Ainda somos ignorantes a respeito das características de Deus!

Então, Paulo, levantando-se no meio do Areópago, disse: Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos; porque, passando e observando os objetos de vosso culto, encontrei também um altar no qual está inscrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio. O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas. Nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais;
‭‭Atos‬ ‭17:22-25‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/act.17.22-25.ara

A perspectiva da vida é peculiar a cada indivíduo, baseado em sua cultura, crenças, formação e até mesmo do DNA recebido de seus pais. Portanto, um mesmo objeto pode ser visto de maneiras diferentes e, por isso, entendido e classificado de maneiras diferentes.

Imaginemos, então, como é impossível termos todos a mesma visão à respeito de Deus! Há tantas teorias, doutrinas e religiões e, até mesmo, quem ignore ou negue a existência de uma força superior, na construção, organização e manutenção do universo em que vivemos.

Os astros eram vistos de maneiras diferentes e já acreditamos que a Terra era o centro do universo e o Sol girava ao redor dela. Já acreditamos que a Terra era plana e que tinha quatro cantos, por causa de uma interpretação literária a respeito da Palavra de Deus! Ainda hoje muitos estão ignorando a realidade e isto não traz benefício algum para a vida eterna de todos nós.

Jesus Cristo veio justamente trazer a unificação do entendimento à respeito de Deus. Veio nos mostrar o Pai, sua obra e seu amor para com a sua criação. Veio confirmar a visão Judaica de um Deus Todo-Poderoso, mas também mostrar que a religiosidade nos afasta uns dos outros quando nos fechamos em nós mesmos e acreditamos que somos os únicos que merecem salvação.

Por isto Jesus mostra que todos precisamos da graça e da misericórdia de Deus e que, através de seu sacrifício, todos podemos alcançar esta misericórdia e voltarmos a ter comunhão com o Santo! Era necessária a vinda de Jesus para que todas as outras percepções incompletas pudessem receber a completude do evangelho. Deus é Santo, Amor, Justiça, Espírito, Verdade, onisciente, onipresente e onipotente, que sempre esteve e estará, sem início ou fim, que tem o controle de todas as coisas e que nos criou para a sua glória. Ele é muito mais do que podemos descrever, porque só enxergamos uma pequena parte de Suas características.

Por isso, precisamos conhece-lo no espiritual, pois se tentarmos apenas pelo racional deste mundo iremos ignorar seus predicados mais importantes. A figura deste texto é um cilindro com as suas projeções perpendiculares. Há a visão de um círculo para quem olha de cima, de um retângulo para quem olha de lado e do cilindro para quem observa em perspectiva. Quem está certo? Quem terá mais chances de entender melhor a respeito da realidade? Quem sabe tudo a respeito dela? Certamente nenhum terá todas as respostas somente pela vista, ainda que alguém conheça mais que os outros!

Neste plano só enxergamos o natural. O sobrenatural fica de fora de nossas percepções comuns. Jesus é o Filho e conhece o Pai. Trouxe-nos o conhecimento do Pai, coisa que nenhum outro, nenhuma doutrina é capaz de chegar perto. Muitos irão explicar sobre um mundo espiritual com regras estabelecidas por Deus, mas nos dirão que é necessário termos obras para acessarmos a escala evolutiva. Outros dirão que aqueles que tiveram fé e fizeram milagres em nosso meio enquanto vivos podem trazer milagres até nós depois de mortos.

Jesus estabeleceu que somente nele temos acesso aos milagres em nossas vidas e que por seu sacrifício temos livre acesso a Deus e à salvação. Jesus ensinou que, porque temos a salvação juntamente com o Espírito Santo, podemos fazer obras maiores que as dele e poderemos sim galgar posições elevadas quando seu reino se manifestar na Terra de maneira visível. No entanto, não é para salvação que estamos fazendo as boas obras, mas para a consolidação do reino. A justiça de Deus trará o mérito a cada um na posição que ocupará quando Jesus reinar aqui!

Tudo isto explica a Bíblia, a Palavra de Deus escrita para enxergarmos melhor os vários aspectos que Deus manifesta em nosso meio. Ainda assim, muitos tentarão expor visões míopes a respeito desta palavra. Por isso, é necessário que cada um de nós conheça a Deus o máximo que puder e, então, regozijarmos na presença dEle!

Deus é um só, assim como a salvação veio por Cristo. Há muitas visões incompletas de Deus e precisamos conhecer Jesus Cristo ainda mais, pois nele conheceremos a Deus e seremos como Deus nos criou para sermos. Nossas crenças nos deram visões diferentes e é tempo de as alinharmos. Somente em Cristo isso será possível. Prossigamos em conhecer o Filho!

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. Se vós me tivésseis conhecido, conheceríeis também a meu Pai. Desde agora o conheceis e o tendes visto.
‭‭João‬ ‭14:6-7‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/jhn.14.6-7.ara