Será que oramos como convém?

Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos.
‭‭Romanos‬ ‭8:26-27‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/rom.8.26-27.ara

Somos chamados a entrarmos em nossos aposentos e, em secreto, orarmos a Deus e termos um relacionamento de intimidade com Ele. Mas, muitas vezes não sabemos como iniciar a nossa conversa com o SENHOR. Nestas horas somos também auxiliados pelo Espírito Santo para levar e trazer a comunicação que desenvolverá a narrativa de nossas vidas espirituais.

Em nossa santificação buscamos a face de Deus e adentrar o Santo dos Santos. Em Jesus conquistamos esta condição de sacerdotes, mas acabamos por termos dificuldades em colocarmos diante de Deus as petições pelas quais adentramos em Sua presença. Para termos eficiência neste processo o Espírito Santo age em nosso fazer, fazendo a intercessão por nós e construindo a ponte para que consigamos expor diante de Deus as necessidades.

Lembro-me de meus dois filhos quando pequenos. Meu filho é mais novo que minha filha e quando tinha três anos ainda se expressava com muita dificuldade. A irmã entendia tudo o que ele precisava e falava por ele para nós. Enquanto ele balbuciava algumas coisas ela traduzia para nós o que o irmão desejava. O Espírito Santo age de outra forma, porque Deus nos entende enquanto ainda não sabemos nos expressar. Ele não é um tradutor como a minha filha, mas aquele que nos ajuda a pedir o que convém, a mudar as nossas petições para aquilo que realmente importa.

Sem a presença do Espírito Santo ficaríamos batendo na mesma tecla, clamando muitas vezes por coisas pelas quais não deveríamos estar nos ocupando. Pelo Espírito somos guiados a colocarmos diante de Deus o que importa para o nosso dia e aos que nos cercam. Recebemos uma intercessão que não entendemos, mas que faz toda a diferença. Há uma conexão espiritual pelo Espírito Santo que nos habilita a termos o que precisamos, ainda que não tenhamos a habilidade de pedir a coisa certa.

Com o aumento de nossa intimidade e crescimento espiritual iremos transformando o foco de nossas orações do pedir a Deus para o adora-lo. Ainda assim o Espírito intercederá por nós, pois a nossa maturidade muitas vezes nos fará apontar para um caminho que não é da vontade de Deus. Portanto, não devemos nos entristecer por sabermos que o Espírito Santo intercede por nós de maneira que não compreendemos, mas nos alegremos porque temos o Espírito para nos ajudar a atingirmos os propósitos de Deus!

Muitas vezes oraremos por um propósito e seremos convencidos a fazer outro. Chegaremos irados para reclamar com Deus e sairemos apaziguados, iremos buscar um palavra de espera e receberemos uma de caminhar. No Espírito estaremos em boas mãos! Por que se preocupar? Continuemos a orar a Deus da forma como sabemos fazer.

Nossas orações são a maneira de nos conectarmos ao SENHOR e com Ele desenvolvermos uma vida espiritual plena. Sem isto não teremos vida abundante e nem permaneceremos na fé que nos impulsiona à adoração! Oremos a todo tempo e obedeçamos a partir da resposta recebida. Será reconfortante e maravilhoso podermos contemplar a ação de Deus a nosso favor!

Ano 2#88