Jesus é a graça que nos toma pela mão!

Replicou-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: sois deuses? Se ele chamou deuses àqueles a quem foi dirigida a palavra de Deus, e a Escritura não pode falhar, então, daquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo, dizeis: Tu blasfemas; porque declarei: sou Filho de Deus? Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis; mas, se faço, e não me credes, crede nas obras; para que possais saber e compreender que o Pai está em mim, e eu estou no Pai. Nesse ponto, procuravam, outra vez, prendê-lo; mas ele se livrou das suas mãos. Novamente, se retirou para além do Jordão, para o lugar onde João batizava no princípio; e ali permaneceu. E iam muitos ter com ele e diziam: Realmente, João não fez nenhum sinal, porém tudo quanto disse a respeito deste era verdade. E muitos ali creram nele.
‭‭João‬ ‭10:34-42‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/jhn.10.34-42.ARA

Jesus confirmou que toda a escritura é infalível. Confirmou os livros que os profetas escreveram sob inspiração divina, pois que falam das coisas de Deus e apontam para a salvação em Cristo!

Ora, as escrituras mostram vários aspectos de Deus e explicam a necessidade da graça. Se olharmos para o texto veremos que o pecado e o pecador estão condenados pela santidade de Deus. Assim, temos várias orientações para permanecermos longe do pecado que nos trará condenação eterna. Ao mesmo tempo, as escrituras mostram a necessidade de redenção a ser trazida pelo próprio Deus devido à sua misericórdia, proveniente da graça atuante na vida de todos os homens. Se por um lado somos pecadores destinados ao inferno, por outro lado temos uma oferta de escape pela fé no Filho de Deus!

Jesus mostra-se como a saída e os homens espiritualizaram de tal forma que não conseguiam enxergar que Deus poderia encarnar para prover para si um caminho que trouxesse os homens ao arrependimento. Em Cristo temos a saída para os nossos pecados, pois se fez redentor e os pagou na cruz quando se tornou o sacrifício perfeito. Não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus e nos tornamos justificados pela fé no sacrifício do Filho!

Somos deuses porque Deus assim nos criou para sermos e temos este potencial, só possível de ser plenamente atingido no processo da santificação proporcionada em Jesus. Nossa nova filiação é que nos capacita a entendermos os desígnios do Pai. Os sinais que são feitos por Jesus e em seu nome servem para evidenciar o poder de Deus que está em todo aquele que crê no Senhor. Pela fé e na autoridade dada à igreja é que podemos realizar tais sinais e continuar a obra deixada por Jesus para a igreja. A obra é apontar para Cristo, o autor e consumador da fé redentora que tira o pecado do mundo.

João Batista apontou para Jesus. João apenas batizava, mas a igreja hoje tem o poder recebido do próprio Senhor. João preparou o caminho e mostrou o Cordeiro de Deus. Assim a igreja deverá fazer, mas fará ainda mais ao realizar os sinais e maravilhas em nome do Senhor! Muitos crerão por causa dos sinais e outros apenas murmurarão porque não creram. O julgamento é de Deus e ocorrerá para separação entre os que creram e os que não creram.

Os que creem e desejam viver com Deus irão para o céu, enquanto os que não creram e nem desejaram viver com Deus irão para o inferno. Crer é também obedecer e desejar se santificar, pois ninguém verá a Deus sem ser santificado e isto só é possível através da fé em Jesus Cristo! Portanto, quem tem o Filho tem o Pai!

Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai.”
‭‭1João‬ ‭2:23‬ ‭ARA‬‬
https://bible.com/bible/1608/1jn.2.23.ARA

Por que Jesus precisaria vir ao mundo se já existiam as escrituras que apontaram os pecados? Porque a graça de Deus nos ajuda a deixarmos o pecado que é odioso ao Senhor. Portanto, a graça é superior à lei, porquanto nos ajuda ao invés de apenas apontar. Em Cristo somos ajudados a fugir do pecado. Quem ama não fica apenas alertando, mas toma a atitude de ajudar para que haja mudança de verdade! Jesus veio ao mundo para nos ajudar a encontrarmos o caminho para o Pai. Peguemos em sua mão amorosa e o sigamos!

Ano 2#197

Um comentário em “Jesus é a graça que nos toma pela mão!

Os comentários estão fechados.