Sirvamos com o coração!

Qual de vós, tendo um servo ocupado na lavoura ou em guardar o gado, lhe dirá quando ele voltar do campo: Vem já e põe-te à mesa? E que, antes, não lhe diga: Prepara-me a ceia, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois, comerás tu e beberás? Porventura, terá de agradecer ao servo porque este fez o que lhe havia ordenado? Assim também vós, depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que devíamos fazer.
‭‭Lucas‬ ‭17:7-10‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/luk.17.7-10.ara

Creio que uma das coisas difíceis de se entender quando estamos começando no evangelho é ser ao mesmo tempo filho, rei e sacerdote, herdeiro de Deus, amigo de Cristo e servo do Senhor!

Pensemos como um oficial das Forças Armadas. Sou um coronel com tropas ao meu serviço, podendo encaminhar ordens a muitos, ter a oportunidade de usufruir de facilidades do cargo, mas continuo tendo um superior sobre a minha vida. Há um general a quem sirvo, além da corporação e à nação como um todo.

Somos cidadãos celestiais e possuímos um Senhor, a quem devemos obedecer. Este Senhor é também Pai. É amigo. É conselheiro. É amor e graça sobre nós! Temos um propósito e estamos aqui para realiza-lo. Não merecemos elogios por fazer aquilo para o qual fomos criados e ainda assim damos trabalho ao Senhor para pedir-lhe ajuda e reclamamos muito para fazer qualquer coisa!

Jesus nos ensina a sermos servos e encararmos este papel com naturalidade, sem reclamarmos, ainda que nos sintamos cansados pelo trabalho realizado. É encarar o desafio sabendo que temos capacidade para isto. Teremos ajuda espiritual, não estaremos sozinhos e devemos fazer o trabalho que nos é proposto.

Isto também é ser fiel e ter fé! Não duvidemos que estaremos caminhando com Cristo e seremos abençoadores e abençoados sempre que encararmos nossas tarefas diárias. O mundo precisa de amor, alegria e paz. Precisa de atos de bondade, alianças que não se rompam, pessoas que conseguem ir até o fim naquilo que se propõem a fazer.

O mundo precisa de Cristo e só entenderá quando servirmos os que precisam. Não receberemos elogios, mas esta é a boa parte, porque se estamos servindo no Reino dos Céus é porque já pertencemos a Deus!!!!!!