senhor, para que não tenhamos dúvidas sobre o que fazer quando estivermos em um conflito de regras. Como dar a própria vida por outros? Quando a vida dos outros se torna mais importante que a nossa. Assim que entendermos isto conseguiremos viver segundo a vontade de Deus!

Os próprios profetas já escreveram que para Deus era melhor ter misericórdia do que lhe oferecer sacrifícios por pecados realizados. Deus deseja que cresçamos espiritualmente e isto só acontece quando deixamos regras e vivemos pelos verdadeiros princípios. O Espírito Santo veio para isto, ser em nós os princípios de Deus. Aquele que vive pelos princípios realizará a vontade de Deus e, de quebra, estará cumprindo as regras estabelecidas da maneira mais efetiva possível, sem se preocupar com isto!

Vós sois a nossa carta, escrita em nosso coração, conhecida e lida por todos os homens, estando já manifestos como carta de Cristo, produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações. E é por intermédio de Cristo que temos tal confiança em Deus; não que, por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus, o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica.
‭‭2Coríntios‬ ‭3:2-6‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/2co.3.2-6.ara

A letra mata se forem regras seguidas de maneira ignorante. O espírito é quem traz a verdadeira aplicação da regra. Portanto, busquemos a sabedoria de Deus através do Seu Espírito Santo!