Ouvir Jesus não significa ser convertido!

Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo! Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos.
‭‭Lucas‬ ‭22:31-32‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/luk.22.31-32.ARA

Esta passagem do evangelho é densa e poderíamos passar semanas falando a respeito dela, pois Jesus traz várias informações importantes a respeito do reino de Deus. A alarmante e clara afirmação de que Satanás reclama diante de Deus é a primeira. Se não conhecêssemos o livro de Jó no Antigo Testamento, que atesta a mesma coisa, aqui chegaríamos a conclusão de que ele tem a oportunidade de falar com Deus e apontar nossos erros e reclamar autoridade sobre nós por causa de nossos pecados.

No livro de Jó, Satanás questiona a lealdade de Jó a Deus porque era próspero em todas as áreas quando Deus pergunta-lhe se havia visto este homem, em como se portava na Terra (Jó 1.6-10). Aqui o caso é diferente porque Pedro teria de suportar não a perda pessoal de saúde, filhos e bens, mas sofreria perseguição por causa de seu mestre Jesus. Peneirar seria forçar a passa-lo pelo buraco estreito, deixando o medo e a vaidade de lado, sendo a lealdade e a fé o que poderia faze-lo passar pela prova a ser colocada diante dele.

A segunda questão, muito mais importante que a primeira, é que Jesus rogou por ele, ou seja, intercedeu com sucesso. Aliás, Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2.5), pois que é Filho e veio do Pai. Nenhum outro tem este poder, ainda mais que ele está assentado à direita de Deus! Jesus rogou por Pedro para que a fé dele não desfalecesse, para que não desistisse da caminhada de fé, o que de fato ocorreu quando lemos o Evangelho de João, capitulo 21 e o livro de Atos dos Apóstolos.

A terceira questão é chegarmos à conclusão de que ouvir a Cristo, ainda que sendo usado por ele e vendo seus milagres por três anos, não significa ser convertido! Pedro o conheceu e o negaria três vezes ainda naquela noite. Achava sinceramente que iria até a morte com o mestre, mas foi incapaz de seguir seu plano porque não estava comprometido de corpo, alma e espírito. Sua conversão só foi possível depois que viu Jesus ressuscitar e compreender que verdadeiramente é o Filho de Deus e receber o Espírito Santo. Ainda que o Espírito Santo tivesse revelado a ele esta verdade tempos antes, ainda não havia compreendido e acreditado desta forma.

Uma quarta questão vem a tona que seria o papel de Pedro após sua conversão genuína: cuidar de seus irmãos! Todo convertido deve amar a sua família espiritual, pois nasceu de novo e possui um vinculo com aqueles que nasceram do Espírito e não mais da carne ou da vontade do homem, mas de Deus (João 3)! Pedro é chamado a assumir sua responsabilidade após ter a postura certa. Se não pôde dar sua vida pelo mestre, tampouco daria sua vida pelos irmãos. Mas, um convertido fará tanto uma quanto a outra!

Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos.
‭‭1João‬ ‭3:16‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1jn.3.16.ARA

O amor de Cristo supera todas as nossas expectativas, pois a sua intensidade e limites não possuem escala como conhecemos. Jesus deixou a sua glória para vir até nós, viveu uma vida santa em nosso meio para ser o sacrifício perfeito e entregou sua vida por nós, nos justificando e comprando-nos para si mesmo! Este amor tudo pode e tudo suporta. Temos um advogado junto ao Pai intercedendo por nós e nos chamando à conversão e ao amor ao próximo. Sem ele permanecemos sendo peneirados pelo diabo que nos espreita a cada dia, buscando oportunidade de nos derrubar.

É tempo de nos convertermos e não só ouvirmos falar as palavras de Jesus. Precisamos ter fé e confessarmos o Filho de Deus como Senhor! Então, passemos a viver em amor ao próximo e cuidando da família da fé!

Ano 2#189