Estamos no caminho da frutificação ou da destruição?

“Eu batizo com água aqueles que se arrependem. Depois de mim, porém, virá alguém mais poderoso que eu, alguém muito superior, cujas sandálias não sou digno de carregar. Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo. Ele já tem na mão a pá, e com ela separará a palha do trigo e limpará a área onde os cereais são debulhados. Juntará o trigo no celeiro, mas queimará a palha no fogo que nunca se apaga.”
‭‭Mateus‬ ‭3:11-12‬ ‭NVT‬‬
https://www.bible.com/1930/mat.3.11-12.nvt

João Batista batizava os que se arrependiam de seus pecados, preparando o caminho para que a salvação vinda através do batismo em Jesus fosse completa. Quando nos batizamos estamos testemunhando a nossa compreensão sobre a nossa condição de pecadores arrependidos. Sem esta compreensão o batismo perde o sentido e passa a ser um ato puramente religioso.

Por isso João criticou os fariseus e saduceus, pessoas religiosas da época que se intitulavam servos de Deus, que estavam vindo se batizar. Se não produzissem frutos que demonstrassem este arrependimento, então permaneceriam na mesma vida pecaminosa e religiosa.

O batismo de Jesus, com o Espírito Santo e com fogo, significa receber poder de Deus para vivermos esta nova vida após termos nos arrependido. É este batismo que vem dos céus que nos capacita a vivermos uma vida de santidade, negando nossos desejos contrários a Deus e trazendo desejos novos de uma vida sábia e próspera nos caminhos dEle. É trocar a mente, “trocar o software” do computador, “mudar o operador do sistema”, permitindo alcançar capacidades diferentes e alinhadas com os padrões de Deus.

Cristo é a resposta a nossa dificuldade em obedecer a Deus. É a melhor decisão a ser tomada em nossas vidas e o único caminho para fugirmos da nossa desobediência para com Deus. Jesus Cristo é o Senhor que precisamos para dirigir as nossas vidas, a luz para iluminar os nossos caminhos, o conselho sábio nos momentos de decisão e o amigo a nos abraçar nos momentos difíceis. Nele reside a graça de Deus e por ele recebemos o batismo do Espírito Santo.

Tudo começa pelo entendimento de quem somos e para onde estamos indo hoje. Será que reconhecemos nossos caminhos de pecado? O machado já está posto para cortar a árvore que não produz fruto e a pá levará os pedaços para o fogo. A árvore que dá fruto é podada e cuidada para produzir ainda mais. Arrepender-se é deixar-se cuidar pelo Senhor Jesus para sermos adubados e podados com amor. Daremos frutos dignos de arrependimento e não nos preocuparemos com o fogo eterno.

Busquemos o arrependimento sincero e o Espírito Santo, pois sem ele estaremos nos enganando em nossa religiosidade e seguindo o caminho para a perdição eterna.

Ano 2#129