Estamos ganhando ou perdendo nossas vidas?

“Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará.”
‭‭Lucas‬ ‭9:23-24‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.9.23-24.ara

A mensagem do evangelho é que estamos sendo convidados a nos transformarmos em pessoas que vivam a verdade que Cristo viveu entre nós. Ao aceitarmos o convite receberemos o Espírito Santo que será nosso ajudador no caminho.

Em nenhum momento Jesus diz que será fácil ou que simplesmente não precisamos fazer nada além de recebe-lo como Senhor pela fé. Quem recebe a Cristo recebe um chamado para se tornar em Cristo!

É segui-lo tomando a cruz também. É decidir viver sem pecado, amar a quem não se importa, mudar a indiferença à nossa volta, é semear amor onde há ódio, estabelecer a luz onde há trevas, é falar de Deus onde ninguém deseja ouvir, é sair do caminho do inferno e resgatar outros conosco, é ter a Deus como Pai e agir conforme o Filho agiria em nosso lugar!

Mas, alguém dirá que isto é impossível e que Jesus já fez tudo na cruz por nós. Sim, ele já salvou a quem crer nele, mas o chamado é também para viver aqui como ele! E esta vida que iremos levar também depende da graça de Deus, mas a nossa parte não há como delegar ou ignorar.

Homens e mulheres de Deus decidiram deixar o pecado. Arrependeram-se e agora estão em crescimento espiritual porque atenderam ao chamado. Se você já foi recrutado em uma Força Armada ou em uma empresa então precisou se ajustar às normas organizacionais para poder trabalhar naquele ambiente.

Assim, para que o Cristão promova o reino de Deus ele precisa ser transformado em um cidadão do reino. Um embaixador de Cristo traz a mensagem do mestre, e esta mensagem é o amor a Deus e ao próximo. Amar a Deus é amar ao próximo. Como digo que amo a Deus e não me importo com o que está acontecendo à minha volta?

Os problemas que as pessoas enfrentam não necessariamente são meus, pois não decidi por elas. Mas, posso interceder, ajudar a resolver ou suporta-las nas dificuldades. Assim Jesus faria, assim devemos fazer. E isto é decidir todos os dias a abrir mão de só pensarmos em nós e só trabalharmos em proveito próprio. Perder a vida por amor a Cristo é isto! E carregar a cruz é sofrer pelos outros, por amor. Sofrer por ve-los no caminho do pecado e não saberem como sair. É guia-los como Cristo fez por nós.

Não iremos justificar a ninguém fazendo isto. Jesus é quem justifica o pecador arrependido que se entrega ao seu senhorio. O que iremos fazer é sermos discipulados e discipuladores do reino de Deus, transformando-nos em filhos de Deus, herdeiros de Deus, co-herdeiros de Cristo, servos do Deus altíssimo e feitos a imagem e semelhança de Deus! Isto é o que somos na eternidade e é isto que devemos buscar viver desde agora.

Cristo em nós é uma vida transformada todos os dias, até que nos encontremos com ele na eternidade! E agora? Estamos caminhando com e para Cristo ou continuamos na ignorância de vivermos para nós? Já entendemos que há uma cruz a carregar ou continuamos só olhando e nos convencendo de que Deus vai fazer tudo e nós não faremos nada? Se assim fosse o pecado não faria sentido, nem o inferno e nem Cristo!