Estamos comprometidos com a obra de Deus?

A saudação é de próprio punho: Paulo. Lembrai-vos das minhas algemas. A graça seja convosco.
‭‭Colossenses‬ ‭4:18‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/col.4.18.ARA

Paulo termina a carta aos Colossenses pedindo que se lembrem das suas algemas. Ou seja, do seu esforço, desprendimento, comprometimento com a obra de Deus, dando a própria vida pelo evangelho como Cristo fez por nós. Temos lembrado de Jesus em nossa comunhão na Ceia do Senhor, nos examinando para buscarmos arrependimento e cura, e devemos lembrar do esforço de nossos irmãos, nos unindo a eles para que o evangelho seja pregado em todos os lugares neste mundo.

Associar-se com um preso religioso é estar sob a mira de seus perseguidores. É se colocar também em risco. Não há dúvidas de que a igreja sempre será perseguida se estiver indo onde outras religiões fundamentalistas estiverem sedimentadas na sociedade. É de se esperar a resistência e até violência em alguns casos. Os apóstolos foram mortos por causa do evangelho e muitos cristãos também serão.

Paulo é um exemplo de dedicação e seu fim foi a morte após ter sido preso por duas vezes. Poderia ter parado após a primeira prisão, mas seguiu fielmente a Cristo. Hoje temos muitos ensinamentos através de seu testemunho e experiências compartilhadas. Nossa disposição depende do nosso comprometimento com Cristo. Assim como um casamento dura segundo o comprometimento do casal, assim é a nossa aliança com o Senhor.

Estamos prontos a irmos até a morte? Estamos preocupados com as vidas que seguem para o inferno? Desejamos de verdade sermos luz e sal, discípulos de Jesus? Isto exige preparo, disposição e perseverança. Deus busca os verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade, sendo isto a expressão do nosso interesse em viver para Ele!

Ano 2#229