Se permanecermos em nossos pecados não haverá desculpas no tribunal de Deus!

Não me repreendas, Senhor, na tua ira, nem me castigues no teu furor. Cravam-se em mim as tuas setas, e a tua mão recai sobre mim. Não há parte sã na minha carne, por causa da tua indignação; não há saúde nos meus ossos, por causa do meu pecado. Pois já se elevam acima de minha cabeça as minhas iniquidades; como fardos pesados, excedem as minhas forças.
‭‭Salmos‬ ‭38:1-4‬ ‭ARA‬‬
https://www.bible.com/1608/psa.38.1-4.ara

Continuamos enxergando a justiça divina como uma mensagem importante em nossos dias. Nascemos com uma orientação para o pecado encravada no nosso DNA. Ninguém nasce já cometendo pecados, mas nasce com a tendência para ele. Assim, quando chegamos na idade de escolhermos pratica-lo ou não teremos a inclinação de cair nas tentações.

O salmista estava se enxergando no tribunal divino, consciente de que não receberia livramento, mas estava condenado à ira de Deus. No entanto, conhecia a natureza do Senhor onde também há misericórdia.

Sem o auxílio divino ninguém será justificado, pois a nossa natureza caída em Adão não nos permite mais sermos santos como deveríamos. Sem que o Espírito Santo aja em nós não estaremos aptos a vivermos uma vida santa e muito menos dedicada ao Senhor.

Nossa salvação está em Deus, através de seu Filho Jesus Cristo. Em Jesus temos o amor de Deus que nos dá nova oportunidade para que nos arrependamos de nossos pecados e possamos novamente ter comunhão com Deus.

Em Cristo somos justificados e com ele santificados. Passamos da morte para a vida e nenhuma condenação haverá para os que creem! Sem Jesus não há outra oportunidade e os que não crerem já estão condenados.

Se você leu esta mensagem então espero ter compreendido porque Cristo disse que ele é o caminho e a verdade e a vida e ninguém vai ao Pai a não ser através ele (João 14.5). Também desejo sinceramente que tenha já tomado a sua decisão por segui-lo e entrar na eternidade. O dia de amanhã não temos, mas o agora ainda nos pertence. Depois da morte não há como decidir, será tarde demais.

Oro para que o Senhor venha a lhe impactar a cada dia mais e suas doces benção lhe mostrem o caminho a seguir, um caminho de paz e não de mal, pois Ele deseja que todos se salvem, mas não obriga a ninguém segui-lo. Não somos robôs, mas somos pecadores necessitados de um salvador. Se dissermos que não temos pecado O chamamos de mentiroso e a verdade não está em nós (1 João 1.8-10).

Que a graça de Deus nos alcance poderosamente, em nome de Jesus, aquele que deu sua vida por nós, pois não havia nenhuma outra forma de se atender a justiça de Deus!